StatCtr

Sunday, April 13, 2014

Livro IV - Capítulo XXII - Christian e Anastasia Fan Fiction


NEW YORK
Eu não posso em sã consciência discutir sobre Nova York com ninguém.  É como Calcutá. Mas eu amo a cidade de uma forma emocional, irracional, como se ama sua mãe ou seu pai , mesmo que eles sejam um bêbado ou um ladrão. Eu amei a cidade toda minha vida - para mim, é como uma grande mulher.
Woody Allen
Tradução: Neusa Reis


            "Ana,” eu a repreendo. "Nós vamos decolar em dez minutos. Você precisa desligar o seu Blackberry."
            "Eu sei! Eu sei! Mas, Hannah tem que trazer alguns manuscritos importantes que eu esqueci de empacotar. Eu não os tenho no drive compartilhado, então não posso acessá-los de fora, não com todas as verificações que os caras do IT fizeram. E precisávamos daqueles para a introdução de alguns dos nossos escritores emergentes. Então, ela vai ter que tomar um vôo hoje à noite ou amanhã de manhã cedo."
"Será que ela vai chegar a tempo? Você quer que eu vá com você para o Simpósio? Minha oferta ainda está de pé,” eu digo para Anastasia. Se a assistente não estiver lá, eu preciso de alguém muito próximo a ela. Anastasia revira os olhos.
"Não, Christian! Ela vai chegar  amanhã à tarde, no mais tardar. Mesmo que ela não o faça, o que é improvável, eu acho que posso me cuidar. Além disso, eu deveria ser capaz de mostrar aos outros que eu posso fazer bem sozinha." Então, ela abaixa a voz.
"Eu disse a você, você é uma distração para os outros, e eu quero que eles prestem atenção ao que eu tenho a dizer, em vez de cobiçar meu marido." Eu amuo com sua observação sabendo o efeito.


 "Eu acho que Melissa pode desempenhar o papel de minha assistente por um dia, se Hannah não puder chegar para o Simpósio a tempo."
"Tudo bem. Eu posso viver com isso, mas não é isso que eu desejo. Uma vez que eu me comprometi, eu acho que você me deve um grande momento, Sra. Grey. "
"Grande momento?" Ela pergunta com os olhos arregalados.
" Sim. Carte Blanche, uma espécie de grande momento."
"Carte Blanche,” diz ela experimentando a palavra pelo tamanho, de repente, sem fôlego. Eu me aproximo e tiro seu Blackberry de sua mão e o desligo sem olhar para ele, e solto-o em sua bolsa.
"Sim, a última vez em que eu estive aqui, eu fui a uma reunião de negócios sozinho. Eu estava distraído com a seu desobediência e fui acossado com os avanços mais indesejados tanto de abutres femininos como  masculinos." Sua cabeça se vira.
" Você nunca disse nada sobre isso,” ela diz, sua voz acusatória.
"Eu estava preocupado com os pensamentos sobre minha esposa. Nada a relatar, mas como eu estou comparecendo a uma reunião semelhante, tenho quase certeza que  os companheiros  de negócios serão parte da mesma multidão. Mas desta vez..."  Eu digo pausando; eu quero minha mulher em meu braço, mostrando sua presença, com seu corpo espetacular e com seu self ousado e no comando, mostrando sua posse de mim e eu dela.
"... desta vez eu quero você comigo e eu não quero que ninguém tenha nenhuma dúvida sobre a quem eu pertenço... e quem... pertence a mim."
Uma alta voz feminina interrompe nossa conversa. A aeromoça está dando a lengalenga sobre a segurança da aeronave. Desta vez, prestei muita atenção a ela, porque eu tenho as duas cargas mais preciosas  comigo: minha esposa e nosso bebê no seu ventre. Embora, naquele momento, a reação de Anastasia para o que eu disse a ela não escape a minha observação. Ela pisca primeiro, em seguida, seus lábios abrem como se para dizer alguma coisa. Oh merda! Isso pode ir para qualquer direção. Ela está zangada? Ela vira a cabeça para a aeromoça com suas sobrancelhas ligadas. Uma vez que as instruções de segurança obrigatórias terminam, eu fixo meu olhar em Anastasia . Ela respira fundo se preparando para coletar todos os seus pensamentos sobre ela, para que ela possa soltar a sua fala mais proibitiva.


Em seguida, ela abre a boca para dizer o que vem fermentando em sua mente nos últimos  minutos, mas ela é interrompida pela voz de Stephen ecoando pelos alto-falantes, advertindo-nos para prender nossos cintos de segurança e que estamos na fila para a decolagem. A palavra 'decolagem' coloca o temor de Deus em Anastasia. Suas mãos automaticamente agarram sua cadeira, seus dedos ficando brancos. Eu posso ver a ansiedade subindo nela. Imediatamente me aproximo e seguro suas mãos e faço  círculos reconfortantes sobre suas mãos e em suas palmas. Nossa comissária de vôo morena vem e rapidamente recolhe os copos vazios e pratos dos assentos. Ouço cliques coletivos de Taylor, Sawyer, Melissa e do assento de Reynolds na parte de trás. Meu jato da empresa começa a taxiar na pista, primeiro lentamente, em seguida, uma parada completa tomando sua posição na fila com os outros aviões para a decolagem. Então eu ouço o último clique de um cinto de segurança na parte de trás do jato. É provavelmente a aeromoça. A voz de Stephen surge novamente.
"São 11:06, hora local. Somos o terceiro avião na fila para a decolagem. Por favor, obedeçam  o sinal do cinto de segurança até que seja desligado. Nós vamos chegar ao aeroporto John F. Kennedy em Nova York City às 20:38 hora local. O tempo total de voo, estimado, é de 6 horas e 32 minutos . Como sempre, é um prazer atendê-los. Por favor, sentem-se e desfrutem de seu vôo!"
Anastasia continua a respirar rapidamente.
"Relaxe, baby. Eu estou aqui. Concentre-se em mim... " Anastasia pisca mais algumas vezes.
"Ana, olhe para mim,” eu digo baixinho. A última coisa que eu quero é a minha mulher entrando em trabalho de parto prematuro por causa de seu medo de decolagens. Quando ela olha para mim, eu lhe dou o meu sorriso mais deslumbrante para mantê-la focada em mim, em vez de em seus temores. A melhor técnica é a técnica de distração para Anastasia.
"Por que você estava chateada um minuto atrás?" Eu pergunto.
"Oh!” Diz ela, primeiro carrancuda. "É que eu não trouxe nenhuma roupa de festa,” diz ela com uma voz meditativa. "Você tem que me levar às compras, então eu posso aparentar o meu melhor quando eu chutar as bundas daqueles que queriam um pedaço do meu marido!"
"Sra. Grey, você está com ciúmes?" Eu pergunto, meus olhos escurecendo.
"Um pouco! Você é meu, tanto quanto eu sou sua, Christian. Eu não posso acreditar que você não me disse nada sobre isso,” ela diz distraída.
"Não havia nada a dizer, exceto que eu senti profundamente sua ausência. Foi um dos piores dias da minha vida e havia tantas outras situações de emergência para lidar então, que eu não tinha lembrado disso até hoje. Mas eu ainda não quero falar sobre esse dia. É... desagradável,” murmuro lembrando a invasão de Hyde no nosso apartamento .
"Tudo bem, Sr. Grey. Eu acho que eu não vou deixar você fora da minha vista quando formos para sua reunião de negócios. É uma reunião?" Ela pergunta com uma reflexão tardia.
"Tem ombro a ombro, uns com os outros, muito dinheiro e empresas dos EUA continental, Canadá, América do Sul, Europa e Sudeste Asiático. Encontra e conhecer, fazer conexões, fazer negócios enquanto socializam. Normalmente, é muito chato, na verdade, mas já que você estará vindo, minha noite está parecendo muito melhor,” eu digo sorrindo malicioso, enquanto o jato acelera na pista, com velocidade terminal e o aperto de Anastasia em mim fica mais forte. No segundo em que as rodas do jato perdem a conexão com o solo, e o nariz do avião está em um ângulo íngreme subindo, os olhos de Anastasia se alargam.
"Respire, baby, respire. É apenas a decolagem. Nós em breve estaremos em altitude de cruzeiro,” eu digo à procura de algo para distraí-la novamente. "Você gostou do berço que escolhemos? Você estava só concordando comigo por minha causa, ou você realmente gosta?"
Ela pensa por um momento. Oh oh. Isso não pode ser bom.
"Eu gosto,” diz ela balançando a cabeça concordando.
"Só isso?" Eu sondo.
" Sim. Eu não acho que ele gostaria de receber um quarto de menina, e eu estou tão ansiosa como você está pelo seu bem-estar. Uma vez que somos pais de primeira viagem e nenhum de nós sabe nada sobre ser pais, eu gostaria de pensar que qualquer pequena coisa que possa nos dar uma mão ou uma perna é bem-vinda . Nós vamos ter uma babá; nós discutimos isso, mas eu quero que sejamos pais práticos. Eu acho que foi realmente muito doce que você tinha pesquisado de antemão para saber exatamente o que você queria, Sr. Grey ,” diz ela .
"O quê? Como?" Pergunto surpreso.
"Ah, eu acho que estou obtendo a medida do meu próprio homem Grey e devo dizer, eu adoro esse seu lado pai protetor, ansioso. Deixa-me orgulhosa saber que você vai ser um magnífico pai." Ela está sorrindo e completamente segura de si mesma.
"Deus! Eu a amo, Sra. Grey! Você é o centro de todo o meu universo. Tudo está certo com você e de alguma forma encontra sua influência,” eu digo , beijando-lhe a mão. Naquele momento, as luzes superiores piscam e Stephen apaga o sinal do cinto de segurança.
" Aqui é o seu Capitão falando. Você agora está livre para vaguear pela cabine."
"Veja, mamão com açúcar,” eu digo rindo para ela.
Após uma hora de vôo, Anastasia fica sonolenta. Seus dois cochilos estão agora firmemente em sua programação. O crescimento do bebê está tirando um monte dela. Então, eu a levo para dentro da cabine com a cama.
"Você vai deitar-se e me abraçar, Christian?" Ela pergunta bocejando. Eu tenho que rever documentos de negócios, mas minha esposa é mais importante do que eles.
"Se eu deitar com você, eu não sei se posso manter minhas mãos longe de você o tempo suficiente para deixá-la dormir,” eu digo com sinceridade.
"Eu prefiro ter você comigo mesmo que você não possa manter suas mãos longe de mim, Sr. Grey,” diz ela e boceja grande novamente.
"Agh! Porra!" Eu digo, e tiro os sapatos e as meias. Eu deslizo fora minha jaqueta e a arrumo sobre uma cadeira. Finalmente puxo  o edredom e coloco minha esposa nele e deito-me ao lado dela. Eu apago as luzes para escurecer e puxo-a em meus braços. A última vez que eu estive no avião foi quando eu estava voando de volta de Nova York, lívido, completamente fora de mim, apenas com a intenção de chegar a Anastasia em Seattle. Aqui está ela, em meus braços. Eu a aperto com mais força.

" Eu também o amo, Christian. Noite,” diz ela com um sorriso em sua voz sonolenta. Eu beijo seu cabelo.
”Durma forte,  baby,” eu sussurro. "Eu  amo você mais."



***** *****
Nosso motorista nos encontra na esteira de bagagens com um sinal na sua mão que diz "MR. TAYLOR.". Taylor levanta o indicador e o dedo médio, como a saudação dos escoteiros e obtém a atenção do motorista. Ele está em seu traje completo de motorista, até o chapéu.
"Bem-vindo a Nova York, Sr. Taylor, senhores, senhora,  senhora,” diz ele, individual e coletivamente nos saudando. "Estou estacionado na garagem."
"Como está o tempo lá fora?" Eu pergunto.
"Está cerca de -3 graus a esta hora. Eu não tinha certeza se o seu vôo chegaria no horário dadas as condições climáticas de nossa bela cidade . Nós só tivemos neve moderada, esperando neve pesada em cerca de uma semana, mas acho que ela vai vir até o final desta semana. Está muito frio lá fora. Vocês devem todos colocar  seus casacos.” Ele diz. Quando saímos do calor do aeroporto para o estacionamento coberto mas com um frio de congelar o traseiro, o ataque de rajadas frias corre por todos os lados; o vento assobia amargo. Eu envolvo Anastasia mais apertada em seu casaco. Ela envolve seu cachecol para cobrir o rosto avermelhado. Nossas respirações são tufos de fumaça. O motorista rapidamente localiza a limusine e destrava as portas.
"Brrrr! Está tão frio! Eu nunca estive em um tempo tão frio!” diz Anastasia.
"Isso é Nova York em janeiro, senhora,” diz o motorista da limusine cujo nome na tarjeta de identificação diz “Barney J. Harrigan,” enquanto ele está abrindo a porta. Ele tem o cabelo grisalho aparentando ter cinquenta e muitos anos.
"Perdoe a expressão senhora, mas quando entrarmos na cidade você vai ver que essas pessoas são como ratos correndo em um estouro e com pressa neste tempo frio. Porque todo mundo quer sair dele e encontrar algum canto quente para aquecer-se." Eu ajudo minha esposa a entrar enquanto o motorista ajuda Reynolds, Sawyer, Taylor e Melissa a carregarem a bagagem. Todos entram no veículo e o motorista se move. A limusine está fria, mas Barney liga e o calor explode.

Manhattan - Rod Stewart
A cidade parece áspera, obscura e dura em torno de 21:00h. Enquanto a limusine acelera através dela, Taylor está recapitulando a logística com o grupo de segurança. Ana está curiosamente olhando para fora tentando observar o ataque da cidade que é Nova York. O tráfego está correndo desdenhosamente e Anastasia parece hipnotizada com a ondulante fumaça das tampas de bueiros. Quando paramos em um sinal vermelho, o chão debaixo de nós estremece fazendo Ana assustar-se.
"É o metrô," eu a relembro. Ela balança a cabeça concordando com a boca aberta.
"As luzes estão em todos os lugares e elas são tão brilhantes! Wow! Eu não acho que os habitantes desta cidade tenham visto as estrelas ou a lua há séculos, com tanta poluição luminosa!” Diz ela tentando torcer a cabeça para obter um vislumbre do céu. Seus olhos estão iluminados com uma excitação embriagadora, que todo mundo fica ao ver a cidade de Nova York pela primeira vez. O olhar diz tudo: muita admiração e alguma intimidação, mas principalmente expectativa. Enquanto nós nos dirigimos através da cidade para o nosso apartamento, Anastasia observa as pessoas do lado de fora. Alguns estão apenas olhando em frente e continuando em seu caminho rapidamente, ignorando ou desinteressadas dos acontecimentos ao seu redor. Há aqueles poucos que ocasionalmente olham para cima.
"Hmm... " Anastasia comenta. "Se as minhas observações de Seattle estão corretas, aqueles que correm alheios a beleza ao redor são nova-iorquinos locais. E aqueles que estão olhando para cima de vez em quando, como a cidade vai crescendo mais um arranha-céu a partir do chão são os visitantes da cidade.
"Você está certa. Nenhum nova iorquino nativo iria parar no meio da rua para olhar para cima."
"Eu nunca lhe perguntei, Christian. Onde fica seu apartamento?" Anastasia pergunta com os olhos iluminados.
"Nosso apartamento,” enfatizo, "está no Upper East Side de Manhattan." (N.T. O Upper East Side é um bairro nobre do condado de Manhattan, em Nova York, entre o Central Park e o Rio East. O Upper East Side está dentro de uma área delimitada pela Rua 59, Rua 96, Central Park e o Rio East.)
Anastasia parece cansada, mas ela tenta combater isso com a sua emoção de estar na cidade de Nova York. O motorista da limusine navega o seu caminho através das ruas de sentido único, e vira na rua onde o nosso prédio está localizado. Quando a limusine entra frente do edifício, ele cuidadosamente desacelera e para completamente. Um porteiro corre para abrir a porta. Taylor sai pelo outro lado e nossa equipe de segurança pula fora tomando rapidamente posições diferentes varrendo a área, em seguida, prosseguem para pegar a bagagem. Ajudo Anastasia para fora do carro.
"Baby, cuidado, pode haver gelo no chão e você tem saltos," eu digo me chutando mentalmente. Eu deveria ter feito ela usar seus tênis ou algo assim. Este tipo de clima não é por excelência Podológico. Quando o porteiro me vê, ele vibra.
"Sr. Grey! Como é bom vê-lo de volta a Nova York, senhor. Bem-vinda, senhora."
"Obrigado, Donald. Esta é minha esposa, Sra. Grey."
"Prazer em conhecê-la, senhora. Vamos levá-los para o calor do edifício. O tempo tem sido desagradavelmente frio mesmo que nós não tenhamos tido muita neve,” diz ele enquanto ele abre a porta para o interior do prédio. Eu espalmo algum dinheiro na mão de Donald enquanto o jorro de ar quente nos cumprimenta, acolhedoramente. Eu pressiono o botão para chamar o elevador. Taylor se insinua para mim, e discretamente limpa a garganta. Eu levanto minhas sobrancelhas para olhar para ele.



"Eu vou tomar o elevador de serviço com Reynolds para fazer rapidamente uma varredura, senhor. Eu agradeceria se você pudesse tardar para atingir a cobertura cerca de três minutos. Deixe-me assegurar seus aposentos," diz ele. Dou-lhe um aceno de cabeça de lado, de forma imperceptível, e ele olha para Reynolds e eles saem em passos rápidos.
"O que foi aquilo?" Anastasia pergunta.
"Nada para se preocupar, baby,” eu digo. "Você está cansada? Ou bem o suficiente para sair para jantar?"
"Eu adoraria ir, mas eu me sinto cansada."
"Ok, vamos pedir, então. Existem alguns maravilhosos restaurantes com excelente cozinha aqui no bairro." As portas do elevador ding abertas. Três jovens conversando animadamente saem do elevador e seguem para a porta, depois de vestir os seus casacos e cachecóis.
"Vamos esperar pelo próximo,” eu digo quando residentes recém-chegados entram no elevador segurando a porta aberta para nós. O empresário dá de ombros e permite que as portas se fechem.
"Melindrado de estar com outros no mesmo espaço do elevador, Sr. Grey?" Anastasia pergunta. Eu reviro os olhos em resposta e pressiono o botão de chamada para os elevadores, novamente. Logo que o elevador chega ao térreo e as portas ding abertas, seguro Anastasia pela parte inferior das costas e levo-a para o espaço do elevador. Ambos, Sawyer e Melissa, entram no elevador depois de dar uma rápida olhada no saguão do edifício para se certificar de que não há nenhuma ameaça. Eu pressiono o botão para a cobertura e coloco minha chave. À medida que o elevador nos leva, Anastasia enlaça seus dedos com os meus. Quando finalmente alcançamos a cobertura, as portas do elevador deslizam abertas. Sawyer mantém a porta aberta, e Melissa passa rapidamente e verifica o saguão. Anastasia revira os olhos, e quando ela tenta sair do elevador, eu a impeço e levanto-a do chão em meus braços. Ela é surpreendida e agarra-me, com os braços envoltos em meu pescoço.
"Eu tenho que carregar minha esposa através de todos os batentes."
"Sr. Grey, você é um verdadeiro romântico," ela sussurra.


"Só para você, baby,” murmuro e pouso um casto beijo em seus lábios. Taylor vem ao saguão e acena com a cabeça imperceptivelmente.
"Você gostaria de algo para beber?" Eu pergunto. As geladeiras deveriam ter sido abastecidas.
"Na verdade, estou morrendo de fome. Eu tenho um desejo do cordeiro que você pegou do deli que eu encontrei no distrito de Pike."
"Taylor?" Eu chamo.
"O Restaurante Agora tem uma cozinha semelhante,” diz ele.
"Então peça espetinhos de cordeiro, molho de iogurte, homus, folhas de uva recheadas, arroz, salada e pão para dois. "
"Sim, senhor,” Taylor responde e vai embora.
"Venha, deixe-me mostrar-lhe nosso quarto,” eu digo puxando-a atrás de mim. O quarto é em tons de branco e acentuado com a cor creme. Vendo duas paredes com janelas panorâmicas, com molduras de aço do piso ao teto, ela arregala os olhos e olha para o horizonte de Manhattan. Há uma varanda circundante no exterior. Ela examina ao redor e seus olhos se dirigem para o teto ornamentado.
"Muito sofisticado,” diz ela em voz baixa.
"O apartamento foi construído em 1933. Arquitetura Pré-Guerra. Foi remodelado de acordo com a sua antiga glória, mas com comodidades modernas."
"As paredes são bastante elevadas...” ela murmura, distraída. O que há de errado com ela?
"Sim, as paredes do quarto tem tetos de 3,60 m de altura,” eu digo dando um passo em direção a ela. Eu estou bem diante dela e a viro para mim.

Breathe - Anna Nalick
"O que está errado, Ana ?" Ela balança a cabeça.
“Ana! Por favor! Você estava bem durante o vôo, e mesmo durante o caminho até aqui. E, logo que chegamos ao apartamento, você não parece bem. O.Que.Está.Errado? Antes que eu pense o pior? Por favor, eu estou ficando louco!"
"Oh, Christian. Estou me sentindo tão insignificante! Tudo isso,” diz ela apontando ao redor, "toda essa opulência. E você, este homem magnífico! Ouvindo sobre outras dando em cima de você, mulheres que, na verdade, pertencem a este tipo de vida... Estou me sentindo um pouco oprimida."
"Há muitas razões pelas quais eu a amo Ana, mas uma delas é essa... que você é completamente inconsciente de seu próprio valor, ou que você não se importa com o que eu tenho e você não me ama pela minha riqueza, isso tudo é mais uma razão para eu querer colocar o mundo debaixo de seus pés. Todas essas outras pessoas, mulheres," e ocasionais homens, mas não há necessidade de mencionar isso a ela, ”que salivam atrás de mim, fazem isso por causa desse pacote. É sobre o que eu tenho e como eu pareço. O que elas sabem sobre mim? Nada! Elas gostam da persona, elas gostam de uma boa transa, elas gostam de ser vistas com um bilionário e aparecer nas revistas de fofocas. Mas, você... " Eu digo suavemente levantando o queixo dela para cima para encontrar meu olhar, um sorriso apontando nos cantos dos meus lábios, ”você não é como ninguém. Você é minha razão de ser, de existir. Você é o amor da minha vida! No minuto em que você entrou em minha vida , você esmaeceu cada estrela, porque você é o meu sol! Eu estou cego para tudo o que está ao meu redor. Você primeiro girou minha vida fora de sua órbita ordenada em seguida puxou-a de volta para a sua. Eu nunca desejaria ficar sem você de novo. Você é minha vida agora.
O que você vê aqui... tudo isso é seu. Eu lhe daria isso e muito mais, Ana."
Ela solta um suspiro pesado. "Tudo que eu quero é você."
Tudo que eu quero é você - U2
"Eu sei, mas eu venho com este pacote,” eu digo dando de ombros.
"Obrigada por seu amor, Christian. Eu o amo demais, às vezes eu sinto que vou acordar deste sonho e você terá ido embora."
"Isso não vai acontecer baby,” eu sorrio. "Eu posso provar isso para você agora mesmo, se assim o desejar."
"Bem, você pode demonstrar seu amor no chuveiro, Sr. Grey,” diz ela mordendo o lábio inferior.
"Com prazer, Sra. Grey!" Eu digo enquanto eu lentamente retiro seu casaco e seu cachecol.
"Na verdade," eu digo e levanto-a do chão aconchegando-a em meus braços, eu entro no banheiro da suíte. Ligo a água quente e ando sob as águas em cascata com minha esposa em meus braços.


***** *****
Hannah
"OhmeuDeus! OhmeuDeus! OhmeuDeus! Eu vou perder o meu avião!" Hannah grita para ninguém em particular enquanto ela corre tão rápido quanto seus pés calçados em Manola Blahnik poderiam levá-la através do terminal do aeroporto recém encerado. Ela está fazendo um inventário mental enquanto ela está correndo. Sua bolsa Hermes contém seus objetos pessoais, seu smartphone, tickets, carteira, ID, bem como os manuscritos que Ana esqueceu. Ela poderia, claro, apenas olhá-los no laptop, mas ela sentiu a necessidade de imprimi-los porque ela precisava marcá-los e destacá-los para Ana, e elas precisavam deles para este simpósio. É importante para ela conseguir a aprovação de Ana. Ela, afinal, é casada com o chefe do chefe do chefe do chefe. Uma oportunidade como essa só chega uma vez na vida.
Hannah diz a si mesma para rever os manuscritos duas vezes no avião e resumi-los para Ana. Oh espere! Será que ela não se esqueceu de embalar o pen drive? Seria uma monumental merda se ela esquecesse isso! Essa foi a razão pela qual ela está agora tomando um vôo comercial ao invés de voar no jato da Grey Enterprises Inc. juntamente com o marido de Ana, tipo de boa aparência de arrancar-calcinha. Ela tem seus objetos pessoais em sua bagagem de mão, seu laptop completo com o carregador, mouse e pen drive e é claro que o casaco está pendurado no braço entre os muitos itens que ela está levando com ela. Mas ela está reconsiderando sobre ter usado uma saia lápis e uma blusa de seda. Muito tipo-negócios, mas não bom para aeroporto quando você está voando através do país. Assim quando ela se aproxima do balcão da companhia aérea, ela colide com outro passageiro que está com tanta pressa quanto ela.
"Merda! Porra! Desculpe! Estou iiiinndo perder meu avião,” ela reclama e cai no chão de joelhos para coletar seus itens espalhados.
"Eu vou ajudar,” diz a voz do estranho. Isso é o mínimo que você pode fazer por esbarrar comigo, ela pensa, mas o que sai da sua boca é: "Eu consigo!"
"Não, você não consegue,” diz uma voz rouca. "Se você tem que estar naquele avião em um curto espaço de tempo, eu vou ter que ajudá-la. Deixe-me corrigir o meu descuido. Você já fêz check-in?"
"Eu fiz check-in online,” ela retruca, mas vendo a boa aparência dele, seus olhos se abrem e ela amolece.
"Como quiser. Mas eles não vão deixar você levar todos esses itens no avião,"  diz ele recolhendo um lip gloss que descuidadamente rolou no chão e jogando-o em sua bolsa Hermes. Em seguida, ele recolhe rapidamente alguns outros itens ainda espalhados pelo chão.
"OhmeuDeus! OhmeuDeus! Acho que o meu telefone quebrou!" Hannah lamenta, agora completamente ansiosa.
"Está tudo bem. Eu acho que apenas a caixa se desfez."
"Oh, não! A bateria se foi!"
"Está logo ali,” diz ele apontando alguns passos à sua direita, e ela se aproxima para buscá-la, só um pouquinho aliviada. Seria a maior, a mais horrível espécie de merda, se ela danificasse seu celular! Ele rapidamente coloca o pequeno chip sob o cartão SIM, enquanto ela está recuperando a bateria. Ela estende a mão para o telefone e ele lhe entrega o smartphone, o fundo, bem como a caixa de plástico rachada. As mãos dela tremem.
"Por favor, deixe-me,” diz ele e gentilmente o tira dela. Ele rapidamente coloca a bateria na parte de trás do telefone, prende a tampa, em seguida, clica a caixa no lugar. Ele finalmente pressiona o botão de ligar. A tela pisca para a vida. Ele imperceptivelmente exala um suspiro de alívio, e entrega a ela.
"Bom como novo!"
"Obrigado! É melhor me apressar!” diz ela sem entusiasmo, coloca a bolsa Hermes, a bolsa do laptop, e arrasta a bagagem de mão.
"O seu casaco?” Diz ele sorrindo sob o boné Seattle Seahawks, estendendo o casaco elegante para ela.
"Oh, sim! Obrigada! Pensando melhor, é melhor eu verificar isso dentro!” diz ela e rapidamente se dirige para  o check-in da bolsa.
***** *****
O comissário de bordo está quase  fechando a porta.
"Espere! Espere! Eu preciso entrar nesse vôo!" ela grita desesperadamente.
"Você é a última pessoa a entrar no vôo, minha senhora. Nós estávamos nos preparando para fechar as portas."
Hannah lhe entrega o cartão de embarque e a aeromoça lhe deseja um voo seguro e a envia em seu caminho. Com velocidade máxima Hannah corre para baixo para o portão e entra no avião. Ela está voando em classe executiva hoje. Ela localiza seu lugar imediatamente, e coloca seu casaco em seu assento. Em seguida, ela coloca sua bolsa de laptop no compartimento de bagagem acima. Ela irá  buscá-la para baixo uma vez que ela tenha marcado tudo no papel. Em seguida, ela exala um merecido suspiro de alívio.
Depois de retirar o casaco do assento, ela senta e afivela seu cinto de segurança dobrando seu casaco sobre suas pernas. Então, ela dá um olhar superficial para seu entorno e seus companheiros de viagem. Seus olhos se arregalam quando ela vê o rapaz que a ajudou mais cedo, no assento do outro lado do corredor.
"Você!” diz ela.
"Bem, eu já fui chamado de nomes piores do que isso, mas eu prefiro ir por John."
"Eu sinto muito, eu peço desculpas,” ela balança a cabeça. "Eu sou Hannah. Você é um salva-vidas. Eu não tive a chance de lhe agradecer adequadamente com exceção de apenas resmungar. Eu geralmente não sou tão descoordenada ou rude. "
"Este deve ser um dia de folga, então."
"Você pode dizer isso. Eu tinha muito que fazer e pouco tempo para fazê-lo."
"Que bom que você chegou à tempo. Seria lamentável ser privado de sua bela companhia durante este vôo." Hannah ruboriza com o elogio inesperado. Ela olha para John e percebe que ele é um homem bonito, forte, com olhos verdes, cabelo um pouco longo demais. Há algo duro nele porém, como os músculos que ele está se escondendo debaixo da sua t-shirt.
Após o discurso habitual de como afivelar e desatar seu cinto ou como salvar a você mesmo ou o seu colega passageiro, no caso improvável de um acidente de avião... blá blá blá... Hannah não está escutando. Ela quer olhar para o homem sentado no corredor próximo sem parecer como uma idiota com fome de homem, é claro.
O avião taxia e decola. Hannah finalmente pega um dos manuscritos e começa a destacar e anotar as partes dele. Assim que a aeromoça dá luz verde, o passageiro que se chama John abre seu iPad. Ele, então, procura o ícone que parece uma peça de xadrez e localiza o dispositivo exato que ele está buscando. Ele dá duplo clica nele, e o ativa. A CIA não poderia pagar-lhe o suficiente para as habilidades que ele possui. Ele vai fazer uma porrada de dinheiro após esse trabalho estar concluído. O troiano é entregue. Agora para a próxima etapa. Ele fecha o ícone, e abre seu aplicativo Kindle. Ele pode se dar ao luxo de relaxar um pouco agora, com um sorriso muito imperceptível puxando o canto do seu lábio. Ele não tinha ido para Nova York desde que assumiu este contrato. Ele perdeu a energia frenética dela. O que George Carlin diz sobre Nova York? (N.T. foi um humorista, comediante de stand-up, ator e autor norte-americano, vencedor de cinco Grammys. Carlin era conhecido pelo seu humor negro assim como seus pensamentos sobre política, língua inglesa, psicologia, religião, e vários temas tabus.)
"Claro que, em Los Angeles, tudo é baseado em conduzir, mesmo os assassinatos. Em Nova York, a maioria das pessoas não têm carros, por isso, se você quer matar uma pessoa, você tem que pegar o metrô para a casa dela. E, por vezes, no caminho, o trem está atrasado e você fica impaciente, então você tem que matar alguém no metrô. É por isso que há tantos assassinatos no metrô; ninguém tem um carro."
Ele pensou que aqueles eram os assassinos idiotas. Há uma arte, mesmo em matar. Mesmo que achasse de mau gosto aprender sobre sua presa, que seu cliente atual parecia sair e tirar algum prazer sádico em conhecer suas vítimas, ele não se importava. Não importa o que fizesse flutuar seu barco psicopata, desde que ele lhe pagasse em dia e regularmente. Aquele desgraçado doente tirava muita satisfação em estudar e perseguir sua presa... por meio dele, é claro. O cliente gostava de aprender seus hábitos, seu habitat natural, quase como combustível para seu desprezo por eles, para ter mais um motivo para fazer o seu crime pessoal e ele queria ver a vida deles apagada. John, no entanto, não gosta desse tipo de merda pessoal. Ele não gostou de saber quem são suas vítimas, o que eles gostam, onde jantam, ou até mesmo seus nomes. Apenas uma imagem. Então era apenas negócio, impessoal, apenas um entalhe em seu cinto muito apertado. Mas, ele viu a merda doentia, fez o seu próprio tipo de merda sádica em seus dias de mercenários. Ele não se importava de uma maneira ou de outra. Não era pessoal para ele, afinal. Apenas negócios. Sóóóóó negócio, e se inclina para trás em sua cadeira lendo seu autor favorito: Stephen King. Quando a aeromoça vem para anotar seu drinque, ele responde:

"Grey Goose. Faça um duplo,” (N.T. marca de vodka produzida na França) e sem olhar de volta para ela, ele retorna para sua história, "Survivor Type." Ele tem algumas horas para matar, afinal.

84 comments:

Barbara Araujo said...

Hehehee capítulo novo que bom.
Neusa obrigada pela rapidez na tradução. Esses dois últimos foram curtos mais foram muito bons. Acho que os próximos serão tensos. E espero que a equipe de segurança do CG descubra logo essas armações. Bjjj

Gio said...

Adorei! Mal posso esperar pelos próximos. Acompanhar a gravidez de Ana está sendo o máximo! Obrigada Emine e Neusa!

P.S.: Gostei muito das fotos do elenco do filme ao longo dos textos.

Joeli Brito said...

MARAVILHOSO. Ana em Nova Iorque, preparando para marcar territorio sobre seu homem... e q homem, aff!!!! Neusa, Emine quero mais, por favor, não demore a postar o XXIII. Menos torturas por favor rsrsrs. Bjssss

Natii said...

MARAVILHOSO, COM GRITANTES PORQUE TA BOM DEMAIS, AMOO ESSA VERSÃO SOU APAIXONADAAAA... MUITOO FELIZ POR LER EM SEGUIDA ESSE CAPITULO EMINE COMO SEMPRE UM MAGNIFICO TRABALHO , CHEIO DE AMOR E CUMPLICIDADE NEUSA VOCE É NOSSA HEROÍNA POR NOS PRESENTEAR COM SUA TRADUÇÃO RAPIDA E EFICAZ... AMOO VCS SEMPRE!!!

MUITO OBRIGADA POR MAIS DELICIA DE CAPITULO...

BEIJOS DA NATII...

elaine nane said...

Curiosa pra ver a Ana arrasar na reunião do marido.
To sentindo falta do Taylor,to doida pra ver ele pega esse capanga do Lincon.

dalla said...

Adorei os novos capítulos não vejo a hora de mais.
Está tão envolvente, maravilhoso que já estou ansiosa.
Parabéns a Emine e a Neusa, vocês são demais.

Anonymous said...

Adorei os novos capítulos não vejo a hora de mais.
Está tão envolvente, maravilhoso que já estou ansiosa.
Parabéns a Emine e a Neusa, vocês são demais.

Idalina Rodrigues said...

Adorei os novos capítulos não vejo a hora de mais.
Está tão envolvente, maravilhoso que já estou ansiosa.
Parabéns a Emine e a Neusa, vocês são demais.

Barbara Cristina Meireles said...

que capitulo lindo.Parabéns emine e Neusa,trabalho maravilhoso.To amando muito esse 4°livro. ♥

Idalina Rodrigues said...

Adorei os novos capítulos não vejo a hora de mais.
Está tão envolvente, maravilhoso que já estou ansiosa.
Parabéns a Emine e a Neusa, vocês são demais.

Idalina Rodrigues said...

Adorei os novos capítulos não vejo a hora de mais.
Está tão envolvente, maravilhoso que já estou ansiosa.
Parabéns a Emine e a Neusa, vocês são demais.

MARCIA CESPEDES said...

Querida Neusa ,eu não me canso de agradecer-te por nos dá um tempo da sua vida com a sua fabulosa tradução.
sei que você faz por prazer.
E com mais prazer ainda agente ler.
eu estou totalmete desinformada. (sem computador)
estou aqui aproveitando o da minha cunhada ,que veio nos visitar.
2 capitulos neste final de semana ...acho que o natal chegou mais cedo.
Obrigada mais uma vez Neusa!
Obrigada a Emine!
um super beijo e abraço ´para vocês duas e familiares.
sua fã e amiga
Márcia Céspedes.

Onde está o meu amor? said...

Uau!Agora são duas e meia da manhã, o unico horario que encontrei em meio a minha rotina tão louca... Mas não importa, valeu apena cada minuto que fiquei acordada lendo esse capitulo. Parabens Emine e Neusa, pelos seus respectivos trabalhos... na verdade obrigado por tudo. Pela riqueza de detalhes, o respeito e o carinho a nós leitoras e leitores. Pelo encantamento que nos envolve e que nos faz contar os segundos na espera por um novo capitulo, seja na serie Pella ou na fabulosa historia de Christian e Ana... Um cheiro. Desejo-lhes bons escritos, traduções e leituras.
Por: Ana

Ana said...

Uau!Agora são duas e meia da manhã, o unico horario que encontrei em meio a minha rotina tão louca... Mas não importa, valeu apena cada minuto que fiquei acordada lendo esse capitulo. Parabens Emine e Neusa, pelos seus respectivos trabalhos... na verdade obrigado por tudo. Pela riqueza de detalhes, o respeito e o carinho a nós leitoras e leitores. Pelo encantamento que nos envolve e que nos faz contar os segundos na espera por um novo capitulo, seja na serie Pella ou na fabulosa historia de Christian e Ana... Um cheiro. Desejo-lhes bons escritos, traduções e leituras.
Por: Ana

Onde está o meu amor? said...

Uau!Agora são duas e meia da manhã, o unico horario que encontrei em meio a minha rotina tão louca... Mas não importa, valeu apena cada minuto que fiquei acordada lendo esse capitulo. Parabens Emine e Neusa, pelos seus respectivos trabalhos... na verdade obrigado por tudo. Pela riqueza de detalhes, o respeito e o carinho a nós leitoras e leitores. Pelo encantamento que nos envolve e que nos faz contar os segundos na espera por um novo capitulo, seja na serie Pella ou na fabulosa historia de Christian e Ana... Um cheiro. Desejo-lhes bons escritos, traduções e leituras.
Por: Ana

Onde está o meu amor? said...

Uau!Agora são duas e meia da manhã, o unico horario que encontrei em meio a minha rotina tão louca... Mas não importa, valeu apena cada minuto que fiquei acordada lendo esse capitulo. Parabens Emine e Neusa, pelos seus respectivos trabalhos... na verdade obrigado por tudo. Pela riqueza de detalhes, o respeito e o carinho a nós leitoras e leitores. Pelo encantamento que nos envolve e que nos faz contar os segundos na espera por um novo capitulo, seja na serie Pella ou na fabulosa historia de Christian e Ana... Um cheiro. Desejo-lhes bons escritos, traduções e leituras.
Por: Ana

Anonymous said...

Obrigada Meninas Emine por dois cap.sema e Neusa rapida tradução lindo cap.medo desta Hanna kkkkkk bjos obrigada
Rosi

Anabela Encarnação said...

Na verdade acho lindo o desinteresse de Ana por todo o império de Christian. E acho lindo toda a atenção e ternura com que ele a trata. Cada dia mais lindo o romance deste casal. Só a sombra do seu inimigo faz escurecer esta maravilhosa história. Obrigada Emine você nunca nos desilude. Obrigada Neusa seu trabalho é sempre digno de ser apregoado para todos 98

Ana Paula Silva said...

Amei!!!
Estou curiosa para descobrir quem é esse Jhon e qual sua armação.
Neusa e Emine para vocês só elogios!!!!

Gisela said...

Que maravlha!!! Espero ansiosamente por cada capítulo e a Neusa sempre muito rápida e eficiente. Amei este capítulo, não vejo a hora do Linc ser pego. Emine, a série Pella não vai ter mais postagens ??? Por Favor não nos deixe sem o Alex..... Bjs e sempre, sempre PARABÉNS!!!

Fer G. said...

Ai que medo desse capanga!!!! Imagina na hora que o Christian souber que o Linc ta fazendo tudo isso?Quero ver a Ana linda junto com o Christian.Neusinha ,minha flor,obrigada pela rapidez da tradução.Emine ,vc sempre se superando! beijosss

Socorro Matos said...

o últimos capítulos só deixa mais curiosa, o que será que vão fazer com o casal mais amado?? Obrigada Neusa e Emine!! ;)

Anonymous said...

que maravilha dois capítulos juntos, so para animar mais este feriadão, muito obrigada por tudo emine e neusa

ivone

Margareth Antequera said...

Capítulo emocionante, cheio de situações de suspense - ADOREI

Obrigada Emine, obrigada Neusa!

Amei as fotos, já, com os atores verdadeiros e as músicas UAU!!! lindas.

Obrigada pelo capricho, amei!

Ansiosa e aflita aqui, pelos próximos capítulos,

bjs,

Rose Viana said...

Muito bom, adorei. Lindas as musicas. Fico ansiosa para o proximo. Obrigada. bjos.

Andréa P. Lopes said...

Descobri por acaso o blog no dia 15/04/2014.
Graças a Deus teve o feriado de Páscoa... li toda a versão CG...
Amando tudo e cada dia mais.
Parabéns pela tradução Neusa. Emine, sensibilidade ímpar e percepção fantástica dos personagens.
Ansiosa por mais!!!!
Beijos e obrigada pelo empenho de vocês.
Ah!!! Também quero fazer parte da turma do café, mas, como diria a Sra. Grey: Prefiro um chá, por favor...

Beijos a todas, Andréa P. Lopes

Andréa P. Lopes said...

Descobri por acaso o blog no dia 15/04/2014.
Graças a Deus teve o feriado de Páscoa... li toda a versão CG...
Amando tudo e cada dia mais.
Parabéns pela tradução Neusa. Emine, sensibilidade ímpar e percepção fantástica dos personagens.
Ansiosa por mais!!!!
Beijos e obrigada pelo empenho de vocês.
Ah!!! Também quero fazer parte da turma do café, mas, como diria a Sra. Grey: Prefiro um chá, por favor...

Beijos a todas, Andréa P. Lopes

Angela Inverno said...

Adorei o novo capitulo :)

Cada capitulo novo é uma novidade ;)

Bju grandes para voces

Nilvânia said...

Estava sentindo falta de tudo isso... Bom de mais!!!
Emine, perfeito!!
Neusa, obrigada!!
E mais uma vez, ansiosa pelo próximo capítulo!!

Anonymous said...

Hoje foi divinal, cariño!
Quero ensinar-te tudo o que sei e aprender tudo o que tu sabes...
ADORO-TE, guapa!!!

Viviane Oliveira said...

Socorroooooo!
Emine por favor infarta o Jonh tbém. Simples assim!!
Meu deos. Vc elevou há um nível dificícícícílimo manter minhas unhas intactas.
Amo sua riqueza de detalhes. Parabéns Emine e Neusa mais uma vez.
Por favor, poste o mais rápido que puder.
Bjo pra todas vcs meninas.

monica fraga said...

Amando suas traduções !
Parabéns !!!!
Acessando todos os dias buscando novos capítulos!
Ansiosissima .... Mas também muito grata pela sua agilidade nas traduções !
Aguardooooooo novidades!
Bjs, MônicaF

luciane soares alves said...

Gostaria de saber quando você vai concluir o livro IV pois, ta perfeito acompanhar a gravidez da Anastasia e a proteção do Christian com ela e o bebê... aguardando ansiosa os próximos capítulos..... parabens

Anonymous said...

Adoreii...
O proximo capitulo é muiito esperado, oq sera q vai acontecer á Hannah? Suspense.... esse John ja vai aprontar com o casal Grey.

Quando sera que o bebê vai dar sinal de vida (se mecher)? A reaçao do Christian vai ser linda, aposto. Mal posso esperar pra ver isso! Anciosa.

Legal ter colocado as fotos do atores verdadeiros. Tudo muito bom parabéns, Queremos mais e mais :)

Beijos pra todos!
-Erika

Moonniiccaa said...

Oie, que lindo né meninas... Neusa, kd vc, ta sumida ( e eu sem algumas pontuacoes e acentuacoes no notebook, desculpe)...

Qdo teremos mais e mais...

Incansavel!!!

bjs

Claudinha said...

Adorei os dois ultimos capítulos, vou ficar na espera pelos próximos espero que não demorem muito rsrsrsrsrsrs

Claudinha said...

Adoro essa história, o Grey é um fofo quem não queria um?? Uau tudo de bom mesmo e trata a Ana com um amor que nossa, só em romance mesmo!!! Queria um C G pra mim rsrsrsrsrs Estou louca pelos próximos capítulos!!

Jessica silva said...

Amei todos os seus capitulos, mega anciosa por mais, Emine e Neusa vcs estão arrebentando.

Luciane Menotti said...

Parabéns pela dedicação, gostaria de saber se o livro 4 vai ter continuação, queira saber muito o final na versão de Christian, aguardo.

ana dheits said...

UAU!!!! Amei...Agora estou super ansiosa por mais, espero que não demore...
Vcs tem um trabalho incrível, meus Parabéns!!!

Anonymous said...

Estou morrendo de ansiedade pelo próximo capítulo !!! :)

ana dheits said...

Amei tudo, estou super ansiosa por mais, incrível o trabalho de vcs. Meus Parabéns!!!
Espero ter logos os próximos capítulos

Alicia Klafke said...

Aii... Que ansiedade, ficar esperando é uma sensação esmagadora! Faz mais de uma semana que eu venho ate aqui todos os dias na espera de achar um novo capítulo. E o mesmo se aplica para a série Pella, estou doida pra saber sobre o lançamento do livro, quero muito comprá-lo. Vocês, Emine e Neusa são maravilhosas, abraços!

Neusa Reis said...

Oi meninas notícia calmante.
Emine vai postar hoje ou amanhã capítulo novo.
Informação dela mesma no capítulo em inglês.
Ansiosa.
Bjs

Rosangela Maria Cabral Corvalan said...

Gzuis amado Neusa, cap. novo está chegando???
Boa tarde meninas....desculpem estive ausente por vários dias mas agora estarei mais vezes por aqui..já li os dois capitulos mas não dava tempo para deixar comentários, então vou reler(que delícia) depois volto para comentar mais
Vou preparar meu cafezinho da tarde e me deliciar, ficar com raiva, suspirar tudo de novo!!
Beijos beijos beijos

Daniela Martins said...

Me dizem uma coisa....tem como isso ser mais lindo do que já é?
A historia por si só é maravilhosa, mas tudo isso que vc acrescenta, Emine, só enriquece e embeleza ainda mais!
Parabens!
Ahhhh, Nova York!!!
Beijos cheio de carinho pra vc, Emine!
Dani
;-)

Daniela Martins said...

Me dizem uma coisa....tem como isso ser mais lindo do que já é?
A historia por si só é maravilhosa, mas tudo isso que vc acrescenta, Emine, só enriquece e embeleza ainda mais!
Parabens!
Ahhhh, Nova York!!!
Beijos cheio de carinho pra vc, Emine!
Dani
;-)

Alicia Klafke said...

Neusa, eu gostaria de tentar expressar a minha gratidão tanto a ti quanto para a Emine, eu não lembro bem como cheguei até esse blog, mas quando vi as histórias, resolvi que visitaria todos os dias. Eu vi outros lugares onde se tem "fanfic" e sinceramente, nada se compara ao blog e a tradução que A Walk In The Clouds nos traz... Então, muito obrigado pelo carinho e por nos proporcionar o prazer de ler essas histórias... Pena que um dia acaba né? Beijos

Bruna Penha said...

Gente estou adorando tudoooo...Neusa obrigada pela excelente tradução! Emine arrasando com novos capitulos.

Anonymous said...

Genteee, kd o próximo capítulo que ainda não foi postado?! Ansiosaaa...

angela said...

Caraca. Eu achei esse blog semana passada quando e simplesmente não consigo mais sair dele. Parabéns e muito linda a forma como vocês escrevem muito. Agora vou buscar conhecer o Pella enquanto espero o próximo capítulo do Christian e da Ana

Anonymous said...

Olá!!!
Nossa que saudade de um próximo capítulo...
Ansiosa pela continuação desta linda história!!

Abraço a todas.

Isabel Relvas said...

Boa tarde, muito obrigado, pelo vosso trablaho, Neusa e Emine, estou ansiosa que seja lançado o novo capitulo, para quando vai ser?

Anonymous said...

Já li 2vezes todos os capitulos. Adorei.Muito ansiosa pelo proximo.

Anonymous said...

Todos os dias entro com a ilus*ao de encontrar um novo capítulo ... quaaaaando????? :) Amei os 4 livros, parabéns!!

Láisla Machado said...

Quando sai o próximo capítulo??? Super ansiosa para ler!

Talita Neves said...
This comment has been removed by the author.
Talita Neves said...

Oii!! To amando isso aqui!!1
Qdo sai o proximo capitulo??
Super anciosa!!!!

Anonymous said...

Oi! Nossa ja reli os livros pela 2° vez, muito anciosa pelo desenrolar da história de Grey e Ana! Emine como sempre surpreendente e Neusa fantástica na tradução! Bjos pra todas viciadas no Grey como eu!

Jéssika Luciana said...

Olá Parabéns!!!
Quando sai o próximo capítulo?

Jéssika Luciana said...

Parabéns muito lindo!!!
Quando sai p próximo capítulo?
E a serie Pella a que pé anda???

Jéssika Luciana said...

Parabéns muito lindo!!!
Quando sai p próximo capítulo?
E a serie Pella a que pé anda???

Isabel Relvas said...

Será que é este final de semana que vamos matar saudades com o novo capitulo?

Neusa Reis said...

Oi meninas a Emine informou que o capítulo novo sai hoje. Ela esteve como sempre super ocupada com o Departamento de Estado americano. E hoje é o aniversário da filha dela.
Assim vamos aguardar com muita ansiedade. Já sabemos que será esplêndido, como todos os outros.
Bjs

Anonymous said...

olá Neuza, como vai?, amando a historia, amei todos os capítulos é a 1° vez que comento, a versão de Cristian é muito boa, meu deus que homem é esse?, mau posso esperar pelos próximos capítulos, quando vai sair o próximo? estou lendo também Pella é ótimo, muito bom mesmo, parabéns Emine vc arrasa querida. Espero que os próximos capítulos não demore tanto estou ansiosa para saber quando Cristian vai descobrir a armação de Linc.O livro pela sera publicado aqui no brasil?

Obrigada a Neuza pela tradução maravilhosa e Emine por nus permitir entender um pouco do maravilhoso Cristian. gostaria de participar desse delicioso cafezinho.

Um grande abraço

Maria Luíza

Rosangela Maria Cabral Corvalan said...

Bom dia à todas!!
Nossa nem sei por onde começar!!
Primeiramente peço desculpas mais uma vez por ter demorado tanto a comentar este capítulo, que aliás foi maravilhoso como sempre!!

Estou louca pra ver toda a equipe de segurança desmascarar esse soldadinho de chumbo e esse homem horroroso...e também sinceramente estou achando Elena muito calminha...sabemos que ela não é do tipo de se conformar tão fácil assim não...tenho medo dela!!
A Emine, mais uma vez obrigada por sua dedicação e Neusa, obrigada pelo seu carinho!!

Conforme Neusa nos disse...o capítulo está por aí!! uhuuuuu!!

Beijos, bom final de semana à todas!!!

Rosângela

Duda banab said...

Oi amo muito lê, estou ansiosa pelo novo cap. XXIII. Gostei muito da tradução de Neusa Um abraço espero ansiosamente.

Angela said...

Não vejo a hora de ver a tradução da Neuza dos cap. xxiii e xxiv, ja estava entrando em crise de abstinência da companhia de Christian Grey e Ana....

Angela said...

Olá ja estava sofrendo de crise de abstinência de C.G e A.S, estou ansiosa pela tradução dos capítulos XXIII e XIV

Ana Lucia said...

Ansiedade pelo próximo capítulo, agora eu estou na mesma sintonia das seguidoras do blog. Não vejo a hora.

Rosangela Maria Cabral Corvalan said...

Bom dia e bom domingo à todas!!
Os capítulos XXIII e XXIV já sairam!! uhuuuu!!
Agora só esperar a magnifica tradução impecável e impar de Neusa!!
Inté meninas!!

Beijos

Patrícia Vasques said...

Já estava sofrendo de abstinência. OBAAAAAA!

Patrícia Vasques said...

Já estava sofrendo de abstinência. OBAAAAAA!

Vanessa Albuquerque said...

Alguém tem a previsão do dia que sai a tradução dos próximos capítulos? Super ansiosa.

Obrigada, bjs

Mara Lins said...

Emine, Neusa, quero me desculpar pela demora da leitura deste capítulo, mas são muitas coisas acontecendo por aqui.

Fico imaginando onde irá dar essa trama do Lincoln, quem será o carrasco dele. Espero que tudo aconteça como estou imaginando, seria 'fantabuloso'.

Obrigada pelo carinho e dedicação de vocês duas.

Beijos

Tati said...

Gente quanto mais eu leio mais lindo fica!!!! Maravilhoso , deixa a gente grudada pra ver o que vai acontecer!!! Emine e Neusa desculpas pela ausência no blog estou tentando me redimir!!! Bjs as duas tudo ótimo!!! To curiosa pra saber como aquele cara vai conseguir abordar a ana?????? Vou ler os próximo pra saber!!!!

Cleonice Nunes Ribeiro said...

adorei... sou fanatica por Cristhian... edtou ansiosa por mais... muito mais...

Cleonice Nunes Ribeiro said...

adooorei...
sou fanatica por Cristhian...
mal posso esperar por os proximos capitulos...
ansiosissima ;)

Priscila Pessotto said...

Obrigada Emine e Neusa pelo impecável trabalho, pelo carinho e dedicação de vocês.
Está cada vez melhor essa história e esse John que suspense, com certeza a equipe de segurança vai dar um jeito nele.
E o amadurecimento no nosso casal preferido, lindo o carinho, a atenção e o cuidado de Christian com a Ana.
Parabéns!!!
Beijos |Girls!

Daniela Martins said...

Hello, Emine!
Voltando aqui para comentar novamente!
Estou com Christian tambm ao concordar da admiraçao dele por Anastasia por ela ser quem é: uma pessoa simples e que se sente oprimida por toda a riqueza que a cerca desde que o conheceu.
Ela nao se importa com isso e amaria CG de qualquer forma.Isso é lindo!
Obrigada!
Bjkas
Dani
;-)

Rezinha said...

Olá, adorei o livro e ainda mais as traduções da Neusa.
Queria saber se já estão disponíveis os capítulos XXIII em diante?

Rezinha said...

Olá, adorei o livro e ainda mais as traduções da Neusa.
Queria saber se já estão disponíveis os capítulos XXIII em diante?

Rezinha said...

Olá, adorei o livro e ainda mais as traduções da Neusa.
Queria saber se já estão disponíveis os capítulos XXIII em diante?

Priscila Pessotto said...

Olá girls!
Você que está começando a ler o blog agora ou que já é leitora, agora a Série Pella disponível aqui no blog foi publicada em livro – ECOS NA ETERNIDADE- e em português.
A Emine Fougner colocou a versão em português do Ecos na Eternidade na Amazon, apenas esta semana, por apenas R$ 3,94. Corram para aproveitar o preço porque na próxima semana voltará ao preço normal.
É só acessar a pagina da amazon: www.amazon.com.br.
Vamos aproveitar!
Beijos,
Pry