StatCtr

Tuesday, July 30, 2013

A Série Pella - Capítulo VII – É um novo dia - em parte

 

É UM NOVO DIA
CAPÍTULO  VII
Alexander Aurelius Pella
Tradução: Neusa Reis

A luz do dia finalmente começa a escorrer através das grandes janelas da suíte master do meu rancho quando as janelas de vidro fosco clareiam automaticamente ao meio-dia, mas elas ainda estão obscurecidas por uma camada de tinta para bloquear o calor do sol do deserto fora. Ou eu morri e, finalmente, fui para o Elysium, ou eu finalmente encontrei minha esposa. Nossas pernas estão enroscadas, e eu estou completamente enrolado ao redor dela; seu corpo deitado está em cima do meu, enquanto meus braços estão prendendo-a possessiva, protetora e avaramente;  sua cabeça escondida na dobra do meu braço, seu cabelo esparramado no meu travesseiro e meu ombro, os nossos aromas e o cheiro de sexo e almíscar estão misturados e unidos em uma mistura inebriante, quando nós adormecemos depois de uma longa noite de amor, meu pênis ainda dentro dela, não querendo se separar dela mesmo durante o sono.


Ela geme, e inala. Um muito suave, "Alexander,” sai de seus lábios, mal decifrável, mas ele está lá. Sua voz carrega um apelo profundamente arraigado. Um quase gemido escapa de seus lábios. Eu suavemente acaricio seu cabelo, cuidadoso para não empurrá-la. Ela está sonhando com o nosso passado. Meus dedos se arrastam nas costas dela lentamente, sensualmente. Ela se move, mas eu a envolvo entre minhas pernas para não quebrar a nossa conexão. Sentindo meu pau dentro dela, e os meus dedos em suas costas, suas pálpebras se abrem um pouco.

"Bom dia, anjo,” eu sussurro para Elissa. Seus espessos cílios escuros cortinam seus sonolentos olhos azuis safira, e breve tristeza atravessa seus olhos, mas, em seguida, uma decisão resoluta passa por seu olhar e, finalmente, um sorriso se arrasta lentamente em seus lábios.

"Oi,” ela sussurra timidamente em uma voz suave. O som de sua voz faz minha ereção crescer em uma posição de arma engatilhada, esticando o interior de seu sexo, alcançando as profundezas do seu local secreto.

"Você deve estar dolorida de ontem à noite, mas..." Eu digo e meu pau se mexe em protesto dentro de seu sexo. Mesmo que os Nephilims se curem mais rápido, eu sei que ela não se recuperou totalmente. Eu tenho que mostrar contenção quando se trata de seu corpo. Mas a profundidade do meu desejo por Elissa é muito feroz; eu posso facilmente me perder em seu corpo. Eu tenho que chamar todas as minhas faculdades para segurar e controlar o meu desejo e ardor. Mas, talvez eu não esteja lhe dando crédito suficiente. Eu ainda estou em reverência completa por ela ter apresentado uma enorme força para enfrentar Phlegethon na noite passada e ela salvou Anthony. Enquanto eu corro meus dedos sobre sua garganta, noto que seu corte superficial do gládio curou-se e nem sequer uma cicatriz ficou em seu lugar. Apesar de seus pontos fortes evidentes, ela vai manter suas fragilidades humanas, até que ela recupere totalmente suas lembranças. Eu estou rasgado por dentro, porque eu quero protegê-la mesmo de mim, mas eu também quero desesperadamente foder sem sentido agora; meu pau está faminto por ela, voraz para montá-la duro, profundo e ininterrupto, pelo menos até a borda dos sentimentos entorpecidos. A quem eu estou enganando? Como poderia o anseio de dois séculos diminuir para a mulher que eu tenho amado toda a minha existência? No entanto, eu ainda tenho que mostrar moderação quando se trata de seu corpo. Eu sou o Nephilim mais forte; e além do mais eu não quero que ela se lembre de nosso tempo aqui como sendo áspero, mas agradável, inesquecível e espetacular.

"... mas," eu continuo molhando meu lábio inferior, e eu não tenho uma chance de continuar. Ela levanta a cabeça para fora da curva do meu braço, se inclina e capturando meu lábio inferior entre os dela, ela começa a chupá-lo em puxões rítmicos, habilmente. Quando ela levemente afunda seus dentes na carne de meus lábios, meu pau totalmente revive, inchando e doendo por fricção. Ela apenas tomou a porra do controle por ataque preventivo! Merda! É mais quente que Hades! Anjo, você só tem que pedir.
  


Sento-me em um movimento rápido com ela segurando meu cabelo, e ela ainda está chupando meu lábio inferior. Minha língua dardeja para fora, e com um movimento de mergulho, eu forço seus lábios a fecharem sobre os meus. Quando nossos lábios se tocam, um choque de eletricidade passa através de nossos corpos; meu beijo suave e gentil transforma-se em apaixonado e febril. Sua língua hesitante entra em minha boca e eu a capturo e chupo, fazendo-a gemer e depois arranho sobre ela com os dentes. Eu engulo seus gemidos ansiosos, enquanto minha língua entra em sua boca e varre por  dentro, acariciando sua língua com lambidas sensuais profundas. Um arrepio percorre seu corpo, e ela se apega a mim com mais força, os dedos puxando meu cabelo, seu corpo mexendo enquanto ela está montando meus quadris, seu sexo acaricia meu pau, segurando-o apertado, não querendo soltar.

"Ellie..." Eu arquejo. "Você tem certeza? Você deve estar dolorida..."

"Por favor..." ela geme em meus lábios. Nessa única palavra ela embala todos os seus anseios, desejo ardente por mim. O sexo dela é tão apertado como um punho fechado tentando puxar meu pau mais profundo. Como posso dizer não para ela quando eu a quero com luxúria e desejo e ela me quer com a mesma intensidade?

"Ok, então. Mas, você pode lidar com intenso? Eu não vou ser capaz de parar, Ellie! "

Eu carrego Ellie para o canto da suíte; pressionando um botão na parede, as duas alças rotatórias são abaixadas quase sem ruído.

"O que é isso?" Ellie pergunta.

"Exercício da manhã,” eu respondo com um sorriso lascivo. "Você ama escalar rochas; eu quero que você me escale. Envolva seus pulsos nisso, e o sinta esticá-la," eu sussurro. A gravidade e eu faremos o resto.

"Mas?" ela pergunta.

"Você confia em mim, Ellie? Você confia que eu vou cuidar de você, das necessidades do seu corpo?" Ela olha para mim com os olhos arregalados e acena com a cabeça,  enfaticamente.

 "Então, enfie suas mãos através dos passadores de couro, e segure as alças de levantar, anjo" Eu comando. Seus braços as alcançam, enfiando suas mãos através do couro, ela segura firmemente as alças de puxar. Ela está esticada, e há apenas o suficiente para saltar segurando as alças de levantar, quando eu empurro meu pau dentro dela, ela vai saltar para cima um pouco, mas também vai pousar no meu pau fazendo-o ir mais fundo nela; e o que mais, saltando seus seios em minhas mãos esperando, e lábios.


"Agora, envolva as pernas em torno de meus quadris,” eu a instruo. Ela faz o que lhe é dito, imediatamente. Minha mão esquerda segura suas nádegas.

"Quando eu disser que você se mova você se move, anjo!" Eu ordeno, e ela concorda. Eu coloco  meus quadris em ângulo, e o atrito causado pelo meu pau dentro de seu sexo faz com que ela o aperte ainda com mais força, fazendo-a gemer.

"Shhh..." Eu a acalmo. "Agora, mova-se!" Eu ordeno, e ela move o seu sexo para cima usando a força de seus braços, e quando ela está descendo, eu empurro para cima, e ela grita. Eu imobilizo seus  quadris imediatamente.

"Baby, você está machucada?" Pergunto preocupado.

"Não... Apenas... uma sensação incrível," ela responde, com a cabeça inclinada para trás.

"Outra vez?" Eu pergunto.

"Sim, por favor," ela pede.

"Mova-se novamente, então."

Ela se move para cima e enquanto ela afunda no meu pau, eu afundo nela mais longe, e a faço saltar de volta para cima novamente. Seus seios esfregam no meu cabelo do peito, estimulando-a. Eu levanto a minha mão direita e capturo o mamilo entre o polegar e o dedo indicador, amassando, puxando, e alongando, enquanto minha mão esquerda segura suas nádegas. Eu mudo de mão e presto a mesma atenção ao outro mamilo. Retardando seus movimentos para baixo, eu giro meus quadris, e meu pau localiza seu ponto macio, esfregando-o. Eu tomo o mamilo entre os lábios e redemoinho minha língua em torno dele. O mamilo intumesce e alonga mais na minha boca. Eu o sugo com força, mas alivio o ardor, soprando sobre ele e lambendo-o. Elissa empurra a cabeça para trás, empurrando seu peito ainda mais na minha boca, e eu sorrio largo. Minha mão viaja no seu traseiro acariciando, meus quadris girando, e eu começo a me mover novamente, empurrando-a para cima, e ela cai de volta no meu pau em um envelope de boas-vindas.

"Eu vou empurrar suas costas contra a parede agora, anjo," eu sussurro. "Largue as alças e agarre meu pescoço," eu a instruo.

"S..s.sim..." ela choraminga. Seus braços habilmente abraçam meu pescoço. Estamos frente a frente, "Agora, eu vou foder você até que você esteja dolorida, e você grite de puro prazer,” eu sussurro entre dentes, meus olhos não saindo dela. Um arrepio percorre seu corpo, e ela concorda com a cabeça. Eu a coloco de costas para a parede para mantê-la imóvel. Eu fecho meus olhos e inalo o cheiro dela. Meus lábios descem até seu pescoço, mordendo e chupando e fazendo meu caminho até seu queixo, em seguida, para o lábio inferior e, finalmente, estou plenamente possuindo seus lábios, e começo a empurrar em seu sexo apertado, primeiro lentamente, então eu aumento minha velocidade enquanto os meus lábios estão moldados sobre os dela. Minha língua lambe o interior de sua boca novamente, familiarizando-me. Ela suga minha língua; esse simples ato sensual enrola meus dedos dos pés, dirige meu pau ainda mais dentro dela. Eu empurro nela repetidamente. Seus calcanhares escavam minha bunda com o orgasmo se construindo e a tensão, tentando espalhar o prazer através de seu corpo desesperadamente.

O sexo dela aperta-se em torno de mim como uma luva confortável, e eu empurro mais nela. Seus olhos rolam para trás em sua cabeça, suas mãos emaranhadas nos meus cabelos puxando com força. Seus lábios procuram desesperadamente os meus para ser fodida em ambas as extremidades. Seus gritos incoerentes do meu nome são perdidos, e eu engulo todo seu prazer ao dar a ela tudo que eu tenho. Suas pernas se fecham em volta do meu tronco para espalhar as ondas de orgasmo passando por seu corpo. Eu empurro nela mais três vezes, antes que eu me perca em um orgasmo arrasador de  mente e corpo,  que só ela pode me dar, eu gozo copiosamente, em jorros espessos.
Suas pernas estão finalmente moles, com os braços frouxos, e sua cabeça embalada em meus ombros; eu a levo para o lado da minha cama, com relutância sair de dentro dela e colocando-a de pé no chão. Meu pau está coberto com as evidências de sua virgindade perdida e nosso sexo. As gotas de sêmen correm na parte interna de suas coxas e duas gotas grandes caem no chão. Eu levanto uma sobrancelha divertida para ela e ela fica vermelha carmesim.

"Eu vou limpar-nos," eu sussurro, e retiro-a do chão, levando-a em meus braços até o banheiro. Eu ligo o chuveiro e começo a limpar suas pernas suavemente.

"Ducha?" Pergunto levantando as sobrancelhas.

"Oh...” ela responde: "Eu não acho que eu tenho mais forças para levantar-me,” ela sussurra em tom envergonhado, ficando vermelha até sua linha do cabelo. Eu levanto o queixo para cima com o dedo indicador. "Oh, anjo, há também um chuveiro horizontal lá,” eu indico com a minha cabeça. o grande banho romano Eu a levanto e a levo para o chuveiro. As luzes são suaves e calmantes. Eu coloco-a no longo banco do chuveiro, acima do chão cerca de um metro, com pedra aquecida em sua banheira. Caminhando para o iPod acoplado em uma caixa à prova d'água, eu seleciono de Mozart "Duettino Sull'aria" do Casamento de Fígaro.



Duettino Sull’aria

A água do chuveiro está na temperatura certa, pulverizando nela de seis bandejas diferentes, com bicos giratórios, e chove nas suas costas suavemente, relaxando-a completamente. Eu mandei construir esse chuveiro semelhante aos antigos banhos romanos e gregos de que eu sentia falta. Eu esguicho sabão líquido de corpo sobre uma grande esponja do mar e começo a esfregar suavemente círculos sobre seus ombros, no pescoço, indo devagar, para baixo, em sua coluna vertebral e suas nádegas. Um descontraído gemido escapa de seus lábios. Ela está deitada de bruços; seus braços dobrados sob a cabeça, os olhos fechados no estado mais relaxado. Eu regulo o fluxo da água com pressão suficiente para estimular a pele, mas com pressão baixa o suficiente para que eu possa levar o tempo que eu quiser com o processo. Eu ensaboo todas suas costas e lentamente enxaguo.
  


Eu dobro sua perna esquerda para trás sobre o joelho e ensaboo também. Abandonando a esponja do mar, eu derramo óleo de banho na minha mão, então eu coloco seu pé no meu ombro e, lentamente, com a perna ainda dobrada no joelho, eu deslizo meus bíceps e tríceps sobre suas panturrilhas sensualmente, massageando a perna. Eu abaixo a perna na bacia e dou a mesma atenção ao seu tornozelo, calcanhar e peito do pé, com apenas as pontas dos meus dedos e o polegar. Eu massageio as almofadas de cada um de seus dedos. Repito o processo em sua perna direita, moldando-a sob meu toque licencioso. Depois de deixar a água lavar o óleo para fora de seus pés, eu levo seu dedão do pé na minha boca e chupo-o lenta e sensualmente. Seu núcleo aperta imediatamente, e um suspiro luxurioso escapa de seus lábios. Eu arranho seu peito do pé com os meus dentes e coloco-o para baixo. Ela geme seu protesto quando eu coloco o pé para baixo, me fazendo sorrir.
  


Eu ando até o meio da banheira; eu viro Elissa. Eu ensaboo minhas mãos e ensaboo seu pescoço, massageando seus ombros, lavo debaixo dos braços, e seus lados. Quando meus dedos alcançam seu umbigo, minha respiração acelera. É tão sexy, semi-profundo, oval, e tem uma meia-lua em um lado. O que eu gostaria de fazer a ele agora mesmo! Mas eu engulo, e só corro meus dedos em torno e no fundo de seu umbigo; conscientemente estimulando seus ovários diretamente abaixo e enviando prazeres diretamente a seu núcleo. Então, meus dedos deslizam para as coxas, propositalmente evitando seus seios e seu sexo. Involuntariamente ela arqueia as costas para fora da banheira; seu gesto pedindo alguma atenção para seus seios. Seus olhos seguem os meus movimentos, implorando. Eu quero que ela me queira com a mesma ferocidade insondável que eu desejo a ela. Estou faminto por ela, eu quero que ela me diga que ela me quer de forma explícita.



"Estou negligenciando-a de alguma forma, Ellie?" Murmuro, sensualmente. Ela cora, e fecha os olhos, envergonhada de ainda ansiar por mim após toda a noite e esta manhã. Seu dedo indicador voa para a boca mastigando o lado de sua unha. Ela fecha os olhos, corando. Eu lentamente passeio para o lado da sua bela cabeça como um predador.

Meus lábios pairam pouco acima de sua orelha, e eu sussurro, sem tocá-la, "Ellie, não fique envergonhada. Muito menos de mim... Eu quero que você me diga o que você quer, onde quer, e como quer,” eu ordeno a ela. Seu corpo estremece e ela fecha os olhos apertados, cobrindo o rosto com seus braços.

"Não se esconda de mim, anjo. Olhe para mim..." Eu a incentivo suavemente. Eu seguro seus braços e puxo-os suavemente para longe de seus olhos. Ela abre lentamente seus olhos safira sombreados por grossos cílios escuros.

"O que você quer, baby?"

"Lave-me..." ela sussurra.

"Eu pensei que eu estava,” eu digo dando-lhe um sorriso torto. Então eu fixo a intensidade do meu olhar escurecido no seu rosto, minha voz, um sussurro acariciante:

"Onde exatamente você quer que eu a lave, Ellie?" Pergunto deliberadamente.

"Lave os meus seios, e meu sexo,” ela murmura engolindo seco, e meu pau sobe em saudação completa.

"Sim, senhora,” eu respondo. Eu ensaboo minhas mãos e coloco-as sob a curva mergulhante de seus seios. Então, lentamente, eu passo minhas mãos em direção a seus mamilos rosados apontando para fora; eu cubro seus seios bem tonificados e amasso-os dolorosamente lento. A água do chuveiro caindo gentilmente lava,  lentamente, a espuma fora de seus seios, em riachos. Minhas mãos se movem para baixo de seu corpo e preguiçosas e provocantes em direção a seu sexo. Ensaboando as mãos com sabonete novamente, eu lentamente espalmo seu sexo. Meus dedos deslizam sobre sua flor. Eu brinco com a pequena porção de cabelo por cima do osso púbico. Ela arqueia seus quadris para cima em minha palma. Eu patino um dedo sobre sua convidativa fenda. Seus quadris angulam avidamente. Dois dedos... Um gemido escapa de seus lábios; minha palma provoca seu clitóris até que toda a espuma corre para fora de seu sexo.

"Tudo limpo..." eu digo. Ela desordenadamente tenta sentar-se.

"O quê? Não! Quero dizer... Quero dizer... o quê?” ela pergunta completamente atordoada.

"Você me pediu para lavar seus seios e sexo. Eu fiz exatamente isso. Você não ficou satisfeita, Ellie?"  Pergunto sedutoramente, com olhos ardentes. A água do chuveiro cai preguiçosamente em seu cabelo e corpo correndo gotejando, arrastando-se sobre seus seios, passando por seus mamilos, e, lentamente, correndo fora de seu corpo. Ela parte seu cabelo molhado, e empurra-o para trás com suas duas mãos em desespero, me olha com olhos suplicantes. Em seguida, cobrindo o rosto com as mãos, ela sussurra.

"Você vai me deixar assim?” Ela pergunta suavemente.

Eu volto em direção a ela ficando apenas a alguns centímetros de distância dela.

"Assim... como... Ellie?" Pergunto lentamente, cada palavra uma carícia. Minha respiração está sobre ela, mas eu não a toco. Seus olhos flutuam abertos, peito arfante, lábios entreabertos.

"Desejando você... o seu toque em mim..."

"Diga-me como você quer ser tocada, anjo. Diga-me o seu desejo,” eu digo.

"Alex...” diz ela, com desejo. "Eu nunca tive, ou experimentei algum destes sentimentos até ontem,” diz ela, enquanto ela olha para os meus molhados pés descalços. "Eu não sei como ser tocada. Certamente, isso não é normal...” diz ela cobrindo o rosto com as mãos. Eu lentamente seguro suas mãos, levando-as até meus lábios, beijando cada um dos seus dedos, carinhosamente.

"Fale comigo, anjo..." Eu a encorajo.

"Eu estou com medo...” diz ela engolindo, procurando meus olhos. "Estou com medo de que é errado desejar alguém... Você,” diz ela, visivelmente engolindo enquanto ela mantém seu  olhar  no  meu rosto,  “com essa intensidade... com essa... essa fome feroz,”  diz ela lentamente.  "Isso não pode ser saudável ou bom... para mim, ou para você. Conheço-o há um dia, e..." ela balança sua cabeça, olha para baixo para o chão.

"Anjo," eu sussurro levantando seu queixo para cima, mantendo o contato visual comigo. "Não se pode esperar que você siga as mesmas regras estabelecidas para os humanos não mais do que eles devam seguir as regras de quaisquer outras espécies... Nós somos apenas metade humanos. Nós vivemos mais tempo. Nós somos mais fortes. Muito..." Eu digo beijando seus lábios, "muito...” eu sussurro em sua boca, "muito mais fortes."

 

"Isso significa mais resistência,” eu digo envolvendo suas pernas em volta do meu torso,  enquanto minha ereção se dobra sobre sua barriga, “e nem sempre forjamos laços fortes, mas os que forjamos são..." eu digo mordendo seu lábio inferior enquanto ela fecha os olhos  e  suspira  estremecendo,"... permanentes."

"Alex,” ela sussurra.  "É saudável misturar isso e trabalhar para você como sua assistente?"

"Sim. Isso pode ser feito,” murmuro ao seu ouvido enquanto eu acaricio seu traseiro sensualmente.

"Eu não quero que você pense que você está obrigado a mim, ou responsável por mim de alguma forma. Então, não se sinta obrigado, se eu não estou apta para o trabalho que você está oferecendo, ou, por isso aqui...” diz ela, nos indicando. "Eu estou bem com isso." Ela faz um movimento para descer.

"Hey..." Eu digo, inclinando seu queixo para cima, e capturo sua mão baixando-a para minha virilha.

"Isto parece para você que você não está apta para mim?" Eu digo fazendo-a agarrar minha ereção completa, veias grossas pulsando sob sua palma. Ela engasga.

"N... não...” ela gagueja.

"Então, confie em mim quando eu digo que eu quero você, aqui,” eu gesticulo com um balanço da minha “mão para indicar a minha casa,  “aqui,”  digo colocando a palma da sua mão no meu peito, “e aqui,”  eu digo agarrando sua mão, fazendo-a acariciar cada centímetro do meu pau. "E o trabalho é seu. Ele sempre foi seu,” eu digo baixinho. Ela pisca.

"Não. Basta fazer a experiência que você pretendia. Só se você achar que eu sou capaz de fazer isso... Se não, eu vou arranjar outro emprego,” ela sussurra.

"Ellie...” eu sussurro. "O que temos aqui,” eu digo, meu olhar solene,  procurando o dela, “está além das palavras. Eu quero você com a mesma ferocidade... talvez mais do que você me deseja. Isso é algo ruim para você de estar por perto?"

Ela me abraça. Apertado.
  


"Por quê? Por quê? Por que me sinto assim? Por que você se sente assim?” Ela pergunta em voz baixa.

Eu quero dizer a ela de nós. Mas eu não posso; não sem prejudicá-la. Como posso dizer que ela foi o último sonho da minha alma? Antigas vozes em minha cabeça me chamando para ela; minha alma procurando a dela, o nosso amor eterno impelindo-me a procurá-la. O medo escuro em mim sempre se arrastando para provocar-me, de que o nosso amor poderia silenciar para sempre. Mas este novo início, esta renovada sensualidade, este toque, nossa conexão, me dão um novo combate para conquistar o mundo mais uma vez. Ela não é mais apenas um sonho do qual eu vou acordar e de alguma forma encontrar-me vazio, no fundo do abismo. Ela é a única que dá sentido à minha vida. Ela é a minha inspiração. Ela é o meu amor. Ela é a minha vida.

"Porque Alex?” Ela pergunta mais uma vez buscando o meu rosto neste momento.

"Quando eu disser o que eu tenho a dizer,” eu digo, olhando em seus olhos sem piscar, “ouça-me primeiro. Não julgue. Não pense com as normas dos humanos, das pessoas, do que lhe foi ensinado enquanto você cresceu como uma garota humana. Pense em termos de um filho de um humano e um anjo imortal..." Eu digo baixinho. Eu procuro seu rosto. Ela pensa por um minuto, depois balança a cabeça solenemente.

"Você sabe o que eu vou dizer, não é,  anjo?" Eu digo inclinando minha cabeça para o lado. Ela pisca repetidamente. Eu quero dizer a ela que eu a amo, que eu sempre amei desde que eu vi pela primeira vez a sua imagem na minha cabeça. Mas eu não posso dizer-lhe ainda.

"Nós forjamos um vínculo. Você e eu... É um vínculo inquebrantável, inabalável. É na profundidade da alma. E os homens podem usar esta expressão para o objeto de sua afeição e isso pode significar muito para tudo que eles podem sentir, mas, o que eu sinto por você é esta tremenda atração em relação a você, que me suplantou desde o primeiro olhar para a sua imagem. Eu não posso resistir a isso. Eu não posso resistir a você! Você... e só você, tem o poder de me chamar para o bem ou o mal, para o fogo de Hades, para os campos do Elysium, para o meu próprio abismo sem fundo, ou para as alturas do êxtase, ou para a tortura eterna. O que eu quero é você. Se você tiver que me privar de você, isso me arruinaria..." Eu digo desnudando minha alma para ela, os olhos dilatados, o medo à tona. Suas mãos seguram meu rosto e ela sussurra.

"Eu sinto o mesmo por você... Mas eu não entendo porque, Alex. Certamente, isso não é bom. Isto não é saudável..."

"Lembre-se, você prometeu não pensar como um humano. Nós somos apenas metade humanos. Nós somos mais. Capazes de imortalidade. Nossos pais anjos tinham a mesma força. Há mais que você precisa saber sobre quem você é... Eu posso mostrar-lhe a existência que você é capaz de viver, levá-la para os picos do prazer que nenhum homem humano pode mostrar-lhe... Eu  quero você,  Elissa Duncan!"  Eu digo inclinando-me na busca de seu olhar, nossos lábios apenas a um sussurro de distância.

Ela fecha a distância do sussurro, e as nossas almas se unem mais uma vez.

  
RECADO DA AUTORA, EMINE FOUGNER:


Thank You for reading everyone!

Gostaria muito de receber sua opinião sobre este capítulo, e a impressão geral da Série Pella até agora.
*
*
*
*
TRADUÇÃO DAS RESPOSTAS DA AUTORA EMINE FOUGNER SOBRE A SERIE PELLA

Oi Pao, Mari, Anonymous x2, Lala, Sandra, querida Neusa, Janaina, Tati, Joenes, Leda, e Rosangela!

Muito obrigada pelos seus comentários!!

Aqui estão as respostas a algumas das perguntas mais frequentes, bem como as suas perguntas (em 3 partes, talvez,  porque é longo):

1. Alex Pella encontra Christian Grey, antes ou depois de encontrar Elissa?

Alex e Christian se encontraram em Harvard. Porque Alex tem que acomodar-se ao tempo que ele está vivendo, ir para Harvard foi benéfico para ele,  em termos de fazer contatos com os futuros magnatas e os políticos (esta é uma universidade que os principais líderes dos EUA frequentam. É como uma medalha de honra para a maioria). Então, esse é o lugar onde eles se conheceram. Eu escrevi uma seção em um capítulo,  do seu tempo em Harvard. Escrevi seções no Livro 3 - Capítulo I;  Livro 3 - Capítulo 18 (fala sobre seu tempo em Harvard). Mas a primeira menção de Alex Pella vem no Livro 1 - Capítulo 9. A segunda menção vem no Livro 2 - Capítulo 24.

Os eventos que ocorreram com Christian acontecem em 2011. Mas Alex não encontra Elissa nos tempos modernos até 2013 ou 14. Eu escrevi em 2013, mas dependendo de quando eu publicar o livro, pode ser 2014. Então, ele não encontrou Elissa ainda. Em uma de seção no Livro 3 - Capítulo I, ele diz isso para Christian o que, naturalmente, faria vocês entenderem que ele, entretanto,  não encontrou sua mulher ainda nesta vida:

Os olhos de Alex Pella escurecem como se ele se transformasse em um homem diferente.

"Isso não seria o que eu faria, porque eu estou no topo do meu jogo, mas é o que faria um enraivecido segundo melhor. Alguém que perdeu a luta alpha. Primeira ordem das coisas para você deve ser um segurança para cada pessoa viva a quem você dê valor! Para todos que fariam você chorar se os perdesse,” diz ele, como se ele já tivesse passado por uma experiência tão dolorosa, que mesmo falando sobre isso em termos de um outro homem, lhe desse uma dor insuportável.

2. Quantos livros estarão na Série Pella?

Eu tenho a intenção de escrever quatro livros da série. Eu já determinei os rumos de cada livro.

3. Vou parar por aqui, ou publicar?

Os livros serão publicados no final do outono. Ou devo dizer que o primeiro vai para o editor em algum momento em novembro e uma vez que eu esteja de acordo com as mudanças, ele vai para a publicação. Eu estou trabalhando em escrever e reescrever o primeiro livro. Eu escrevo os capítulos fora de ordem, às vezes, e agora eu tenho que colocá-los em ordem, reescrever e mudar. Para cada mil palavras que escrevo, leio cerca de 20.000 palavras, porque é preciso muita pesquisa. Eu olho para um monte de textos antigos para decifrar acerca dos Nephilim. Há uma enorme quantidade de informações sobre essa chamada "raça perdida", eles existem nos evangelhos canônicos e não canônicos. Eu encontrei numerosas referências em outras culturas antigas (gregos antigos, romanos antigos, centro-americanos, egípcios, hititas, Frígios, you name it...) O que é incrivelmente interessante é que algumas das referências mencionam alguns dos Nephilim como "sugadores de sangue," que é uma das mais antigas referências a vampiros.

Mas isso não quer dizer que é o caso de "todos" os Nephilim. Deuses Gregos (Fallen Angels), semideuses (crianças filhas de pais deuses gregos ou romanos - mas o equivalente é o Nephilim).

4. Por que está demorando um pouco?

Eu não quero apenas escrever uma história, mas um best-seller; uma história que os leitores iriam adorar. Escrever um livro leva um monte de tempo, uma série de pesquisas; e traduzir esta pesquisa no contexto das vidas dos personagens sobre quem você está escrevendo, e os eventos em que você deseja enquadrá-los dentro.  Por um lado eu quero ser tão fiel aos textos antigos que eu li quanto possível, mas também adaptá-los ao tempo moderno, quando se dirigiria aos leitores modernos; para nossas vidas hoje. Escrever, reescrever, reorganizar, editar, escrever novamente. Ele será então enviado a um editor que vai analisar o que eu já escrevi, então vou fazer as correções, mudanças, reescrever novamente. Publicação é um processo muito difícil, especialmente para um autor de primeira publicação.

5. Por que esse tema?

O amor é universal, e inalterado ao longo da história humana. Na verdade, vai além da história humana. Um dos versos mais famosos da Bíblia é este: "Porque Deus amou o mundo, Ele deu o seu Filho unigênito." O amor é uma das maiores forças do universo (alguns dizem que é a evolução que é uma das maiores forças do universo, porque tudo evolui e muda no universo. Discordo dessa afirmação. É o amor). Assim é como eu posso explicar isso:

O amor é uma força vinculativa. A evolução é uma força seletiva. Do ponto de vista científico:

Estudei a Origem das Espécies. Há algumas coisas com as quais eu concordo, e várias que eu discordo de  Darwin.
Por definição, a Teoria da Evolução de Darwin não é comprovada. Teoria significa "Uma suposição ou um sistema de idéias destinadas a explicar algo, especialmente um baseado em princípios gerais independentes da coisa ser... como a Teoria da Evolução de Darwin." Se fosse comprovada conclusivamente, teria sido classificada como um "fato". Mas isso não significa que não há verdade nela. Um dos exemplos mais simples desta teoria é a "sobrevivência do mais apto", de Herbert Spencer, que é uma expressão originária da teoria da evolução como uma alternativa à seleção natural. Onde a seleção natural é basicamente a preservação das raças favorecidas na luta pela vida. A vida na Terra depende da sobrevivência do mais adaptável, bem como do mais produtivo. Não importa quão "apta" uma espécie possa ser, se não produzir a próxima geração, ela está condenada à extinção.

O que produz a próxima geração com mais frequência? Amor. O amor leva à ligação mais forte conhecida pela humanidade, animal, Deus, ou anjo. Deus não precisa se reproduzir e Ele ainda "gerou" um filho.

Amor leva a uma forma de corrente, uma eletricidade de desejo, um magnetismo e vincula os sexos opostos e leva a, bem, sexo. E o sexo na maioria das vezes leva à reprodução. A mais elevada forma de mostrar o seu amor, ligação ou unidade com alguém é fazer uma criança: a prova deste amor e da união entre os dois.
Algumas pessoas vêem o sexo como algo de que se envergonhar, e alguns outros o vêem como algo que só as pessoas solteiras fazem e quase algo que as pessoas casadas nunca devem fazer. Eu vejo várias coisas erradas com esta imagem. O sexo é um dom de Deus para disfrutar um do outro, mostrar o nosso vínculo com a pessoa que amamos e também criar a próxima geração. É o ato mais natural entre casais ainda que eles sejam os únicos que têm problemas com isso, porque muitos não sabem como fazê-lo direito, ou não atingiram o nível de intimidade onde podem ser honestos uns com os outros na medida em que as suas expectativas estão envolvidas. Esta é uma das principais causas dos problemas de relacionamento. Mas estou pegando o contexto de duas almas gêmeas que se amam tanto que eles olham um para o outro na tela do tempo. Há pessoas que perderam o amor de suas vidas, ou seus cônjuges. E muitos carregam a esperança de um dia vê-los novamente no céu. O que estou dizendo na minha história é simplesmente isto: E se houvesse uma maneira de ver seus amados outra vez, quão longe você iria para encontrar ele/ela? O que você aguentaria? Como você protegeria e preservaria?

Normas sociais, religiões,  nos condicionam a viver uma vida "normal" dentro de qualquer critério que a norma ou a religião esteja apresentando. Isso é maravilhoso. Mas se você tivesse a possibilidade de viver uma vida espetacular, em oposição a uma vida normal, o que você escolheria? Ser ordinário, ou extraordinário? Por exemplo, todas as pessoas casadas fazem sexo: alguns cinco vezes por dia, alguns uma vez por ano. Eles estão fazendo isso de uma maneira ou de outra. Alguns podem ser muito talentosos e competentes nisso, e alguns de vocês podem viver sem. Se você pode fazer algo muito melhor, por que fazê-lo mal? Às vezes eu ouço de casais mais velhos que "bem, quando você chega a nossa idade, o que permanece é a amizade. Sexo não é importante."  Minha resposta para isso é: "Eu vou me preocupar com isso quando chegar a sua idade. Sou jovem agora. Eu quero fazer isso direito, e fazê-lo de forma espetacular. Se você quer se contentar com a mediocridade, é a sua vida. Mas, eu vivo a minha própria vida, não a sua." Mas, é claro que eu não estou tomando apenas um aspecto da vida de um casal, ou seja, sexo. Isso ainda seria unidirecional, e ainda comum. Uma equação tem muitas variáveis. Quando as variáveis ​​de ambos os lados estão devidamente satisfeitas, é quando a equação está equilibrada. Amor, sexo, amizade, lealdade, honra, resistência, perda, até mesmo dor, são todos parte dessa mesma equação que eu estou tentando equilibrar no meu livro.


Se houver quaisquer outras perguntas, eu estarei mais do que feliz em respondê-las. Além disso, vou escrever uma sinopse geral logo, a qual eu não tive tempo para postar ainda. Eu já comecei a escrevê-la.

42 comments:

Olidelgi said...

Oi Emine,
Espero que quando vc publicar seu livro, saia logo, tbm, em português. Com certeza o comprarei e seguirei toda a série. O Alex é demais mesmo. Um homem incrível. Até o Christian percebe o poder que exala dele. Lembro, tbm, que ele dá algo ao Christian, não lembro em qual capítulo, mas é algo que representa muito pra ele, não lembro bem. Até o Anthony aparece qdo liga pra Andrea para marcar o horário do encontro. Bem legal essa interação de personagens entre os livros.
Eu leio muito e fico admirada da imaginação dos escritores ao escreverem seus livros, sei que é preciso muita pesquisa, além de muita imaginação. E vc, Emine é uma grande escritora e, com certeza, a série Pella será um grande best-seller.
No início, estava um pouco perdida com a história, era uma mistura de personalidades e fatos, mas, então, vc vai esclarecendo de uma forma tão envolvente que a gente que ver logo o próximo capítulo. Amo sua escrita. Espero que assim que vc lançar seu livro, saia logo a versão em português, pois vc está deixando-nos ansiosas e com gostinho de quero mais. E, assim será, até vc lançar todos os livros da série.
Espero que esteja tudo bem com sua mãe e sua família.
Sabe, Emine, tive um câncer, ano passado, hoje já estou bem e considero-me curada, e descobrir seu blog ajudou-me muito a passar por estes dias de recuperação, foram dias muito difíceis, mas que já passaram. Faço acompanhamento médico e, graças a Deus, estou livre desse mal. Coloquei tudo nas mãos de Deus e deixei Ele fazer a obra, faça assim com sua mãe, entregue tudo em suas mãos e deixe Ele fazer a obra, assim o milagre acontece.
Então, obrigada por sua escrita e seus livros, sou sua fã, não sei se sou a número um, mas considero seus livros na versão de CG melhores que o da E.L.James, são muito mais intensos.
Bjs e tudo de bom.
E, Neusa, obrigada pela tradução dos comentários da Emine, vc continua sendo 10.
Bjs,
Olidelgi

Anonymous said...

Estou amando a serie Pella e o trabalho de vcs..... Já leio algum tempo e ainda não tinha tido a oportunidade de postar o quanto estou gostando e anciosa pelos próximos apitulos

Abraços

Anonymous said...

Estou amando a serie Pella e o trabalho de vcs..... Já leio algum tempo e ainda não tinha tido a oportunidade de postar o quanto estou gostando e anciosa pelos próximos apitulos

Abraços

Joenes Carvalho Alves Xavier said...

Capítulo maravilhoso como sempre, vcs estão de parabéns, uma ótima maneira de começar o dia, obrigada ! Bjs

Rosangela Maria Cabral Corvalan said...

Emine,
Que explicação foi essa???MEU DEUS!!
Você foi esclarecedora em vários aspectos, como por exemplo teoria e fato, ser ordinário ou extraordinário, viver a vida de forma espetacular ou deixa-la passar e ser apenas um coadjuvante, foi incrível!!!

Com sua determinação, pesquisa esclarecedora e sua capacidade de comunicação eu não tenho dúvidas que a série Pella será um BEST SELLER!!! Assim como a Olidelgi, também espero a versão em português.
Sou também sua fã e fico lisonjeada ao ler seus comentários e ver o carinho que você tem com seus seguidores....pra mim é uma honra ver meu nome escrito em seus agradecimentos...você é incrível!!!

Neusa, você é fundamental em todo esse processo, pelo menos pra mim que entendo muito pouco ingles e recorro ao google tradutor(tento não usa-lo para enriquecer meu vocabulário)...você passa, em suas traduções, a alma e a essência da historia, muito muito obrigada!!
Emine, desejo de coração, que sua mãe se recupere o mais breve possível!!!
Beijos minhas queridas e mais uma vez agradeço à vocês por nos compartilhar tão lindas histórias.
Rosângela - Curitiba - Brasil

Anonymous said...

Que capitulo lindo!!! Otima maneira de começar o dia!!! Emine obrigada por sua atençäo e sua palavras esclarecedoras... Sou uma fã de romances e adoro o amor e final felizes, tenho certeza que seus livros seräo um sucesso.
E Neuza mais uma vez obrigada por sua disponibilidade e tempo para nos fazer tão felizes.
Bjs a todas Lala

Mari Lins said...

Emine, sem palavras. Obrigada pelo relato tão esclarecedor e carinhoso.
Nunca participei de algo parecido. Conseguir interagir com um autor, enquanto o mesmo escreve sua obra e ainda poder contar com esclarecimentos a dúvidas que vou tendo ao longo deste leitura tão cativante.
Imagino o que seja escrever, pesquisar, reescrever, se corrigir e corrigir sua obra. Conciliar tudo isso à sua vida familiar, que sei tem passado por um momento delicado com problemas de saúde de sua mãe (espero que as coisas estejam mais controladas em relação à ela).
Me emocionei com suas respostas, assim como me emociono com sua obra, que tenho certeza será um sucesso.
Neusa, a você só tenho que agradecer por nos dar a oportunidade de acompanhar esse presente, que tem dado um pouco mais de sentido a uma vida tão corrida e, por certas vezes, tão complicada.
Todo dia ao ligar o computador minha primeira visita é ao blog, para verificar as novidades e hoje ganhei este lindo presente.
Obrigada Emine!
Obrigada Neusa!

Anonymous said...

Estou amando essa serie Pella !
Um beijao ....
MARAVILHOSOO!!!!
PARABÉNS... não vejo a hora de ler o proximo capítulo!
Na minha modesta opinião tem uma enorme chance de virar filme!
Sandra

Pao said...

¡Ufff!!!!!
Muchas gracias por la aclaración me quedó muy clara la explicación. Con razón cuando Grey habla con respecto a Alex da a entender que él está solo pero que siempre está acompañado. Me ha sido muy grato leer que van a ser 4 libros ojalá que se traduzcan en español. Espero ansiosa los próximos capítulos.

Natii said...

Estouu amando esse livro tbm, muito bom, eu querooo um amor assim, é tão bonito de ser ler um amor de verdade, de alma e coração, ta muito legal ver essa historia meninas como sempre vcs arrasam, ótima semana ... parabens sempre por esse belissimo trabalho :)

Amuudolooo vcs... beijos da Natii

Luxo da Lix said...

Estou amando a serie e esperar pelo capitulo seguinte é a única parte ruim de tudo. Acho que esta muito rica de informação e detalhe. Amo as descrições, curto tuuuuuudo. Parabéns. Será um sucesso absoluto.

Tati said...

emine parabéns!!! eu estou amando o livro ele é interessante e prende a gente,deixa sem folego,esperando o que vai acontecer a seguir!!!maravilhoso!!! adorei saber as explicações!!!!!!fica muito mais legal assim quando vc e a Neusa respondem as nossas duvida e elogios com tanto carinho!! fico muito feliz com sua atenção!com o tempo que vc e a Neusa dedicam a responder e citar cada uma de nos leitoras assíduas!!!com certeza vou esperar ansiosa sua publicação chegar ao brasil!! enquanto isso vou acompanhado as duas estorias por aqui com a Neusa!!!!bjs e parabéns pra as duas!!!

Majory said...

Eu estou perdidamente apaixonada pelo Alex, espero ansiosamente o desenrolar da historia ainda to tentando acompanhar essa "confusão de sentimentos" que rola entre o Alex e a Elissa, não comentei antes porque achei melhor ler todos os capítulos que já estão disponíveis em português antes de expressar minha opinião e é isso eu estou gostando muito do livro me apaixonei pelo Alex tanto quanto sou apaixonada pelo Christian porém em relação a Elissa eu só comecei a gostar realmente dela depois que ela salvou o Anthony :D ... o engraçado é que eu não gostava muito de romances sobrenaturais o Pella mudou minha opinião kkkk ...



Parabéns Emine e obrigada Neusa .

Majory said...

Eu estou perdidamente apaixonada pelo Alex, espero ansiosamente o desenrolar da historia ainda to tentando acompanhar essa "confusão de sentimentos" que rola entre o Alex e a Elissa, não comentei antes porque achei melhor ler todos os capítulos que já estão disponíveis em português antes de expressar minha opinião e é isso eu estou gostando muito do livro me apaixonei pelo Alex tanto quanto sou apaixonada pelo Christian porém em relação a Elissa eu só comecei a gostar realmente dela depois que ela salvou o Anthony :D ... o engraçado é que eu não gostava muito de romances sobrenaturais o Pella mudou minha opinião kkkk ...



Parabéns Emine e obrigada Neusa .

Majory said...

Eu estou perdidamente apaixonada pelo Alex, espero ansiosamente o desenrolar da historia ainda to tentando acompanhar essa "confusão de sentimentos" que rola entre o Alex e a Elissa, não comentei antes porque achei melhor ler todos os capítulos que já estão disponíveis em português antes de expressar minha opinião e é isso eu estou gostando muito do livro me apaixonei pelo Alex tanto quanto sou apaixonada pelo Christian porém em relação a Elissa eu só comecei a gostar realmente dela depois que ela salvou o Anthony :D ... o engraçado é que eu não gostava muito de romances sobrenaturais o Pella mudou minha opinião kkkk ...



Parabéns Emine e obrigada Neusa .

Sandra said...

Q história mais linda ... confesso q ansiosa com a espera dos capítulos do CG fiquei curiosa com o Alex Pella, e li os capítulos, que nem uma louca em apenas 1 dia! Simplesmente maravilhoso! Parabéns Emine. Seu livro já é um sucesso.
Neusa sei q passamos muita pressão a vc, desculpa, mas obrigada, mesmo. Mas vê se não demora muito, vc é maravilhosa tanto nas traduções como na sua disponibilidade. Beijos especiais
Sandra Florianópolis-SC

Fer G. said...

Comecei a ler a Série Pella e estou amando.Espero que os livros saiam logo.Adorando o Alex ser amigo do Christian.beijos

MARIANA said...

Ai Deus, li tudo em 1 dia já estou apaixonada, ansiosa para o termino deste capitulo, ansiosa para saber o que aconteceu com as gêmeas.
Cada dia amando mais a escrita da Emine e tradução da Neusa.
Obrigada pela dedicação de vcs.
Espero que quando sair o livro seja lançamento simultâneo aqui para o Brasil. bjs

MARIANA said...

Ai Deus! Fiquei muito curiosa e fui no google tradutor, mas não é a mesma coisa a Neusa é a melhor!

Anonymous said...

Com certeza será um grande sucesso! E espero que saia a versão em português logo, senão morreremos com tanta ansiedade e curiosidade...rsrs
Parabéns Emine,por ser essa escritora fantástica e compartilhar seus momentos com cada um de nós que admiramos cada dia mais seu trabalho.
Parabéns a vc tb Neusa, pelo excelente trabalho que vc vem desenvolvendo com as traduções. Não saber inglês e ter que recorrer ao Google Tradutor é um terror!
Obrigada pelo carinho e dedicação que vcs oferecem a cada uma de nós.
Aguardando ansiosa por Alex Pella e Elissa Duncan.
Aline Ribeiro.

Ellen Priscylla said...

gostaria de saber se não vai ter mais tradução de capitulos do série pella eu estou apaixonada pela série e estou sentindo muito a falta da continuação da mesma,num todo o blog e otimo e a escrita e maravilhosa,abrçs a todos que fazem do blog um sucesso.

Hosana Carelos said...

Eminne sou sua fã.
Adorei a versão CG e agora Alex Pella.
Espero que tudo em sua vida dê mais que certo, vou estar sempre procurandopor suas histórias lindas.
Espero de coração que vc nunca deixe de escrever e que a Neuza nunca deixe de traduzir.
Preciso memos continuar sendo contagiada pela mágica que vocês criam.
Acabei de ler esse capitulo e estou me sentindo triste pois não tem outro pedacinho pra ler.
Obrigada de coração Eminne e Neuza.
Bjos

Janiara Hernandez da Rosa said...

Olá
Emine e Neusa
Vocês são Maravilhosassss
Meu Deus, este Pella, um Deus nos tempos de hoje, em busca de sua alma gêmea, este amor superando a morte, seculos, esta testosterona a flor da pele, maravilha!!!
Com certeza, ja estou anciosa por mais, comecei a ler Pella ontem a tardinha e devorei o até aqui, ja me encontro viciada e em Pella tb!!!
Beijo Meninas

Janiara Hernandez da Rosa said...

Olá
Emine e Neusa
Vocês são Maravilhosassss
Meu Deus, este Pella, um Deus nos tempos de hoje, em busca de sua alma gêmea, este amor superando a morte, seculos, esta testosterona a flor da pele, maravilha!!!
Com certeza, ja estou anciosa por mais, comecei a ler Pella ontem a tardinha e devorei o até aqui, ja me encontro viciada e em Pella tb!!!
Beijo Meninas

sonia barcelos said...

Olá sou fã de vocês, leio tudo e estou esperando ansiosamente a continuação desta história!
Beijos!

Anonymous said...

Olá, desde junho ou julho que não tem postagem de um novo capítulo, desistiu da história? Pq eu estava gostando bastante!!! Encontrei sem querer, quando na verdade uso esse blog para a leitura da versão dele para os 50 tons... aguardo novas postagens, ansiosa e esperançosa de que não tenha desistido.

Anonymous said...

Estamos no aguardo! ansiosas pela continuação de Pella! pelo amor de Deus! Bjs e parabéns!

Anonymous said...

Esperando ansiosa pelo livro Emine sua escrita é maravilhosa
Neusa sua tradução tambem
Bjos Rosi

Andrea Leoncio said...

Não sei mais o que dizer...isto é intenso e sua explicação sobre o tema é um capítulo a parte...só ela já me deu um monte em que pensar, uma aula sobre o amor...sobre a vida

obrigada, vc é iluminada!!!

Andrea Leoncio said...

Não sei mais o que dizer...isto é intenso e sua explicação sobre o tema é um capítulo a parte...só ela já me deu um monte em que pensar, uma aula sobre o amor...sobre a vida

obrigada, vc é iluminada!!!

Rosangela Maria Cabral Corvalan said...

É simplesmente maravilhosa este estoria, mitologia, romance e erotismo só nós faz querer mais e mais!!

Por favor que seja publicada em portugues..eu não tenho dúvidas que será sucesso absoluto!!!

Rosângela

Rosangela Maria Cabral Corvalan said...

Oi meninas temos a notícia que a Editora Intrínseca está indicada para a publicação do livro em português, precisamos nos unir para que isso aconteça, por favor, ajudem pelo twitter, se não tiverem uma conta aberta no twitter abram é bem simples e mandem mensagens incentivando a publicação da Série, para o editor Bruno Porto @1brunoporto), sempre citando a Emine (@eminethe1st)e a #SeriePella.
Não podemos deixar isso escapar de nossas mãos!!

Obrigada meninas..vamos fazer isso acontecer!!

Beijos

Rosângela

Rúbia said...

Estou sem palavras pra expressar quanto eu admiro a autora e tradutora!

Daniele Santiago said...

Oi Emine... estou amando a série... meu Deus, como é intenso o Alex, eu acho que isso torna o livro cativante. Estou achando muito interessante essa coisa todo dos anjos, é um assunto difícil de entender no início, mas conforme a trama avança você explica e isso facilita a compreensão geral... acho que o enredo envolvente e sensual cativa muito! o amor deles é maravilhoso... parabéns pelo livro... com certeza vou comprar quando sair!!! abraços

Anabela Encarnação said...

Olá Eminé eu estive relutante a começar a ler estes capitulos de Alex porque não queria misturar as duas historias. mas como tenho a leitura em dia em relação a Cristhian e Ana e pelos comentarios eu não resisti e começei a ler .
E lhe digo que é muito envolvente, quando voçê nos pergunta se continua eu da minha parte lhe digo que sim, pois voçê é uma profissional a 100%, as pesquisas que voçê faz são exaustivas e depois é preciso encaixar tudo isso e ter cabeça para realizar toda a historia. Voçê tem tudo isso, e acima de tudo gosto pelo que faz. Então a minha opinião é só mais uma a juntar a todas as outras que voçê já leu.
SIM continue tem tudo para ser um exito.
Só uma pergunta o Alex e o Cristhian se conheçem na universidade e se fazem amigos e homens de negocios mas Cristian não sabe de onde vem Alex nem a sua origem???? pergunto isto porque em algum capitulo C diz que eles têm muito em comum, e pareçe que ele sabe dos gostos, negocios e alguns hobies de Alex. será só porque ele mostra a sua parte humana quando esta no meio deles??Ou foi só mal interpretação minha??
Um Beijo e muita inspiração é o que lhe desejo.
Mas não se esqueça do nosso casalinho lindo por favor

Cora said...

Emine! Somente agora li a Série Pella. Confesso que tinha receio de talvez não gostar tanto como gosto do casal CG/Ana. E no meio deste tipo de leitura preciso fazer outras que ponham meus pés no chão porque tenho a tendência de ficar "sonhando de olhos abertos".
Para quem me conhece muito bem, sabe da grande paixão que tenho pelo tema: Anjos. Já li bastante sobre o assunto, não o suficiente. Cada religião ou cultura tem sua própria forma de descrevê-los ou de dizer que eles não existem.
Eu acredito absurdamente neles e sei que tenho o/os meu/meus próprios protetores perto de mim.
Já tive grandes demonstrações disso.
Não posso deixar de falar que apesar da série Fallen ser mais indicada para adolescentes, minha filha insistiu muito para que eu os lessea. Assim entendi melhor, ou do ponto de vista da autora, a condição dos Nephilim.
As pessoas já falavam muito sobre a série Pella. Para minha agradável e grande surpêsa o tema é sobre o amor de Nephilins.
Fiqueiiii...extasiada!!!
Com certeza este trabalho demanda uma grande e preciosa pesquisa.
Muita, muita força, energia e luz para você.
Com certeza conseguirás (tenho certeza) realizar este grande sonho que é publicar o teu livro.
E com a benção dos anjos e tua grande força de vontade e trabalho ele será um grande sucesso.
Kisses

Margareth said...

Simmmmmmmmmmmmmmmmmm, a resposta para a pergunta da Emine é sim - continue a escrever e nunca pare.

Estou completamente apaixonada e emocionada pela série.

Tenho certeza absoluta que será um Best Seller, Emine querida sua escrita é primorosa, sua criatividade é espetacular, mas por favor amiga, não nos deixem orfãos, ok?

Que o livro saia logo em portugues.

Neusa querida - vc é a Emine formam um dupla incrivel, obrigada.

bjs

Margareth said...

Rosangela Maria Cabral Carvalan, boa tarde.
Tudo bem?

Mandei um e.mail para a Editora Intrínseca, solicitando o endereço eletrônico do editor que vc indicou.

Assim que tiver a resposta compartilho, e pode contar comigo...pois luto a mesma causa que vc - vamos apoiar a querida Emine aqui no Brasil.

abraços,

Margareth

Rosangela Maria Cabral Corvalan said...

Oi Margareth que delícia saber que estamos ganhando mais fã!!
É uma estória intensa, estou louca para ler!
O livro será lançado em breve nos EUA, sem dúvida será um grande sucesso!
Ok fico aguardando sua resposta e sim vamos apoia-la sempre..ela é fantástica e a Neusa com esta tradução ímpar merecem sempre nossos agradecimentos.
Me procure Rosângela Maria Cabral Corvalan, e-mail ro.cabral.corvalan@gmail.com

Beijos Margareth!!

Rosângela






Margareth said...

Rosangela querida, obrigada pelo retorno, combinado vamos lutar a mesma causa....vou anotar seu e.mail - vou te mandar um ai vc fica com o meu....e vou te add no FB,

bjs e obrigada pelo retorno,

Margareth

Daniela Martins said...

Bom dia!
Fico imaginando aqui como Ellie recordará de tudo que viveu com Alex no passado!
Essa historia de alma gemea está nos tirando o folego!
Nao quero parar no capitulo 8!
Tenho certeza que todas aqui desejam muito ter logo este maravilhoso livro publicado aqui no Brasil! Se nao for possivel tao rapidamente (como queremos) ficaremos felizes da mesma forma em poder compra-lo em ingles e se perder nesta historia!
Emine, você realmente é uma pessoa especial. A sua atençao, seu carisma, seu respeito e amor pelos seus fãs/leitores fazem com que você seja tao amada e respeitada por todas nós! Quantas aqui um dia imaginariam que teria essa interaçao com um escritor, saber de sua vida, de seus planos, fazer parte do seu ciclo de amigos e, ainda, participar de escolhas referentes a este livro que só pertencem a voce?! Isso, sem duvidas, prova o ser humano maravilhoso e generoso que és!
Obrigada por compartilhar isto com a gente!
Obrigada, Neusinha (dona do olhar mais doce que ja vi), pela sua dedicaçao em traduzir de maneira tao fiel e dedicada!
Abraços e beijos carinhosos!
Dani
;-)

Priscila Pessotto said...

Olá girls!
Você que está começando a ler o blog agora ou que já é leitora, agora a Série Pella disponível aqui no blog foi publicada em livro – ECOS NA ETERNIDADE- e em português.
A Emine Fougner colocou a versão em português do Ecos na Eternidade na Amazon por apenas R$ 3,94. Corram para aproveitar o preço porque foi prorrogada a promoção e logo voltará ao preço normal.
É só acessar a pagina da amazon: www.amazon.com.br.
Vamos aproveitar! A história é maravilhosa!
Beijos,
Pry