StatCtr

Friday, April 19, 2013

Livro II - Capítulo XII - Christian Grey e Anastasia Steele



CAPÍTULO DOZE
CRIME E CASTIGO

Tradução: Neusa Reis


A vitória nunca foi mais doce e se mostra no meu rosto como se eu tivesse ganho a medalha de ouro olímpica. Eu paro, e abaixo o meu taco, com o meu sorriso eu-possuo-seu-traseiro-Srta-Steele, e passeio em direção a Anastasia com a intenção de receber o meu prêmio, ansioso, desejoso, excitado, e vitorioso. Seu olhar segue cada movimento meu, e ela me olha como se ela pudesse me ter no café da manhã, almoço e jantar. Respire Grey!

"Você não vai ser uma má perdedora, vai Anastasia?" Murmuro com júbilo incontido.

"Tudo depende de quão duro você queira me espancar,” ela sussurra, segurando o seu taco, como se isso fosse dar-lhe algum apoio divino. Não do ‘big bad’ Grey, baby! Eu simplesmente lhe tiro o seu taco e coloco-o de lado. Meus dedos viajam para o topo de sua blusa descuidadamente para declarar o quanto eu a possuo, e eu uno meus dedos na parte superior de sua blusa e puxo a minha namorada, prestes a ser punida, para mim. Ela me enlouqueceu desde que voltamos, e veio de igual para igual comigo. Não que ela não me excite quando ela faz isso, mas também me deixa nervoso e me assusta até o âmago. Porque ela me tirou todas as ferramentas para corrigir seu comportamento. Oh, eu vou aproveitar isso mais do que você pensa, baby! E este prato vai ser servido quente!

"Hmm, deixe-me contar seus delitos, Srta. Steele," eu digo pronto a recontar os crimes para entregar-lhe o veredicto. "Um, fazendo-me ciúmes com meu próprio pessoal. Dois, discutindo comigo sobre trabalho. E três, acenando este delicioso derrière para mim nos últimos 20 minutos, provocando-me." Estou mais do que excitado; curvo-me e esfrego o nariz contra o dela, sem tocá-la em qualquer outro lugar. "Eu quero que você tire seu jeans e esta deliciosa blusa. Agora," eu sussurro e beijo-a nos lábios sempre muito suavemente. Ao passear em direção à porta para trancá-la, eu sinto o meu coração pronto para estourar de emoção fora do meu peito. Desejo correndo pelas minhas veias, e eu estou ligado, focado, e com a intenção de receber a minha dívida. 

All Tied Up - Robin Thicke

Eu tranco a porta calmamente, e me viro para olhar para Anastasia, que ainda está com as roupas acima mencionadas, com um olhar vidrado no rosto, chocada, desejosa, talvez até com medo. Vou fazê-lo uma experiência memorável para nós dois. Nada a temer, baby... apenas curtir o passeio, mas eu vou buscar o que me é devido para minha total satisfação.

"Suas roupas, Anastasia. Você parece ainda estar vestida com elas. Tire-as ambas, fora,” eu digo perfurando meu olhar no dela com toda a minha libertinagem, enquanto eu corro meus dedos em seu rosto passeando ao redor dela, “ou, eu vou fazer isso por você."

Eu posso ver seu peito subindo e descendo, os lábios separados para acomodar sua respiração, os olhos arregalados de excitação sem nome, e ansiedade.

"Você tira,” diz ela em voz desejosa, quase inaudível. Ela quer isso! Eu rio.

"Minha querida Srta. Steele. É um trabalho sujo, mas eu acho que posso acomodá-la e enfrentar o desafio."
"Você normalmente aceita a maioria dos desafios, Sr. Grey," ela retruca presunçosamente. Como ela me conhece bem. Eu sorrio em resposta.

"Por que,  Srta. Steele, o que você quer dizer?" Eu pergunto, o tempo todo pensando que armas tenho a minha escolha na biblioteca. Nada de útil... Não é possível usar o taco. É muito longo, e vai doer, considerando a distribuição da dor. Ah... Eu tenho uma régua em algum lugar em uma gaveta aqui. Ela vai servir perfeitamente. Lembro de ter lido em alguns livros que essa era a arma de escolha de alguns professores num passado não tão distante. É uma ótima escolha. Considerando o quão zangado eu estava quando ela estava inflexível, insistindo em ir para o trabalho, embora ela soubesse como estou ansioso, sabendo como malditamente eu tento protegê-la. Sim, a régua de trinta centímetros vai servir muito bem! Adapta-se muito bem na mão, tem uma superfície plana boa para distribuir uniformemente a dor. Eu pego a régua, e segurando cada extremidade, eu flexiono-a diante de seus olhos, para que ela saiba o que ela deve esperar. Ela olha a régua, enquanto os meus olhos não deixam seu rosto por um segundo. Ela engole em seco, com a boca ligeiramente aberta para acomodar sua respiração, o que significa que o seu batimento cardíaco acaba de acelerar. Ela está excitada também.

Eu descuidadamente coloco a régua dentro do bolso de trás da minha calça jeans e passeio para o meu prêmio prestes a ser reivindicado, com desejo devasso. Quando eu chego até Anastasia, eu caio de joelhos na frente dela, e desmancho seus cadarços de sapatos, e tiro seus sapatos e meias,  o tempo todo olhando em seus olhos. Sua visão está completamente fixa em mim como a gazela olhando o leão que está pronto para dar o bote nela; fixa, hipnotizada, ansiosa, desejosa, e amando.

Eu roço suas pernas por cima do jeans com as minhas mãos deslizando até seus quadris, e de repente eu insiro os dedos em sua cintura, puxando-a para a frente e desabotoo o botão e puxo o zíper. Olhos no prêmio, Grey, eu penso comigo mesmo, e olho para ela sorrindo provocante. Devagar e sem pressa, demorando mais tempo do que o necessário, eu removo seu jeans, e ajudo-a a dar um passo fora deles. Ela fica de calcinha de renda, completamente de dar água na boca. Eu pego a parte de trás de suas pernas e, quando eu subo até seu ápice, eu sinto um arrepio percorrê-la me fazendo sorrir, e quando minhas mãos, finalmente, chegam até os quadris, eu passo meu nariz ao longo do ápice de suas coxas, fazendo-a quase convulsionar de desejo.

"Eu quero ser muito duro com você, Ana. Você vai ter que me dizer para parar se estiver ficando demais para você,” eu respiro. Sem esperar ela responder, eu mergulho a cabeça e beijo seu sexo sobre a renda enquanto eu a inalo profundo, cheirando sua excitação, fazendo-a gemer.

"Palavra segura?" Pergunto num murmúrio. Mas, não, eu não quero fazer isso. É muito de dom/sub, o que ela não é. Eu não posso ir lá hoje. Mudando de idéia, eu emendo: "Não, nenhuma palavra segura, apenas me diga para parar, e eu vou parar. Você entendeu? "

Oh, meu Deus! Eu posso ver seu sexo brilhando com excitação, e eu mergulho a cabeça de novo, e beijo seu sexo, longo, cheirando-o. Então eu me levanto, e pronto para seguir em frente com a minha missão. Ela não disse nada.

"Responda-me, Ana," eu ordeno em um tom suave, acariciante. Eu realmente quero fazer isso, mas eu não - não quero que ela fuja. É o que me assusta. Eu sei que ela me deixou espancá-la depois de seu escandaloso lance na noite passada, mas eu só usei a minha mão, e ela estava bastante dominada pelo desejo, depois de ter as bolas prateadas nela. Apesar de uma régua não ser como um cinto, ela vai doer mais do que bater apenas com minha mão. Eu não quero que este seja um ponto de ruptura para nós. É importante para que ela se lembre de se comunicar, e diga-me quando for demais.

"Sim, sim, eu entendo Christian,” ela responde, finalmente, parecendo intrigada.

"Você está dando dicas e me dando sinais mistos durante todo o dia, Anastasia,” eu digo. Como um homem pode manter-se com isso? Ela é confusa. Ela fugiu de mim, porque eu bati nela, mas, em seguida, na noite passada, ela insistiu para que eu batesse nela. E durante todo o dia de hoje ela continuou insinuando que ela queria ser espancada. Mas aí está este medo constante de que ela vai fugir, se eu espancá-la. Eu preciso tê-la se comunicando comigo se eu quiser fazer isso direito.

"Você me disse que você estava preocupada que eu tinha perdido o meu perfil. Eu não tenho certeza do que você quis dizer com essa afirmação, e até mesmo se você estava falando sério com ela, mas agora é a hora de descobrir. Eu não quero voltar para a sala de jogos ainda, para que possamos tentar isso por enquanto. Mas se você não gostar, você deve prometer me dizer,” eu digo com toda a minha intensidade. Eu não posso ser mais explícito do que isso, mas ela precisa ser aberta e comunicar-se comigo para me dizer o que ela não gosta. Eu vou parar se é demais para ela.

"Eu vou lhe dizer. Nenhuma palavra segura,” ela acena com a cabeça, me tranquilizando.

Eu preciso que ela saiba que ela não é minha sub. Ela nunca foi, apesar do fato de que nós começamos nessa direção. Ela nunca tinha se submetido, e eu não penso nela dessa maneira.

"Somos amantes, Anastasia,” eu digo disposto a que ela entenda o seu estado comigo. "E os amantes não precisam usar palavras seguras,” afirmo quando a compreensão chega para mim. Percebo que o que eu tive em meus relacionamentos dom/sub anteriores foram transações sexuais, como em uma empresa. Eu cuido de você, e você me fornece o que eu preciso, o que eu quero. Não há emoções envolvidas. No final da mútua conclusão do contrato de negócios, acabou, e cada um vai para seu caminho individual, nada devido, nada mais necessário. Mas, o que Anastasia e eu temos nunca foi assim. Não da forma que eu me sinto por ela, e ela por mim.


“Precisam, Anastasia?" Eu lhe pergunto buscando sua garantia. Eu nunca tinha precisado garantia de um parceiro sexual antes. Eu tomei todas as decisões. Eu não precisei, ou busquei a aprovação de um parceiro sexual. Eles só se submeteram para mim. Mas, Anastasia é minha amante, minha namorada, minha mais... muito, muito mais. Eu preciso que ela entenda isso

You’re In My Heart - Rod Stewart

"Acho que não,” diz ela engolindo. ”Eu prometo,” diz ela enquanto eu continuo a olhar para ela atentamente. Eu concordo com a cabeça, ainda procurando em seu rosto por qualquer sinal que mostre que ela está dizendo o que ela pensa que eu quero ouvir. Ela parece... feliz. Eu lentamente sorrio para ela sentindo-me relaxado, e nós estamos no nosso caminho para nos divertir. Minhas mãos vão até a blusa que eu começo a desabotoar. Uma vez que todos os botões estão abertos, eu pego o taco. Ela é uma deusa sexy, parcialmente vestida, quente, pronta para ser fodida, irresistível. Uma gama de emoções corre através de seu rosto, não compreendendo minha intenção. É medo? Mas, eu vou fazer isso divertido.

"Você joga bem, Anastasia. Devo dizer que estou surpreso. Por que você não encaçapa a bola preta?"

Ela olha para mim fazendo beicinho, e do jeito que ela está olhando para mim, eu sei que ela está tentando decifrar por que eu iria pedir-lhe para jogar enquanto ela está à espera de ser espancada e fodida. Ela finalmente sorri e pega o taco da minha mão. Enquanto ela posiciona a bola branca, eu casualmente caminho ao redor da mesa, e fico bem atrás dela. Ela se inclina para dar sua tacada, e a visão é celestial. Minha mão está em sua coxa direita e eu a passo casualmente para cima e para baixo em sua perna, até sua bunda, acariciando-a enquanto sua calcinha se estica para acomodar as orbes redondas de seu traseiro.

"Eu vou perder minha tacada, se você continuar fazendo isso,” ela sussurra em uma queixa indiferente.

"Eu realmente não me importo se você acerta ou erra, baby. Tudo que eu quero é lhe ver assim; parcialmente vestida e estendida em minha mesa de bilhar. Tem alguma idéia de quão incrivelmente quente você parece neste momento?"

Ela não responde, mas o jeito que ela inala uma respiração profunda me diz que ela também está excitada. Ela tenta me ignorar, e alinha sua tacada. Eu acaricio e esfrego seu traseiro sem tirar minha mão.

"Esquerda em cima,” ela murmura em um tom quase inaudível, e quando ela bate na bola branca, minha mão deixa seu traseiro e eu bato na sua bunda com força. Isto não era o que ela estava esperando como distração, então sua primeira reação é gritar, e, claro, a bola preta perde a caçapa. Minha mão distraidamente acaricia seu traseiro novamente enquanto eu estou ficando mais e mais excitado.

"Oh, baby, você perdeu. Acho que você precisa tentar aquela tacada de novo, baby,” eu sussurro.”Você realmente deve se concentrar, Anastasia" eu incentivo. Anastasia perde a concentração, é claro, porque ela está ofegante, completamente excitada com o jogo que eu estou oferecendo para ela. Eu ando ao redor da mesa, e posiciono a bola preta novamente, e rolo a bola branca de volta para ela. Ela está completamente excitada, lasciva e devassa. Seu olhar nunca deixa o meu quando ela pega a bola branca, alinha, pronta para dar sua tacada novamente. Mas, isso ela não vai fazer. Ela precisa de distração adequada ao jogo.

"Uh uh uh!" Eu a repreendo. “Você precisa esperar, baby,” eu digo sorrindo. Eu passeio para o lado dela e me posiciono atrás dela novamente. Desta vez eu acaricio sua coxa esquerda, e os meus dedos rolam em suas nádegas, ocasionalmente escapando para o seu sexo. Sua respiração aumenta.

"Faça sua mira, baby," eu respiro, excitado. Um gemido escapa de seus lábios, sua mão treme. Ela alinha a bola, faz sua mira, enquanto ela se inclina sobre a mesa, e quando está prestes a bater a bola branca, minha mão deixa seu traseiro, e eu bato com força mais uma vez.

"Oh, não!" Ela geme errando.

"Uma vez mais, baby. E se você perder desta vez,” reitero, "eu realmente vou deixar." Eu ando para recolher a bola preta e arrumá-la uma vez mais calmamente, meticulosamente, prolongando sua ansiedade.
"Você pode fazer isso,” eu a tranquilizo enquanto eu coloco minha mão em seu traseiro, e ela empurra seu traseiro em minhas mãos em um gesto ansioso, brincando comigo. Eu espanco seu traseiro levemente sobre ambas as esferas, direto em seu sexo

Come On Take Me, Here I Am Baby -  UB40

"Ansiosa Srta. Steele?” Pergunto encantado. Eu estou mais do que ansioso para chegar ao meu prêmio.
Para começar, eu preciso despojá-la de suas calcinhas sensuais.” Bem, vamos nos livrar delas,” eu digo descendo a calcinha para baixo de suas coxas. Uma vez que eu a tiro, eu beijo as esferas expostas de suas nádegas.

"Dê sua tacada, baby,” eu sussurro. Ela está tremendo de desejo. Completamente distraída, ela alinha a bola branca, e ela perde o seu alvo completamente. Oh vitória! Anastasia ainda está inclinando-se sobre a mesa surpresa. Eu me inclino para baixo sobre ela enquanto minhas mãos encapsulam as dela, "Você perdeu,” eu sussurro no seu ouvido. Seu rosto está pressionado no feltro.” Coloque suas mãos abertas sobre a mesa, baby” eu ordeno suavemente, e ela obedece imediatamente.

"Ótimo. Vou espancá-la agora, e na próxima vez talvez você não... erre,” eu digo enquanto eu pressiono minha substancial ereção em seu quadril. Ela geme, e começa a ofegar forte, me excitando ainda mais. Eu acaricio suas nádegas suavemente enquanto minha mão viaja para seu cabelo empunhando-o, e segurando-o para baixo na nuca de forma eficaz. Oh, que visão gloriosa!

"Abra suas pernas," Eu ordeno em um suave murmúrio, e ela se mexe, hesitando. Isso não vai funcionar, baby! Eu levanto a régua e pouso em suas nádegas dois duros golpes em sucessão, como sons de estampidos. “Pernas,” repito minha ordem, e ela finalmente se rende, abrindo-as. Eu bato em suas nádegas novamente e ela geme de excitação e minha respiração torna-se mais forte em resposta. Eu bato nela de novo e de novo e de novo em um padrão, esquerda, direita, para cima e para baixo. Eu não sei quantas vezes eu bati com a régua em suas nádegas. Estou muito excitado, muito sobre o que eu estou fazendo, enquanto ela está ofegante abaixo de mim, seu sexo florescendo aberto para mim, brilhando, e seus gemidos e suspiros estão crescendo alimentando ainda mais minha excitação. Eu chovo golpes para baixo em suas nádegas de novo e de novo, mais forte dessa vez, e seu corpo finalmente se encolhe.

"Pare,” diz ela, imediatamente, e eu largo a régua deixando-a cair.

"Chega?" Eu mal posso sussurrar para ela também desejoso dela.

"Sim,” ela murmura.

"Eu quero te foder agora ... duro,” eu digo com a voz tensa

Tonight - Enrique Iglesias

"Sim,” ela sussurra querendo que eu comece já. Eu abro minha braguilha, e ela está em cima da mesa de bilhar ofegante, me querendo, e abrindo seu sexo convidativa.Eu coloco meu indicador e o dedo médio em seu sexo, e esfrego em movimentos circulares sentindo sua umidade; muito pronta para mim. Eu tiro um pacote do bolso das minhas calças jeans e o rasgo abrindo. Enquanto eu belisco a ponta, eu rolo o preservativo no meu crescente comprimento com as veias pulsando agora, pronto para reclamá-la. Eu afundo em Anastasia centímetro por centímetro, finalmente, profundo até as bolas; ela completamente me embainha fazendo-me gemer em puro êxtase. Eu agarro seus quadris e seguro-a apertada, e lentamente saio fora dela, só para entrar de volta novamente, fazendo-a gritar. Eu fico parado por um momento, para deixá-la encontrar  seu equilíbrio.

"Outra vez?" Eu pergunto-lhe em voz baixa.

"Sim, eu estou completamente bem. Perca-se, baby, e me leve com você ,” ela murmura completamente desejosa. Ela é a minha perdição, fazendo-me gemer e me perder dentro dela, com ela, e eu estou em um nível completamente diferente da mente, quando estou transando com ela assim. Eu saio, e entro de volta nela, para fora e para dentro, uma e outra vez em um ritmo brutal e punitivo. É carnal, puro prazer, e completamente imerso na zona de foda! Eu sinto o aperto de suas entranhas e seu orgasmo se aproximando. Seus músculos internos apertam, agarram, puxam, tentando me ordenhar, e eu empurro mais longe, mais forte, mais rápido e uma e outra vez até que ambos alcançamos o nosso clímax, e o nosso orgasmo explode, consumindo a nós dois, drenando e ordenhado, deixando-nos acabados e completamente exaustos. Eu chamo o nome de Anastasia enquanto meus dedos escavam profundamente em seus quadris; tremores percorrem meu corpo sacudindo a nós dois. Eu finalmente paro e desabo em cima de Anastasia. Eu a puxo comigo enquanto afundamos no chão, embalando-a em meus braços


"Obrigado, baby,” é tudo que eu posso respirar, e cubro seu rosto com beijos, completamente exaltado por ela me deixar acalmar a besta em mim, se juntando a mim no planalto escuro, e me puxando  para a agonia do prazer intenso. Eu envolvo meus braços em torno dela ainda mais apertado, segurando-a bem próxima. Eu noto que seu rosto tem marcas deixadas pela baeta.

"Seu rosto está rosa da baeta,” (N.T. Baeta – tecido mesclado de lã que recobre as mesas de sinuca) eu sussurro, enquanto eu o esfrego. “Como foi isso?" Pergunto tentando obter sua reação honesta. Espero que não vá afastá-la de mim. Sua resposta me surpreende e me alivia.

"Bom de cerrar os dentes. Mas, de novo, eu gosto disto duro, e eu gosto suave, Christian. Porque é com você." Sua declaração me faz incrivelmente feliz. Eu amo essa mulher! Eu fecho meus olhos com alívio, e dou graças a Deus que este anjo está na minha vida.

"Você nunca falha, Ana. Você é linda, brilhante, e Deus sabe desafiadora, mas também divertida e sexy. E você sabe, eu agradeço a providência divina a cada dia que foi você que veio me entrevistar e não Katherine Kavanagh," Eu confesso beijando seu cabelo. Ela sorri feliz e boceja. “Eu estou esgotando você, baby. Venha, vamos tomar banho, e então você vai para a cama.”

Abro a torneira da banheira, e despejo um pouco de óleo de banho e sabonete líquido de banho de jasmim. Enquanto o sabonete libera bolhas e um aroma inebriante, eu a pego pela mão, e a afundo na banheira. Eu a faço sentar-se em frente a mim e eu pego seu pé e começo a massageá-lo. Ela se inclina para trás com prazer, gemendo.

"Posso perguntar uma coisa?” Diz ela.

"Claro, baby. Qualquer coisa, você sabe disso, Ana." Ela se senta e se encolhe.

"Amanhã... quando eu for para o trabalho, Sawyer pode apenas me levar para o trabalho até a porta da frente do escritório e, em seguida, me pegar lá no final do dia? Por favor, Christian. Por favor,” ela pergunta. Baby, vamos lá! Não faça isso comigo! Sua segurança é de extrema importância, será que ela não entende isso? Minha mão congela em seu pé, enquanto meus dentes apertam. Ela sabe que ela concordou com isso, em vez de não ir para o trabalho. Esse era o nosso compromisso. Por que ela está sempre tentando fazer à sua própria maneira 100% do tempo? É pedir demais para ela se comprometer um pouco?

"Eu pensei que nós concordamos,” eu digo nada satisfeito.

"Por favor,” ela implora novamente.

"E na hora do almoço?" Eu sei que ela vai ter que ir almoçar fora.

"Eu vou fazer o meu próprio almoço e levar daqui, assim eu não tenho que sair, por favor, Christian?” Ela implora novamente. Minha mente está trabalhando rapidamente. Se ela quer abandonar as regras e tentar me abater, tenho que encontrar outras maneiras de fazer do meu jeito. Ela não quer Sawyer, tudo bem então. Vou ter que mandá-lo incógnito. Eu a beijo no peito do pé, enquanto eu respondo. “Acho que é muito difícil dizer não para você. Você não vai sair? "

"Não,” ela responde. Existe uma maneira de descobrir se ela vai seguir as regras.

"Ok,” eu digo. Se ela mantiver sua parte do acordo depois que eu  validei sua promessa, então, eu posso, só posso consentir.

Ela me dá o seu 100 mil megawatts sorriso: "Obrigada!” Ela exclama, e ela vem até a mim espirrando água em volta da banheira, e me beija.

"Você é muito bem-vinda, Anastasia. Como está o seu traseiro?" Eu pergunto.

"Dolorido, mas não é tão ruim. A água é calmante.”

"Estou feliz que você me disse para parar,” confesso, sentindo alívio de que posso confiar nela um passo adiante.

"É o meu traseiro,” diz ela, brincando, me fazendo sorrir.

*****

Nós vamos para a cama, e Anastasia veste uma das minhas camisetas; eu franzo a testa. Ela merece muito melhor. Seda e cetim todo o tempo.

"A Srta. Acton não forneceu qualquer roupa de dormir?" Eu pergunto.

"Eu não tenho idéia. Eu apenas gosto de usar a sua t-shirt, se está tudo bem,” ela murmura. É claro que está bem, baby, eu penso comigo mesmo, suavizando. Eu gosto dela nas minhas coisas.

"Eu preciso trabalhar, Anastasia,” eu digo, mas ainda não estou disposto a deixá-la fora da minha vista sabendo que Leila estava aqui quando ela estava dormindo. Eu preciso ficar de guarda aqui com ela. “Mas eu não quero deixá-la sozinha. Posso usar o seu laptop para fazer login no escritório? Vou incomodar se eu trabalhar aqui?" Pergunto preocupado.

"Não é o meu laptop,” ela mal consegue sussurrar com seus olhos semicerrados.

Eu trabalho cerca de três horas enquanto Anastasia dorme. É um estado tão em paz, tão normal. Ela está bem aqui ao meu lado, dormindo. Eu estou trabalhando no laptop, realizado, saciado, e muito feliz. Passa da uma e meia da manhã quando eu coloco minha cabeça no meu travesseiro ao lado de Anastasia. Eu envolvo meus braços em volta dela depois de desligar a lâmpada da mesa lateral, e mergulho no sono.

*****

"Bom dia Seattle! Aqueles de vocês que estão apenas acordando ou se juntando a nós enquanto se dirigem para o trabalho, bem-vindos! É um dia chuvoso em Seattle. A previsão local indica chuva durante toda a tarde. Temperatura atual é de 14 graus e a temperatura máxima de hoje será de 19 graus. Jenny Hughes e John Clark estão no Chopper 7 cobrindo o tráfego em Seattle e área de Puget Sound desde às 04:30h.  Agora, para o tráfego e notícias locais, vamos entrar em sintonia com Chopper 7. Jenny, o que você pode nos dizer?

Obrigado Robert. Bom dia Seattle! Estamos em Chopper 7 agora na I-90...” Eu ouço o rádio de notícias local. Eu pisco meus olhos abertos para olhar para o sorriso de Anastasia. A luz exterior é apagada, e cinza, ao contrário do meu humor.”Bom dia,” diz Anastasia enquanto ela se inclina e me beija, acariciando meu rosto com seus dedos.

"Bom dia, baby. Eu costumo acordar antes do alarme disparar," murmuro. Tive um sono ininterrupto. Sem pesadelos, sem perturbações.

"É muito cedo."

"É, Srta. Steele, mas eu tenho que me levantar,” eu digo sorrindo e beijando-a. Ela murmura algo sobre estar cansada, e fecha os olhos e volta a dormir. Eu vou deixá-la dormir até eu ficar pronto. Eu vou fazer a barba e tomar banho e me vestir em minha camisa branca e terno preto. Quando eu volto para o meu quarto, Anastasia ainda está dormindo.

"Vamos dorminhoca. Hora de levantar,” eu digo inclinando-me sobre ela. Ela respira fundo, e seus olhos assumem um olhar lascivo.

"O quê?" Eu pergunto.

"Eu gostaria que você voltasse para a cama,” ela implora tornando-me  instantaneamente cheio de desejo por ela. O que foi que eu criei aqui? Uma deusa gananciosa! Meus lábios se abrem para exalar.

"Você é insaciável, Srta. Steele. Por mais que o convite seja atraente, eu tenho uma reunião às oito e meia, o que significa que eu tenho que sair em breve."

"O quê?,” Ela exclama e salta da cama como um morcego fora do inferno, e corre para o banheiro a toda velocidade me fazendo sorrir com diversão. A próxima coisa que eu ouço é a água do chuveiro correndo, e Anastasia gritando "ow, quente, quente!" em protesto para a água do chuveiro.

Eu entro no escritório de Taylor, e quando eu entro, todos os seguranças que estão com ele ficam de pé.

"Taylor, depois de me deixar esta manhã, eu quero que você volte, e leve a Srta. Steele para o trabalho. Sawyer é para seguir com você. A Srta. Steele não quer segurança com ela, mas nós vamos ter que fornecer sua segurança sem o seu conhecimento.” Eu digo. Taylor acena entendendo.

"Sawyer, depois de Taylor deixar a Srta. Steele, ele vai deixá-lo a uma distância conveniente. Eu quero que você observe o prédio da SIP como um falcão, e no segundo que ela deixar o edifício, ou se houver alguém que não é suposto estar lá, entrar no edifício, você deve me chamar. Entendeu? "

"Sim, senhor,” diz ele com firmeza. Concordo com a cabeça.

"Taylor, eu preciso falar com você,” eu digo, e ele me segue fora.

"Sim, senhor,” ele pede.

"Eu preciso de você para fazer Sawyer entender a importância dele seguir Anastasia, e que não é para ele ser visto, mas sempre ter um olho no edifício. Eu não quero erros. No segundo em que ela sair do prédio, ele deve me chamar, mas deve continuar a segui-la para garantir a sua segurança. Entendeu? "

"Perfeitamente, senhor,” disse Taylor em tom firme.

"Ótimo, leve-me para trabalhar em cerca de 10 minutos."

"Sim, senhor."

Eu me encaminho para a área da cozinha. A Sra. Jones está preparando o café da manhã. "O que você gostaria agora de manhã, Sr. Grey?,” Ela pede.

"Eu vou querer omelete de ovos,  com frutas, Sra. Jones. E também posso ter uma xícara de café? "

"Certamente, senhor,” ela responde.

"Você pode fazer panquecas e bacon para a Srta. Steele, e ela gostaria de levar almoço de casa hoje,” acrescento.

"Sim, senhor."

Meu café da manhã é servido, e eu deixo meu prato limpo. A Sra. Jones coloca minha segunda xícara de café, e Anastasia aparece na porta, já pronta,  com uma saia lápis cinza acompanhada com blusa de seda cinza pálido, e completando o guarda-roupa com sapatos pretos de salto alto. Seu cabelo está todo puxado para cima. Ela é um colírio para os olhos, de tirar o fôlego. Levanto-me quando ela se aproxima da barra de café da manhã.

"Você está linda,” eu mal posso murmurar. Eu envolvo meus braços em torno dela, e beijo-a bem debaixo de sua orelha na curva de seu pescoço.

"Bom dia, Srta. Steele,” diz a Sra. Jones educadamente, e coloca seu café da manhã em frente a ela.

"Oh, muito obrigada. Bom dia!” Ela responde a Sra. Jones.

"Sr. Grey disse que você gostaria de levar seu almoço com você para trabalhar. O que você gostaria de comer? "Anastasia vira para olhar para mim, e pelo jeito que ela está me examinando, eu faço força para não sorrir.

"Um sanduíche... salada. Eu realmente não me importo." Ela sorri para a Sra. Jones.

"Vou preparar-lhe um almoço, em um instante, minha senhora."

"Por favor, me chame Ana, Sra. Jones."

"Ana,” diz ela sorrindo, e começa a fazer o chá de Anastasia.

Eu vejo Taylor de pé na entrada. Dirijo-me a Anastasia e digo: "Eu tenho que ir trabalhar baby. Taylor vai voltar e deixá-la no trabalho com Sawyer.”

"Somente na porta."

"Sim. Apenas na porta,” eu digo revirando os olhos para ela. “Tenha cuidado, no entanto."

Eu levanto o queixo de Anastasia e a beijo.

"Laters, baby,” eu digo.

"Tenha um bom dia no escritório, querido,” ela exclama atrás de mim, me parando completamente no lugar. Querido? Eu posso me acostumar com os termos de carinho. Viro-me para Anastasia e dou-lhe um grande sorriso.

Taylor e eu nos encaminhamos para a garagem. Ele abre a porta do SUV, e nos dirigimos para fora da garagem, e nos misturamos ao tráfego de Seattle.

"Uma vez que você deixar a Srta. Steele na SIP e Sawyer na vizinhança, volte para GEH".

"Sim, senhor."

"Se por qualquer motivo Sawyer não puder me alcançar, ele entrará em contato com você imediatamente, se a Srta. Steele deixar o prédio da SIP. Você sabe o protocolo.”

"Entendido, senhor,” ele responde.

Eu pego o meu Blackberry e escrevo um  um e-mail para Anastasia.
____________________________________________
De: Christian Grey
Assunto: Chefe
Data: 13 jun 2011 08:23
Para: Anastasia Steele

Bom dia Srta. Steele,

Eu só queria dizer obrigado por um fim de semana maravilhoso, apesar de todos os incidentes.
Eu só espero que você nunca vá embora.
E só para lembrá-la, a notícia da SIP está embargada por quatro semanas. Apague esta mensagem, logo que você a ler.

Atenciosamente,

Christian Grey,
CEO, Grey Enterprises Holdings, Inc. e Chefe do chefe do seu chefe.
____________________________________________

Será que ela vai entender a minha mensagem? Eu quero que ela fique comigo... indefinidamente. Mas, eu não quero perguntar isso diretamente, fazendo-a fugir. Ela será capaz de descobrir o que eu estou tentando perguntar a ela? Eu espero que sim. Taylor me deposita fora da GEH, e eu rapidamente vou para o meu escritório.

Andrea me cumprimenta na porta.

"Bom dia, Sr. Grey! Seu pessoal de 08:30h já está aqui. Eu tomei a liberdade de colocá-los na sala de conferência. Ros já está com eles."

"Obrigado. Traga meu laptop,” eu digo, enquanto eu me encaminho para a sala de conferência. Com a minha entrada todos se levantam. Um coletivo,”bom dia Sr. Grey," sai automaticamente. Eu me sinto como um diretor que entrou em uma sala de aula do ensino médio para a inspeção.

"Bom dia a todos!” Eu respondo. Poucos minutos depois, Andrea chega, batendo.

"Peço desculpas pela minha intromissão, Sr. Grey,” diz ela e coloca meu laptop diante de mim.

"Obrigado. Você pode trazer o meu café, Andrea,” eu digo, depois de ver que todos os participantes estão devidamente abastecidos tanto com café como com água.

Após a saudação e apresentações de alguns dos novos membros da equipe de finanças, eu mergulho em nossa reunião.

Eu sinto o zumbido do meu Blackberry no meu bolso, e eu olho o meu e-mail na tela. Há uma mensagem de Anastasia, que já ilumina meu dia.
____________________________________________
De: Anastasia Steele
Assunto: Mandão
Data: 13 jun 2011 09:02
Para: Christian Grey

Meu querido Sr. Grey,

Você está me pedindo para morar com você? Eu, claro, lembro-me que a evidência de suas épicas capacidades de perseguição estão embargadas por mais quatro semanas. Oh, eu tenho uma pergunta ... Eu faço um cheque para Coping Together e envio para o seu pai? Por favor, não apague este e-mail. Por favor, responda a ele.

ILY xxx          (N.T. ILY = I Love You)

Anastasia Steele
Assistente de Jack Hyde, Editor Comissionado, SIP
____________________________________________

Como é que um homem pode se concentrar quando ela está assim? Sim, sim, sim! Morar comigo! Ficar comigo, sempre! Eu rapidamente digito sua resposta.
____________________________________________
De: Christian Grey
Assunto: Eu, mandão?
Data: 13 jun 2011 09:06
Para: Anastasia Steele

Sim. Por favor.

Christian Grey,
CEO, Grey Enterprises Holdings, Inc.
__________________________________________
Quando eu clico em enviar, a reunião está em pleno andamento.

"Sr. Grey, como você pediu, nós concluímos a análise dos mercados emergentes e os resultados nos mostram que há algumas opções muito viáveis ​​para GEH. Se as coisas ficam ruins na Espanha, por exemplo, eles vendem ativos russos. Na verdade esse é o caso para qualquer país da zona do Euro. Sempre que uma má notícia de um dos países da zona euro emerge, as vendas são acionados em mercados como Europa Central e Oriental, Ásia, África, ou mesmo da América Latina.”

"Como isto é uma boa notícia para GEH?"

"O preço é a razão principal, Sr. Grey. Prevemos que os investidores globais vão ficar mais avessos ao risco nos próximos seis meses, e isso pode estimulá-los a vender mais ativos russos, porque eles estão preocupados com o déficit orçamentário dos EUA, eles podem vender da Rússia, porque eles estão preocupados com a Espanha. O modo como funciona, senhor, é que, a fim de proteger seu capital, eles compram títulos da Europa do Norte, que prometem liberar o seu capital, em vez de suas ações Russas ou Asiáticas, por exemplo. Isto significa que os ativos de mercados emergentes estão subvalorizados por causa do medo do risco,” diz Ipkins, um homem magro, com calvície, em seus 50 anos, com um olho sagaz nos negócios e mercado monetário, com pouco senso de moda e óculos grandes demais para seu rosto sem sorriso, pelo que me lembro, desde que eu o conheço.

"Sr. Ipkins, eu sei que no norte do continente europeu, as recentes produções foram negativas, resultando que investidores pagam para ter o privilégio de comprar a dívida. Eu não considero isto muito um privilégio, mas eu discordo. Eles agora detêm papéis do governo com vencimento em menos de dois anos na Áustria, Dinamarca, Finlândia, Suíça, Alemanha e Holanda."

Seus olhos brilham com emoção e isso é o mais feliz que eu já vi este homem em séculos.

"Sim, senhor! Esta é a principal atração dos mercados emergentes para nós, porque continua a ter perspectivas de crescimento forte. Eu sugiro fortemente que fiquemos comprometidos com a nossa preferência pelos mercados emergentes mais do que com os mercados desenvolvidos,” diz ele.

"Eu admito que há um potencial maior de crescimento nos mercados emergentes do que nos mercados desenvolvidos. Então, finalmente, resume-se a escolher cuidadosamente meus mercados. Eu quero ver um crescimento constante nos últimos 3 anos, mesmo que seja infinitesimal. Você já fez pesquisa nesse campo? "
"Estou feliz que você pediu, senhor,” diz Ipkins rapidamente gesticulando para seu assistente,  um jovem tipo livresco que rapidamente vasculha alguns relatórios sob sua mão.

Meu Blackberry vibra novamente. Eu abro meu e-mail no meu laptop.
____________________________________________
De: Anastasia Steele
Assunto: Flynnisms
Data: 13 jun 2011 09:19
Para: Christian Grey

Christian, o que aconteceu com andar antes de correr? Poderíamos falar sobre isso esta noite, por favor?
Fui convidada para ir a uma conferência em Nova York na quinta-feira. Isso significa um pernoite na quarta-feira. Eu apenas pensei que você deveria saber.

Um x

Anastasia Steele
Assistente de Jack Hyde, Editor Comissionado, SIP
____________________________________________

Que porra é essa! Viagem? Que viagem? Com quem? Deixo essa mulher por,  o que, meia hora, e ela está fora para Nova York com Deus sabe quem! Posso ir a algum lugar, sem deixá-la saber? Por que ela está fazendo isso comigo?
____________________________________________
De: Christian Grey
Assunto: O QUE?
Data: 13 jun 2011 09:20
Para: Anastasia Steele

Sim. Vamos falar esta noite. Você vai por conta própria?

Christian Grey,
CEO, Grey Enterprises Holdings, Inc.
___________________________________________

É melhor você me dizer que é tudo por conta própria, e não com aquele idiota de chefe, o porra do babaca de olho na sua calcinha!

Nenhuma resposta vem de volta.

"E isso é o que concluimos. O que você acha, Sr. Grey? "

"O quê?"

Ros olha-me bem cuidadosamente com meu comportamento alterado.

"O Sr. Grey está tentando dizer que ele precisa avaliar todos os seus relatórios. Tais grandes investimentos não podem ser decididos em uma reunião ou sem passar por cima de todos os aspectos do negócio. Você está afinal pedindo-lhe para investir uma quantia substancial de dinheiro.”

"É por isso que é um grande mercado para o senhor,” acrescenta Ipkins.”O dinheiro é rei, e você pode comprar qualquer deles se você quiser."

Sr. O'Connell, outro parceiro de negócios associado a Ipkins salta.”Sr. Grey, outros analistas, inclusive eu, concordamos que os países em desenvolvimento são o local ideal para os prazos longos, especialmente em alguns em que as valorizações são muito baratas”.

"Eu percebo isso, mas eu acho que há melhores lugares para investir, já que eu também fiz minha pesquisa. Entre os mais bem colocados, eu tenho um grupo independente de analistas mencionando a China, onde os empréstimos bancários subiram, e, claro, a Rússia ainda é "muito barata" em termos de avaliação, e até mesmo alguns países da Europa Central e Oriental e a Turquia, bem colocados para resistir à tempestade. Então, eu quero que todos tenham isto em mente, já que eu contrato analistas independentes para verificar todos os fatos que você estão apresentando, e espero, a lista dos melhores financeiramente viáveis para ser apresentada a mim. Dito isso, eu quero que vocês todos vão através da lista de países onde vocês acham que o investimento é uma boa idéia, e por quê. Impressionem-me,” eu digo recostando-me na cadeira de braços cruzados com um rosto impassível.

Minha raiva subindo por Anastasia muda meu humor na reunião. Meu Blackberry vibra de novo, e minha mão move o mouse para abrir a mensagem que ela me enviou, no meu laptop.
____________________________________________
De: Anastasia Steele
Assunto: Sem letras maiúsculas em negrito em uma manhã de segunda-feira!
Data: 13 jun 2011 09:29
Para: Christian Grey

Podemos falar sobre isso hoje à noite?
Um x

Anastasia Steele
Assistente de Jack Hyde, Editor Comissionado, SIP
____________________________________________
Ela está me escapando! Porra! Porra! Preciso bater em alguma coisa e eu estou em uma porra de uma reunião! Uma única fodida linha dela pode ferver o meu sangue a níveis perigosos! É com esse chefe panaca que ela vai.
____________________________________________

De: Christian Grey
Assunto: Você não viu GRITO ainda.
Data: 13 Junho 2011 09:34
Para: Anastasia Steele

Diga-me.
Se é com esse panaca que você trabalha, então a resposta é não. NEM POR CIMA DO MEU CADÁVER!

Christian Grey,
CEO, Grey Enterprises Holdings, Inc.

____________________________________________
Que diabos ela está tentando fazer comigo? O homem vai usar todos os meios para entrar em sua calcinha. Eu já vi isso em seus olhos. Eu sei o tipo. Os iguais se reconhecem!

Minhas mãos começam a tremer quase em extrema raiva, e eu tenho que escondê-las debaixo da mesa, para tentar acalmar-me. Felizmente, o assistente de Sr. Ipkins está fazendo uma apresentação do PowerPoint de vários mercados emergentes, por isso tudo o que tenho a fazer é ouvi-lo para me distrair. Anastasia responde em cerca de dez longos, cansativos minutos.
____________________________________________
De: Anastasia Steele
Assunto: Não, VOCÊ não viu grito ainda!
Data: 13 Junho 2011 09:45
Para: Christian Grey

Sim. É com Jack.
Eu quero ir. É uma grande oportunidade para mim. E eu nunca estive em Nova York.
Não fique nervoso sem razão.
Um x

Anastasia Steele
Assistente de Jack Hyde, Editor Comissionado, SIP
____________________________________________
Merda Ana! Será que ela não percebe que o canalha de chefe que ela tem é um mulherengo? Eu posso dizer e  eu só vi o cara uma vez! Esse cara não tem limites, e ele fez questão de insinuar isto para mim durante a ‘competição de mijo’. Ele quer o que é meu!
____________________________________________
De: Christian Grey
Assunto: Não, VOCÊ não viu gritos ainda.
Data: 13 Junho 2011 09:34
Para: Anastasia Steele

Anastasia, não é com a porra da minha calcinha que eu estou preocupado.
A resposta é NÃO.

Christian Grey,
CEO, Grey Enterprises Holdings, Inc.
____________________________________________
A porra da reunião está acontecendo, e eu estou fervendo de raiva. Estou pronto para explodir daqui até a SIP e colocá-la sobre meu ombro com um grande tapa na bunda dela e levá-la para casa para mantê-la segura!

O assistente Ipkins está tagarelando sobre a China, agora. Ros está prestando atenção por nós dois, Deus sabe que eu não posso, quando minha mente está dando em Anastasia a surra da sua vida! Sua mensagem vibra mais uma vez.
____________________________________________

De: Anastasia Steele
Assunto: Não, VOCÊ não viu gritos ainda!
Data: 13 jun 2011 09:54
Para: Christian Grey

Christian

Você não precisa começar um ataque. Eu NÃO vou dormir com Jack, nem por todo o chá da China.
EU AMO você. Isso é o que acontece quando as pessoas se amam. Elas CONFIAM umas nas outras.
Eu não acho que você está indo DORMIR, ESPANCAR, FODER ou CHICOTEAR ninguém. Eu tenho FÉ e CONFIANÇA em você.
Por favor, estenda a mesma CORTESIA para mim.

Um x

Anastasia Steele
Assistente de Jack Hyde, Editor Comissionado, SIP
____________________________________________

Eu cutuco Ros.

"Continue sem mim,” eu digo. Ela olha chocada, mas isto é rapidamente substituído por um olhar complacente.

"Desculpem-me, senhores. Eu tenho que atender uma emergência,” eu digo com um rosto impassível segurando meu Blackberry. "Ros vai ver o resto de sua apresentação, e vamos retomar a nossa reunião na próxima semana, depois de eu ter analisado todas as suas sugestões,” eu digo enquanto eu saio da sala de conferência.

Eu disco o número de trabalho de Anastasia, enquanto minhas pernas me levam para o meu escritório.

"Escritório de Jack Hyde, Ana Steele fala,” ela responde.

"Por favor, você poderia apagar o último e-mail que você me enviou e tentar ser um pouco mais cuidadosa na linguagem que você usa no seu e-mail de trabalho? Várias vezes eu já lhe disse que os e-mails na SIP são monitorados. Agora você está me forçando a fazer algum controle de danos daqui do meu lado! " Eu digo e desligo sem deixá-la dizer uma palavra final.

"Andrea" Eu digo no interfone.

"Sim, senhor?"

"Ponha-me Barney na linha e assim que eu desligar com ele, ponha-me Roach da SIP na linha."

"Imediatamente, senhor,” diz ela ao ouvir a urgência na minha voz.

Meu Blackberry toca enquanto eu estou tamborilando meus dedos na minha mesa como os quatro cavaleiros do apocalipse. É Anastasia.

"O quê?" Eu rosno para ela.

"Eu estou indo para Nova York, quer você goste ou não,” ela ferve com raiva.

"Não conte” - com isso eu digo, mas sem terminar minha frase, ela desliga na minha cara.

Porra! Eu pressiono o interfone
.
"Eu estou colocando Barney na linha agora senhor,” diz Andrea.

"Faça-o esperar na linha, Andrea. Dê-me Roach primeiro, rápido! " Eu berro.

"Sim, senhor,” diz ela, e eu posso sentir o tremor em sua voz pelo interfone.

"Sr. Grey, Sr. Roach está na linha, senhor."

"Passe-o."

"Roach, Grey," eu digo a propósito de apresentações.

"Sim, Sr. Grey, como posso ajudá-lo?” Ele pergunta cauteloso.

"A partir de agora, todas as despesas de viagem e hotel para o pessoal, têm que ser aprovadas pela diretoria sênior. Isso significa que, todos os voos ou reservas de hotel já aprovadas devem ser canceladas.”
"Mas, senhor, temos uma conferência em Nova York chegando em breve e algumas das viagens podem já ter sido reservadas para os nossos editores e seus assistentes."

"Cancele a porra das viagens! Você não entende as instruções simples que eu estou lhe dando? Ninguém viaja sem a aprovação da gerência sênior, o que vale especialmente para a Srta. Anastasia Steele. Eu quero ver quem é que está indo e onde, e o que está sendo gasto, e ninguém vai, até que passe pela diretoria sênior! Certifique-se de que Anastasia Steele não consiga ir para qualquer viagem! Comunique-o imediatamente! "

"Como quiser, senhor,” diz ele perplexo. "Vou informar sua ordem imediatamente."

"Bom, todas as viagens e hotéis aprovados devem ser cancelados."

"Entendido, sim senhor."

"As despesas de viagem para Anastasia Steele não podem ser aprovadas em qualquer circunstância, ou qualquer equipe em seu nível."

"Oh, sim,” diz ele confuso,”sim, claro, senhor."

"Informe minha assistente assim que a tarefa esteja concluída."

"Sim, senhor,” ele diz e eu desligo.

Eu pressiono a outra linha para Barney.

"Barney?"

"Ainda aqui, senhor,” é a saudação que recebo.

"Eu tenho uma tarefa para você completar imediatamente."

"Sim, senhor?"

"Faça login nos servidores de correio da SIP, e apague todos os e-mails vindos de mim para a Srta. Anastasia Steele, e também apague todos os seus e-mails enviados para mim. Deixe-me saber quando a tarefa for concluída.”

"Estou nisso, senhor!” Diz ele com fervor, e eu desligo.

Eu odeio proporcionar uma manhã interessante para as pessoas que trabalham para mim, especialmente as mensagens privadas que passam entre Anastasia e eu. Por que ela não ouve meus avisos, apesar de ter sido dito repetidamente? Por que ela sempre desobedece? Eu estou fodidamente bravo, mas eu tenho ainda que fazer mais controle de danos.

Que porra de manhã, e eu tenho que agradecer a Anastasia por isso! Merda! E eu não posso nem puni-la! Duas merdas! Não brinque comigo, Ana! Você está em um jogo totalmente diferente! Quando eu estou fumegando em meu escritório, vibra o meu interfone.

"Sr. Grey? Sr. Roach ligou e disse que ele completou a tarefa que você atribuiu a ele, e Barney está na linha para o senhor ,” diz ela.

"Ótimo! Coloque-o," eu dou um suspiro de alívio pela primeira vez desde que tudo isto começou esta manhã.

"Sr. Grey, eu já apaguei todos os seus e-mails para a Srta. Anastasia Steele do servidor SIP, e as mensagens recebidas de seu também estão excluídas do servidor. Existe mais alguma coisa que eu possa fazer por você, senhor? "

Meus e-mail ding quando eu estou no telefone com Barney. É Anastasia, minha namorada rebelde.
"Não, isso é tudo,” eu digo e desligo.
____________________________________________
De: Anastasia Steele
Assunto: O que você fez?
Data: 13 Junho 2011 10:42
Para: Christian Grey

Por favor, me diga que você não vai interferir com o meu trabalho, Christian. Eu realmente queria ir para esta conferência. Eu não deveria ter que pedir sua permissão para ir. Eu apaguei o e-mail ofensivo.

Um x

Anastasia Steele
Assistente de Jack Hyde, Editor Comissionado, SIP
____________________________________________
Você deve pedir a minha permissão, quando se trata de viajar com um cara que está tentando entrar em sua calcinha! Se ele for insistente o suficiente, ele vai entrar com permissão ou sem; se isso não funcionar, ele vai fazê-lo com a coerção, ou mesmo pela força! Por que eu tenho que ficar explicando a ela?
____________________________________________
De: Christian Grey
Assunto: O que você fez?
Data: 13 Junho 2011 10:45
Para: Anastasia Steele

Eu só estou protegendo o que é meu. O e-mail que você tão descuidadamente enviou foi agora apagado do servidor SIP, como todos os meus e-mails para você. Aliás, a minha confiança em você é implícita. É nele que eu não confio.

Christian Grey,
CEO, Grey Enterprises Holdings, Inc.
____________________________________________
Sua mensagem de resposta não demora muito para chegar a minha caixa de entrada.
____________________________________________
De: Anastasia Steele
Assunto: Crescer
Data: 13 Junho 2011 10:47
Para: Christian Grey

Christian, eu não preciso que você me proteja do meu próprio chefe. Ele pode dar uma cantada em mim, mas vou dizer não. Você não pode interferir. É errado e controlador em muitos diferentes níveis.
Um x

Anastasia Steele
Assistente de Jack Hyde, Editor Comissionado, SIP
____________________________________________
Como pode ser certo que ele pode dar uma cantada nela e que apesar disso ela está disposta a viajar com ele? Será que ela acha que ele vai parar o seu comportamento, porque ela disse não?
____________________________________________

De: Christian Grey
Assunto: A resposta é NÃO
Data: 13 Junho 2011 10:49
Para: Anastasia Steele

Ana, eu vi quão eficaz você é lutando contra atenção perversa. Se você se lembra foi assim que eu tive o prazer de passar minha primeira noite com você. Mas pelo menos o fotógrafo tem sentimentos por você, o babaca que você chama de seu chefe, NÃO tem. O homem é um mulherengo em série e é garantido que ele vai tentar seduzi-la. Você pode querer perguntar a ele o que aconteceu com a sua PA (N.T. Personal Assistant) anterior e a outra antes dessa.

Eu realmente não quero brigar com você sobre isso.

Se você realmente quer ir para Nova York, eu vou levá-la lá. Podemos até ir neste fim de semana. Eu tenho um apartamento lá.

Christian Grey,
CEO, Grey Enterprises Holdings, Inc.
____________________________________________
Não há suspiro de alívio quando se trata de Anastasia, porque ela pode vir para uma luta esta noite, mas eu vou levá-la como ela vier. Eu não posso impedi-lo; eu tenho que protegê-la! Eu sou possessivo com ela, e eu sou apaixonado por ela. Só me mata saber que existem outros homens salivando sobre ela, prontos para saltar-lhe nos ossos, e minha muito inocente, e ingênua para os caminhos do mundo, namorada, pensa que ela pode afastar todos os grandes bad boys do mundo. Ela não pôde nem repelir um inocente que está apaixonado por ela! O que a faz pensar que ela pode se proteger de um devasso experiente, que teve assistentes como ela para almoço e cuspiu-as na hora do lanche!

Meu único consolo é que ela me ama e que podemos funcionar só com isso. Talvez eu tenha que me esforçar para desviar sua atenção para outra coisa. Ao contemplar todos os cenários sobre o que eu posso dizer em relação aos seus argumentos, meu e-mail ding novamente me alertando para uma mensagem recebida.
____________________________________________
De: Anastasia Steele
Assunto: FW: Encontro para almoço ou Bagagem Irritante
Data: 13 jun 2011 11:14
Para: Christian Grey

Christian, enquanto você esteve ocupado interferindo na minha carreira, bem como salvando o seu rabo de minhas mensagens descuidadas, recebi o e-mail abaixo da Sra. Lincoln. Eu realmente não quero encontrar com ela, e mesmo que eu quisesse, você não está permitindo-me deixar o edifício. Eu não sei como ela conseguiu meu endereço de e-mail. O que você sugere que eu faça? Abaixo está a mensagem:



Cara Anastasia,
Eu realmente gostaria de ter um encontro para almoçar com você. Acho que nós duas começamos com o pé errado, e eu realmente gostaria de fazer isso direito. Você está livre ainda esta semana para o almoço?
Elena Lincoln

Anastasia Steele
Assistente de Jack Hyde, Editor Comissionado, SIP

Este dia está ficando melhor e melhor como se todos juntos concordassem em me dar um inferno de um dia! Eu já estou me preparando para sua briga comigo sobre este negócio da viagem. E agora Elena vem só polvilhar sal numa ferida aberta! Por que diabos ela está interferindo, apesar dos meus constantes lembretes? É como se todo mundo estivesse determinado em me fazer perdê-la. Primeiro Leila, então seu chefe mulherengo, e, em seguida, Elena, e, claro, não podemos esquecer as próprias maneiras descuidadas de Anastasia. O que mais pode dar errado? Eu não posso suportar perder Anastasia. Não é nem meio-dia, e eu tive um dia muito difícil!
____________________________________________
De: Christian Grey
Assunto: A resposta é NÃO
Data: 13 Junho 2011 11:22
Para: Anastasia Steele

Não fique com raiva de mim. Você deve saber que eu tenho o seu melhor interesse no coração. Se alguma coisa acontecesse com você, eu NUNCA iria me perdoar. Vou lidar com a Sra. Lincoln eu mesmo.

Christian Grey,
CEO, Grey Enterprises Holdings, Inc.

Anastasia não responde de imediato. Ela está zangada? Será que Elena fez ela ficar tão chateada que este é o peso que inclina a balança? Oh merda!

Eu disco o número de Elena.

"Christian, que surpresa!” Ela responde exclamando.

"Elena, eu vou chegar ao ponto imediatamente. Apesar das minhas repetidas advertências, você tem tentado insistentemente entrar em contato com Anastasia. Pare.Com.Isso.Agora!"

"Mas Christian, eu não tinha más intenções. Ela só ...”

"Você não me ouve, ou devo de repente falar em francês, Elena? Eu lhe pedi para deixá-la sozinha várias vezes. Você vai deixá-la sozinha, porra! Nenhum contato com ela pelo telefone, via correio, através de cartas entregues por portador, via e-mail, ou nem sequer sussurrando em seus sonhos. Você me entendeu, Elena? "

"Christian, eu estava apenas tentando lhe fazendo um favor, ajudando-a a conhecer-me!"

"Claramente você não me entende. Deixe-me explicar a você em termos muito simples: Você sabe o tipo de interrupção que sua pequena 'boa intenção' me causou? Você não deve estar em contato com ela sob qualquer circunstância...”

"Mas Christian, eu só estou ...” ela me interrompe.

"Você ainda está dizendo: 'mas'. Deixe-me reiterar isso,” eu sibilo completamente exasperado. "Vamos dizer que você deve ser eleita a primeira presidente Dominatrix dos Estados Unidos, e está extremamente excitada e quer compartilhar sua imensa vitória e sua alegria com Anastasia, e você decide convidá-la para a Casa Branca. Mesmo então, ignore-a! Ela não está interessada! Nenhum contato com ela por qualquer razão! Agora você me compreende e a repulsa dela por você Elena? "

Posso realmente sentir seu tremor no telefone.

"Bem, é claro. Não é um ponto sutil. Eu só estava esperando...”

"Bom, ótimo, adeus!" Eu digo e desligo já impaciente.

Eu tenho uma imensa dor de cabeça, e eu preciso de alívio.

Eu me inclino na minha mesa, a minha cabeça em minhas mãos, e eu ouço um ding de mensagem recebida.
____________________________________________

De: Anastasia Steele
Assunto: Laters
Data: 13 Junho de 2011 11:31
Para: Christian Grey

Podemos por favor discutir isso hoje à noite? Eu realmente estou tentando trabalhar aqui, e sua interferência continuada é muito perturbadora.

Anastasia Steele
Assistente de Jack Hyde, Editor Comissionado, SIP
____________________________________________

Oh, merda! Ela está zangada! Eu vou ter uma tempestade para lidar esta noite. Eu posso ir para um treino com Claude agora.

Eu bato no interfone.

"Sim, Sr. Grey?"

"Andrea, veja se Claude Bastille pode estar livre dentro da próxima hora, se não depois do almoço."

"Eu vou chamá-lo de imediato, senhor. Onde você gostaria de encontrá-lo? "

"No ginásio do GEH."

"Eu vou descobrir agora, senhor. Há mais alguma coisa que eu possa ajudá-lo?” Ela pergunta.

"Sim, envie Taylor aqui dentro"

"Sim, senhor,” ela responde e desliga.

Taylor entra no minuto seguinte.

"Eu preciso de você para me pegar um lanche."

"O que você gostaria senhor?"

"Francês. Salada mediterrânea, e alguns filé de peixe. Eu prefiro robalo chileno, se não tem isso, então garoupa resolve. Pão tostado não frito, e aspargos ou vagem.

"Será tudo, senhor?"

"Sim, isso é tudo,” eu digo dispensando-o.

Meu interfone vibra novamente.

"Sr. Grey, Ros está no telefone.”

"Coloque-a na linha,” eu digo.

"Sr. Grey, eu espero que você resolveu a situação de emergência mais cedo.”

"Resolvi, obrigado. É por isso que você está chamando? "

"Não, na verdade. Eu já enviei por e-mail para você todos os relatórios de análise de mercado. A razão de eu estar chamando você é diferente e é uma boa notícia,” diz animada. Deus sabe que preciso de algumas boas notícias neste momento.”Podemos ter melhorias significativas na potência do protótipo de telefone celular solar,” diz ela, e esta é a primeira boa notícia para hoje.

"Coordene-se com Andrea e agende uma reunião com a equipe de engenharia. Eu quero ver os esquemas, e o protótipo na próxima semana.”

"Vou fazer,” diz ela, e eu desligo.

Eu checo meus e-mails e há o e-mail que Ros encaminhou sobre o "Emerging Markets Analysis." Eu começo a ler os relatórios para me distrair. Quando estou quase na leitura do relatório sobre a China, vibra o meu Blackberry.

"Sr. Grey, aqui é Sawyer,” diz ele, e eu imediatamente fico tenso. Se Sawyer está me chamando, Anastasia quebrou sua promessa para mim.

"Sim,” eu digo com os dentes cerrados.

"Srta. Steele está em movimento, senhor."

"Se movendo para onde, cara?" Pergunto irritado.

"Ela está indo para uma deli, senhor,” diz ele humildemente. (N.T. Deli = Delicatessen- loja de comidas finas)

"Siga-a. Certifique-se de que ninguém está seguindo ela, e que ela volte para a SIP de forma segura. Chame-me logo que ela estiver de volta para o prédio ".

"Sim, senhor,” ele diz e eu desligo fumegante. Sempre desobediente! Ela não podia simplesmente pegar o telefone e dizer que ela teve que ir para a deli, poderia? Deus,  que mulher desfiadora eu tenho! Será que vou conseguir atravessar o dia, sem ter um ataque cardíaco?

Taylor vem com a minha comida, e embora eu tenha perdido meu apetite, eu como por hábito, em vez de precisar ou querer. Taylor está no canto do meu escritório discretamente, mas eu sei que ele está me olhando com seu olhar preocupado. No meio do meu almoço, Andrea vibra o interfone.

"Sim, Andrea!" Eu digo com voz severa.

"Sr. Grey, Sr. Bastille será capaz de chegar na próxima hora ao ginásio do GEH, senhor ".

"Bom,” eu digo, e desligo.

Meu Blackberry vibra e é Sawyer.

"Sim, Sawyer," eu digo e Taylor é pura atenção.

"Sr. Grey, Srta. Steele acaba de voltar para o SIP com um sanduíche de pastrami, e Coca-Cola senhor ,” ele relata.

"Tudo bem. Alguém seguiu-a? "

"Não, senhor. Ninguém suspeito ao redor, e ela não foi seguida."

"Ok,” eu digo e desligo. Taylor olha para mim intrigado.

"Anastasia deixou o prédio para ir a uma lanchonete, e agora ela está de volta,” eu explico, e ele concorda.
Tomo um gole da minha água, e eu disco o telefone do trabalho de Anastasia.

"Escritório de Jack Hyde ...” diz ela e eu a corto.

"Você me garantiu que não iria sair!" Eu a repreendo em uma voz fria e afiada.

"Christian, meu chefe... Jack me mandou para pegar um almoço. Eu não podia dizer não. Você está me vigiando?” Diz ela de uma só vez. O maldito chefe não poderia comprar o seu próprio maldito sanduíche? Então eu olho para Taylor, que foi buscar o meu almoço.

"É por isso que eu não quero que você volte a trabalhar,” eu atiro para ela.

"Por favor, Christian. Você está sendo... tão...” ela pára. “tão sufocante,” ela finalmente termina a frase.

"Sufocante?" Eu respondo chocado. Tudo o que fiz esta manhã foi para tentar protegê-la de si mesma, porque ela é incapaz ou pouco disposta a gerenciá-lo por conta própria. Ela toma decisões com base em como ela acha que pode lidar com algo, e nós dois sabemos que ela não pode! Mas, eu não quero sufocá-la, eu não quero repeli-la dessa maneira.

"Sim. Você tem que parar com isso. Mas, infelizmente, agora tenho que trabalhar até mais tarde, porque eu não posso ir para Nova York.”

O quê? Trabalhar até mais tarde? Esse filho da puta de chefe está fazendo ela trabalhar até tarde, castigando-a por não ter ido para Nova York? E ela pensa que eu a sufoco!

"Anastasia, eu não quero sufocar você,” eu digo em um sussurro, atônito

That’s All - Michael Buble

 "Bem, você realmente está. Eu tenho trabalho a fazer. Eu vou falar com você depois,” ela diz com uma voz completamente tensa e exausta. Porra! Porra! Porra! Eu preciso malhar. Pela primeira vez em muito tempo, eu não termino o que eu tenho no meu prato, preocupado.



Taylor parece tão surpreso quanto Taylor pode parecer com as sobrancelhas levantadas.

"Onde senhor?"

"Para a academia,” eu digo.

"Andrea, limpe a minha agenda para as próximas duas horas,” eu digo, e Andrea tem um olhar chocado em seu rosto. Taylor e eu nos encaminhamos para o ginásio do edifício GEH, e eu me exercito duro pelas seguintes duas horas.

Anastasia não liga ou me envia um e-mail em todo o  dia. Eu tento me concentrar no meu trabalho, e repasso os relatórios. Por volta de sete horas eu chamo Anastasia.

"Oi,” ela murmura com uma voz suave, mas ainda estou desconfiado e nervoso.

"Oi, quando você vai estar pronta?"

"Às sete e meia, eu acho,” ela responde.

"Ok, eu vou encontrá-la lá fora."

"Ok,” ela responde. Nós dois penduramos na linha, nenhum desligando.

"Eu ainda estou brava com você, mas isso é tudo,” diz ela em um sussurro. "Temos muito o que falar,” diz ela. Eu estava preocupado com isso, e os números já estão se acumulando contra mim.

"Eu sei. Vejo você às sete e meia,” eu digo. Preocupação corre sobre mim. Os pensamentos de perdê-la me vêm à mente espontaneamente. Eu não posso viver sem ela! Eu não quero perdê-la.

"Eu tenho que ir. Vejo você mais tarde,” diz ela e desliga.

Eu me viro para Taylor. "Ela sai às 7h30. Podemos sair em poucos minutos."

"Sim, senhor,” ele responde com um olhar preocupado. Anastasia está nos fazendo todos saltar através de aros, e até mesmo a minha equipe de segurança está rezando para que ela esteja de bom humor!

*****

No momento em que chegamos a SIP, são quase 07:30. Taylor estaciona o SUV ao lado da calçada. Depois de esperar alguns minutos, Anastasia emerge das portas de entrada da frente. Taylor desce imediatamente do carro e abre a porta traseira do passageiro para ela. Estou apreensivo, preocupado em como ela vai reagir, com medo de que ela possa partir, e me diga que é isso. Todos os tipos de pensamentos assustadores estão cruzando pela minha mente e nada disso é agradável. No momento em que ela entra no carro, eu estou completamente tenso, meu coração está em minha boca, e eu estou amarrado mais apertado do que um arco. 

This Love - Maroon 5

"Oi,” ela murmura me cumprimentando.

"Oi,” eu respondo ainda cautelosamente otimista pelo seu tom. Eu não posso lidar com o fato de que ela poderia me deixar e ir embora. Eu imediatamente estendo a mão e agarro a mão dela, e seguro e aperto-a com força.

"Você ainda está brava?" Eu pergunto.

"Eu não sei,” ela responde. Eu seguro sua mão e beijo as juntas de seus dedos com o mais leve dos beijos.

"Tem sido um dia de merda, Anastasia,” eu digo pedindo com o meu olhar para que ela me dê uma pausa.

"Sim, tem,” ela aquiesce. Mas agora que ela está aqui comigo, está tudo certo no universo, como deveria ser.

"Está melhor agora que você está aqui,” eu sussurro. Enquanto Taylor nos leva ao Escala pelo trânsito de Seattle, eu finalmente tenho a chance de relaxar. Eu beijo suavemente a mão dela, e esfrego meu polegar sobre os nós dos dedos em um ritmo suave. Quando nos encaminhamos para o Escala, eu fico nervoso novamente. Apreensão sobe em mim. Eu estou cauteloso quando Taylor nos deixa do lado de fora do prédio. Eu seguro a mão de Anastasia, e mergulho no edifício saindo da chuva que cai. A previsão do tempo estava errada. A chuva persistiu através da tarde, e meu humor desagradável junto com ela. Eu continuo a olhar ao redor para ver se Leila está em qualquer lugar nas proximidades.

Anastasia percebe minha cautela. "Suponho que você não tenha encontrado Leila ainda,” conclui.

"Não. Welch ainda está procurando por ela," eu murmuro tristemente.

Quando o elevador chega, eu entro com ela, nossas mãos ainda entrelaçadas. Eu baixo o olhar para Anastasia. Eu a amo, e odeio brigar com ela. Tenho medo de perdê-la! E agora, neste espaço fechado, eu tenho essa imensa saudade e desejo e essa atração inevitável em direção a ela, e eu posso ver que ela se sente da mesma forma que eu. O desejo que tenho por ela sobe para níveis insuportáveis.

"Você sente isso?" Eu respiro enquanto meus lábios se abrem para acomodar a minha respiração.

"Sim,” ela responde o coração batendo tão forte, que eu posso senti-lo através de sua mão.

"Oh, Ana," eu gemo e a agarro, meus braços envolvendo-a com a intensidade do meu desejo. Enquanto uma mão viaja até seu pescoço, eu levanto sua cabeça para trás, e selo seus lábios com os meus. Os dedos de Anastasia encontram meu cabelo e ela começa a acariciar o meu rosto, e essa é a minha perdição. Eu a empurro contra a parede do elevador. 

Love In An Elevator - Aerosmith

"Eu odeio discutir com você,” eu respiro desesperadamente. Com o desejo explodindo, nossos corpos estão tensos com toda a merda que tinha acontecido durante o dia, e buscando alívio. Minha língua entra na sua boca e acha a dela. Eu chupo sua língua, e essa doce sensação começa a se construir em mim, e eu percebo que eu tenho de tê-la aqui e agora. Eu tenho que saber que estamos bem. Minha mão vai até o quadril, e eu rapidamente puxo a saia até aparecerem suas coxas, e eu vejo que ela está vestindo meias com cinta-liga. Oh porra! Ela está me matando aqui!

"Doce Jesus, Ana, você está usando meias!" Eu gemo enquanto eu acaricio a perna acima da linha da cinta. "Eu quero ver isso,” eu digo e puxo sua saia para cima, o topo de suas coxas estão expostos aos meus olhos famintos. Dou um passo para trás, e alcanço  o botão de parada do elevador, e o elevador para imediatamente de subir. Estamos presos entre os andares 22 e 23. Meu pau está duro e latejante, buscando alívio. Meu corpo está queimando de desejo por ela, e aqui está ela, uma deusa do sexo de meias!

"Solte seu cabelo,” eu peço a ela com uma voz rouca, e ela imediatamente obedece. Por que ela não pode obedecer assim em qualquer outro momento? Seu cabelo cai até os ombros e peito. "Agora, desabotoe os dois primeiros botões de sua blusa,” eu sussurro, meus olhos selvagens com desejo devasso.

Ela alcança e desabotoa os dois botões dolorosamente lenta, levando um tempo enorme, revelando os topos dos seios fartos, seu sutiã exibindo a quantidade certa de renda.

Eu engulo em seco. "Você tem alguma idéia de como incrivelmente sedutora você está agora?" Eu pergunto.
Ela morde aquele lábio delicioso, e balança a cabeça inocentemente. Eu dou um passo à frente e coloco as duas mãos na parede do elevador ao lado de seu rosto, mas eu não a estou tocando. Eu me inclino e esfrego o meu nariz no dela. Este ponto único de contato incendeia meu sangue, a corrente corre através de nossos corpos a partir deste toque e eu estou pronto para entrar em combustão. Anastasia se sente da mesma forma pois seu peito sobe e desce como se ela tivesse corrido uma maratona.


"Eu acho que sim, Srta. Steele," eu digo. "Eu acho que você gosta de me deixar louco,” eu digo. 

She’s Always a Woman -  Billy Joel
"Eu deixo você louco?" Ela sussurra inocentemente.

"Em todas as coisas, Anastasia. Você é uma sereia, uma deusa!" Ela me abate. Eu chego até ela, e agarro sua perna acima do joelho e engato-a em torno da minha cintura. Ela agora está em pé sobre uma perna e se apoiando em mim. Eu estou duro até o núcleo. Eu corro meus lábios nos seus lábios e, em seguida, arrasto para baixo para sua garganta. Ela geme de prazer e envolve seus braços em volta do meu pescoço.

"Vou fodê-la agora, Anastasia," eu respiro, e ela arqueia suas costas em resposta automática, pressionando-se contra mim, seu sexo ansioso. Eu gemo um som gutural profundo, e eu abro minha braguilha.

"Segure firme, baby,” murmuro. Eu tiro um pacote de preservativo e coloco-o entre os seus dentes. Eu puxo a outra extremidade, e nós o rasgamos entre nós.

"Boa menina,” eu digo enquanto  eu rolo o preservativo no meu comprimento. "Deus, eu mal posso esperar pelos próximos seis dias,” eu resmungo e olho para ela com olhos semicerrados. "Eu espero que você não esteja totalmente feliz com essa calcinha,” eu digo, e arranco a calcinha, rasgando-a. Ela está ofegante com o desejo, como eu estou. Sem tirar os olhos dela, eu me lanço dentro dela lentamente. Seus corpo arqueia e ela inclina a cabeça para trás enquanto fecha os olhos. Eu puxo para trás e mergulho de novo, lentamente. Ela geme. Estou apostando minha reivindicação nela.

"Você é minha, Anastasia!" Eu murmuro contra sua garganta.

"Sim. Sua. Quando você vai aceitar isso?” Ela ofega. Eu gemo e começo a golpear nela querendo reivindicar cada maldito centímetro que falta para marcá-la. Eu empurro cada vez mais duro. Minha respiração fica irregular; eu me perco nela, reclamando-a de dentro para fora, tocando-a, abraçando-a, amando-a, fodendo-a. Minhas mãos estão em todos os lugares ao mesmo tempo.

"Oh, baby,” eu gemo, meus dentes roçando seu queixo, e ela goza  forte, e  eu  seguindo-a, em êxtase.

*****
Nós ambos estamos acabados, mas agora estou calmo e aliviado, e sinto que tudo está bem. Eu a mantenho de pé contra a parede do elevador, e pressiono a testa contra a dela.

"Oh, Ana," murmuro contra seus lábios. "Eu preciso tanto de você,” eu beijo sua testa. Eu queria que ela soubesse o quanto ela significa para mim. Quanto eu preciso dela! Ela é o ar que eu respiro

Truly Deeply Madly - Savage Garden

"E eu de você, Christian,” ela responde.

Eu a solto, e endireito sua saia, e abotoo sua blusa, e quando eu finalmente a endireito, eu soco meu código e o elevador move-se novamente com uma sacudida. Anastasia aproxima-se apertando meus braços.

"Taylor vai estar se perguntando onde estamos,” eu sorrio lascivamente para Anastasia.

Anastasia fica mais vermelha do que a bandeira chinesa e começa a tentar consertar o cabelo.

"Você vai,” eu sorrio, e fecho a braguilha e coloco o preservativo usado dentro do meu bolso. Uma vez que  chegamos a minha cobertura, Taylor está esperando no hall de entrada, quando as portas se abrem.

"Problema com o elevador,” murmuro, e Anastasia completamente tímida apenas se apressa para fora como um cachorro apoiado em um porco-espinho.

"Algum problema no edifício?"

"Nenhum sinal, senhor."

"Bom." Eu digo, e viro para a cozinha. Eu tiro meu paletó, e sento-me à barra e começo uma conversa com a Sra. Jones.

"Como foi seu dia, Sra. Jones?"

"Muito bom, senhor. Obrigado por perguntar. Espero que tenha tido um bom dia também.”

"Está chegando lá,” eu respondo. Anastasia aparece na porta de entrada, um colírio para os olhos. Ela se senta ao meu lado, e a Sra. Jones coloca dois pratos diante de nós. Coq au vin! Ela é uma grande cozinheira, a Sra. Jones!

"Desfrutem, Sr. Grey, Ana,” ela diz e deixa a cozinha.

Eu pego uma garrafa de vinho branco da geladeira e sirvo para  nós dois uma taça. Enquanto comemos o jantar, eu me pego falando sobre o meu protótipo de telefone celular movido a energia solar, lembrando que Ros me deu a boa notícia de que ele está muito perto de ser concretizado. E o meu entusiasmo é contagiante.

"Christian, posso perguntar uma coisa?"

"Sim, claro,” eu respondo.

"Onde é que você tem propriedades?"

"Eu só tenho um apartamento em Nova York, o Escala, e a propriedade em Aspen. Nada mais.”

"Oh," ela diz, enquanto ela recolhe os pratos da barra.

"Deixe isso. Gail vai fazê-lo,” eu digo, e ela se vira e depois de deixar os pratos na pia, encontra-me olhando-a fixamente.

"Bem, agora que você está mais dócil, Srta. Steele, vamos falar sobre hoje?"

"Eu acho que você é o único que está mais dócil. Acho que estou fazendo um bom trabalho em domesticar você ,” diz ela me surpreendendo.

"Me domesticar?" Eu bufo, totalmente divertido. Ela não me viu hoje. Ela apenas balança a cabeça. Eu franzo a testa. Eu não iria concordar com suas exigências se fosse qualquer outra pessoa. Eu teria espancado a merda fora de qualquer outra sub que eu tive. No entanto, eu temia que Anastasia iria me deixar, e eu percebo que eu estava morrendo de medo de que ela me deixaria.

"Sim. Talvez você esteja, Anastasia," encontro-me dizendo.

"Você estava certo sobre Jack,” ela murmura, e meu sangue ferve sob a minha pele. Meu rosto cai, e os meus olhos endurecem. O que é que o filho da puta fez?

"Ele tentou alguma coisa?" Eu sussurro em voz mortal. E por que ela não me telefonou quando o que quer que o filho da puta tentou com ela?

Ela balança a cabeça. "Não, e ele não vai, Christian. Eu disse a ele, hoje, que eu sou sua namorada, e ele recuou imediatamente."

"Você tem certeza disso? Eu poderia demitir esse babaca" Eu fecho a cara

Next Contestant - Nickelback

Anastasia suspira: "Christian, você realmente tem que me deixar lutar minhas próprias batalhas. Você não pode se antecipar constantemente e tentar me proteger. É sufocante. Eu nunca vou prosperar com a sua interferência incessante. Eu preciso de um pouco de liberdade. Eu não sonharia em  interferir em seus assuntos,” diz ela.

Eu sei que eu não gosto de ninguém interferindo em meus assuntos. Mas, a necessidade de protegê-la substitui tudo. "Eu só quero você segura, Anastasia. Se alguma coisa acontecesse com você, eu..” digo sem que eu possa exprimir o resto do pensamento. É o que rasga meu coração. É o meu maior medo, o meu pior pesadelo.

"Eu sei, e entendo por que você se sente tão levado a me proteger. E parte de mim adora. Eu sei que, se eu precisar de você, você vai estar lá, como eu estou para você. Mas, se quisermos ter alguma esperança de um futuro juntos, você tem que confiar em mim e confiar no meu julgamento. Sim, eu vou entender errado, por vezes, e às vezes eu vou cometer erros, mas eu tenho que aprender por conta própria Christian.”

Isso é contra tudo o que eu sinto, e quero fazer. Eu não posso simplesmente não interferir quando ela é tão inocente e tão sedutora e todo mundo quer enfiar seu pau em sua calcinha. E ela é minha! Ela se move para diante de mim, de pé entre as minhas pernas, enquanto eu me sento na banqueta. Eu ainda estou completamente mudo.

"Você não pode interferir no meu trabalho. É errado. Eu não preciso de você atacando como um cavaleiro branco para salvar o dia. Eu sei que você quer controlar tudo, e eu entendo o porquê, mas você não pode. É uma meta impossível, Christian. Você realmente tem que aprender a deixar ir." Seus dedos chegam até o meu rosto e me acariciam com o mais leve dos toques. Meus olhos se arregalam.

 "E se você puder fazer isso, você puder me dar essa liberdade, eu venho morar com você,” diz ela em voz baixa. Eu sou pura atenção. Ela disse que viria morar comigo. Eu ouvi mal? Foi isso o que ela disse? Aspiro acentuadamente, completamente surpreso.

"Você faria isso?" Eu sussurro.

"Sim." Ela responde.

"Mas você não me conhece, Anastasia,” eu digo franzindo a testa, completamente em pânico. É como quando ela me disse que me ama. Eu tento não surtar.

"Eu o conheço bem o suficiente, Christian. Nada do que você me fale sobre você vai assustar-me,” ela corre seus dedos na minha bochecha. Eu não sei o que dizer, chocado, surpreendido, e relutante.

"Mas se você pudesse aliviar um pouco de cima de mim,” ela pede.

"Eu estou tentando, Anastasia. Eu não poderia ficar de braços cruzados e deixar você ir para Nova York com esse porra desse mulherengo babaca. O homem tem uma reputação alarmante. Nenhuma de suas assistentes durou mais de três meses, e nenhuma ficou na empresa. Eu não quero isso para você, baby,” eu digo com um suspiro.

"Eu não quero que nada aconteça com você. O pensamento de você se machucar, me deixa louco. O pensamento é terrível. Eu não posso prometer não interferir, não se eu achar que você pode vir a se prejudicar,” eu digo com sinceridade. Será que ela percebe o quão apaixonado eu estou por ela? Ninguém pode amá-la tanto quanto eu a amo. Ela não sabe quão sinceramente eu a amo, que tenho esperanças e medos e ansiedades. Eu a amo com carinho e devoção. Como Shakespeare disse: "O amor é uma coisa suave? É muito áspero, muito rude, muito turbulento, e pinica como espinho" Eu estou tentando ser digno do seu amor. Lutando todos os dias. Tentando ser destemido, mas sou fraco, quando ela está envolvida.

"Eu a amo, Anastasia. Eu farei tudo em meu poder para protegê-la. Eu não posso imaginar minha vida sem você."   

Fallin’ - Alicia Keys)


A boca de Anastasia cai aberta. Ela tem aquele olhar no rosto dela como se ela acabasse de sair de seu corpo.

"Huh?” Ela mal consegue sussurrar. Eu beijo sua mão.

 "Eu também amo você, Christian,” diz ela inclinando-se e beijando-me. A paixão entra em erupção e nós aprofundamos nosso beijo.

Eu ouço Taylor limpando a garganta, e relutantemente eu recuo ainda olhando para a minha mulher. Eu paro e envolvo meu braço em torno da cintura dela.

"Sim,” eu exclamo para Taylor por interromper.

"A Sra. Lincoln está subindo, senhor ".

"O quê?" Eu atiro para Taylor. Ele encolhe os ombros se desculpando. Eu suspiro, e balanço a cabeça. Eu tinha dito a ela prá ficar fora hoje, e ela está aparecendo aqui agora. Que porra ela quer?

"Bem, isso vai ser interessante,” eu digo, e sorrio com resignação. Eu tive o inferno de um dia hoje, e isso só vai acrescentar a ele, para dizer o mínimo. O rosto de Anastasia fica inexpressivo, e seu corpo fica rígido em meus braços. Porra! Ela está louca de zanga.




40 comments:

Neusa Reis said...

Oi meninas, que ótimos foram os últimos comentários de vocês. Pao, que bom ter você sempre presente por aqui, bem como a Michele Dominato, Eliane Cristina, Daniela Martins, Ana Louzada, Anne Caroline, (desde os primeiros capítulos, não é?), Jordana Sirlaide, Josy Silva, enfim, incluindo também o pessoal que lê e por diversas razões não comenta, mas a gente sabe que está por aqui conosco.
Aline, você levantou uma suspeita muito interessante. E se a maldita Leila planejou tudo? Porque uma pessoa 'surtada' não podia driblar uma segurança treinada e experiente como a do Christian. Ela entrou nas duas casas deles, na garagem, estragou carros, comprou arma, enfim fêz o que quis. E ainda ganhou um banho do Christian! Emine, por favor, nos esclareça esse banho que está difícil de aceitar. Lavando "tudo"?
Jordana, você pensou muito bem, ele é homem e quando estava com a Leila gostava do corpo dela, ficou 9 meses com ela.E só largou porque ela quis mais, será que teria ficado mais tempo?
Tais Castro, você está mais sensata do que nós e confiando mais no Sr. Grey.
Preparem-se porque os 3 próximos capítulos estão de arrebentar os nervos nesta versão Christian.
Emine, obrigada, não é preciso reafirmar que eu ADORO sua versão.
Emine, várias pessoas estão sugerindo que você escreva o livro 4. O que você acha do pedido? Beijos a todas.

Anonymous said...

Tenho esperado ansiosamente pelo capítulo em que Leila aparece no apartamento de Ana e o que pensa o Sr. Grey, quando ele acha que Ana está indo embora. Para mim, esse é um dos capítulos mais intensos. Parabéns pelo excelente trabalho e muito obrigada por nos proporcionar uma leitura tão bacana e perfeita.
Rochelle

Anonymous said...

Tenho esperado ansiosamente pelo capítulo em que Leila aparece no apartamento de Ana e o que pensa o Sr. Grey, quando ele acha que Ana está indo embora. Para mim, esse é um dos capítulos mais intensos. Parabéns pelo excelente trabalho e muito obrigada por nos proporcionar uma leitura tão bacana e perfeita.
Rochelle

Roberta do Prado Pires said...

nossa...dessa vez foi o maior gostinho de quero mais de fim de capitulo!!!!!!!!!!!!!capitulo XIII pleaseeeeeee!!!!!!!!!!!!!

Pao said...

Estoy ansiosa esperando el capítulo de cuando Leila va al departamento de Ana. Realmente la odio, pero quiero saber como fue lo del baño. Gracias Eminé y Neusa como lo has dicho soy siempre fiel.
Eminé si haces un 4 libro fijo que lo leeré. Muchas gracias.
Por favor rápido el próximo capítulo me estoy comiendo las uñas para saber que pasa.

Jordana Sirlaide said...

Nossa, q capítulo!!! Fiquei sem fôlego com a régua e sufocada com a superproteção de Christian e encantada pelo seu amor e ansiosa pelo próximo (rsrsrsrs).
Parabéns, Emine! Sua versão é, realmente, um presente para todos nós! QUEREMOS UM 4º LIVRO!!!!
Beijos e abraços para vc e para Neusa q, como sempre, arrasa na tradução.

Penha Storani said...

Maravilhoso, simplesmente maravilhoso. Eminné, não me canso de dizer, você está de parabéns. E Neuza você é maravilhosa traduzindo tudo para nós. Cada dia mais ansiosa pelo confronto no apartamento de Anastasia. Bjssss.

Anonymous said...

Estou encantada com tudo isto..simplesmente não consigo viver sem.Parabéns Eminné e Neusa, pois fazerem nossa leitura mais feliz...
Parabéns...

Kátia

Anonymous said...

Noooosssaaaa! Muito Bom!
Ansiosa pelos proximos capitulos, pq aí a coisa começa a esquentar mesmo. Leila, Jack e Elena,afff é demais. Bjos Emine e Neusa, que belo trabalho.

Adriana

Anonymous said...

Parabéns Neusa e Eminné por tornar nossas vidas com mais emoção. Adoro demais. Anciosa pelo encontro de Ana. Leila e Christian...Bjus

Kátia

Josy Silva said...

NEUSA eu amo a sua tradução, aqui no Brasil existe varios blogs e facebook que estao traduzindo e disponibilizando a fanfic da Emine. As fãs da trilogia 50 tons de cinza estão amando a versão do Grey da Emine, vcs estão fazendo maior sucesso aqui, um abraço e obrigada pela dedicação de vcs Emine e Neusa e nós queremos o 4 livro desesperadamente.......

Eminé Fougner @ Cowboyland said...

Hello everyone! Here's my response to why Christian took care of Leila:

There's a concept that EL James didn't introduce as far as D/S relationships were concerned which I ended up studying and came across it only by accident as I was writing the chapter. That's called Sub Drop. People who dominate your mind and body have a responsibility to make sure the sub is ok. People were comparing Christian with abusers who deliberately harm us through intention, dominance, imparting their rules (that could forcing a particular religious point of view where you are forced to practice, live a certain lifestyle by force...etc.) But the Dom/Sub relationship is a contractual relationship where the Dom has responsibilities towards the Sub. Within that context (and we know that Christian always goes a step further and takes care of his responsibilities. Although Leila was no longer his responsibility, because she reached out though what she did was very manipulative, he took care of her regardless of the fact how she behaved.)
What is Sub drop: Sub Drop is the emotional and physical effects of the release and drop of endorphins in the body after a play session. Most of what are the physical aspects; the fatigue, sadness, aches and pains and recovery from marks. There is a more intense side of Sub Drop that gets very little attention because for each person it is different and describing how to recover can take many forms.
If not cared for, you could go into depression just from one play session. The endorphins and other hormones released during play leave your body in such a way that it takes time to rebuild the balance of hormones in your system. You could feel like you have a hangover or partied too hard the night before; you could feel lost and depressed for hours or days. You may just want to sleep it off. These are the more extreme forms of Drop. Some people recover in a matter of hours, but others could exhibit signs of Sub Drop for weeks after an intense session.
In light of this definition; we know that Christian is a larger than life presence. She was one of the long term relationships, though we calculated this to be about 9 months the most. The fact that she came to him, depressed, trying to cut a vein open in his home, nearly out of her mind made Christian realize this, and he feels responsible in taking care of her. This is his way of rectifying a wrong he has done towards a woman. Nothing more.
That was the reason I believe why he took care of Leila even though it was about 2.5 years later. If you think about it, even her husband didn't do that, and that was the level of him being responsible for someone in his past.

So few people would do that - even among those who were once happily married, how many ex-husbands have you heard who took care of an ex-wife in such a time? Not many. There should be a recognition of responsibility for care but that is when you realize that sometimes it is not actually about a philosophy of life or principles but ultimately about a power structure for an individual or individuals. Once you recognize that someone doesn't have power over you (which Leila for example never did) and you don’t need the rewards or punishments or the physical or emotional contact you are seeking then you recognize you are not imprisoned. In her character, you could see that she was always in need of this sort of contact which made her into a stalker in order to get what she needs. Yet, Christian's character still took care of her. When I wrote that chapter, which we knew was very hard on Ana, and in one hand he felt this responsibility to take care of someone from his past, but also move forward with the girl he wants to marry.

If he was a prick, he wouldn't take responsibility, and lie through his teeth to Ana. But he did none of those. He didn't take the easy road; you have to give credit where the credit is due. That's why I thought his character is worth the redemption in the eyes of the readers.

anne caroline godoi said...

Que dia mais tenso,para o MEU querido Christian ,nossa fiquei até com pena do bichinho,rsrs.
E essa vadia velha,nao deixa a Ana em paz,que mulherzinha mais repuguinante. E olha que o Christian é super grosso com ela,imagina se não fosse.
Esse Jack é mesmo um filho da puta,estou louca pra ver a surra que o Tylor vai dar.
Tenho sempre que parabeniza-la Nessa pela excelente tradução,e sim transmita para a autora que queremos o quarto livro. Ela escreveu uma serie não foi? É sobre o Christian ?

Michele Dominato said...

Meu coração até para quando vejo um capítulo novo! Amei esse capítulo! Ansiosíssima pelo próximo! Amei! Bjs

Anonymous said...

Muito obrigada por proporcionar essa excelente versão do Sr. Grey. Parabéns a Emine e a Neusa pela excelente tradução. Acompanho o blog todos os dias e estou ansiosa pelos próximos capítulos. Grande beijo. Gabi

Pattystevam said...

Ola..amei o capitulo apenas uma coisinha que vem me chamando atenção na versão Sr Grey na visão de Eminé..é que na sua visão Eminé..em muitas partes o Crhistian parece já saber que Anástacia o ama..assim como nesse trechinho "Meu único consolo é que ela me ama e que podemos funcionar só com isso. Talvez eu tenha que me esforçar para desviar sua atenção para outra coisa. Ao contemplar todos os cenários sobre o que eu posso dizer em relação aos seus argumentos" aqui parece ele saber que ela o ama acima de tudo..mas na versão de E.L James ele nunca tem a certeza que ela o ama...tipo ele não acredita nisso..só quando ela arrisca sua própria vida pela família dele ele consegue perceber que ela o ama muitooo...Eminé vc poderia me esclarecer sobre isso..estou amando essa versão sua é apaixonante bjs Neusa brigado pela traduções..
obs; ansiosa pelos proprios capitulos

Tais Castro said...

Neusa o que eu posso dizer eu não sei se todos enxergam o Christian como eu,vejo que ele é um homem preso em um mar de lama,cheio de complexos e se achando indigno de qualquer sentimento bom em sua vida, e então aparece essa mulher que transforma tudo e ele finalmente conhece o amor verdadeiro...e é lindo ver a transformação dele por causa desse sentimento,abrir mão de tudo o que ele dava valor e ter coragem de se entregar de corpo e alma a esse amor e se permitir amar e ser amado,e além de tudo ele é muito romântico e capaz gestos lindos como o pedido de casamento existe coisa mais romântica que aquilo?Enfim nem todo mundo entende o Christian!Bom obrigado por mais este capítulo,e insista com a Emine para ela fazer o 4 livro que nós vamos adorar...

Eminé Fougner @ Cowboyland said...

Hi Patty!

There's a part in the last book in the series where Christian says (talking about the night he took her to his hotel room when she was drunk): I watched you sleep all night. I might have even loved you then.

In another part he claims to have affections for her since she stumbled her way into his office. You also have to remember that the original fan fiction she wrote was completely based on Edward Cullen and Bella Swan. So, these characters we see are Edward and Bella actually. I've read the original fanfiction. There is about 25% change in the books, but it's all the same. We also know how much Edward loved Bella.

You see Christian refused love all his life. Because the mother he loved didn't protect him, and died on him. Elena told him that love is useless emotion. But love is a natural emotion. The love we feel towards the other sex. You can't help it, it comes and takes our body and mind. French author Jules Renard said "L'amour est comme un sablier, avec le coeur remplir le vide du cerveau." Meaning, "love is like an hourglass; when heart fills the brain empties."

He could resist the love from his parents, siblings (well, Mia seemed to have broken that barrier), and all others. But there are different kinds of love. The kind of love he feels for her is the kind one is helpless against, like a natural disaster. There's no word to express that in English. But there are two words in Turkish for it: "aşk" and "Sevda". In fact when someone is deeply, madly and irrevocably in love to death, it's called "kara sevda". Crudely translated, it's "blind love" in English, but it's much more than that. In English you have to explain this sort of love in an entire paragraph. The concept simply doesn't exist. But we know it does; it's just a linguistic shortcoming.

I've come across someone fan fiction on Christian, and in the page I've read he was writing an apology letter to Elena for Ana and his family not understanding what they had and that she wasn't molesting him. I stopped reading. He would never do that. Christian doesn't do apologies, not to Elena. But to Ana. I've studied his character a long time. Remember Heathcliff from the Wuthering Heights? He didn't do love to anyone including his own child he had through a loveless marriage. But he loved Catherine Earnshaw with all his being. She's all he wanted. He was cruel to everyone else. This kind of love breaks barriers, and no matter how thick of a skin you have, you are helpless against it. He just didn't want to name the emotion for a long time, until Ana said it out-loud for him.

All it takes is to step over to the other side. You have to study the looks, the posture, the body language, the behaviors. It all spells intense, dominating, irrevocable, passionate love.

Tati said...

Amei esse capitulo!!!!

Maria Dias said...

Ah mais uma vez obrigada pelo capitulo.
Beijos.

Maria Dias said...

Obrigada mais uma vez pelo capitulo com tradução excelente.
Beijos Neusa..

Nide Nidinha said...

Fico feliz cada vez que vejo que tem um capitulo novo. Parabens a vcs meninas!!!

Pattystevam said...

Eminé eu entendi p que você disse..eu nunca duvidei do amor de Cristian por bela..inclusive nessa parte que você diz Christian says (talking about the night he took her to his hotel room when she was drunk): I watched you sleep all night. I might have even loved you then.A minha duvida era que christian na su visão 50 tons ele parece ja saber e nem sequer duvidar que Anastacia o ama...e na E.L james ele só tem a certeza quando ela arrisca sua vida por ele e pela familia dele...Sei que é bem natural isso ate mesmo para os romances reais a gente nunca sabe o quanto a outra pessoa nos ama..e Chritian ainda mais por não se achar digno..obrigado por sua explicação beijos parabens...e eu prefiro mais o crhistian nessa sua versão ele parece bem mais humano...e não uma icognita...bjs eminé.

Eminé Fougner @ Cowboyland said...

Hi Patty,

If I understood you correctly, you are saying that Christian stopped doubting that Ana loves him when she risked her life for Mia and his family. Maybe it was the way the original third book was translated into Portuguese.

That was the time when Christian stopped thinking that he wasn't worth the love. Remember we already know that he loves her. He had a hard time when she left. He couldn't live without her. He wanted her back. He risked a lot for her and didn't make her sign a pre-nuptial agreement. That's actually a very big deal. Christian is one of the wealthiest men in the world. ALL of the excessively rich men get the women sign a prenuptial agreement, because they have so much money at risk. Their entire wealth is at risk. Some women go to extensive tricks to marry these wealthy guys to get their hands on their money, or try to get pregnant and that way, even if they’re not married they have their money in their hands. He took a huge risk, because remember what he said, “if you leave me, you might as well take everything.” That’s love. This is actually a big business for the lawyers of rich and famous. I don’t know if you've seen the movie, “Liar, Liar,” by Jim Carrey. Remember that client he had who was trying to milk her husband of millions even though she was screwing some other guy, and she wasn’t even sure the children were his. She had a pre-nuptial agreement, and turned out she signed it when she was underage, and that made the agreement null.

In retrospect, he took a humongous risk with Ana. The book was too brief on Christian’s lifestyle. He is an exceptional man: extremely good looking, sexpert, wealthy, and he turns heads of both sexes (men and women). He’s a great catch. Any woman would want to have him. He has women running after him. Basically he can have anyone he wants. He has no need for marriage, but he fell in love. Remember what he said when Ana went to interview him when she asked about family: “have you had to give up a family life?” To which he replied he had a loving set of parents and siblings, and he didn't wish to extend his family beyond that. Because up until Ana got into his life, he thought he had everything his heart could desire. But that was because he didn't think it was possible to love like this.

You see, love affect everyone. It sees no exceptions. It’s like birth and death. Those things are given to all equally to all. No one is exempt from it. Same for diseases. They don’t spare us because we are this person or that. Love is a natural emotion that we are born with. All people are capable of it. He suppressed it as much as he could, but what is natural cannot be suppressed any more than you can contain a tornado, or a hurricane, or a dust storm. It must run its own course. He managed to avoid it so long because he hasn't met the woman who was meant for him. Some people go through all their lives without finding their soul mate, and that’s a tragedy. Because we are all born with one. But not everyone can find them in their lifetime. He was lucky to find his. Expressing his emotions verbally took him time, because he’s still like an adolescent who is learning his way around the emotional world we all experienced all our lives. He had shut that part of him, but now the dam is broken and he’s having a flood of it. You’ll see the intensity of it when we come to the chapter when he submits to Ana. That’s a very intense chapter.

Tatiana said...

Saudades de vcs Neusa e Emine, estive muito gripada mais voltei com força total. Amei os capitulos e estava com saudades das emoções que eles e só vcs me fazem sentir.
Beijos de Saudades!!!!!

Patty said...

Sim Eminé foi a forma da tradução..mas agora entendi completamente muito mesmo..obrigado por sua explicação compreendi muito mesmo..você com sua explicação formou a ultima peça que faltava no meu quebra cabeças..ansiosa pelo capitulo que você diz.."You’ll see the intensity of it when we come to the chapter when he submits to Ana. That’s a very intense chapter."esta sendo tão bom conhecer o Christian..você esta nos dando esse prazer...Eminé please..make a romance book to us by your vision ... your creation ... bjs obrigado pelas resposta I love seu trabalho beijos beijos...

Eminé Fougner @ Cowboyland said...

Oi Patty!

This is a sweet message. I've read the French and some of the German translation of the 50 Shades and I have noticed that a lot got lost in translation which is sad, but that's the nature of translation; not everything is perfectly done. Here, on the blog, Neusa takes time to explain the concepts, or introduce or identify them that way the readers have a better understanding. Otherwise, not every concept exist in all languages or may not come across in cross languages. I'm a linguist, and have been doing this for 14 years. I've written linguistic software, and translated 14 million words. So, it's a tedious and difficult job to express quite a few things in different languages and cultural nuances, or even feelings for that matter doesn't come across in other languages sometimes. But, I tried hard to get it clearly across, because now we are seeing everything from Christian's eyes, his mind (because we are listening to his head, too), it comes across a little more clear.

As for a romance book, I'm already writing it, and 7 chapters of it is available on the blog, titled: The Pella Series. It's only in English. Neusa suggested before that she could translate those chapter into Portuguese. I don't know how busy she is. She works and translates these chapters which she does a marvelous job. Of course, it takes time, but it's up to her if she wants to do that.

The book hopefully (when I finish writing it) will be out in the fall.

Have a good evening! xoxo

Pattystevam said...

Obrigado..sim Neusa é maravilhosa..mas ja deve esta sendo dificil pra ela pra nos posta esses capitulos..mas desejo muito que seu livro The Series Pella já estou curiosa para ler não sei se aguentarei até Neusa traduzir..Mas com certeza irei ler seu romance..
XOXO

valéria said...

Gente alguém sabe me dizer se esse livro será lançado? Estou lendo no blog mas quero te-lo. Preciso muiiiiiiiiiiiito.

Daniela Martins said...

Obrigada, Neusa, por mencionar meu nome em seu comentario! Eu adoro tudo deste blog! Vcs sao especiais! Bom restinho de feriado para vc! bjkas

Aline said...

Oi gente, andei sumida, mas louca de saudade!! Neusa, que bom que vc entendeu meu ponto de vista. Se eu tivesse que me passar por surtada para ganhar um prêmio do Grey, com certeza eu faria.....kkkkkkkParabéns pelo seu trabalho e para a Emine tbm claro.....

Luxo da Lix said...

Que trabalho fantástico vc esta fazendo. E muito viciaste, m vicio delicioso, e claro! Parabéns...

Sonia Tedesco said...

Estou adorando a versão Christian, o trabalho talentoso da Emine e a carinho da Neusa. Obrigada, bjs.


Sônia said...

Estou adorando a versão Christian, o trabalho talentoso da Emine e a carinho da Neusa. Obrigada, bjs.

Kaila Alekena said...

Dois pontos quero abordar em meu comentário..
1º Anastásia não só confunde a Cristian, ela confunde a mim também.
No capitulo anterior, como Cristian falou, Anastasia durante todo fim de semana deu sinais que queria levar uma surra, pode claro ser pelo seu desejo de agradá-lo, de querer ser suficiente para as necessidades dele,mas estamos falando do motivo que a levou a deixá-lo,para ela a punição é um limite rígido e ao invés dela ficar na dela e aproveitar seu esforço por mudar, não, ela o instiga a acordar a "besta" dentro dele.
Mais deixa eu inteirar que a surra na sinuca é pra mim a mais sensual surra que alguém poderia levar, desejei até o mesmo.
2º Cara a Ana realmente o põe no limite.
Desafiá-lo, buscar sua autonomia é uma coisa, mas ser birrenta e inconsequente é outra, estamos falando em um Cristian controlador e APAIXONADO, pra ele já não é fácil deixar suas subs que detinham dele nada mais do que sua proteção e cuidados derivado do comportamento Dom, imagine ele em relação a mulher que ama com todo seu ser. Cara dá desespero junto com ele e até dá vontade de justificar uma surra nela, até minha mão coça hahahahahha.
Agora só nos resta esperar o encontro com a víbora Elena, que Cristian insiste em ser maleável... já devia ter batido a merda fora dela afffffff

Viviane moreira lage said...

infelizmente esse capitulo desistir de ler, não entendi nada com nada.letras maiúsculas com minusculas.de qualquer forma obrigada.

Daniela Martins said...

Hi, Emine!
Impressionante como CG nao sofreu um ataque cardiaco neste dia! Anastasia testou toda a paciencia dele hoje, mas claro que Christian, sendo o mestre do universo que é nao deixaria por menos!
E é claro que direi novamente que amei tudo aqui!
Obrigada!
Proximo capitulo la vem a cobra Elena! Rsrsrs
Bjkas
Dani
;-)

Liliana said...

Estou encantada com tudo ..simplesmente não consigo para de ler

Giane said...

Amando cada pedacinho desta historia aversão Grey é simplesmente a melhor, não consigo parar de ler.Parabéns Emine e Neusa.

Priscila Pessotto said...

Olá girls!
Você que está começando a ler o blog agora ou que já é leitora, agora a Série Pella disponível aqui no blog foi publicada em livro – ECOS NA ETERNIDADE- e em português.
A Emine Fougner colocou a versão em português do Ecos na Eternidade na Amazon, apenas esta semana, por apenas R$ 3,94. Corram para aproveitar o preço porque na próxima semana voltará ao preço normal.
É só acessar a pagina da amazon: www.amazon.com.br.
Vamos aproveitar!
Beijos,
Pry