StatCtr

Thursday, April 4, 2013

Livro II - Capítulo VII - Christian Grey e Anastasia Steele



CAPÍTULO SETE
O BAILE BENEFICENTE

Tradução: Neusa Reis


Entro no escritório de Taylor inequivocamente controlado e com segurança extremamente poderosa.

"Sr. Grey,” diz Taylor como forma de cumprimento. Então ele se vira para os outros três homens, e "Senhores, este é o Sr. Grey," ele diz. Em seguida, volta-se para apresentar cada membro da nova equipe de segurança, diante de mim,  enquanto eu os mantenho sob o escrutínio do meu olhar frio.

"Sr. Grey, este é Sawyer,” diz ele, indicando um homem de queixo quadrado, com cabelos castanhos, penetrantes olhos azuis, cerca de 1,88 m,  menos de 30 anos e em boa forma. Sawyer estende  sua mão para mim, e eu a encontro com um aperto igualmente firme.  "Senhor,” diz ele. Sawyer satisfaz as condições.

Então Taylor se vira para outro homem de pele morena escura, olhos castanhos, e quase tão alto quanto  Sawyer, mas mais musculoso, e apresenta-o, "este é o Ryan, senhor." Ryan é um condecorado  ex-Navy SEAL, (N.T.  O United States Navy Sea, Air and Land, mais conhecidos como US NAVY SEALS, é uma Força de Operações Especiais da Marinha dos Estados Unidos, especializada na guerra não convencional, ação direta, antiterrorismo e reconhecimento) com perfil privado de alto nível de treinamento de segurança, cumprimenta-me acenando com a cabeça,  com seus olhos penetrantes, "Senhor,” diz ele. O último homem no grupo é o mais baixo de todos eles; cerca de 1,80 m de altura, magro, com o cabelo loiro cortado estilo militar. Seu arquivo indica que ele também era militar, envolvido em Black Ops, (N.T. Black Ops referem-se a ações encobertas e atividades que são mantidas em segredo, devido às suas implicações éticas ou legais questionáveis.)  e ele é altamente recomendado. Ele tem um olhar duro e uma graça animal. Quando ele anda vindo do outro lado para me encontrar, sem deixar meu olhar, eu sinto sua presença predatória.

Apontando para ele com a mão, Taylor apresenta-o: "Senhor, este é Reynolds." Seu aperto de mão é tanto avaliando-me, como dando-me tranquilidade sobre as suas capacidades.

Eu encontro cada um em  seu nível de olhar. Eu brevemente olho Taylor, perguntando-lhe com o meu olhar, se ele tinha explicado em que seu trabalho implicava. Ele me dá um aceno pouco perceptível. Ele tinha.

Eu entro no tópico sem um preâmbulo.

"Senhores! Aqui está o que eu preciso e espero em todos os momentos: Eu sou a autoridade máxima em cada movimento que você faz enquanto você trabalha para mim. Eu sou seu deus, seu chefe, a autoridade a quem você se submete antes de qualquer coisa ou qualquer outra pessoa! Eu digo 'salte' e você não faz perguntas, apenas faz a porra do trabalho pedido a você! Hesitar em obedecer, mesmo a uma única ordem minha, fará com que sua demissão seja imediata! Vocês vão esquecer suas esposas, suas namoradas, seus familiares e quaisquer de suas outras obrigações pessoais, enquanto vocês trabalham para mim, até que esse problema seja resolvido! Todos vêm com altas recomendações, mas isso não significa merda nenhuma para mim se você não pode, não vai, não é capaz ou não cumpre o que eu peço! Eu o contrato por suas habilidades, e intuição e quero o maior profissionalismo, discrição, e acima de tudo segurança, absoluta, e eu vou pagar bem por esses serviços. Espero proteção 24/7 ao redor do relógio. Não se inscreva se você não está disposto ou é incapaz de fornecer o que eu peço."  Então eu olho ao redor, em  seus olhos, para cada um,  com olhar de aço.

"Sawyer, minhas condições são aceitáveis ​​para você?"

Ele responde sem hesitar: "Sim, senhor!"

"Ryan, minhas condições  são aceitáveis ​​para você?"

Ryan é tão determinado quanto Sawyer:  "Sim, senhor!"

Eu viro para o último homem do grupo.

"Reynolds, estas condições são aceitáveis ​​para você?"

"Sim, senhor!” Diz ele, sem deixar seu olhar longe do meu.

"Ótimo! Vai ser mostrada a cada um a imagem da mulher que está desaparecida, e me perseguindo e à minha namorada. Supomos que ela está armada e é perigosa. No entanto, NÃO  a fira se você tiver que atacá-la. Capturem-na com segurança, e eu devo ser informado imediatamente. Eu confio que os homens que foram para guerras, como vocês, podem lidar com uma garota! "Os homens se mexem  desconfortavelmente com essa avaliação. Eles não querem parecer fracos para seu chefe.

"Sawyer!"

"Senhor,” ele responde imediatamente.

"Eu quero que você memorize o rosto de Leila Hanson. Na verdade, eu quero que todos vocês tenham seu rosto na memória, pois todos vocês estarão procurando por ela. E, Sawyer! "

"Senhor,” ele responde.

"Você vai ser o responsável pela segurança privada da minha namorada, Srta Steele. Você vai segui-la como sua sombra. Você NÃO vai deixá-la fora de sua vista. Onde ela for, você vai. Ela vai desafiá-lo ,” eu digo, lembrando todos os truques que Anastasia pode colocar fora de suas mangas. "Ela pode até implorar, ou tentar convencê-lo de que ela está bem e segura. Minhas ordens permanecem as mesmas. O que ela pede, não conta. Você não deve sair do seu lado, independentemente do que ela disser ou como ela disser. Suas ordens vêm de mim e de mim somente! Eu posso algumas vezes transmitir minhas ordens através de Taylor. Ele é a outra pessoa a quem você vai responder. Taylor irá explicar o resto de seus deveres, para todos vocês, assim também, onde e como vocês devem procurar por Leila. "

Eles sabem que eu sou o Alfa deste covil, e eu tenho toda a sua atenção. É o seu superior falando.

"Sawyer, você está vindo para garantir a segurança, junto com Taylor, esta noite, no mesmo veículo que ele,” eu digo.

"Sim, senhor!"

"Eu vou deixar o resto para Taylor instruí-lo sobre os seus deveres,” eu digo, enquanto Taylor concorda com a cabeça para mim.

"Senhores,” eu digo, e depois viro para Taylor, e quando bloqueamos o olhar,  ele sabe que eu quero vê-lo, e nós deixamos seu escritório juntos, enquanto  ele diz, "Eu estarei de volta em alguns minutos".

Uma vez que estamos fora de seu escritório, e fora do alcance da voz de todos, eu viro para ele abruptamente e digo: "Eu preciso de você para me arranjar um batom vermelho brilhante,  se você puder encontrar um agora."

Suas sobrancelhas se erguem, mas desde que esta não é a coisa mais estranha que eu já lhe pedi para me fornecer nos anos em que ele trabalhou para mim, ele acena com a cabeça enquanto registra meu pedido, e responde: "sim, senhor,” em seguida, caminha na direção de sua sala de suprimentos. Isso me faz pensar o que mais ele está mantendo lá, mas essa é uma das razões pelas quais eu o tenho contratado, porque ele é capaz de fazer o que lhe é pedido, sem um segundo pensamento. Eu estive pensando na idéia de Anastasia de um mapa de estradas, e eu quero desenhar as fronteiras onde ela pode e não pode tocar. Dessa forma eu posso me comprometer um pouco, sem completamente bloqueá-la ou quebrar meus limites rígidos. Eu posso me comprometer para Anastasia, e só para ela.  
No Ordinary Love - Sade
Taylor está de volta em menos de dois minutos, com um tubo fechado de batom. Eu desparafuso a tampa, e torço o fundo. Sai o tubo não utilizado de batom vermelho prostituta. Concordo com a cabeça em resposta, com um rosto impassível, e saio enquanto Taylor se vira para voltar para seu escritório, com uma expressão igual a minha.

Eu me encaminho de volta para o quarto de Anastasia e a encontro deitada em sua cama e olhando para seu monitor,  atentamente lendo o que deve ser uma peça fascinante. Eu paro primeiro na porta para observá-la. Ela não me nota. "O que você está fazendo?" Eu pergunto baixinho, minha raiva anterior suavizada.

Pânico cruza seus olhos brevemente, e me pergunto se ela está se correspondendo com alguém. Outro cara? Eu rapidamente tento limpar o pensamento para longe. Eu entro e casualmente me deito ao seu lado e olho para a tela de seu Mac. O site diz: Transtorno de Personalidade Múltipla: os sintomas. Alívio e diversão correm através de mim. Só pode haver uma razão para que ela esteja buscando isto : Eu. Mas eu não posso deixar prá lá sem provocá-la.

"Você está neste site por algum motivo especial?" Pergunto casualmente. Ela olha para mim de lado para avaliar o meu humor. Ela assume seu rosto passivo e responde, “Pesquisa. Em uma personalidade difícil."

Sua resposta, de repente me faz querer sorrir. Por alguma estranha razão, isso me faz feliz,  que ela está fazendo esforços para me entender. "Uma personalidade difícil?" Eu pergunto.

"Um estimado projeto meu,” ela responde novamente com uma expressão impassível.

Eu não poderia deixar de provocá-la sobre isto, parecendo ferido, "Você pensa em mim como um estimado projeto, Anastasia? Uma linha paralela, talvez. Pode ser até mesmo um experimento científico. Eu estava aqui pensando que eu era tudo para você. Senhorita Steele, você me feriu."

"O que faz você pensar que é você?” ela pergunta.

"Apenas um palpite selvagem,” eu digo sorrindo.

"Bem, Sr. Grey, é verdade que você é o único fodido mercurial, maníaco por controle que eu conheço  intimamente,” ela responde.

"Srta Steele, eu pensei que eu era a única pessoa que você conhecia intimamente," Eu digo com o ciúme crescendo.

Ela cora, "sim, você é,” responde ela baixinho.

"Bem, o artigo lhe ajudou a chegar a alguma conclusão sobre mim?" eu pergunto. Ela se vira para o lado e olha para mim por algum tempo, e eu a observo de minha parte segurando-me, olhando para ela com uma expressão divertida.

"Sim,” ela responde. "Sr. Grey, eu acredito que você está  necessitando de intensa terapia ,” diz ela meio brincando, mas conhecendo Anastasia, ela não quer dizer só isso. Eu me aproximo dela, acaricio seu rosto com meus dedos enquanto ela fecha os olhos, e se inclina para o meu toque instintivamente. Seu cabelo cai sobre o rosto dela, e eu o coloco atrás de sua orelha. 
At Last - Etta James

"Eu só estou necessitando de você,  Anastasia,” eu digo. Então eu digo "aqui,” entregando-lhe o batom vermelho brilhante. Ela olha para ele confusa. Então ela olha de volta para mim,  franzindo a testa. Ela abre o tubo, e torce o batom, e sai o batom cor vermelho prostituta foda-me agora, claramente decidindo que não é a sua cor.

"Você quer que eu use essa... cor? ” ela guincha me fazendo rir.

"Não, baby, eu não! Bem, a não ser que você queira. Mas eu tenho certeza que não é a sua cor,” acrescento.

Então eu sento-me na cama de pernas cruzadas, e depois tiro fora a minha camisa. "Eu estava pensando em sua idéia do mapa, e eu acho que eu vou deixar você desenhar..." eu digo enquanto ela olha para mim com expressão ofuscada - como se as luzes estivessem acesas, e Anastasia acabou de sair. Ela balança a cabeça, entra novamente de volta em seu corpo, engolindo, incapaz de acreditar que eu vou deixar ela fazer isso.

"Hein?” Diz ela, com seu peito rapidamente subindo e descendo, com descrença.

"O mapa não-ir,” eu digo.

"Eu só estava brincando,” ela respira.

"Eu não estou,” eu digo determinado.

"Você quer que eu desenhe em você com batom?" ela pergunta,  mostrando o batom em sua mão.

"Isso é exatamente o que eu quero que você faça. Ele pode ser lavado".

Com a minha confirmação, ela sorri, e seu sorriso cresce em um maravilhoso riso doce.

"Que tal algo mais permanente como um marcador” ela pergunta.

"Se você quer algo mais permanente, eu poderia sempre fazer uma tatuagem,” eu digo brincando.

“Não! Sem tatuagens!” Ela ri.

"Tudo bem, vamos ficar com o batom, então,” eu digo alegremente.

Ela abaixa a tela efetivamente fechando seu laptop, e ela o afasta. "Venha,” eu digo enquanto eu estendo minha mão para Anastasia. "Eu queria que você se sentasse em cima de mim,” eu digo.

Ela tira os sapatos enquanto eu deito em sua cama, e dobro meus joelhos. Ela rasteja sobre mim na posição sentada. Eu a faço encostar contra minhas pernas. É uma posição muito sugestiva se estivéssemos fazendo sexo, com ela sentada montada em mim. Eu estou excitado, mas, eu também estou apreensivo. Tem um bom tempo que eu não deixo que ninguém toque em mim onde eu vou deixá-la tocar. Anastasia, no entanto, está radiante de excitação.

"Você parece muito entusiasmada com isso,” observo.

"Estou sempre ansiosa por informações, Sr. Grey. Porque isso significa que você vai relaxar comigo,  e eu vou saber onde as fronteiras se encontram,” explica ela. Eu não posso acreditar que eu vou deixá-la desenhar em cima de mim com um batom foda-me vermelho brilhante! Bem, eu não me importo com a parte foda-me, mas com um batom! Eu tomo um fôlego para me equilibrar. Eu estou nervoso, e todos os velhos medos e apreensões vêm à tona, mas eu os empurro para baixo quase com força. Eu odeio mudar minhas regras. Mas para fazer o meu relacionamento com Anastasia funcionar, eu tenho que tentar isso e mostrar-lhe os limites. Incomodava-me que eu permitisse que Elena me tocasse, e Anastasia, a mulher por quem eu estou apaixonado, não pudesse! Estou prestes a mudar isso. Ok, calma... Eu relembro a mim mesmo. Eu engulo seco
Is This Love - Whitesnake

"Abra o batom,” eu comando. Ela tira a tampa, e torce o fundo e mostra o batom de cor vermelho prostituta.

"Dê-me sua mão," eu digo, mas com sua excitação Anastasia estende a outra mão. Rolando os olhos para ela, eu digo, "a mão com o batom."

"Você está rolando seus olhos para mim,  Sr. Grey?” Ela pergunta.

"Sim,” eu sorrio.

"Isso é muito rude, sabe. Há algumas pessoas que tendem a ficar positivamente violentas com rolamento-de-olho,” diz ela com sarcasmo.

"Verdade?" eu pergunto-lhe diabolicamente. Eu pego a mão dela com o batom e imediatamente me sento. É agora ou nunca. Eu tenho que passar por isso antes que eu mude de idéia. Meu coração está palpitando como se estivesse pronto para decolar no ônibus espacial. Eu puxo uma respiração forte. Relaxo, e me equilibro.

"Pronta?" Eu pergunto-lhe, em voz baixa, mas é também uma pergunta para mim mesmo, em voz alta, assegurando a mim mesmo de que está tudo bem com Anastasia me tocar desse jeito.

"Sim,” ela sussurra em uma voz igualmente baixa para combinar com a minha. Eu fecho meus olhos, e inalo o perfume feminino de Anastasia. Em seguida, eu os abro e olho em seus olhos. Lentamente, eu guio sua mão até a curva do meu ombro.

"Pressione para baixo,” eu respiro e guio sua mão para baixo, por cima do meu ombro, logo em volta do meu braço, seguindo depois para baixo pelo lado do meu peito, marcando um lado do território em vermelho. É uma declaração de onde parar, de onde nunca atravessar, como fronteiras entre dois países hostis". Um é seguro, e um é mortal. Eu mantenho a mão em movimento constante, apesar do nível da minha ansiedade, e eu a faço parar no final do meu peito e indo para o lado em meu estômago. Neste ponto, sua mão está muito perto da zona de perigo do meu conforto e eu imediatamente fico tenso. Algumas memórias horríveis crescem em mim. Resumidamente, eu estou perdido para o meu atual self , e de volta no corpo do menino um pouco despenteado que eu tinha sido. Vejo o rosto com raiva do cafetão, com ele se inclinando enquanto sopra a fumaça com bastante  força no meu rosto e o fedorento coquetel de álcool e cigarros misturados vindo em seu hálito desagradável. Bile sobe na minha garganta, e eu percebo que eu estou segurando a minha respiração. Então eu dou uma golfada de ar e eu inalo o cheiro de sabonete, limpo, ar livre e aroma de mulher de Anastasia, deixando-me como uma tonelada de parede de tijolos demolindo as imagens do cafetão. Tento pegar meu rumo e mantenho minha expressão em branco com muito esforço. 


Love and Courage - Braveheart
Eu cerro os dentes apertando minha mandíbula, e sobe a tensão nos meus olhos, enquanto eu mal posso sussurrar, "e até o outro lado." Eu libero sua mão neste momento.

Ela continua a linha da mesma forma, espelhando o lado oposto em que ela está desenhada. Meu peito sobe e desce em rápida sucessão,  tentando acomodar meu coração que está tentando dar uma guinada no meu peito, enquanto eu faço um esforço hercúleo para manter a calma. Quando Anastasia consegue conectar as linhas de ambos os lados de meu tronco na frente, ela finalmente diz: "Pronto, feito," em um sussurro.

"Não, não está,” eu respondo à sua declaração. Desenho a linha com o dedo indicador na base próxima da minha garganta,  para que ela possa seguir, com o batom vermelho brilhante, a linha imaginária que eu desenhei. Quando a estranha caixa retangular está concluída na frente do meu tronco, Anastasia olha nos meus olhos, com admiração e devoção. Eu tenho que continuar enquanto eu puder. "Agora as minhas costas,” murmuro enquanto eu me mexo, e ela desce de cima de mim. Eu viro as costas para ela na cama, ainda com as pernas cruzadas.

"Siga a linha do meu peito, a toda a volta, para o outro lado,” digo em voz baixa, com emoção mal contida. Eu sinto o batom deslizando sobre as fronteiras perigosas do meu território ir e não ir. Eu mantenho a minha cabeça baixa, o meu corpo está tenso como se fosse uma bomba-relógio prestes a explodir. Meus dedos dos pés estão enrolados e apertados. Meus dedos estão apertados firmemente, tensos e brancos como se todo o sangue tivesse sido tragado de minhas mãos. Depois do que pareceu ser uma eternidade, Anastasia murmura "acabado,” em voz baixa. Finalmente posso liberar a tensão e eu afundo em mim mesmo, relaxando, e viro para Anastasia para encará-la novamente.

"Esses são os seus limites,” eu digo a ela calmamente. Meus olhos estão dilatados com paixão, mas também com uma forma de liberdade, agora que Anastasia sabe onde ficam seus limites. O medo me deixa. Ela olha para mim com amor e espanto.

"Eu posso viver com eles. Agora, Christian, eu só quero me lançar em você," ela sussurra me fazendo sorrir maliciosamente, e estendo as mãos para ela como em uma súplica.

"Bem, Srta. Steele, eu sou todo seu,” eu respiro expectante. Ela dá um grito delicioso, e apenas lança-se em meus braços, e eu sou derrubado deitado em sua cama. Com a manhã de merda que eu tive, e sua inquisição e, finalmente este estressante mapeamento, eu estou pronto para me perder em Anastasia. Sinto-me exultante, com excitação,  e rolo e fico em cima dela. 
Freak Me - Silk

"Agora, sobre o deixar prá próxima, Srta Steele," eu respiro em sua boca e reivindico seus lábios.

"Deus! Eu não me lembro de querer você tanto! Porra! Apague isso, eu sempre quero  você este tanto!" Eu digo em sua boca entre beijos, mordendo seu lábio inferior. Seus dedos enrolam em meu cabelo e me puxam apaixonadamente, pronta para consumir-me e devorar-me, e eu a ela. Eu tive tudo o que posso aguentar sem estar dentro dela.

"Você ainda está vestida," eu gemo, e a puxo, arrastando-a para cima, e atacando sua t-shirt, arrancando-a antes que ela possa tomar uma respiração completa, e jogando-a no chão sem a menor cerimônia.

"Eu quero sentir você,” eu digo vorazmente contra sua boca, e minhas mãos se movem para trás para soltar o sutiã, e com movimento experiente, eu o desabotoo, e o tiro de cima dela e o atiro na pilha no chão.

Eu empurro minha mulher na cama, ficando em cima dela, e reivindicando sua boca e os seios. Ela afunda seus dedos em meu cabelo, e puxa-o para mais perto dela enquanto eu capturo um de seus mamilos sugando e puxando-o com os dentes. Ela grita em resposta com sensações prazerosas vibrando através de seu corpo, e os sons que ela faz me excitam ainda mais. "Sim, baby, deixe-me ouvir você,” murmuro sobre sua pele sensível.

Eu começo mordiscando e sugando seu mamilo com meus lábios, sensualmente, e puxando e esticando o outro com meus dedos especialistas. Ela se agita sob mim, contorcendo-se. Eu simplesmente não consigo ter o suficiente desta deusa mulher. Eu a adoro com o meu corpo. Eu amasso seus mamilos, puxando e esticando. Minha mão se move para baixo entre os seios, em direção a sua barriga, fazendo paradas estratégicas, fazendo-a se contorcer. Quando  a minha mão alcança seu jeans, eu o desabotoo e puxo o ziper, e minha mão se move dentro de sua calcinha, e os meus dedos encontram e deslizam contra seu sexo. Meus dedos encontram suas dobras muito molhadas para mim, o que me faz suspirar.

"Oh, baby,” eu digo enquanto pairo sobre ela olhando atentamente em seus olhos, "você está tão molhada para mim! "

"Eu quero você,” ela murmura.

Sua declaração é a minha perdição, e os meus lábios cobrem os  lábios dela, com fome por ela, quero fundir-me com ela, senti-la, e sentir seu desejo por mim. Eu preciso saber que estamos bem! Eu preciso saber que ela quer a mim e só a mim! Preciso fodê-la agora mesmo! Sento-me, e puxo sua calça para baixo junto com a calcinha, e as atiro no chão. Ela está completamente nua para mim. Só para mim! O pensamento de que ela nunca foi vista por ninguém mais assim, para ter, para reivindicar,  aumenta o nível de propriedade que sinto por ela. Eu olho para ela com meus olhos gananciosos fixados nos dela. Eu tiro um pacote de preservativos do bolso do meu jeans e lanço para Anastasia, enquanto deslizo meus jeans e boxers.

Anastasia rasga o pacote enquanto eu deito ao seu lado. Ela olha nos meus olhos e com as mãos trêmulas, em expectativa delirante, rola o preservativo no meu comprimento. Eu pego as mãos de Anastasia e rolo, deitando sobre minhas costas, querendo que ela esteja no topo. "Você. No topo," eu ordeno a ela, e a puxo para escarranchar em mim. "Eu quero ver você,” eu digo. É uma grande excitação ver a minha mulher gozar com prazer, um prazer que eu posso fornecer para ela, e é algo que alimenta o meu  possessivo self, fazendo-me mais quente, e mais devasso para ela!

Eu a guio, e ela embainha cada centímetro de mim com seu sexo, afundando as bolas profundamente, enquanto eu empurro para cima para encontrar seu sexo, em uma punhalada feroz, enchendo-a e  esticando-a para além dos limites. Todas as minhas sinapses estão em chamas e cada uma das células no meu pau está em alerta, com a sensação me fazendo exalar e tomar outro gole de ar para acomodar o desejo. Com Anastasia em cima de mim, me possuindo, e o que eu posso dar a ela, eu também a possuo sexualmente, emocionalmente e mentalmente. Ela é completamente minha! Ela aperta em volta do meu comprimento, e eu a penetro de frente, com força, empurrando, fazendo-a gritar e gemer de prazer, me deixando louco!

"É isso mesmo, querida, sinta-me,” eu digo em voz tensa. Eu a possuo agora! Eu estou nela; possuindo-a mais intimamente, conectado com  seu corpo e alma. Anastasia inclina a cabeça para trás e se move para cima e para baixo, uma e outra vez, fechando os olhos.

"Abra seus olhos, baby. Eu quero ver minha Ana," eu sussurro possessivamente.

"Sua,” diz ela com uma voz rouca, "sempre sua."

Anastasia carinhosamente me dando dominação sobre ela, assim, concordando verbalmente, me faz gemer bem alto, inclinando a cabeça para trás, fechando os olhos com prazer intenso, fazendo-me explodir, e Anastasia goza gritando, caindo em cima de mim, me fazendo desintegrar, e eu encontro meu  próprio prazer, gemendo, "Oh, baby!" e, finalmente, segurando-a imóvel em meus braços.

Após a descida, Anastasia ainda está deitada no meu colo, com a cabeça aninhada sobre a zona proibida. Mas, de alguma forma, como ela está ofegante e tentando recuperar o fôlego, enquanto estamos ambos ainda experimentando os tremores secundários, não pareço me importar. Eu só aliso seu cabelo, e corro minha mão em suas costas, acariciando-a enquanto eu relaxo.

"Você é tão bonita," murmuro.

Ela levanta a cabeça e olha incrédula, como se eu tivesse feito uma declaração dizendo que cresceram chifres nela. Não duvide de mim, baby! Eu fecho a cara e sento-me tão rapidamente que ela se surpreende, e os meus braços voam em torno dela  para segurá-la no lugar, enquanto ela agarra meus bíceps e estamos nariz com nariz.

"Você. é. Linda,” eu digo em tom enfático.

"E você é surpreendentemente doce, às vezes,” diz ela me beijando suavemente.

Eu a levanto e saio de dentro dela, enquanto ela estremece. Sou muito grande, e ela é muito apertada. Eu me inclino para frente e a beijo. Anastasia é muito inocente e cativantemente bonita. Ela é irresistível para mim. Eu tenho uma sede insaciável por ela.

"Você não tem idéia de como você é atraente, não é?" Eu pergunto enquanto ela cora, com incredulidade cruzando seu rosto.

"Todos esses rapazes perseguindo você - isto não é indício suficiente para você?"

"Rapazes? Que rapazes,” ela pergunta descrente.

"Você quer a lista?" Pergunto com a testa franzida. Ela é tão obtusa para ver o que está acontecendo ao seu redor? "O fotógrafo, ele é louco por você, aquele rapaz na loja de ferragens, o irmão mais velho de sua companheira de quarto. Seu chefe,” digo finalmente, amargamente. Os outros eu posso manter longe dela. Mas o último filho da puta é responsável por ela oito horas por dia, fazendo-me não muito feliz. Dominando a minha mulher, dando ordens a ela, e, ela obedecendo seus comandos ainda que pequenos! Eu estou fodido de ciúme! O pensamento disso está me deixando louco quando eu estou fazendo concessões para dar-lhe mais espaço para ser livre, e algum filho da puta está assumindo o comando dela, querendo estar em  sua calcinha, desejando o que é meu.

"Oh, Christian, isso simplesmente não é verdade,” diz ela.

"Confie em mim. Eles querem você. Eles querem o que é meu,” eu digo com fervor. Eu puxo-a contra mim, e levanto seus braços sobre meus ombros, envolvendo-os ao meu redor, e ela enfia as mãos no meu cabelo, torcendo-o.

"Minha,” eu repito possessivamente
I’m Yours - Jason Mraz
Ela não tem idéia do que eu sinto! Não faz idéia do que eu faria para mantê-la minha e manter os outros fora do meu caminho, quem eu tenho que vencer, e lutar. Não faz nenhuma idéia! O que é meu é meu, e ela é minha , corpo e alma! Ela olha para mim e diz: "Sim, sua,” assegurando-me com o seu sorriso, diminuindo minha raiva.

"A linha ainda está intacta,” murmura e traça a marca no meu ombro com o dedo indicador. É tão perto da zona proibida, eu endureço imediatamente com a tensão, como se ela fosse pular a fronteira, invadindo meu território. Eu pisco para empurrar o medo para baixo. "Eu quero ir explorar,” diz ela me confundindo.

"O apartamento?" Eu pergunto.

"Não. Eu estava pensando no mapa do tesouro que nós desenhamos em você,” diz ela com melancolia, morrendo de vontade de me tocar. Minhas sobrancelhas levantam de surpresa e eu me sinto apreensivo, incerto, com medo mesmo. Ela pode ser muito persuasiva à sua própria maneira. Ela esfrega o nariz contra o meu.

"E o que isso implica exatamente, Srta Steele?" Eu pergunto. Ela levanta a mão do meu ombro, a partir da fronteira entre a zona segura e proibida, para meu alívio e corre os dedos pelo meu rosto fazendo-me fechar os olhos e me encostar em seus dedos. Seus dedos chegam até meus lábios, e eu capturo seu dedo indicador e mordo suavemente. "Ow,” diz ela me fazendo sorrir e rosnar na aceitação de seu pedido.

"Ok," eu aquiesço; liberando seu dedo, mas apreensão apenas corre através do meu sangue. Faz anos que ninguém me tocava assim, e isso não era agradável. Mas quando ela levanta sua mão hesitante, eu digo: "Espere,” inclinando-me para trás e levantando-a, para que eu possa remover a camisinha, e apenas atirá-la para o chão ao lado da cama, sem nenhuma cerimônia. Elas são  uma inconveniência.

"Eu odeio essas coisas. Eu tenho vontade de chamar a Dra. Green para vir até aqui para dar-lhe uma injeção,” eu digo e acho que é justamente isso o que vou fazer.

"Você acha que a melhor  ginecologista de Seattle vai vir correndo?"

"Eu posso ser muito persuasivo,” murmuro, enquanto eu gentilmente coloco seu cabelo atrás da orelha. Ela parece tão bonita. Seu novo corte de cabelo a faz muito elegante. "Franco fez um grande trabalho em seu cabelo. Eu gosto dessas camadas. "

"Pare de mudar de assunto,” diz ela.

Eu sustento meus joelhos para cima, colocando-a de volta na posição de pernas abertas e inclinando-a contra meus joelhos enquanto ela posiciona os pés de cada lado do meu quadril. Eu me inclino para trás em meus braços, completamente rendido, embora não com muita reserva apreensiva. "Toque de distância," eu digo tentando ineficazmente esconder meu nervosismo.

Ela bloqueia o olhar comigo, e desce a mão deixando clara sua intenção. Seus dedos visitam primeiro a linha de batom em meus músculos abdominais e a proximidade de seus dedos da zona proibida me faz recuar involuntariamente forte, e ela pára bruscamente.

Percebendo como é difícil esta tarefa para mim, ela está reticente. "Eu não tenho que fazer,” ela sussurra.

"Não, está tudo bem. Só leva algum... " Eu digo tentando firmar a minha respiração tentando me ajustar, “reajuste de minha parte. Ninguém me tocou por um longo tempo,” murmuro.  

My Touch / I’m Yours - The Scripts"

Sra. Robinson?” Ela deixa escapar. Eu sei que o tema é difícil para ela, por isso a minha resposta é apenas um aceno de cabeça, com desconforto. "Eu não quero falar sobre ela. Vai azedar o seu bom humor,” eu digo. Ela tem ciúmes  do que eu tinha com a Sra. Robinson embora  não há nada que eu possa fazer para mudar isso. Meu passado é parte de mim, mas eu estou extremamente feliz que ela não tem um. Eu não posso nem lidar com os avanços de outros homens sobre ela, fazendo o que eu posso para evitar. Eu ficaria louco se eu soubesse que houve homens que a tocaram, foderam, a amaram como eu!

"Eu posso lidar com isso,” diz ela. Deus! Esse é o exagero do século!

"Não, você não pode, Ana. Você vê vermelho sempre que eu a menciono. Meu passado é meu passado. É um fato. Eu não posso mudar isso. Tenho sorte de que você não tem um, porque isso me deixaria louco, se você tivesse,” o que, para mim, é estranho sentir isso tão fortemente, porque eu tive 15 subs diferentes, e cada uma delas tinha um passado. Eu realmente não me preocupava com isso. Mas com Anastasia, os dados estão lançados. Eu me preocupo com tudo o que ela fez, está fazendo, ou vai fazer. Torna-me insanamente ciumento, e eu me transformo num maníaco por controle maior ainda quando se trata dela.

Ela franze a testa para mim. "Deixá-lo louco? Mais do que você já está?” Ela sorri me fazendo sorrir de volta para ela. "Louco por você,” eu sussurro. 
Crazy For You - Madonna

E essa é a verdade. Eu farei qualquer coisa para ela, para mantê-la no meu caminho da maneira fácil, da maneira difícil, de qualquer maneira.

"Devo chamar o Dr. Flynn?,” Ela pergunta preocupada. Sério?

"Eu não acho que isso seja necessário,” eu respondo secamente.

Ela se desloca e eu dobro minhas pernas para dar-lhe espaço para se mover para trás. Ela está gloriosamente nua em cima de mim, seus seios são perfeitos montes alegres movendo-se em sincronia com os movimentos dela, me fazendo agradecer a todos os deuses do universo por enviar esta mulher para o meu caminho! Ela coloca os dedos de volta no meu estômago, e ela lentamente desliza-os em toda a minha pele prestando atenção em permanecer nos limites. Enquanto isso, o meu coração está  como as asas de um beija-flor, perseguindo algo e nunca sendo capaz de sair do meu peito, com uma mistura de medo, apreensão e excitação.

"Eu gosto de tocar em você,” ela sussurra enquanto ela desliza os dedos para baixo para o meu umbigo e para o meu caminho feliz. Agora você está falando! Meu pau agita-se, em atenção, com seus dedos se aproximando, com expectativa. Meus lábios se entreabrem e a minha respiração se altera para uma  sensual e, finalmente, minha ereção desperta e saúda em atenção, debaixo de Anastasia.

"De novo?” ela murmura chocada. 
I Want Your Sex - George Michael

"Oh, sim, Srta Steele, de novo,” eu digo dando o meu sorriso lascivo. Desta vez eu a rolo para debaixo de mim. Minha ereção está entalhada entre as flores de seu sexo e eu a provoco para frente e para trás, balançando contra ela. Sua pele está ficando quente, como se ela estivesse lambida pelo fogo. Eu empurro as pernas ainda mais abertas  e conduzo o meu comprimento inteiro dentro dela empurrando profundo enquanto ela levanta a pélvis para cima para encontrar e combinar com a minha paixão por ela, e continuamos nosso tango na cama até que estamos ambos completamente esgotados. 

Spanish Tango - Mask of Zorro

Depois de uma tarde de sábado de lazer, mas apaixonada, deixo Anastasia para descansar em seu quarto, me encaminhando de volta para o meu quarto para tomar um banho. Minha mente está constantemente em Anastasia. Estou chocado e surpreso com a concessão que eu fiz para ela, mas também igualmente satisfeito com os resultados. Nós atravessamos um grande obstáculo.

Eu me encaminho  para o banheiro, e me olho no espelho, coçando meu queixo. Eu preciso fazer a barba, e vendo que eu tenho que ter o meu mais apresentável self, rapidamente a tarefa está feita. Depois de ligar a água quente, eu entro no grande chuveiro e mergulho na água quente. Eu sinto como se um passo tivesse sido dado para longe  da emocional pilha de merda que eu tenho transportado na maior parte de minha vida,  com o que eu consegui fazer por Anastasia esta tarde. Não é tudo, mas já é alguma coisa. Eu faço meus movimentos mais rapidamente como se eu tivesse  um tesouro esperando em um cômodo  diferente. Eu pego uma toalha felpuda do aquecedor de toalhas, e me seco. Eu vou para o meu armário e escolho a roupa que eu vou vestir esta noite. O evento beneficente é formal e black-tie, então eu escolho o meu smoking preto. Eu coloco uma camisa branca e depois de colocar minha boxer, eu coloco minhas calças do terno preto. Eu não preciso colocar a minha gravata ainda, por isso a gola da camisa ainda está aberta. Eu olho-me no espelho. O topo da linha de batom vermelho ainda está visível, mesmo depois de um par de encontros na cama de Anastasia, uma ducha e secar com toalhas. Eu sorrio. Eu tenho um plano travesso, mas também erótico para apimentar esta noite. Chocar minha namorada com jogos sensuais é a cereja no topo do bolo

Passion del Tango

Eu vou a um armário e o abro. Eu pego a pequena caixa que eu tenho guardada desde o último sábado, e olhando para ela emocionalmente, eu a coloco no bolso.

Então eu me encaminho para a minha sala de jogos, e abro a porta. Eu ando mais para dentro do cômodo e encontro as gavetas onde guardo os brinquedos que eu comprei para usar em Anastasia.

"Aha! Aí está você..." eu digo,  e pego o que eu estou procurando. Com um sorriso no meu rosto, eu fecho a porta da sala de jogos, e tranco. Eu me encaminho de volta para o quarto de Anastasia, e sinto a respiração escapar de meus pulmões em um assobio como se batesse em uma parede de tijolos com a visão dela diante de mim. Ela está com o espartilho bustiê preto com guarnição de filigrana prateada , com uma pequena calcinha preta combinando com seu espartilho. Ela também colocou meias até o meio da coxa presas com uma liga na coxa. Ela se abaixa e pega bastante graciosamente o vestido. Estou em fogo com a visão incrível diante de mim! Eu estou completamente imóvel, embasbacado por ela, vorazmente faminto por ela. Ela sente a minha presença e se vira para mim corando. Ela olha tudo em mim, minha roupa de noite, avaliando.

"Posso ajudá-lo, Sr. Grey? Eu suponho que há um propósito para a sua visita que não seja se embasbacar estupidamente em mim,” diz ela espirituosa.

"Estou curtindo minha vez de estúpido ‘embasbacamento’, Anastasia, obrigado,” murmuro enquanto meus olhos tentam levá-la toda, bebendo em sua beleza. "Lembre-me de enviar uma nota de agradecimento pessoal a Caroline Acton," eu digo e ela imediatamente franze a testa ao ouvir o nome de uma mulher.

"A assistente pessoal da Neiman Marcus,” eu digo, respondendo a sua pergunta não formulada.

"Oh".

"Eu estou bastante distraído,” eu digo.

"Eu posso ver isso. O que você quer, Christian? ” Ela pergunta em uma voz neutra.

Eu sorrio e meu sorriso se torna maior, enquanto eu enfio  minhas mãos no bolso e tiro as bolas prateadas para fora, efetivamente paralisando-a. Ela me olha como se eu fosse colocá-las e espancá-la imediatamente. Bem, eu quero fazer essas coisas, mas, mas eu tenho que me conter acerca do espancamento. Eu, entretanto quero foder seu cérebro durante o evento de caridade, depois que eu extrair essas bolas fora dela. 
Tonight - Enrico Iglesias ft. Ludacris

"Não é o que você pensa," eu digo rapidamente.

"Esclareça-me,” ela sussurra.

"Eu pensei que você poderia usar isto esta noite,” eu digo.

"Para este evento?” ela pergunta para esclarecer.

Concordo com a cabeça e meus olhos escurecem com antecipação.

"Você vai me espancar depois?" Claro que não!

"Não,” eu respondo suavemente e seu rosto cai em decepção, me fazendo rir.

"Você quer que eu o faça?" Eu pergunto.

Ela engole. Ela está indecisa e indecisa não é bom. Esse é um território no qual eu não estou disposto a entrar.

"Bem, tenha certeza de que eu não vou tocar em você dessa forma, mesmo se você me suplicar,” eu digo.
Ela continua a olhar para mim.

"Você quer jogar esse jogo?" pergunto segurando as bolas pelo fio. "Você sempre pode tirá-las se for demais,” eu digo tentando persuadi-la a um acordo.

Ela olha para mim de cima a baixo, decidindo que ela gosta do que vê, "Tudo bem,” ela concorda.

"Boa menina,” eu digo sorrindo. "Venha aqui, eu vou colocá-las em você, logo que você coloque seus sapatos,” eu respondo. Stilettos são uma grande chamada para o sexo sobre mim. Mas, mais importante, eles vão levantar os calcanhares vários centímetros do chão e me dar um acesso mais fácil ao seu sexo.

Eu estendo minha mão para Anastasia, e ela calça seus sensuais Christian Louboutin stilettos de treze cm. Eu pego sua mão e a conduzo até à cabeceira da cama e caminho até o canto da sala, e pego a única  cadeira de lá, e trago para o lado da cama. Virando as costas da cadeira para a cama, eu coloco-a na frente dela.

"Quando eu acenar com a cabeça, você se curva e segura a cadeira. Você entendeu?" Eu pergunto em voz rouca, carregada desejo.

"Sim,” ela respira.

"Bom, agora abra a boca,” eu digo, e quando ela abre, eu deslizo o dedo indicador para ela.

"Chupa,” eu digo surpreendendo a  ela. Eu, então, coloco as bolas em minha boca, enquanto ela chupa o meu dedo... duro, a ação aquece o meu desejo por ela, me fazendo salivar, e eu sou capaz de aquecer e lubrificar as bolas na minha boca. Tento retirar o meu dedo, mas ela trinca os dentes. Apesar de ser brincadeira e me fazer sorrir, eu balanço minha cabeça recuperando o controle da ação, fazendo-a  efetivamente soltar. Aceno com a cabeça, e ela se inclina para baixo, segurando os lados da cadeira. Quando ela se inclina, suas esferas redondas perfeitas do traseiro são apresentadas da forma mais sedutora. Eu passo a calcinha para o lado e, lentamente, deslizo um dedo dentro dela, circulando e fazendo sua lubrificação natural revestir o interior de seu sexo. Meu dedo viaja por todos os lados das paredes de sua vagina, girando com ritmo. Ela geme de prazer. Ela está perfeitamente molhada.

Eu finalmente retiro meu dedo e coloco uma bola de cada vez, empurrando-as para dentro dela. Uma vez que eu sei que elas estão na posição correta, eu puxo a calcinha de volta no lugar, e inclino-me beijando suas partes traseiras. Eu corro minhas mãos sobre suas pernas de seus tornozelos até as coxas, finalmente beijando o topo de cada uma de suas coxas.

"Você tem pernas longas, requintadas, Srta Steele," murmuro em adoração. Eu estou atrás dela, e agarro seus quadris e a puxo para trás contra a minha ereção, fazendo-a me sentir.

"Talvez eu lhe tenha desta forma quando chegarmos em casa, Anastasia. Você pode levantar agora,” eu digo e deixo-a ficar ereta. Uma vez que ela se levanta, eu me inclino para baixo e beijo seus ombros.

Depois que ela se levanta, de costas para mim, eu envolvo o meu braço ao redor dela por detrás, e apresento-lhe pela frente a caixa do meu bolso. "Eu comprei estes para você usar no baile de gala do último sábado," enquanto eu estendo  a pequena caixa vermelha Cartier para ela. "Mas você me deixou,” eu digo quase engasgando com minhas palavras. Espero um segundo para deixar passar a vacilação da minha voz, e digo: "então eu nunca tive a oportunidade de dá-los a você."


"Então esta é a minha segunda oportunidade,” murmuro, em voz baixa, tentando engolir e enterrar a dor que eu tinha sofrido em sua ausência.

Anastasia pega a caixa, e abre. Há um par de brincos com quatro diamantes pendurados em fila em cada, um na base, em seguida, um espaço, em seguida, três diamantes perfeitamente espaçados, pendurados um após o outro. Eles são simples, com sutil elegância.

"Eles são adoráveis​​,” sussurra Anastasia. "Obrigada."

Eu relaxo para fora a tensão que eu não sabia que eu estava segurando, e eu beijo seu ombro.

"Você está usando o vestido de cetim prata?" Eu pergunto.

"Sim. Tudo bem? ” ela pergunta.

"É claro. Eu vou deixar você ficar pronta,” digo tentando manter a viril dignidade que me resta, sem engasgar em minhas palavras diante dela.

Eu me encaminho de volta para o meu quarto, e faço o laço elegante da gravata preta, e coloco o paletó do meu terno preto de jantar. Eu saio, e Taylor está à espera de ser instruído para a noite.


"Senhor, todos estão prontos para as suas ordens." Eu concordo. "Traga-os aqui,” eu digo.

Taylor retorna com Reynolds, Ryan, e Sawyer.

"Estaremos assistindo a um evento de caridade esta noite na casa de meus pais. Haverá um monte de convidados de alto nível. Vai ser um baile de máscaras, por isso pode ser quase impossível identificar o indivíduo por trás da máscara até que a máscara saia. Eu quero que vocês sejam totalmente discretos, mas extremamente vigilantes. Taylor e Sawyer, vocês vão acompanhar a senhorita Steele em todos os momentos. Eu deverei estar com ela toda a noite, mas é possível que possamos ficar separados. Se alguém se aproximar dela e eu não estiver com ela, você irá me chamar, Taylor. Não me importo quem seja. A única exceção a isso seriam meus pais e minha irmã, mas mesmo se ela estiver com eles e houver qualquer sinal de sofrimento nela, você vai me chamar. Se é alguém que você não conhece, só escolte a senhorita Steele, e me encontre. "

Taylor e Sawyer respondem: "Sim, senhor,” ambos ao mesmo tempo.

Então, eu me volto para Ryan e Reynolds.

"Ryan e Reynolds!" Eu digo e ambos automaticamente se encaixam com atenção. "Vocês são responsáveis por  me seguir e fixar os parâmetros em..." Eu digo e vejo os olhares de todos os três homens que estão me encarando, de repente, girar rapidamente e cada um deles tem a mesma apreciação carnal em seus olhares. Eu sei que Anastasia está de pé em algum lugar da sala. Viro-me, e minha boca fica seca com a visão dela. Ela está em pé na entrada com o cabelo caindo em ondas suaves ao redor do rosto, derramando sobre seu ombro e seios. Um lado de seu cabelo está escondido atrás de sua orelha espertamente revelando um dos brincos. A maquiagem é sutil e impecável. Ela está usando o vestido de cetim prateado, sem alças, longo e o vestido está abraçando-a em todos os lugares certos, como se alguém o tivesse derramado sobre ela. Ela parece muito mais alta com seus sapatos Stilettos.

Eu esqueço minha companhia e deixo minhas palavras suspensas no ar e apenas ando em sua direção, como se o meu sol estivesse me chamando. Eu a olho toda enquanto ela está me encarando com admiração,  e beijo seu cabelo.  

The Way You Look Tonight - Frank Sinatra

Tudo o que posso murmurar é  "Anastasia. Você está de tirar o fôlego." Ela cora com o elogio na frente de nossa equipe de segurança.

"Você gostaria de uma taça de champanhe antes de ir?" Eu pergunto.

"Por favor,” murmura ansiosa. Eu aceno para Taylor, que já sabe do que eles são responsáveis, e ele entende e leva os outros homens com ele e deixa Anastasia e eu sozinhos.

Eu ando até a geladeira e pego uma garrafa de champanhe.

"É a equipe de segurança?" Anastasia pergunta meio interessada, meio atordoada.

"Guarda-costas. Eles estão sob o comando de Taylor. Ele é treinado nisto, também," eu digo entregando a Anastasia uma taça de champanhe.

"Ele é muito versátil,” observa ela.

"Sim, ele é,” eu sorrio. Eu não posso passar por cima de quão estonteante, e linda de morrer ela está. Se nós não estivéssemos saindo em pouco tempo, eu ia levá-la para o meu quarto, e fodê-la  todo o tempo até o próximo domingo!

"Como você está se sentindo?" pergunto,  lembrando as bolas dentro dela,  com os olhos aquecidos com meus pensamentos errantes.

"Bem, obrigado,” diz ela sorrindo docemente, ignorando completamente minha intenção. Eu sei o jogo que ela está jogando, e sua reação me faz sorrir.

"Aqui, você vai precisar disso,” eu digo entregando-lhe uma sacola de veludo contendo a máscara. "Abra-a,” eu digo, enquanto eu tomo um gole de meu champanhe. Ela está curiosa com o mistério e olha para mim e pega a sacola, puxando uma máscara prateada de disfarce, com pena em pluma azul cobalto coroando o topo. Ela está fascinada com a máscara na mão.


"É um baile de máscaras,” afirmo com indiferença.

"Estou vendo," Ela diz olhando para a filigrana prateada gravada ao redor dos olhos.

"Isso vai mostrar seus belos olhos, Anastasia," eu digo. Ela sorri para mim timidamente.

"Você está usando uma?” ela pergunta.

"É claro. Elas são muito libertadoras de certa forma," eu digo levantando uma sobrancelha.

Então eu me lembro que eu queria mostrar a ela a biblioteca,  sabendo o quanto ela gosta de ler.

"Venha. Eu quero lhe mostrar uma coisa,” eu digo, estendendo a mão para ela, levando-a para o corredor e para uma porta ao lado da escada. Quando eu abro a porta para a biblioteca, ela olha em toda volta dela, entusiasmada. A biblioteca é do tamanho da minha sala de jogos, e cada parede está cheia de livros do chão ao teto. No centro da sala, há uma mesa de bilhar de tamanho normal, que é iluminada por uma lâmpada de prismas triangulares, modelo Tiffany.

Anastasia está tão excitada que ela se vira para mim e grita com admiração, "Você tem uma biblioteca!"

"Sim, Elliott chama a sala das bolas. O apartamento é bem espaçoso. Eu percebi hoje, quando você mencionou explorar. Eu percebi que eu nunca lhe fiz um tour. Não temos tempo para um tour agora, mas eu pensei que eu poderia, pelo menos, mostrar-lhe esta sala e talvez desafiá-la para um jogo de bilhar em um futuro não-muito-distante."

Ela sorri para mim.

"Venha com tudo,” diz ela alegremente.

"O que?" Pergunto divertido. Será que ela pensa que vai ganhar?

"Nada,” diz ela rapidamente. Oh, ela está escondendo alguma coisa. Eu estreito meus olhos sobre ela.

"Bem, talvez Doutor Flynn possa descobrir seus segredos. Você vai encontrá-lo esta noite,” eu revelo.

"O charlatão caro?" Ela pergunta surpresa.

"Esse mesmo. Ele está morrendo de vontade de conhecê-la. "

"Venha, nós não temos mais  tempo. Temos que sair,” eu digo.

Anastasia e eu vamos no SUV junto com Taylor e Sawyer. Estamos sentados na parte de trás, comigo  segurando a mão de Anastasia na minha. Eu gentilmente roço meu polegar sobre os nós dos dedos dela distraidamente. Então eu percebo que ela está se contorcendo na poltrona, mordendo o lábio, mal contendo a si mesma. Ela cruza as pernas para impedir o movimento das esferas prateadas dentro dela.

"Onde você conseguiu o batom?" Ela me pergunta em voz baixa.

"Taylor," Eu falo sem som, sorridente, e Anastasia começa a rir, o que é de curta duração, porque as bolas dentro dela começam a se mover, e "oh,” diz ela com a sensação esmagadora, mordendo o lábio, tentando compactar o desejo crescendo dentro dela. Eu sorrio para ela com olhos perversamente brilhantes.

"Relaxe,” eu respiro. "Se é demais..." Eu digo com a minha voz sumindo. Nós poderemos cuidar disso quando chegarmos a casa dos meus pais. Eu gentilmente pego sua mão e beijo cada um de seus dedos suavemente e depois sugo delicadamente a ponta de seu dedo mindinho. Eu sei que ela está apertando em todos os lugares certos e a sensação nela está crescendo. Ela fecha os olhos tanto para aceitar ou reprimir os sentimentos. Quando ela abre os olhos novamente, ela me encontra olhando-a bem de perto. Eu a quero, eu a desejo, mas não é uma coisa que eu posso fazer agora. Ela sorri para mim me fazendo sorrir de volta para ela.  

All I Want is You - U2

"Então, o que podemos esperar deste evento?” Ela pergunta.

"Oh, as coisas de sempre,” eu digo. Eu sorrio com amor para ela e beijo sua mão novamente. "Muitas pessoas soltando o seu dinheiro. Leilão, rifa, jantar, dança - minha mãe sabe como dar uma festa,” eu digo sorrindo para ela.

Quando chegamos à  mansão Grey, há uma longa fila de carros caros que leva até a garagem particular. Há longas lanternas de papel rosa pálido que pairam sobre a calçada. Ela olha para mim.

"Máscaras,” eu sorrio. Eu uso uma simples máscara preta e Anastasia a sua, prateada. Ela é uma visão incrível, e eu odiaria ter os olhos de outros homens sobre ela aqui esta noite,  estando assim incrivelmente estonteante.

Taylor estaciona na entrada, e um manobrista abre a minha porta. Sawyer salta e abre a porta de  Anastasia.

"Pronta?" eu pergunto.

"Como eu sempre vou estar,” ela responde.

"Você está linda, Anastasia,” eu digo beijando sua mão.

Um tapete verde escuro corre ao longo do gramado ao lado da casa levando o caminho para os jardins nos fundos. Com um braço possessivo ao redor de Anastasia enquanto minha mão repousa em sua cintura, seguimos o tapete verde junto com a elite de Seattle. Há dois fotógrafos que tiram fotos de cada convidado entrando no pano de fundo de um caramanchão de hera.

"Sr. Grey! " Um dos fotógrafos chama. Aceno com a cabeça em reconhecimento, e puxo Anastasia bem perto de mim.

"Dois fotógrafos?” ela pergunta.

"Um é do Seattle Times, o outro é para uma recordação. Nós vamos poder comprar uma cópia mais tarde,” eu explico. Uma vez que nós seguimos o nosso caminho ao longo da fila, podemos ver os servidores de branco segurando bandejas de taças cheias de champanhe. Eu pego duas taças. Uma para mim e outra para minha garota. Ela pega a dela agradecida.

Nós nos encaminhamos para uma grande pérgola branca com lanternas de papel menores penduradas. Abaixo de nós está uma pista de dança quadriculada branca rodeada por uma cerca baixa, com entradas em três lados. Em cada entrada, há uma grande escultura de gelo de cisnes. O último lado do pérgola é ocupado por um quarteto de cordas. Eu a levo entre os cisnes pela pista de dança, juntamente com outros convidados.

A propriedade dos meus pais fica na praia. Na parte do litoral da propriedade, há uma grande tenda, com mesas e cadeiras dispostas formalmente.

"Quantas pessoas virão?” Ela pergunta.

"Eu creio que 300. Você terá que perguntar a minha mãe,” eu digo sorrindo para ela.

"Christian!" Eu ouço meu nome sendo chamado. E eu sei quem é antes que seus braços envolvam meu pescoço. É minha irmã Mia. Ela está em um elegante vestido longo rosa pálido, de chiffon,  com uma máscara veneziana combinando. Mia então se vira para Anastasia e diz: "Ana! Oh, querida, você está linda!" dando-lhe um abraço rápido. "Você tem que vir para conhecer meus amigos. Nenhum deles quer acreditar que Christian finalmente tem uma namorada,” ela exclama.

Anastasia lança um rápido olhar de pânico para mim, e eu dou de ombros, sabendo que minha irmã é impossível, e ela vai conseguir o que quer. Mia leva Anastasia para um grupo de quatro jovens mulheres. Mia apresenta-as para ela. Eu estou em pé no meu lugar até que eu possa ir reclamar Anastasia, mas, entre o grupo de mulheres às quais minha irmã a está apresentando está Lily, que é uma vadia completa. Ela certamente vai tentar dar a Anastasia um momento difícil. Eu tenho que salvá-la. Eu ando em direção a ela, e envolvo meus braços por trás de suas costas.

"Senhoras, eu posso reclamar o meu par de volta, por favor?" eu digo, enquanto eu a  puxo para o meu lado. Todas as quatro mulheres coram e sorriem e se agitam.

"Encantada em conhecê-las,” diz Anastasia.

Então ela se vira para mim e fala com os lábios, "Obrigada!" Quando colocamos uma distância entre nós e as mulheres.

"Eu vi que Lily estava com Mia. Ela é um assunto muito sujo,” eu digo.

"Ela gosta de você,” observa Anastasia,  fazendo-me estremecer.

"Bem, o sentimento não é mútuo. Venha, deixe-me apresentá-la a algumas pessoas,” eu digo, e dentro da próxima meia hora, eu a levo para conhecer políticos, atores de Hollywood, executivos e médicos. Eu me mantenho próximo, do seu lado. O último CEO que eu apresento a Anastasia está mantendo uma  conversa casual com ela.

"Então, você trabalha na SIP ?” Ele pergunta em sua máscara metade de urso. "Ouvi rumores de uma aquisição hostil, e Anastasia cora.

"Eu sou apenas uma humilde assistente, Sr. Eccles. Eu não sei sobre essas coisas,” ela responde de forma inteligente. Eu não digo nada, mas sorrio para Eccles suavemente.

"Senhoras e senhores!” Anuncia o mestre de cerimônias vestindo uma máscara de arlequim preto e branco.

"Por favor, tomem seus lugares. O jantar está servido. "

Eu pego a mão de Anastasia e seguimos a multidão para a grande tenda. Há três enormes lustres criando brilhos coloridos de arco-íris. Cada mesa coberta com  toalhas de linho branco, e no centro de cada uma das mesas, há um arranjo de peônias rosa em torno de um candelabro de prata. Há cestas de guloseimas também. Depois de conferir o mapa dos assentos, eu a levo para a mesa no centro. Mia e minha mãe já estão no local, e conversando com um jovem que deve ser o par de Mia. Quando minha mãe percebe a nós, ela se levanta para cumprimentar-nos. Ela está com um vestido verde menta e uma máscara veneziana.

"Ana, que prazer ver você de novo! E com aparência  tão bonita, também. "

“Mãe," eu a cumprimento com firmeza e beijo minha mãe em ambas as bochechas.

"Oh, Christian, tão formal,” ela me repreende.

"Venham, seus avós estão aqui,” ela diz e nos leva a eles na nossa mesa. Meus avós são sempre exuberantes e joviais.

"Vovó, Vovô, apresento-lhes Anastasia Steele."

Minha avó é como branco sobre arroz em Anastasia.

"Oh, ele finalmente encontrou alguém, que maravilha e tão bonita! Bem, eu espero que você faça dele um homem honesto ,” ela exclama, envergonhando Anastasia.

"Mãe, não envergonhe Ana,” diz minha mãe.

"Ignore a velha boba, querida,” diz o meu avô, o Sr. Trevelyan. "Ela acha que porque ela é muito velha, ela tem o direito dado por Deus para dizer o absurdo que vier na cabeça confusa dela."

"Ana, este é o meu par, Sean," Mia introduz o seu par. Ele por sua vez dá um sorriso largo para Anastasia, já conquistado por ela, o filho da puta, especialmente quando ele está acompanhando minha própria irmã. Eu só quero tirar esse sorriso de seu rosto quando seus  olhos estão avaliando a minha namorada.

"Prazer em conhecê-lo, Sean,” diz Anastasia. Eu aperto sua mão avaliando-o. Quando todos nós assumimos nossos lugares na nossa mesa, ouvimos a voz do meu pai no sistema de PA, e a conversa fiada em torno de nós morre. Meu pai está no pequeno palco vestindo uma máscara dourada de Punchinello.

"Bem-vindos, Senhoras e Senhores Convidados, para o nosso baile de caridade anual. Espero que vocês aproveitem o que preparamos para vocês hoje à noite, e que vocês vão  cavar fundo em seus bolsos para apoiar o trabalho fantástico da nossa equipe com Coping Together. Como vocês sabem, é uma causa que é muito próxima ao coração da minha esposa, e meu."

Ele está, naturalmente, falando de mim. Eles começaram esta caridade um par de anos depois de me adotarem. Anastasia nervosamente olha para mim, sabendo o significado por trás da caridade, e sentindo seu olhar em mim, eu olho para ela e dou-lhe um sorriso genuíno. De certa forma, é libertador ter Anastasia sabendo mais de mim.

"Eu vou passar agora ao nosso mestre de cerimônias. Por favor, fiquem sentados, e disfrutem,” ele termina e se encaminha de volta à nossa mesa. Quando meu pai volta para a nossa mesa, ele nos cumprimenta, e coloca beijos em ambas as bochechas de Anastasia, e eu acho que sua ação a pega de surpresa. Isso me faz feliz, que toda a minha família adore Anastasia. Não sou só eu. Ela é uma garota adorável.

"É bom ver você de novo, Ana,” ele murmura.

"Senhoras e senhores, por favor, nomeiem um chefe de mesa," retumba a voz do mestre de Cerimônias através do PA.

Minha irmã Mia, que sempre deseja estar no comando, um traço de caráter dos Grey suponho, e no centro das atenções - que é um traço apenas de Mia, grita  "Oooo - eu, eu!" Saltando para cima e para baixo em seu assento como uma criança pequena.

"No centro da mesa, você vai encontrar um envelope. Será que cada um pode encontrar, mendigar, pedir emprestado ou roubar uma nota do maior valor que puder gerenciar, escrever o seu nome, e colocá-la dentro do envelope. Chefes de mesa, por favor guardem estes envelopes com cuidado. Nós precisaremos deles mais tarde,” ele anuncia.

O rosto de Anastasia cai. Eu busco na  minha carteira e tiro duas notas de Cem dólares.

"Aqui,” eu digo entregando a Anastasia uma das notas.

"Eu vou pagar de volta,” ela sussurra. Que porra é essa? Eu não quero o dinheiro dela de volta! Este é um evento beneficente a que eu a arrastei. Por que eu deveria fazê-la pagar por uma quantidade desprezível como cem dólares? Eu estou ficando louco, mas este não é o momento nem o lugar para discutir isso, então eu mantenho minha boca fechada por enquanto. Nós dois assinamos nossos nomes nas notas, e passamos o dinheiro para Mia.

Anastasia examina o menu do evento de hoje à noite impresso em um cartão inscrito com caligrafia prateada.

Salmão Tartare com Creme de Leite e Pepino, em Brioche Torrado combinando-o com vinho branco Alban Estate Roussanne 2006. Então há Peito de Pato Assado Moscóvia com Sunchoke Purê, cerejas Bing, Foie Gras,  Châteauneuf-Du-Pape Vieilles Vignes, combinado  com 2006 Domaine De La Janasse. Para sobremesa, nozes com açúcar cristalizado e crosta de figos chiffon, sabayon, sorvete de bordo combinado com Vin de Constance 2004 Klein Constantia. Há claro queijo local e pães, que são combinados com Alban Estate Grenache 2006. Para encerrar tudo, há café e petit fours.

Depois de examinar o cardápio, eu percebo que Anastasia está olhando para o pôr do sol sobre Seattle e Meydenbauer Bay após dois empregados puxarem  a lona da tenda. As luzes da cidade estão brilhando como se estivessem pintando uma tela sobre a água com as cores do sol,  laranja, rosa e vermelho.

Dez empregados, cada um deles segurando um prato, começam a servir sincronizados. Anastasia olha para a comida no prato.

"Com fome?" Eu me inclino enquanto sussurro no seu ouvido como uma carícia. Ela treme sabendo o significado.

"Muito,” ela sussurra de volta encontrando meu olhar com o desejo reservado apenas para mim,  fazendo meus lábios abrirem com desejo, enquanto eu inalo. Eu não quero ter uma ereção com três centenas de pessoas ao meu redor. Mas, temos que fazer algo sobre isso mais tarde  da noite, caso contrário eu vou derreter aqui

I Melt With You - Nouvelle Vague

Enquanto Anastasia está envolvida em falar com os meus avós e Mia, eu converso com Sean, par de Mia sobre a tecnologia wind-up, especialmente em telefones celulares, mas tentando aplicar a tecnologia em outros dispositivos que requerem energia elétrica ou pilhas. Meu objetivo é ser capaz de fornecer tecnologia para os cantos mais remotos do mundo. Minha empresa está usando o princípio de  Schumacher, Pequeno é Bonito. Schumacher, além de ser um economista britânico foi também um escritor. A maioria das empresas, as pessoas de fato acreditam em frases como "Maior é melhor". Mas, quando a crise energética de 1973 ocorreu, e que, coincidentemente, era o momento em que a globalização estava emergindo, Schumacher publicou uma crítica às economias ocidentais chamada Small Is Beautiful: Economics As If People Mattered. (N.T. Título do livro em português: O Negócio é Ser Pequeno)  O livro é dividido em quatro partes: O Mundo Moderno, Recursos, o Terceiro Mundo, e Organização e Propriedade. Ele se concentrou no desenvolvimento sustentável por seus investimentos relativamente menores,  resolveriam o problema subjacente da “economia insustentável”, transferindo tecnologia para os países do Terceiro Mundo. Há um monte de coisas lá que foram marcantes para mim e se destacaram no livro, mas umas poucas foram as mais memoráveis:

"O homem é pequeno e, portanto, o pequeno é bonito".

"A sabedoria exige uma nova orientação da ciência e tecnologia para o orgânico, o suave, o não-violento, o elegante e bonito."

"A coisa mais impressionante sobre a indústria moderna é que ela exige muito e realiza tão pouco. A indústria moderna parece ser ineficiente em um grau que ultrapassa os próprios poderes ordinários da imaginação. Sua ineficiência, portanto, permanece despercebida. "

Eu poderia continuar para sempre falando sobre isso, que é, obviamente, uma das minhas paixões e eu usei esses princípios em meus próprios esforços nos negócios. Eu vejo Anastasia me olhando com respeito como se ela nunca tivesse me conhecido antes, quando estou falando sobre coisas que são minha paixão: outras que não são o sexo quente úmido com ela,  fazendo-a gozar de mil maneiras diferentes, voar e velejar. Ela tem esse respeito e admiração em seu olhar para mim, que, aliás, alimenta minha paixão número um: o sexo quente e úmido com Anastasia.

Há um fluxo constante de pessoas que visitam nossa mesa tentando conhecer-me. Eu aperto as mãos e troco gentilezas com numerosas pessoas ao longo da noite. Há alguns que Anastasia deve conhecer, alguns que eu acho seguros, e alguns, que eu não sonharia em apresentar minha namorada sexy.

Quando o MC pede os nossos envelopes, a minha mãe pega de dentro o bilhete de cem dólares vencedor. É de Sean e seu prêmio é uma cesta embrulhada em  seda.

Anastasia está aplaudindo, mas o seu coração não está nisto. Ela está se remexendo ao meu lado, e isso é tudo de bom, porque eu tenho tentado evitar uma ereção durante toda a noite.

"Se você me dá licença,” murmura para mim, e eu olho para ela intensamente.

"Você precisa do banheiro?" eu pergunto. Ela acena com a cabeça.

"Eu vou levá-la,” eu digo sombriamente. Eu preciso de liberação tanto quanto ela. Quando ela se levanta para sair comigo, os outros homens da nossa mesa também se levantam.

"Não, Christian! Você não vai acompanhar Ana! Eu vou,” fala a minha irmã inadequada. Antes que eu possa protestar, ela está de pé, agarrando a mão de Anastasia. Minha mandíbula fica tensa. Eu vou entrar em combustão e gozar com todas essas pessoas ao meu redor! Que diabos ela está fazendo pegando a minha namorada? Às vezes, minha irmã é um grande maldito aborrecimento! Anastasia dá de ombros se desculpando para mim. Sento-me rapidamente para não chamar a atenção para a minha ereção, resignado. Mais tarde, esta noite, então.

Anastasia retorna um pouco mais tarde, parecendo um pouco aliviada, mas ainda excitada  e incomodada. Ela olha para mim enquanto ela toma seu assento ao meu lado. Sorrio para minha mulher. Eu aperto-lhe a mão, e nós dois ouvimos o meu pai falar sobre Coping Together. Eu passo a Anastasia um cartão com a lista de prêmios do leilão.

Há uma série de prêmios doados por alguns clientes ricos. Há um de Elena para "Voucher de um dia para dois no Esclava, no Centro Braebur." Doei uma estadia de fim de semana em minha casa em Aspen, Colorado. Depois de Anastasia olhar na lista, ela pisca para mim.

"Você possui uma propriedade em Aspen?" ela pergunta acusatória. Como o leilão está em andamento, ela mantém sua voz baixa. Concordo com a cabeça para ela, mas estou irritado com o tom dela. Por que ela está me acusando de possuir uma propriedade no Colorado? Quando se tornou um crime? Eu coloco um dedo em meus lábios para pedir-lhe para ficar quieta.

"Você tem propriedade em algum outro lugar?” Ela sussurra. Droga! Ela não vai deixar passar. Concordo com a cabeça, mas dou-lhe um olhar de advertência. "Eu vou lhe dizer mais tarde," eu digo calmamente. "Eu queria ir com você,” acrescento de mau humor ainda cheio de tensão sexual reprimida. Ela ficando zangada com as coisas mais estranhas, não faz com que seja mais fácil: às vezes eu não sei qual o caminho a seguir com ela. Ela fica com raiva de coisas que outras pessoas não iriam nem perceber.

Anastasia está olhando em volta como se estivesse procurando alguém.

Quando o leilão vem para minha casa em Aspen, ele chega a 20 mil dólares.

"Dou-lhe uma, dou-lhe duas," o  MC chama, e de repente a voz  de Anastasia soa clara sobre a multidão.
"Vinte e quatro mil dólares!"

Eu puxo uma ingestão aguda de respiração, com fúria jorrando por cima de mim em ondas! Que porra ela está fazendo, pagando com todo o dinheiro que eu lhe dei por seu carro! Porra! Eu não posso espancá-la! Droga! O que eu faço? Como posso puni-la? Eu quero colocá-la em meu joelho e bater a merda fora dela agora!

"Vinte e quatro mil dólares, para a adorável senhora em prateado, dou-lhe uma, dou-lhe duas... Vendido!"

Aplaudo para benefício de todos, usando meu sorriso público. Mas, Anastasia, baby, eu vou buscar o que me é devido, esteja você disposta a pagar, ou não! Eu me inclino sobre ela com um grande sorriso falso no rosto. Eu beijo seu rosto e me movo para perto de seu ouvido sussurrando com uma voz fria e controlada, com todos os meus Cinquenta Tons de volta:

"Eu não sei como agir, se a adorando a seus pés ou batendo a merda fora de você,” eu digo à minha mulher, que me exaspera além da crença, irrita-me, confunde-me de maneiras que eu não sabia possíveis, e vai de igual para igual comigo; e todas elas são  coisas que eu odeio e eu adoro nela!

"Vou escolher a opção dois, por favor,” ela sussurra freneticamente.  Meus lábios se entreabrem e eu inspiro bruscamente. Porra Anastasia! Aqui não! Não me faça gozar apenas com suas palavras picantes! Não aqui. Ok, dois podem jogar este jogo.

"Está sofrendo? Nós vamos ter que ver o que podemos fazer sobre isso,” murmuro enquanto eu passo meus dedos ao longo de sua mandíbula, o mais simples toque, ainda que eu saiba que vai por todo o caminho até seu sexo, e sabendo que ela não será capaz de sentar-se parada, e já pré-aquecida, ela vai querer pular em meus ossos, pois  ela já está olhando para mim com fome voraz. Hora de pagamento, baby! Eu vou foder você mais tarde, mas agora você vai queimar de desejo.


23 comments:

Anonymous said...

Optimo capitulo,optimos músicas..
Muito obrigada por postar mais um...

Tatiana said...

Olá Neusa, estava em cólicas com a demora do novo caítulo, porém muito realizada por esperar esse maravilhoso capítulo, vcs como sempre fazem o melhor sempre!!!! beijos

Eminé Fougner @ Cowboyland said...

Hi Tatiana!

As we go along with the chapters, they'll get longer and more complicated. That's why it took a while for Neusa to translate, because there was a lot more content. But, she did a wonderful job as usual!

Neusa Reis said...

Obrigada, Emine.
É isso mesmo Tatiana, eu achei que demorei neste e não sabia porque. Aí acima a Emine esclarece bem, os capítulos da história vão ficando mais complexos, e a gente demora mais tentando colocar exatamente o que o personagem queria dizer. Aí, eu demoro mais do que gostaria. Um abraço.

Pao said...

Muchas gracias Neusa por el excelente capítulo. ¿Cuando el próximo capítulo?
La traducción es muy buena, gracias por tu dedicación y tiempo empleado.
Más por favor.

Pao said...

Gracias por este capítulo, es muy entretenido leer la versión de Christian.
Más por favor.

Aline said...

Este capítulo está lindo como sempre!! Parabéns Emine e Parabéns Neusa. Não vejo a hora de ver a cena que a Ana dá um chega pra lá na Elena. Mulher odiosa!!!kkk

Renata Santos said...

Baixei uma tradução do livro em algum site - cada dia mais ansiosa pelos próximos capítulos, mas nenhuma tradução se compara a sua Neusa!
Sempre direi: parabéns pelo seu trabalho, agradeço muito a Deus por ter encontrado esse blog.

=)

Anonymous said...

por favor os outros capitulos

Anonymous said...

parabéns por favor os outros capitulos

suely said...

por favor os outros capitulos, parabéns

Daniele Santiago said...

A cada capítulo fico mais emocionada... é incrível como eu vejo o Christian Grey neste livro!!! Parabéns pelo excelente trabalho Neusa e Emine. Estou amando ler... aguardo com alegria cada novo capítulo... Um grande abraço!

anne caroline godoi said...

Estou sonhando com essas bolas prateadas,kkk. Vai esta na minha lista de presentes de Natal...
O capitulo ficou maravilhoso como sempre,mais isso você já sabia nao é Neusa? Parabens ...

Jordana Sirlaide said...

Mais um capítulo perfeito!!! Parabéns Eminé e Neusa.
Bjos.

Anonymous said...

Estou ansiosa para ve ros filme....
Ansisoa para o próximo capitulo é pena e ter que aparecer a Elena....
Anastasia forever....

Laura Oliveira said...

Neusa muito obrigada!!!!
Flor queria muito ajudar mas estou revisando um livro no momento!
gostaria de saber se posso te ajudar assim que terminar esse livro.
meu e-mail é laura.deoliveira@hotmaail.com

bijusssss

Anonymous said...

Estou amando o blog e a história. E as músicas então... Tudo de ÓTIMO!!!
Poderia ser feito uma copilação...

Marcos J.Byczkovski said...

gentemmmmmmmmmmmm isso é um vicio
espero anciosa por cada capitulo
cada pouco dou um f5 pra ver se já foi postado mais cap :P as meninas estão de parabéns!!!A tradução esta impecavel,mesmo não entendo nada de ingles haushuhaua bjo :*
Thais

Josy Silva said...

Parabéns Neusa e Emine mais um capitulo maravilhosa continua escrevendo o livro pela versão do christian mesmo depois do fim do livro 3, por favor aceita essa opção um abraço, ótimo fim de semana pra vcs e postem logo os próximos capítulos por favor

Dani Amoras said...

Emine,please!!Whow actor/model
in photo??What's name??


Thank you!!By.

Eminé Fougner @ Cowboyland said...

Hi Dani!

His name is Kivanc Tatlitug. He was the Best Model of the World 2002. He's a Turkish model / actor. Quite famous all around Europe. His girlfriend is Miss Universe 2002 (Dutch-Turkish model).

Dani Amoras said...


Eminé,I'm big fan of your work and love your writing♥♡

Congratulations!!!

Dani/Belém-Brasil!

Thank you:-)

Dani Amoras said...

Thank you Eminé♡

I 'm big fan your work and love your writing!!!

Congrtulantions.

Dani,Brasil:-)♥