StatCtr

Tuesday, February 3, 2015

Livro IV – Capítulo XXIX - Christian e Anastasia FanFiction


CHAPTER XXIX

A ISCA
Deixe seus planos serem escuros e impenetráveis como a noite e quando você se mover, caia como um raio.
Sun Tzu, A Arte da Guerra

Tradução: Neusa Reis



Welch e Barney estão parados de pé em frente à minha mesa no meu escritório. Meus braços cruzados, eu olho fixamente para os dois.

"Já se passaram quase três meses e já atingimos vários becos sem saída. Estou ficando muito impaciente. Por que não podemos conseguir um nome?" Eu grito, batendo minha mão enquanto minha voz estronda ao redor da sala. Apenas Barney recua um pouco.

"Sr. Grey, os Federais não estão liberando o nome que combina com a parcial (N.T. digital). Nós testamos e forçamos todas as portas disponíveis. O cara é um fantasma."

Frustração paira sobre mim como uma nuvem escura.

"O filho da puta está sumido também. Se ele está nos seguindo..." eu digo olhando para Taylor.
            "Não tivemos ninguém nos seguindo ou a Sra. Grey, senhor. Tenho verificado com seus pais, equipe de segurança de seu irmão e de sua irmã também. Nenhuma atividade até o momento. Tudo o que ele está fazendo, ele está apenas ficando fora do radar."

"Eu não entendo! Por que seguir minha esposa em Nova York, violar o servidor SIP através da assistente da minha esposa, e abandonar. Isso não é possível, a menos que seja uma distração para um outro propósito que ele ou eles têm planejado."

“Nós não estamos desistindo, Sr. Grey. Mas torna-se difícil quando a pista está ficando fria. Nós não tivemos qualquer atividade, e a impressão parcial é um beco sem saída até o ponto em que nossos contatos federais estão envolvidos. Eles disseram para deixar para lá, tanto quanto a sua identidade esteja envolvida. Mas..." Welch diminui.

“Mas o quê?" Eu sibilo cada vez mais frustrado.

"O casamento do seu irmão está chegando em três semanas. E estamos preocupados..." diz ele olhando para Taylor, que acena com a cabeça uma vez, "que isso possa ser um lugar ideal para o criminoso fazer uma tentativa de esgueirar-se por nossas defesas. Multidões são o nosso maior desafio, porque elas são mais difíceis de controlar. Nós  verificamos e verificamos toda a lista de convidados e seus acompanhantes. Nós também verificamos todo o pessoal de serviço, mas aí sempre pode haver alterações de última hora. Alguém informando estar doente, alguém que toma a identidade de outra pessoa..." e esse é o ponto crucial das minhas preocupações. Qualquer coisa pode acontecer. "Uma vez que a Sra. Grey será a Dama de Honra, ela estará ativa na cerimônia."

"Nós estávamos esperando..." Taylor começa interrompendo "que a Sra. Grey seria um pouco menos ativa já que ela está a apenas quatro semanas do parto agora, e na época do  casamento, vai faltar apenas uma semana, senhor. Dessa forma, podemos ter um pouco mais de controle de quem pode chegar perto dela."



"Você não pode, e você sabe disso! Ela vai achá-lo ofensivo e este é um evento que ela está aguardando. Quando ela não está indo para o trabalho, ela fica presa dentro de casa com os pés inchados. Então, ela aguarda cada oportunidade que pode levá-la para a rua." Se eu colocar um limite para as atividades dela, mesmo para o bem do bebê, relacionado ao casamento de sua melhor amiga, ela vai ter um ataque, e não vai me perdoar por semanas. Ela tem estado mal-humorada conforme a gravidez vai progredindo. A Dra. Greene diz que são os hormônios. E eu não posso ter minha mulher zangada comigo por semanas. Não quando ela precisa de mim, e não quando estamos tão perto do parto. Isto é com a segurança. Eles vão ter que encontrar uma solução diferente, sem colocar a carga sobre Ana. Eu sei que eles estão preocupados com ela também. Eles estão preocupados com o silêncio súbito do criminoso, como se ele simplesmente desaparecesse da face do planeta. Eu não sei o que é melhor. Um criminoso buscando ativamente o amor de sua vida ou alguém que tenha saído do radar? Será que ele está morto ou apenas ficou escondido? Eu acho que é o último que preocupa a mim e minha equipe de segurança. Ele só virou fantasma para nós.

            "O que você diz, Barney?" Pergunto enquanto ele está ouvindo atentamente a Welch e Taylor. Ele limpa a garganta.

"Nós não temos falhas de segurança que possamos detectar até agora, senhor. Todas as informações que eu recuperei deste disco rígido nos ajudaram como bloquear violações de segurança relacionadas a smartphones. Mas, nada é infalível. Quanto à identidade das pessoas, recuperei apenas informações suficientes para construir um perfil do agressor, mas não a identidade. Para recapitular essa informação..." ele diz, enquanto embaralha a tela de seu tablet. Quando ele chega a uma página particular, ele ajeita os óculos e empurra-os para trás na ponte de seu nariz e lê.

"O criminoso é um homem. Da metade para final dos 30. Ele está bem malhado, atlético, inteligente, paciente, cheio de recursos, sabe como entrar e sair de lugares com facilidade perturbadora, confortável na sociedade privilegiada o que pode indicar que ou ele é ou foi uma parte dela em algum momento no passado, seja trabalhando ou através de meios pessoais, ele é confiante, tem intensivo treinamento militar de inteligência. Ele também é muito bom com a utilização da tecnologia, mas a maneira como ele a utiliza me mostra que ele pode, em algum momento, ter sido parte de qualquer comunidade hacker ou do ramo de segurança de TI do governo, que é uma parte da elite de profissionais de segurança de TI. As migalhas de pão que ele nos deixou, e elas são apenas isso, migalhas de pão descartáveis, são itens que ele queria que nós encontrássemos. Ele o orquestrou. Ele é muito bom em seu ofício..."

"Bem, pela maneira como todos os meus três melhores caras de segurança e de TI avaliam  este filho da puta, eu deveria contratá-lo em vez de vocês três!" eu berro. Ninguém se atreve a responder.

"Por que os contatos de Pella com os Federais não podem passar?" pergunto tentando uma aparência de paciência.

"Nós não podemos alcançá-lo. Ele esteve fora do país durante semanas e a única coisa que seu assistente em Los Angeles conseguiu confirmar é que quem quer que este criminoso seja, ele não está agindo como parte de um projeto do governo. Seu nome foi apagado de todos os registros. O homem é um fantasma; ele não existe em qualquer lugar exceto em operações secretas e isso é fora do alcance de qualquer um, senhor," diz Welch.

"Claramente, não é, porque alguém lhe entregou este trabalho para fazer!" eu disse. "É evidente que ele não pode simplesmente desaparecer como fogo-fátuo no ar!"

            A porta do meu escritório abre com uma batida apressada seguida por Alex Pella entrando e uma perturbada Andrea corre atrás de Pella e seu principal homem de segurança Anthony Decimus.

"Desculpe, Sr. Grey," murmura Andrea. "O Sr. Pella está aqui," diz ela, e eu juro que ela murmura "sem se anunciar" sob sua respiração, mas Pella a ignora. Eu a dispenso com um aceno de cabeça. Sua visita é inesperada, mas não indesejada.

"Eu concordo, Grey,” diz ele estendendo a mão para mim surpreendendo a todos nós com a sua presença. "Ele não pode. Tudo deixa uma forma de rastro... Mesmo um fantasma," diz ele arqueando as sobrancelhas enquanto ele olha para Welch.

"Bem, falando do diabo," eu digo. "Meus homens me disseram que você é mais difícil de alcançar do que eu. Considerando-se o quão difícil é para se chegar a mim, este deveria ser um elogio para você,” eu digo, enquanto fazemos nosso cumprimento habitual de antebraço.

"Eu não desapareci da face do planeta, se é isso que você está perguntando, e nem sempre é tão difícil de chegar a mim. Mas algumas pistas que recebo exigem meu acompanhamento e atenção pessoal. Eu estava realmente perseguindo seu criminoso, sempre três passos para trás. Devo dizer, ele é bem conectado e trota o mundo como se fosse seu quintal. Isso diz algumas coisas: ele tem o know-how e os meios para fazer isso e ele está sempre fora do radar."

"Como, então, você sabe que estava seguindo o homem certo?" pergunto cruzando meus braços.

Ele aponta para uma cadeira diante de minha mesa: "Posso?" ele pergunta, e sem esperar pela minha resposta, ele se senta nela.



"Sim, vá em frente,” eu digo com um sorriso irônico.

"Desculpe-me, eu estou realmente muito exausto. Dormi 20 minutos nas últimas 48 horas; eu simplesmente não tive tempo para chamá-lo ou a Welch e nós literalmente apenas voamos," diz ele arregalando os olhos como se estivesse tentando afastar o sono.

"Como você está bem ciente, os Federais são um beco sem saída. Eles não vão desistir ou divulgar qualquer informação sobre a identidade do criminoso através da porta dos fundos. E, mesmo que fosse para ir através dos canais apropriados, o que você não quer, Grey por suas próprias razões, isto seria ainda mais que um muro de pedra para nós. Desta forma, sabemos que o homem existe e sua identidade está enterrada profundamente no sistema. Mas quaisquer que sejam os serviços que ele tenha prestado para seu país, manteve sua identidade em segredo. A segurança nacional substitui a segurança pessoal e, portanto, estamos bloqueados mesmo com meus contatos."

"Então, o que você estava perseguindo?" pergunto depois que ele recapitula o que nós já concluímos.

"Nosso John Doe,” ele responde com um brilho arrogante em seus olhos. (N.T. John Doe = Fulano)

Olly Murs – Troublemaker

"Ele pode estar em sua linha de trabalho por alguns anos, mas eu tenho mais conexões e anos nisto do que muitos de seus pares e às vezes o que é mantido escondido está fora à vista de todos."

"O que você quer dizer?" Taylor pergunta.

"Eu tinha conseguido uma vista dos vídeos de vigilância dos aeroportos. O criminoso conseguiu manter a cabeça baixa, mas eu tinha um quadro de visual de seu perfil com 87% de clareza. Claro que, com um homem que não existe em qualquer sistema e um homem que pode mudar de rostos seja através de make-up ou cirurgias, seria apenas uma chance minúscula para nós para descobrir sua identidade. Mas, o nome não é nada. A pessoa por trás do nome é o que importa. Depois de cobrar alguns favores, eu circulei a foto dele ao redor do subterrâneo dos desonestos 'funcionários'," ele diz fazendo cotações no ar. Há aqueles que precisam de favores e esses são difíceis de encontrar. Eu tive que tirar alguém de uma prisão siberiana em troca do nome ou paradeiro do criminoso, alguém que o nosso governo decidiu esquecer, um homem que estava muito motivado para falar depois de seis anos de trabalho duro."

"Por que eles iriam deixá-lo ir?" pergunto.

"Ninguém realmente deixou-o ir. Nós meio que o roubamos,” diz ele dando de ombros.

"Você sequestrou um prisioneiro da inteligência? Um espião?" Pergunto incrédulo.

"Não, não exatamente,” diz ele com um sorriso malicioso. "Não é como se ele existisse em seus registros ou nos nossos para este assunto aqui. Poderia realmente ser classificado como seqüestro se nós apenas roubássemos uma pessoa que não existia, uma que apenas estivesse anulada o que o deixou extremamente ansioso para falar comigo e ele é agora um agente livre, por assim dizer. Mas, o nosso criminoso não tem nome real, o que não nos traria qualquer bem de toda maneira; apenas codinomes e isto realmente significa pouco mais porque eles estão associados com o paradeiro do criminoso, já que eles podem passar por muitos codinomes no decurso de um determinado tempo. Mas isso nos deu um ponto de partida onde tal indivíduo pode ser localizado. Somos todos criaturas de hábito, não importa o quanto tentemos manter-nos fora da norma de certas rotinas. "

            "Mas, você não acha que seria quase impossível encontrar alguém cujo nome não sabemos além de um nome genérico John, que pode muito bem ter abandonado a tarefa com a possibilidade de ser capturado. E se esse é o caso, um homem como esse poderia estar em qualquer lugar do mundo; em cujo caso não temos lugar para começar a procurar por ele!" eu quase rosno exasperado.

"No entanto, você não acredita nisso e nem seus homens," ele responde seguro de si.
"Por que você diz isso?" pergunto com um rosto plácido.

"Você tem dúvidas. Você está questionando a plausibilidade de sua declaração. Temos que operar sob a suposição de que ele não abandonou a tarefa. Que está sendo preparado para o pior caso do cenário mesmo que o melhor ocorra. Eu tenho que bancar o cético aqui. Mesmo se fôssemos todos concordar, sem qualquer dúvida, que o nosso criminoso John e aquele que o contratou abandonaram sua tarefa pretendida, um de nós deve ser sempre o 'it man' para levar a potencial ameaça a sério, não importa quão absurda ela possa parecer. Isso pode poupar seu traseiro de muito sofrimento!"

"Sr. Pella, isso não é uma abordagem paranóica ao perigo?" pergunta Welch.

"Deve ser seu trabalho fazer a abordagem paranóica para que seu chefe não precise se preocupar com isso,” Alex retruca. "Você sabe que as ameaças têm sido reais, consecutivas desde o compromisso do Sr. Grey com a Sra. Grey, e, mais recentemente, ela foi emboscada em uma festa muito exclusiva por um convidado, ninguém menos! Em seguida, temos o problema de um encontro próximo; próximo o suficiente para violar a segurança cibernética da SIP para dar acesso aos e-mails pessoais da Sra. Grey, bem como a sua agenda. Você pode imaginar o que pode acontecer se o conteúdo das mensagens fosse liberado on line, ou suas informações pessoais, sua agenda, seu paradeiro; quando você olha para isso dessa forma, você sabe que o perigo que ela pode estar enfrentando é grande."

            "Tudo bem! Nós estamos apenas falando em círculos aqui. Qual é a solução? Nós não descobrimos quem o fodido criminoso é," eu sibilo fechando minhas mãos em punhos.

"Isca na armadilha, então," diz Pella, numa voz baixa porém clara.

            "Isca. Com. Quem?" pergunto pronunciando cada palavra.

"O criminoso acha que ele pode ter acesso à Sra. Grey. Deixe-o pensar isso. Espalhe informação falsa. Na verdade, podemos até colocar um doublê para a Sra. Grey que irá realizar algumas dessas tarefas 'falsas' apenas para o caso de alguém estar olhando para ela de longe. Precisamos saber se alguém ainda está de olho nela. Deixe essa outra mulher fazer algumas das coisas óbvias que a Sra. Grey faria. Se a senhorita Tiber e Sawyer estão com ela, o criminoso irá assumir que a Sra. Grey está lá também. Isso nos dará a oportunidade de observar se alguém ainda está mantendo vigilância sobre ela. Vamos fazer isso, pelo menos pelas próximas duas semanas," indica Pella.

"Vamos contratar nova equipe de segurança para a Sra. Grey?" Taylor pergunta preocupado.



"Não, isso não é o que eu estou sugerindo. O Sr. Grey é conhecido por ter apenas a sua segurança confiável em torno dele. Claramente cada inimigo que se preze saberia que se Christian estiver em algum lugar, você estaria com ele. Ele não vai ficar sem você. Se as pessoas o virem, eles assumem que você está com ele e quase 100% do tempo você está. E vice-versa. Se você está em algum lugar, as pessoas vão assumir que Christian está próximo. Porque, ele não confia em mais ninguém, tanto quanto em você. O mesmo pode-se supor para a Sra. Grey. Sawyer parece ser um elemento permanente na equipe de segurança da Sra. Grey. Eles viram a senhorita Tiber tempo suficiente com ela para saber que ela é elemento permanente próximo sempre que a segurança pessoal da Sra. Grey está envolvida. Gostaria de sugerir que envolva a Sra. Grey, mas pensando melhor, quanto mais pessoas souberem mais fácil para este plano  vazar,"  Pella diz olhando para mim.

Eu não quero que Ana esteja envolvida de qualquer forma neste esquema não só porque eu me preocuparia que iria vazar, mas principalmente pelo seu bem-estar. Ela se preocuparia, e ela está em seu terceiro trimestre de sua gravidez. Além disso, outra morena que se pareça com ela deixando o Escala ou parecendo estar indo para seu local de trabalho ou seus compromissos poderiam fazê-la pensar que uma sub  estivesse envolvida. Eu não posso tê-la pensando isso.

            Ela vai estar ocupada com os preparativos do casamento do meu irmão, ajudando sua amiga Katherine. Isso pode nos dar a janela de oportunidade. O casamento é em apenas três semanas e o bebê é esperado em quatro. Seu vestido de Dama de Honra tinha sido alterado pelo menos três vezes e ela quer ser menos visível. Eu vou ser o padrinho de meu irmão Elliot. A equipe de Welch está encarregada de lidar com a segurança. A data do casamento foi definida e não pode ser manipulada. As pessoas receberam seus convites e confirmaram. Planejamos a segurança como o nosso próprio casamento. Vamos transportar os convidados para o local previamente combinado.

"Taylor!" Eu digo abruptamente levantando-me. "Faça Barney criar uma agenda falsa para Ana. Eu não sei como ele vai fazer isso, mas certifique-se de que não esteja misturada com sua agenda real, o que não deve ser muito difícil uma vez que todos os telefones inteligentes têm de ser aprovados pelo departamento de TI da SIP. Dessa forma, nenhuma confusão é criada pelo telefone de Hanna receber a agenda."

            "Bem, o que acontece quando Hannah receber a programação falsa? Tenho certeza que ela vai assumir que é a agenda da Sra. Grey e alertá-la com o que ela precisa fazer, exceto que ela não precisa fazer aqueles. Podemos criar problemas inadvertidamente. "

"É por isso que precisamos ter certeza de que essas poucas datas serão nos dias em que Ana vai estar descansando em casa."

"Você pode fazê-la ficar em casa?" pergunta Pella.

"Ela vai trabalhar 3 dias por semana agora, mas quaisquer três dias da semana porque ela não está sempre se sentindo tão bem. Eu posso conseguir que a  Dra. Green sugira que ela diminua o número de dias para dois. Porque ela é muito focada no bem-estar do bebê. Se ela sugerir que Ana está gastando um monte de tempo com os preparativos do casamento de Katherine, bem como com o trabalho, ela poderia levá-la a passar menos dias no trabalho.

"Ok, isso pode funcionar, senhor,” responde Taylor mergulhado em pensamentos.

"Nós rastreamos o veículo da Sra. Grey com sua dublê, a levamos para as falsas entrevistas ou para o trabalho e teremos veículos discretos seguindo o dela a uma distância segura para observar se há algum indivíduo seguindo-a,” Welch acrescenta.

"Taylor, você está encarregado de encontrar uma mulher que se encaixe na descrição de Anastasia. Tenha Sawyer ou Melissa levando-a ao médico de Ana. Quantos compromissos precisamos assumir com essa outra mulher?" eu me viro e pergunto a Pella.

"Christian, nós vamos ter que colocar um show completo. Este homem viu a Sra. Grey. Ele estava em sua vizinhança próxima. Então, quem for fazer seu dublê, não pode parecer muito diferente da Sra. Grey. Tem que ser um show completo, Christian."

"Não vai ser fácil, senhor, especialmente se temos que esconder da Sra. Grey,” diz Welch.

"É por isso que eu estou pagando-lhe o dinheiro que eu estou, Welch, de modo que você consiga o impossível feito para mim. Isso é um problema para você?" pergunto ameaçadoramente.

            "Não, senhor,” ele responde, repreendido.

"Ótimo! Então começamos esta semana!" Pella diz dispersando a crepitante energia violenta que estou emanando.

"Você vai estar na cidade? Eu realmente não posso me dar ao luxo de jogar o 'Encontre Pella' nesta fase." Ele sorri maliciosamente para a minha observação.

"Eu também sou um homem exigido, meu amigo. Mas acontece que eu posso conduzir o meu negócio desde Seattle pelo período de um mês. Eu não posso prometer ficar na cidade depois. Eu tenho que voltar para LA. Mas eu prometo permanecer aqui pela duração de um mês, ou até que o criminoso seja apanhado, o que for mais rápido. Tenho a intenção de resolver este problema dentro de um mês," diz ele solenemente.

"Eu vou te pagar, é claro, por isso..." mas ele levanta a mão.

"Eu disse que faria isso como um presente,” ele responde.

"Isto são negócios. Você não deveria ter que. Seu presente foi a ajuda que você forneceu com Charlie Tango," eu digo resolutamente. Eu não quero estar em dívida com ninguém, especialmente com os amigos. Eu posso pagar os seus serviços por mais caros que sejam. E os seus serviços são os que eu gostaria de empregar porque ele não tem rival em seu campo. Ele parece primeiro ofendido como se eu rejeitasse um presente precioso, um presente que ele não partilharia com nenhuma outra pessoa.

"Aquele foi seu presente de casamento. Este..." diz ele pausando, olha em volta, como se ele não tivesse certeza se ele quer partilhar a verdadeira razão para a ajuda que ele está oferecendo e fixa olhos nos olhos com seu guarda-costas Anthony Decimus. Uma comunicação silenciosa passa entre eles. Por um instante os olhos de Alex detêm uma antiga tristeza profunda como se ele estivesse carregando o peso do mundo; fracasso, culpa mesmo e a maior agonia que eu já vi nos olhos de alguém. Os olhos de seu guarda-costas são ilegíveis para mim embora Alex parece ter lido muito neles.



"Por quê?" eu pergunto simplesmente, suavemente, mas minha voz carrega uma demanda para ser dita a verdade, aquela que iria determinar se sua ajuda, remunerada ou não, seria aceitável para mim. "O que está nisto para você? Além de você ser meu amigo. Claramente, este seria um grande favor e eu não gosto de dever. Eu prefiro muito mais pagar," porque pagar pelos serviços me coloca no comando. Eu contrato e demito, aceito ou nego; estou sempre no comando. Seus olhos, em seguida, voltam-se para Taylor, que também parece resoluto e firme.

"Ajuste de contas".

"Este não é o seu ajuste de contas. É meu," eu respondo sem pestanejar.

"Não é bem assim. Você não experimentou o mal de alguém ou de algo que tem como alvo aqueles que você ama, só para machucá-lo em toda a extensão. Acredite em mim, nada despedaça sua alma em milhões de pedaços..." ele sussurra, em seguida, sua voz vai ainda mais baixa, eu me esforço para ouvi-lo, “...irremediavelmente com a perda da razão de sua existência..." Você podia ouvir um alfinete cair no cômodo com sua revelação. "Eu sim. Eu não desejo a ninguém, muito menos ao meu amigo."

"Por que não houve qualquer notícia sobre sua perda? Há quanto tempo foi isso?" Eu pergunto enquanto a curiosidade pega o melhor de mim. Mas, então, eu sinto que estou me intrometendo em sua vida pessoal. Este é um homem, que é tão privado como eu sou, que acaba de compartilhar uma informação muito pessoal comigo.

"Foi há muito tempo atrás e foi um tempo e lugar onde a mídia convencional não alcançava. Além disso, eu não ia fazer um espetáculo de minhas perdas pessoais ou ter a aplicação da lei para fazer o meu trabalho para aplicar 'justiça'," disse ele, como se a palavra fosse um palavrão, ”para a perda de minha família. É o meu trabalho." Ele concluiu com caráter definitivo. O olhar em seu rosto diz que este é um homem que conhece vingança.

"Como é que os meios de comunicação convencionais não alcançam uma notícia tão importante sobre você? Homens como nós vomitamos e fazemos a manchete," eu digo questionando, enquanto eu cruzo meus braços.

"Vamos lá, Grey. Você sabe tão bem quanto eu que fazemos o nosso melhor para ficar fora do radar. Eu, mais do que você." Welch e Taylor são agora pura atenção. "Eu emprego uma equipe muito capaz e eu sempre cuido dos meus próprios problemas. Eu vou a lugares onde nossas leis não chegam, não há leis da terra que eu poderia acatar por existirem ... onde eu,” diz ele pausando, em seguida, continua, "tenho que trazer minhas próprias leis em minha própria empresa," diz ele levantando as sobrancelhas, deixando o resto para a especulação.

Eu amparo meu queixo na minha mão, pensativo. Se eu fosse contratar alguém para terminar este trabalho e fazê-lo de forma eficiente e rápida, seria definitivamente Pella. Mas isto não fica fácil para mim porque ele não está me pedindo para pagá-lo. Eu tenho que pegar meus próprios termos para que eu sinta maior confiança e para não mencionar o direito de dar ordens para isso.

"Eu quero que você faça o trabalho, mas aqui está o problema. Eu tenho que pagar por seus serviços. Não posso aceitar um favor tão grande como este e não pensar que não há algo mais por trás disso, o que seria um favor monumental. Eu não gosto de dever. Vamos resolver isso para que você e minha equipe possam começar assim que você sair do meu escritório." Pella se recosta na cadeira cruzando o braço. Ele tem uma aura determinada em sua linguagem corporal.

"Contraproposta então. Eu lidero esta investigação. Welch responde para mim. Você me paga pelos eventuais danos, despesas de viagem e tempo dos meus homens. Meu tempo deve permanecer um presente. Eu não gostaria de ser um doador indiano; eu não gosto de ter minhas ofertas de volta. (N.T. Indian giver - Expressão em inglês que significa alguém que dá um presente esperando pegá-lo de volta) Desta forma, eu ainda iria dar-lhe um presente enquanto você paga o resto das despesas. Este seria um ganha-ganha para ambas as nossas exigências. Isso seria aceitável para você?" ele pergunta. A liderança? Welch responde para mim e eu o alcanço em cada passo do caminho. Mas Pella é inacessível às vezes. Esta é a primeira questão que preciso resolver.

"Welch é meu funcionário pago. Eu sou seu chefe. Eu posso alcançá-lo 24/7. Você, por outro lado, é outro fantasma. Eu não posso encontrá-lo quando eu preciso. Essa é uma preocupação quando eu tenho esse tipo de problema na minha mão."

"Eu vou ser alcançável 24/7 até que esse problema esteja resolvido, porque eu vou estar aqui. E, se," diz ele enfatizando, “no entanto, para encontrar o criminoso eu seja obrigado a viajar, eu vou fazer isso informando você e com um canal aberto para que você possa obter um contato comigo." Isso acalma minha mente. Mas eu não terminei de interrogá-lo. Levanto-me e ando ao redor da minha mesa. Eu me sento na minha mesa bem na frente dele elevando-me diante de seu assento em um gesto muito dominante, que não escapa de sua atenção. Meus braços cruzados, eu olho para baixo sobre ele buscando e obtendo a real intenção sobre o seu grande gesto.

"Por que você quer liderar? Welch não está à altura?" pergunto. Não há nenhum vacilo em Welch, mas suas pupilas dilatam ligeiramente esperando a resposta de Pella. Todas as cabeças se voltam para Alex. Ele sorri e olha cada um de nós diretamente nos olhos, seus olhos escurecendo. Minha tática traz um Pella determinado, que está pleno de controle de aço. Ele não tem o temperamento intempestivo que a maioria dos homens de poder possuem para tal desafio. O determinado brilho decidido em seus olhos escurecidos nos toma a todos lentamente por um longo minuto. Em seguida, ele se ergue na sua altura considerável, lentamente dá dois passos em direção a Welch.

"Welch tem liderado a investigação todo esse tempo. Não me importo de cooperar com Welch, que tem uma experiência considerável e conhecimento. Mas, não há ninguém melhor do que eu no campo do reconhecimento e se houvesse, ele ou ela estaria ou está trabalhando para mim. Eu sou o melhor conectado, mais agressivo, furtivo e habilidoso. Há também a questão do tempo. Você não pode ter dois líderes em tal missão. Você só pode ter um líder. Você, de todas as pessoas deveria entender isso melhor. Eu sou a escolha natural. Eu não sigo. Nunca. Eu conduzo."

"Welch será o segundo no comando. Eu tenho que estar no circuito em todos os momentos. Eu ainda sou a pessoa final a ser informada. Com estas condições, você tem um trato," eu digo e estendo minha mão. Ele agarra meu antebraço e nós nos cumprimentamos.
"Taylor, Welch, Anthony... Vamos começar a trabalhar," diz ele.

"Vou ter que participar remotamente, senhor. Welch vai me informar,” diz Taylor. O trio formado por Pella, Decimus e Welch caminha em direção as portas.

"Oh, Alex!" eu digo com uma reflexão tardia. Ele se vira e olha para mim com curiosidade.

"Como está indo o cordame dos navios?"

"Os projetos, como eu tenho certeza que o seu gerente do estaleiro informou a você, estão concluídos; estamos em fase de produção. Devemos começar as instalações em maio. Você conhece as leis do estado de Washington,” diz ele com um sorriso malicioso, "se eu não me engano, algumas das quais você ajudou a co-patrocinar." Ele está se referindo às medidas anti- armas.

"Sim,” eu digo com um rosto plácido.

"Bem, essas mesmas leis que você ajudou a implementar estão agora colocando-nos em espera até que tenhamos a luz verde do governo. Afinal de contas, isso é incomum para tais navios projetados para carga, mas eu receio que se tornaram necessárias para a segurança da tripulação, para não mencionar a maneira como isto interrompe os negócios. Estou surpreso que eles não estenderam a mão para você antes,” diz ele, como se tivessem esperado tempo demais.

"Por que isto iria ser necessário na extensão que eles querem? Eles poderiam facilmente levar revólveres, e tenho certeza que os portos para onde estão viajando têm leis deles mesmos para cumprir."

"Christian,” suspira Alex pacientemente. "Você tem feito negócios aqui no continente e com a Europa, há muito tempo. Os mares abertos são um negócio completamente diferente. Lá fora, você é sua própria lei, seu próprio médico, seu próprio psiquiatra, seu próprio chef, seu único protetor em muitos casos, e é melhor ter uma equipe técnica e recursos em seu próprio navio em que possa confiar. Isto não é excesso, mas uma necessidade. Quando os piratas vêm para o seu navio para tomar o que você tem, para usá-lo para resgate e prendê-lo como refém em condições indescritíveis onde reféns morreram, você rapidamente percebe que é um mundo de lutar ou morrer. Para eles, você é um Europeu ou Americano rico e este é um negócio e a vida é brutal. Isso é o que eles entendem, o que eles conhecem. É uma mentalidade diferente. Com isso, estamos dando aos nossos clientes a capacidade de falar a língua deles,” diz ele com indiferença.

"Eu desejo que seja assim tão simples,” eu respondo balançando a cabeça.

"É simples assim. Isto não é dirigido contra pessoas inocentes. É feito para defender o navio contra a pirataria."

"Eu quero ter certeza de que, o que está sendo preparado faça o que é suposto fazer. Eu quero ver os resultados do teste em vídeo e as conclusões."

"Não se preocupe; vamos fazer melhor do que isso. Podemos fazer uma demonstração ao vivo uma vez que o primeiro esteja concluído,” diz ele enquanto ele acena sua despedida se virando. O trio sai do meu escritório.

***** *****

Eu não posso acreditar que quatro horas se passaram desde a última vez em que eu contatei minha esposa. Tinha sido uma manhã muito ocupada. Eu também estou curioso por que ela não me enviou qualquer texto ou e-mail. Eu disco o telefone dela, impacientemente. Ele vai para a caixa postal no primeiro toque. Meu coração salta uma batida e eu marco seu telefone do escritório. Sua assistente Hannah responde alegremente.

"Obrigado por ligar para SIP. Aqui é Hannah, assistente de Ana Grey. Como posso ajudá-lo?"

"Hannah! Onde está a senhora Grey? "

"Ela tem estado em uma reunião após a outra, senhor. Uma vez que ela vai estar saindo  para licença-maternidade, ela queria tirar todas as reuniões do caminho antes que ela saísse,” diz Hannah.

"A partir de quando é a sua licença-maternidade?" Eu pergunto ofendido porque ela não me disse nada sobre isso, ainda.

"Ela quer falar com sua obstetra primeiro e eu acho que ela quer adiá-la tanto quanto ela possa, porque nós temos alguns livros chegando de alguns dos nossos autores em ascensão que Ana tem promovido,” ela fala em modo fogo rápido. "Ela quer participar dos três lançamentos de livros, todos eles, infelizmente, em datas distintas. Sua data de licença-maternidade não está definida ainda, mas acho que pode ser em três semanas,” conclui. "Ela quer empurrá-la para três semanas e meia, ou trabalhar até o último minuto,” diz ela baixando a voz. Esse bit de informação me irrita.

"Quando a Sra. Grey está saindo de sua reunião?” pergunto.

"Nesse momento ela está se encontrando com o Sr. Cooper, da editora de Nova York. Ela está nessa reunião há cerca de uma hora. Ela deve terminar a qualquer momento para que ela possa ter seu almoço,” diz ela brilhantemente e eu não gosto da idéia dela encontrando aquele homem nem um pouco.

"Faça a Sra. Grey me ligar assim que ela terminar sua reunião,” eu digo e desligo.

            Volto para a minha mesa e interfono Andrea.

"Sim, Sr. Grey," sua voz ecoa na sua maneira habitual, profissional, séria e prática.

"Ponha a Dra. Greene no telefone para mim," eu ordeno.

"O médico da Sra.. Grey? Certamente, senhor,” ela responde, sua voz transbordante de eficiência.

Dentro de dois minutos a minha linha vibra novamente e Andrea está de volta na linha.

"Dra. Greene está na linha dois, senhor,” diz ela. Eu pressiono a linha piscando.

"Dra. Greene, aqui é Christian Grey," eu a cumprimento.

"Como posso ajudá-lo, Sr. Grey? A Sra. Grey está bem? Ela não é esperada...” diz ela apertando algumas teclas, pelo som disto, em seguida, tendo encontrado sua resposta, "por mais quatro semanas,” diz ela parecendo preocupada.

            "Ela está bem até agora. Mas, eu tenho outra preocupação. A Sra. Grey quer trabalhar quase até o minuto em que ela vai dar a luz. Você e eu sabemos que ela teve um difícil primeiro e segundo trimestres. Agora, ela está tentando trabalhar mais duro do que nunca, para não mencionar que ela está participando do casamento de meu irmão com sua melhor amiga, o que significa que ela está gastando muitas horas ajudando sua amiga. Ela também não quer uma babá para o bebê, o que significa que será uma tarefa adicional para a qual ela vai estar pulando, sem qualquer descanso. Preocupa-me que isso não é bom para ela ou o bebê!" eu enuncio minha exasperação.

"Sr. Grey, como médico, eu posso apreciar sua preocupação com o bem-estar de sua esposa. Mas, o que você acabou de declarar preocupa a mim como sua obstetra também. É para o benefício dela e do bebê que ela não trabalhe muito, para evitar o estresse que é muito ruim para a sua saúde, bem como para o bebê. Isto pode induzir o parto precoce, baixo peso ao nascer, e pressão arterial elevada para a mãe. Ela tem ansiedade, pesadelos ou reações físicas, como batimentos cardíacos acelerados ou transpiração?" Eu penso sobre a questão.

"Ela tem pesadelos ocasionais,” eu respondo. Isso tem aumentado, especialmente em Nova York e depois que voltamos. Mas, Ana tem menos ansiedade do que eu. "Ela tem batimentos cardíacos acelerados e sudorese é claro, mas isso é totalmente natural porque essa é a reação que eu extraio dela quando fazemos sexo,” eu digo com uma voz plácida. Eu posso sentir o sorriso da Dra. Greene do outro lado do telefone.

"Isso não vai prejudicá-la, mas se ela quer trabalhar, ela geralmente pode trabalhar até a data prevista, mas algumas mães optam por trabalhar até uma ou duas semanas antes da data prevista. No entanto, considerando que ela está colocando tanto tempo para ajudar a amiga, isto deve ser levado em consideração. Ela está de volta ao trabalho em tempo integral?” ela pergunta.

"Vinte cinco horas no escritório, mas ela coloca igualmente longas horas trabalhando em casa também,” principalmente lendo e resumindo manuscritos, mas ela está dedicando muitas horas.

"Oh, querida,” diz ela com desaprovação. "Sr. Grey, você está vindo para a consulta dela esta semana?” Ela pergunta. Eu não perdi nenhuma de suas consultas menos uma desde que ela me disse que estava grávida.

"Sim,” eu respondo.

"Eu gostaria de ouvir a senhora Grey, verificar o bebê, e, então, com base em minhas conclusões sugerir o período de tempo adequado no qual ela deve começar sua licença- maternidade."

"Não é bom o suficiente, Dra. Greene!" eu retruco.

"Minha esposa é um doador desinteressado. Ela quer ajudar sua amiga, ela quer cumprir seus compromissos em seu trabalho como editora, tomando mais do que sua parte da carga de trabalho para provar a si mesma que ela é senhora de si, tudo isso eu apoio, mas ela está fazendo demais! Se você sugerir que ela pode trabalhar uma ou duas semanas antes do nascimento do bebê, ela vai entendê-lo como definitivo e continuar seu regime. Eu não quero que minha esposa esteja trabalhando tanto. Ela deve ter um tempo de folga, descanso adequado, antes do bebê nascer. Ela vai ter um trabalhão quando o bebê estiver aqui."

"Sr. Grey, eu prometo levar toda esta informação em consideração para dar à Sra. Grey a melhor avaliação, mas eu concordo com você. Durante a primeira gravidez, não temos uma história anterior de gravidez ou parto, portanto, seria sempre melhor jogar pelo seguro para a saúde do bebê. Isso e o bem-estar da mãe são as principais prioridades, acima dos trabalhos que as mães têm ou outras responsabilidades. Por favor, esteja aqui quando ela vier, então podemos discutir isso juntos." Eu sinto alívio depois de seu apoio implícito.

"Existe alguma outra preocupação que você tenha, Sr. Grey?” pergunta ela e minha chamada em espera toca em meu ouvido. Eu olho para a identificação de chamadas para ver quem está chamando. É Ana!

"Se eu tiver qualquer outra que eu possa pensar, eu certamente informarei a você."

"Foi um prazer falar com...” diz ela, e eu desligo antes dela terminar sua sentença e mudo de linha.

"Ana!"

"Olá para você também, Christian,” diz ela.

"Eu estava preocupado com você. Por que você não ligou?"

"Eu estava ocupada com reuniões, e com um best-seller em potencial chegando, eu estava negociando um acordo com uma editora maior,” ela diz e eu sei que ela está construindo alguma coisa.

"Ok. Quando é o lançamento do livro?"

"Oh, essa é a coisa. Este maior é em 3 semanas."

"Deixe alguém fazer o lançamento, então!" eu digo rangendo os dentes.

"Christian, eu não posso fazer isso! Eu fiz todo o trabalho, promoções e apenas fechei um acordo com uma editora maior depois que atingimos uma determinada quota. Eu sou quem está executando o projeto!"

"Anastasia! Eu acho que você esqueceu que você está grávida do NOSSO filho. Isso é uma semana antes do parto. Eu mesmo sou permitido perguntar quando você pretende sair em licença-maternidade ou sua assistente recebe essa informação antes de seu marido?" Ela suspira.

"Por favor, não fique chateado, Christian. Eu ia falar com você sobre isso esta noite. Desde que eu tenho estado ajudando Kate, eu não tenho dedicado tanto tempo como eu teria gostado a este livro, então eu preciso estar trabalhando até o parto. E eu li que, por vezes, primeiros bebês podem atrasar até duas semanas!"

"Por que você toma decisões sem me perguntar especialmente uma que é tão importante como esta,  Anastasia?"

"Christian!” ela suspira. "Porque eu conheço meu corpo e eu tenho essa energia excessiva e eu sei que você iria dizer não!"

"Você está malditamente certa que eu iria!"

"Há muita coisa que eu quero realizar para que eu possa dedicar mais tempo a  Teddy quando ele nascer."

"Ana, esta última explosão de energia, é apenas o instinto de nidificação,” eu imploro para ela. (N.T.  O instinto de nidificação é o nome dado ao impulso instintivo para limpar, arrumar, organizar. É uma ocorrência frequente durante a gravidez) Ela continuou com seus exercícios e, surpreendentemente, ela manteve-se muito em forma e ativa. Mas ela precisa de ajuda para levantar-se, ela tem falta de ar e ela não consegue encontrar uma posição confortável para dormir. Compramos um par de travesseiros de corpo para fornecer-lhe conforto. Eu odeio isso que nós temos que tê-los entre nós, porque eu adoro ter meus membros se enroscando com os dela, mas eu adoro que ela precisa mais de mim em seu estado atual, depende de mim, mas ela ainda é ferozmente teimosa em seus próprios planos que prepara por trás de mim para passar por eles.

"Eu sei, mas isso é importante para mim. Você quer entregar a SIP para mim no próximo ano. Eu preciso estar por cima do jogo."

"Anastasia, eu não dou a mínima para a SIP agora. O que me preocupa é o seu bem-estar, bem como o do bebê que você está carregando."

"Por favor, Christian! Podemos discutir isso hoje à noite? Estou com fome e irritadiça! Eu não como há três horas,” diz ela, e discuti-lo nós iremos. Eu não quero aborrecê-la, mesmo embora eu realmente, realmente quero puni-la por colocar não apenas a si mesma, mas ao bebê em perigo e protegê-la de si mesma, embora isso não seja uma possibilidade. E eu não quero que ela fique com fome também. Onde posso encontrar a porra do equilíbrio? Com o filho da puta que é furtivo como fantasma atrás dela por um lado, minha mulher teimosa por outro, eles vão ser a minha morte. Respire Grey, respire! Dez, nove, oito, sete, seis, cinco, quatro, três, dois, um... Minha mão atravessa o meu cabelo com exasperação.

"Hoje à noite, Sra. Grey," eu digo.

"Obrigado, Christian. Eu te amo,” ela sussurra. Eu fecho meus olhos com a suave carícia aveludada de seu tom.

"E eu a você, Ana. Vá comer, baby. Vou vê-la esta noite,” eu digo, desligando. O Antigo Christian teria corrido para a SIP para resolver o problema imediatamente. Mas eu aprendi a negociar nossas disparidades de forma diferente. Punição não funciona com Ana. Mas, o sexo funciona. Então, eu concebo o meu plano. Se você quiser apresentar o desafio, eu ficaria mais do que feliz de pegá-lo,  Sra. Grey.

"Taylor! Almoço!"

"Sim, senhor,” diz ele, e abre a porta.

***** *****

Toda guerra é baseada no engano. Assim, quando somos capazes de atacar, devemos parecer incapazes; quando utilizamos nossas forças devemos aparentar inativos; quando estamos perto, devemos fazer o inimigo acreditar que estamos longe; quando longe, devemos fazê-lo acreditar que estamos perto.
Sun Tzu, A Arte da Guerra

É o oitavo telefone descartável que ele utilizou nos últimos três meses, dois mais do que o previsto. Mas é necessário. Eles são usados apenas uma vez. Cada um é sincronizado para chamar o descartável correspondente em posse do Chefe. Ele não achava que a equipe de Grey poderia decifrar o código do tablet autodestrutível e, apesar de haver sempre essa pequena possibilidade de tê-lo decifrado, ele tinha informações chamariz para conduzi-los para outro lugar, mas ele não tinha acreditado que eles poderiam relacioná-las com ele de alguma forma.

"O que você disse?"

"Eu disse que meu Supervisor chamou."

"Seu Supervisor?” O Chefe pergunta.

"Sim, você sabe as habilidades específicas que eu tenho. E embora meu Supervisor ignore meu trabalho clandestino ocasional,” ele disse em um tom seco, ”ele altamente não gosta quando eu faço isso no próprio território, especialmente com um homem de alto nível que não vai estar fora da vista do público ".

"Diga-me que não revelou nada!" O Chefe sibila.

            "Revelar?” Ele sorri. Ele foi torturado em um acampamento da Coréia do Norte e escapou do impossível. Vivo! Isto é um passeio no parque. "Eu não existo. Eu sou um fantasma. Ninguém pode provar nada. Aparentemente o alcance do seu garoto está mais além do que você tinha acreditado. Disseram-me que ele tem um contato que tem profundos alcances."

"Quem é?"

"Outro fantasma,” que incomodamente parecia onipresente para ele, um sentimento  que ele detestava profundamente. Era um problema que ele iria corrigir logo e a sondagem de seu contato iria embora. Sem o seu fantasma pessoal a seu lado, Grey não tinha alcance nas profundezas de um sistema que não existia em nenhum dos registros conhecidos por homens, exceto um punhado; havia coisas que até mesmo o dinheiro de Grey não podia comprar, e esta era uma delas. Ele sorriu com satisfação. Ele não achava que seria muito difícil para ele descobrir quem era esse que o estava perseguindo, pois ele sabia a direção em que ele deveria estar procurando: a de Grey. Siga seu top capanga; ele iria levá-lo para o outro Fantasma freelancer. Em seguida, ele iria eliminar o problema. Apenas uma complicação simples.

"O Supervisor está apenas sondando com aqueles de nós quem eles acham que estava no continente na época. Era para eu estar do outro lado do mundo na época e eu estava...” diz ele com indiferença. Ele estava em um jato particular, com um plano de voo que deixava de fora o seu nome ou qualquer um de seus apelidos, em seu caminho para Hong Kong, onde logo após o desembarque resolveu um problema particularmente difícil para o seu Supervisor. Desde que ele tinha resolvido a questão premente de modo eficiente com finalidade absoluta para seu Supervisor, ele sabia que ele era um bem indispensável e que este único incidente deu-lhe o álibi de que não há nenhuma maneira que eles possam ligá-lo ao incidente em Nova York a que o Chefe está se referindo.

"Não foda isso! Sua cabeça está na linha de fogo!” Ele latiu, sabendo muito bem que seu traseiro está bem ao lado da dita cabeça que era suposta estar na linha de tiro.

"Eu não tenho nenhuma intenção de foder com isso!" John, o ativo Fantasma disse baixando a voz com absoluta determinação. Não era apenas o pagamento espetacular que ele ia conseguir no final da tarefa, mas também o sentimento de enorme satisfação em colocar - um dos homens que pensou em si mesmo como alguém invencível - em seu lugar de direito que era bem debaixo de suas botas de nível militar. Ele iria provar a Grey sua fragilidade de uma maneira tão irreparável que nenhuma quantidade de sua riqueza ridiculamente colossal poderia reparar o dano que ele planejava fazer a sua pessoa, esmagando sua própria alma, uma vez que ele tivesse terminado com ele.

"Eu acho que eu esperei tempo suficiente por um resultado e você ficou quieto. Eu quero isso feito em três, no máximo, quatro semanas,” disse o Chefe.

"Sr. Linc..."

"Cuidado, John!” ele alertou imediatamente, e acrescentou: "Ao contrário de você, Sr. Fulano, eu tenho um nome meu próprio e você não tem permissão para proferi-lo!"

"Como quiser, Chefe. O período de tempo me serviria bem. Eu obtive todas as informações que eu preciso. No entanto," depois da trapalhada de  Nova York, ele pensou consigo mesmo: "Eu preciso de reconhecimento adicional, e isso eu vou conseguir em breve. Eu já sei as datas importantes. Agora eu preciso saber os locais."

Nos dez minutos seguintes, o local principal e seu backup foram resolvidos a contento do Chefe. Em ambas as datas possíveis, ele teria seus álibis para distanciá-lo de mesmo uma remota possibilidade de ter seu nome associado com o que o porra do Grey tenha que experimentar, sem ficar com qualquer de seus dedos sujos: a destruição da alma de Grey, a derrota irreparável e sua vitória que só seria conhecida por Lincoln.

"Você tem a minha mensagem que você vai entregar depois que ele estiver completamente fodido?"

"Abso-puta-lutamente!" John respondeu com um sorriso.


"O prazer foi meu."

72 comments:

Stefany said...

Vocês andaram sumidas :c ... LOCA POR MAIS UM CAPITULO.

Camila Stefani said...

Toda demora valeu a pena. Obrigada Emine e Neusa <3

Ana Paula said...

Emocionada.... :)

Ana Paula said...
This comment has been removed by the author.
Anonymous said...

Hey Emine, conheci recentemente o universo de 50 tons bem como a versão Grey dele, e só posso dizer que estou amando, realmente amando a forma como você escreve tão bem sobre um personagem tão complexo. Parabéns pelo seu dom. E Neusa muito obrigado pela incrível tradução, está realmente mto boa, vc tem talento. Obrigado por sua dedicação <3
Ansiosamente esperando pelo capítulo XXX

Anonymous said...

Ótimo capítulo! Estava com saudades!

Anonymous said...

Ehhhhhh Obrigadaaa por mais um capitulo!!!!! Desculpe a impaciência...mas já tem alguma previsão do próximo capitulo??
Obrigada mais uma vez!!! Bjosss

Nilvânia said...

Ai que de mais! Um capítulo novo é tudo de bom! E gente, isso tá parecendo filme de espionagem! A Ana vai ter uma sósia, uma dublê para se passar por ela! Quero ver é esconder tudo isso da Ana! Vai ser difícil! E ver o Cristian jogando um verde para médica dar mais tempo de descanso pra Ana foi fofo! E olha que ele normalmente é direto e reto!
Emine, sua linda, obrigada pelo capítulo! Neusinha, vc sabe que amamos vc, né?

dani ferreira said...

Obrigada por mais um capítulo, e como sempre maravilhoso...
😍😍
Super ansiosa pelo próximo capítulo..
Bjs

vanessa nunes said...

Anciosa e roendo as unhas para o proximo capitulo...obrigada Neusa e Emine pelo lindo trabalho e toda dedicação♡

Thamires Reis said...

ALELUIAAAAAA...
VOCÊS VOLTARAM KKK...; QUE CAPITULO MARA, ESPERO QUE O PROXIMO NAO DEMORE..

Anonymous said...

é otimo quando abre a pagina e há um capitulo, obrigada por nos proporcionar a leitura dessa maravilhosa historia.

Mayara Araujo

Mara said...

Adorei, parabéns!!!
Já estava ansiosa. Beijos

Amanda Steward said...

Is there any way to get this in English? :(

Barbara Araujo said...

Aiii que saudade que eu estava dessa historia. Estava relendo tudo de novo. Neusinha obrigada mais uma vez pela tradução, Emine querida estava com saudade da sua historia. Estou roendo as unhas. Espero que o quarteto fantastico descubra logo esses dois. E aí meninas, estão prontas para o filme?bjjj

Larissa Castro said...

Que surpresa agradavel!! Ansiosa Por mais capitulos. Espero que nao demore tanto para o proximo,mas entendo que nem sempre e possivel. Espero que esteja tudo bem com vcs Emine e Neuza para sempre ter mais dessa maravilha. Em poucos Dias ja sera o esperado filme desse casal maravilhoso, mas pelo menos para mim, esta versao e muito mais rica, completa e apaixonante. Obrigada Emine e Neuza. Bjs Alessandra Campos

Anonymous said...

Adorei... Espero q o próximo capitulo chegue logo..

Simoni said...

Adorei...obrigada...

Rosangela Maria Cabral Corvalan said...

Boa tarde!!
Que saudades desse casal!
E saudades de nosso cafézinho!
Ainda não li..passei para ver os comentários e vi a pergunta da Amanda e resolvi responder antes mesmo de ler.

Amanda Steward ... this story is all in English! Look in the left corner of the blog go to the end and you will see the books in English.

eminethe1st.blogspot.com

Kisses

Beijos..já já volto

Anonymous said...

Adorei, ja estou morrendo de saudades!!!!

Rosangela Maria Cabral Corvalan said...

Simplemente fantático!
Adorei ver Pella informando um pouco de sua história!
Será que este plano dará certo? Uma sósia? Ah tomara que sim, tomara que esses FDP caíam na armadilha!!
Obrigada Emine por nos dar esse bela capítulo mesmo estando com tantos problemas e obrigada Neusa por ter traduzido tão rápido!

Contagem regressiva para o filme!
Vamos combinar de nos encontrar aqui para falarmos sobre o filme?
Podemos marcar uma data!
Beijos
Rosangela

deisinha said...

Que saudades..Adorei!Obrigada por mais um capitulo dessa história fantástica!E claro,divulgando o blog..

Margareth Antequera said...

Fantástico!!! Li cada linha matando saudades do casal mais 10 do planeta.

PELLA é maravilhoso, ele é meu primeiro amor literário, só ele pra dizer "perder a razão da sua existência" - muito forte esse sentimento, e principalmente coloca-lo em palavras.

Por outro lado, e não menos importante, ler este capítulo é entrar na cabeça e nos sentimentos do Christian Grey, é muito profundo analisar as situações por sua ótica, já que ele é um homem de raciocínio rápido e extremamente inteligente.

Mas estou com frio na barriga pela vida da nossa linda Ana, temo pela vida dela e pelo bebe - estou preocupada e nervosa....e muito ansiosa para que tudo acabe bem.

Aguardando a continuação, e agradecendo sempre o carinho das amadas Emine e Neusa.

Bjs e obrigada

Ingrid Kathryn Cavalcante Ingrid Kathrin said...

Qui capitulo lindo❤❤
Super ansiosa p as próximas emoções.
Obrigada Neusa pela rapidez e exelencia na tradução,e obrigada Emine por essa linda história...
Bjos a todas meninas.

Andreia said...

Maravilhoso a integração desse grupo a intensidade desse capitulo foi ótimo.
PARABÉNS Neuza e Emine vcs são D++++

Anabela Encarnação said...

Acabando de ler este capitulo tão esperado . Como estava com saudades deste casal maravilha. Quando acabamos o capitulo damos conta disso. Estou muito preocupada com o homem que esta trabalhando para o Lincon (parece ser muito eficiente)...Fiquei um pouco mais tranquila quando o Alex resolveu liderar a operação "ISCA". Mas mesmo assim tenho medo. Não consigo imaginar aqueles dois seres maravilhosos que aprenderam a se amar sofrerem uma tragedia quando estão para atingir o auge da sua felicidade. Aguardando ansiosa por um novo capitulo. Emine obrigada por estar novamente connosco. Neusa obrigada por sua rapida tradução para nos matar um pouco a nossa impaciência . obrigada mesmo

Mara Lins said...

Que bom ver nossa querida estória em andamento novamente.
Mais uma vez fica o "sinal" de que Taylor tem ligações com Pella.
Não vejo a hora de ser dado o desfecho dessa trama contra Christian, tendo como instrumento Anastasia.
Obrigada Emine, obrigada Neusinha pela dedicação e tradução impecável. Beijos

lady freitas said...

Hiper Feliz,obrigada Eminé, obrigada Neuza, vi que a Emine disse que já tava pronto o 30,e ultimo cap do livro IV só faltava editar,vamos esperar em breve. Beijosss

Anonymous said...

https://www.youtube.com/watch?v=IjyCB63fGoA
https://www.youtube.com/watch?v=j14mGLHn_iA#t=20
Quem nao viu o trailer da entrevista e loja de ferramentas

Danielly Santos said...

Primeiro eu queria dizer que essa é a melhor fic que já li, nesse tempo eu li outras fic mas essa é a mais verdadeira, vejo essa fanfic como parte inseparável dos livros, é uma continuação talvez até melhor do que se tivesse sido escrita pela James, segundo eu quero dizer que esse final vai ser épico já tô preparando meu forninho pq com certeza ele vai cair kkkkk terceiro me preparando psicologicamente para assistir o filme, vai ser incrível em 50 tons diferentes, ainda bem que já tenho 18 rsrsrs depois de ver o filme passo aki pra comentar sobre ele. Por último mas super importante.... Queria muito te agradecer Emine e espero que alguém traduza esse comentário e que vc leia, quero te agradecer por estar pensando em nós e nos presenteando com esse capítulo incrível msm passando por momentos difíceis, queria te agradecer por ser essa pessoa incrível e por dedicar seu tempo a escrever essa fic maravilhosa pra nós, obrigada por tudo

Anonymous said...

Obrigada por mais um capítulo muito bom e intenso!!! Estou confiante e com medo inferno este infeliz empregado do Lincoln aí aí. Estava com saudades de nosso amado casal!!Emine e Neusa vocês são incríveis mega beijo!!!
Rosi

Anonymous said...

Obrigada por mais um capítulo muito bom e intenso!!! Estou confiante e com medo inferno este infeliz empregado do Lincoln aí aí. Estava com saudades de nosso amado casal!!Emine e Neusa vocês são incríveis mega beijo!!!
Rosi

Anonymous said...

Obrigada por mais um capítulo muito bom e intenso!!! Estou confiante e com medo inferno este infeliz empregado do Lincoln aí aí. Estava com saudades de nosso amado casal!!Emine e Neusa vocês são incríveis mega beijo!!!
Rosi

Luciane Menotti said...

Nossa que saudades, esta ansiosa para mais um um capitulo, esta chego o dia que Christian e sua equipe vão pegar Licon, saudades do Casal , parabéns, mais uma vez, aguardo ansiosa para mais um capitulo

Anonymous said...

Oi Emine que saudade que estava desses seus capitulos....
Nossa que capitulo intenso... Christian e Pella numa tentativa de pegar o cara... Tomara que a ideia da ISCA de certo, pelo bem da Ana e do bebê...
Obrigada Neusa querida pela tradução rápida...
Ta chegando o grande dia da estreia do filme..
Bjus Emeni e Neusa.
YARA.

Rachel Morais said...

Ai que TUDO!!! Saudades desse casal... Aí aí aí que capítulo foi esse??? Tenso... O que será que nos aguarda nos próximos... Sabemos que a Ana ficará bem, mas até chegar lá, o que será que vem antes... Aguardando ansiosa cenas dos próximos capitulo...rssss
Emine que bom você estar de volta. Espero que sua vida já esteja melhor e continuo torcendo sempre por você.
Neusa mais uma vez sua tradução foi brilhante!!!
Rosângela, obrigada por sua atenção comigo no face. E devemos sim combinar de comentar o filme.
Alias, além de ansiosa pelo próximo capitulo.... muito ansiosa pela filme... (já estou com o ingresso na mão...rsss)
Emine e Neusa mais uma vez Parabéns pela competência de vocês. Bjosss
E Bjosss para todas vcs meninas
Kel

Priscila Pessotto said...

Capítulo perfeito! Adoro quando Alex Pella entra em ação. Obrigada Emine e Neusa. Beijos.

PATRICIA said...

Adorei esse capitulo, anciosa para saber se deu tudo certo no casamento da Kate e o nascimento do primeiro filho casal. Parabéns pela tradução!

Rose Viana said...
This comment has been removed by the author.
Mónica Alexandra Martins Alves Pernadas said...

que saudades deste nosso casal e desta linda história,que capitulo adorei ver Pella a assumir a liderança da caça ao homem.o que será que vai acontecer estou em pulgas aqui mas tambem tenho medo por Ana.de certeza vai tudo correr bem.Obrigado querida Emine por nos ter dado este presente antes do nosso filme preferido.
querida Neuza o que dizer mais sobre a sua tradução,simplesmente fantástica.beijocas

Ptzanane said...

amei esse capítulo nao demore por favor e muito bom

Amanda Steward said...

Thank you dear!! <3

Tati said...

Amei o capitulo!!! estava morrendo de saudades ja!!!cada dia mais emocionante!!! obrigada Emine e Neusa!!! como sempre maravilhosas!! bjs

Tati said...

ahhh esqueci de comentar simplesmente adoro quando o Pella interage com o Grey!!! não sei qual é o mais apaixonante!! aiaiai!! bjs

Anonymous said...

foi um espera longa , como sempre vale apena, o porque o resultado sempre compensa o cg e o pella juntos resolvendo este problema. ansiosa pelo filme ( tomara que não decepcione).

ivone

Duda banab said...

Maravilhoso esse capitulo. Obrigado Emine e Neuza.Aguardado o proximo.

Anonymous said...

Amei...... Hoje estou aqui Emine e a Neusa por esse presente, mas um capitulo do nosso Sr. Grey... Obtrgada mesmo!!!!!!
Anciosa para lê e ainda esperando mais capitulos.

Agradecida: Wéllyta Carvalho

Thalita Genonadio said...

Meu Deus... que emoção ler um novo capítulo!!!!

Emine, ótimo retorno, hein?!
Neusa, mais uma vez obrigada!!!

Bjos

Rosangela Maria Cabral Corvalan said...

Boa tarde meninas!!
Passando para ler os comentários e saber as "impressões" de cada uma de vocês!

Danielly Santos, fique tranquila ela entende o que voce escreveu!!
Rachel muito bom ter voce conosco!!

Amanda Steward..you're welcome!!

Então tá, depois de sexta-feira, nos encontramos aqui para comentarmos o filme!!
Bom final de semana para todas..beijso

Cora said...

Adoreiii!!! Amei!!! Nem eu mesma tinha idéia da enorme saudade que eu sentia por essa estória e este casal 20!
Grey e Pella juntos e de mais para esse pobre coração...kkkk. Emine e Neusinha juntas que maravilha, sempre fazendo um trabalho primiroso. Agradeço muito as duas <3 <3 <3 !

PS. Ansiosa pelo filme, contagem regressiva. Vou adorar comentar o filme aqui no nosso cafezinho.

Bjuuuuuuuusss

Eila said...

Oi meninas, hi Emine, oi Neusa, saudades, quanto tempo, feliz que voltamos com nossos capítulos, cada vez mais ansiosa com essa história, ansiosa com esse dia 12/02 que não chega logo, meu ingresso de cinema vai criar raiz no meu criado mudo porque já está comprado há dias rsrsrsrs... Neusinha traduz o capítulo 30 pleeeeease!!!
Beijos, bom domingo!!!

Ana Alice said...

Meus comentários não entram :(
Que capítulo meigo!
Que ótimo o cafezinho de hoje... Estava sentindo falta mesmo.
Muito obrigada pelo seu trabalho, Emine, cada vez mais maravilhoso.
Vejo que essa questão da segurança está ficando muito séria. Mas o Pella é adorável como sempre. Perfeito.
Estamos loucas para a chegada do Teddy fofo!!! A história vai ficar ainda melhor.
Deus abençoe você, Neusa! Obrigada!!

Socorro Matos said...

Nossa esse ultimo capítulo foi pra morrer a espera, a saudade foi grande. Será que Pella pega esse jonh??! Emine mata do coração. Parabéns. Qnd será que sai Pella aqui saudades dele também!
Valeu neusa!
bjos

Silvia ligieri said...

Grande Sr. Pella!!!!
Grande Sr. Grey!
Dois gigantes juntos...
Obrigada, Emine querida!
Obrigada, Neusinha querida!
Amo vcs!

Anonymous said...

Uai... Que saudades estava. Que excelente capítulo, como sempre Emine arrasa sempre deixando um gostinho de quero mais. Neusa com suas super traduções muitíssimo obrigada pelo trabalho de vocês. Bjs.... Bruna Penha

Larissa Castro said...

Neusa Cade vc? O cap 30 ja saiu, mas ler em portugues e bem Melhor. Ansiosa pelo filme este fim de semana e tbm pelo nascimento do Teddy no proximo livro. Aguardo vcs. Bjs Alessandra Campos

shirlei said...

dizer que sou fâ é muito pouco estou perdidamente apaixonada pelo christian sua historia seus amores e seus tremores tudo bem ao modo grey, lindo mais esse capitulo mas cada hora mais ansiosa pelo proximo o capitulo XXX.quero dar os parabens a autora pela otima historia e a tradutora pelo otimo trabalho.aki na torcida para que o proximo capitulo nao demore.

Shirlei Cristiana said...

dizer que sou fâ é muito pouco estou perdidamente apaixonada pelo christian sua historia seus amores e seus tremores tudo bem ao modo grey, lindo mais esse capitulo mas cada hora mais ansiosa pelo proximo o capitulo XXX.quero dar os parabens a autora pela otima historia e a tradutora pelo otimo trabalho.aki na torcida para que o proximo capitulo nao demore.

Fabiola Andrade said...

Obrigada Emine e Neusa.
Capitulo Maravilhoso... Ansiosa pelo próximo.

Beijos.
Fabíola Andrade

Stefany said...

GEEEEEEEEEEEEEENTE! Assisti o filme e simplesmente AMEI! Algumas cenas foram muito rápidas, outras foram perfeitas. E aquelas no quarto vermelho? MARAVILHOSAS. Na casa da Ana, com o gelo. PERFEITA! É claro que faltou algumas coisas que senti falta, mas é uma adaptação do livro, não o livro em si. Mas, eu amei mesmo. Chorei no final, sentir a dor das cintadas ... Ain meu Deus, simplesmente amei! Deixo aquele gostinho de quero mais, to louca pelo próximo. Coração vai infartar até lá :(

Ingrid Kathryn Cavalcante Ingrid Kathrin said...
This comment has been removed by the author.
Débora Pereira said...

Eu tambem AMEEEEEEEEEI o filme, mas senti falta de algumas falas indispensáveis. Mudou bastante coisa, mas no final das contas o filme foi mara! O final foi impresionantemente melhor que do livro kkkkk

Leandra Teles said...

Eu adoro tudo o que a Emine escreve! Neusa quando sai o capítulo XXX? Pelo que vi parece ser o ultimo do livro IX... amei o capitulo.
Ps: Vi o filme ontem e simplesmente adorei!!O mais perfeito filme de todos!!

MCRA Gestão de Projetos e Negócio Social said...

Ontem fui ver o filme, confesso que fiquei um pouco decepcionada. Parece que quem escreveu o roteiro do filme não leu o livro. Senti falta do jogo de sedução entre eles, a troca de emails em especial a do aeroporto quando ela fala da profundidade dela e ele responde dando novo sentido ao "mais". O "mais" ficou numa frase, sendo que ele representa um sentimento que foi nascendo nele para poder ficar com ela. Claro - é uma adaptação - mas este Grey parece um cara que quer apenas "fuder" no quarto vermelho. Nem mesmo no final o sentimento de não perdê-la é explorado. Com o livro na mão é possível melhorar muito, espero isto nas sequencias. Ah, a Emine teve o seu trabalho citado hoje na Uol (http://entretenimento.uol.com.br/noticias/redacao/2015/02/13/depois-de-ler-a-trilogia-fas-criam-novas-historias-com-casal-de-50-tons.htm) apesar das outras sequencias...esta é a melhor sempre...

Claudia Ferreira Peixoto said...

Capitulo maravilhoso. Ansiosa para ler o proximo.

Anonymous said...

Obrigada por mais um capitulo!!,Emine adoro seu trabalho simplismente linda sua versã de CG.Neusa parabens pela sua tradução, quando sai a tradução do capitulo xxx ansiooooosa!
Neusa você sabe quando lança serie Pella aqui no Brasil
Adoro o trabalho de voces, obrigada pela dedicação. Beijos Emine e Neusa
Rosana - SP

Katinha Rodrigues said...

Emine...Neusa....estava cheia de saudade de vcs e desse magnifico romance ;) obrigado por mais esse capitulo deliciiioso .... Um grande beijo amores!

Daniela Martins said...

Bom dia, Emine!
Olá, meninas do cafezinho!
Capítulo mais que perfeito!
Saudades de tudo isso aqui!
Amo quando Grey e Pella se encontram! E este plano?! Uma sósia?! Jogar a isca?!
Louca para ver a continuidade!
Obrigada, Emine e Neusa!
Bjkas
😉

Anonymous said...

Oi estava com saudade do nosso casal preferido, a espera valeu a pena vocês são simplesmente ótimas.

Maria Helena

Jack said...

Olá meninas, já estou indo ler o próximo capítulo, mas vi que meu ultimo comentário não estava aqui, não podemos deixar passar em branco né, é tdo mto maravilhoso, bjs!!!

Patricia Helena T P C Vasques said...

Uou, coração batendo bem rápido com este capítulo mega empolgante. Pella querendo resolver o caso por uma justiça não resolvida anteriormente e Grey sempre no comando. Sósia da Ana sem ela saber??? acho difícil. Muito obrigada amadas Emine e Neusa Quero muuuito mais.

Priscila Pessotto said...

Olá girls!
Você que está começando a ler o blog agora ou que já é leitora, agora a Série Pella disponível aqui no blog foi publicada em livro – ECOS NA ETERNIDADE- e em português.
A Emine Fougner colocou a versão em português do Ecos na Eternidade na Amazon, apenas esta semana, por apenas R$ 3,94. Corram para aproveitar o preço porque na próxima semana voltará ao preço normal.
É só acessar a pagina da amazon: www.amazon.com.br.
Vamos aproveitar!
Beijos,
Pry