StatCtr

Monday, February 11, 2013

Livro 1 - Capítulo IX - Christian Grey e Anastasia Steele


CAPÍTULO NOVE

AQUI PRÁ VOCÊ, SRA ROBINSON

(O desenho é cortesia de: http://www.forestadesign.com/bookmarks/)

Quando eu chego à minha suíte, Taylor está esperando por mim, como eu havia combinado  com ele por telefone.

"Sr. Grey ", ele fala como forma de saudação.

"Taylor", eu digo brevemente.

"Eu preciso de você para fazer algumas coisas para mim hoje."

"Sim, senhor".

"Eu quero que você encomende um MacBook Pro para a Srta Steele. Top de linha, mesmo se ele não estiver disponível ao público. Com o maior disco rígido, memória RAM, gráficos, vídeo e melhor placa-mãe disponíveis, e eu quero que seja equipado com a mais rápida internet existente . Mesmo que ela tenha de viajar para os cantos mais remotos da África, ele tem que funcionar, e tenha todos os novos acessórios disponíveis. Venha configurado com uma conta de e-mail. Eu quero tudo isso  configurado e entregue imediatamente. Deve ser entregue no mais tardar até amanhã de manhã cedo, mesmo que eles tenham que enviá-lo a partir de suas principais fábricas. Tenho certeza de que a fábrica Cupertino, na Califórnia, pode ter o que eu tenho em mente. Trabalhem durante a  noite, se necessário. A configuração deve ser o suficiente para rivalizar com o seu ", eu digo,  sabendo que seu equipamento não só poderia controlar uma nave espacial, mas também foi equipado para fazer o monitoramento global.

"Eu também preciso ter sua conta de e-mail configurada hoje. Eu quero o laptop  entregue em seu apartamento, e configurado para ela e pronto para usar. "

"Sim, senhor. Algo mais, senhor? "

"Sim, eu também preciso que ela tenha um Blackberry. O modelo mais recente. "

"Sim, senhor. Qualquer outra coisa, senhor? ", Diz ele.

"Charlie Tango já voltou ao campo Boeing?"

"Já, senhor."

"Gayle foi ver sua irmã durante minha ausência?"

"Sim, senhor. Você precisa dela para voltar mais cedo? "

"Não no momento. Eu vou lhe avisar. "

"Sim, senhor."

Meu olhar 'eu sou seu chefe’ amolece apenas um toque, e eu digo, "Taylor, como está sua filha?  Você e a mãe dela estão felizes com a escola que ela está frequentando? "

Seus olhos brilham com a menção de sua filhinha.

"Ela está muito bem,  Sr. Grey. Obrigado por perguntar. Estamos muito satisfeitos com a sua escola. É uma dos melhores. Obrigado por pagar suas mensalidades. Nós somos muito gratos, senhor. " Eu aceno com a cabeça.

Eu não me dou bem com gentilezas. Se eu pago uma escola particular para a filha de Taylor, ela é apenas como um bônus para que ele fique e trabalhe para mim. Eu posso ser um chefe exigente, com um motorista escravo, se você quiser, um maníaco por controle como a Srta  Steele iria colocá-lo, mas eu faço com que valha a pena. Se o empregado é valioso, eu recompenso a ele ou a ela muito bem. Mas, em troca exijo fidelidade cem por cento, e eu estou no controle deles todo o tempo. No velho oeste isto seria chamado de "marcar território." Você come, dorme, respira, trabalha, vive e morre para a fazenda e sua marca, se você quiser. Eu não espero nada menos. Se eles não estão dispostos a fazer isso, ou fizerem aquém, eu chuto fora. Eu não tenho tempo para dramas, nem eu preciso deles.

Chegar onde eu estou, sendo o ‘top dog’, não acontece se eu não tenho cem por cento de controle, cem por cento do tempo. Eu não posso esquecer nem perdoar erros. Eles são caros para mim, eles refletem muito sobre a empresa e, inadvertidamente, em mim, sendo como  sou o único proprietário, único titular, e única pessoa no controle. Os erros são tratados com uma ação rápida, de modo que o ofensor não se esqueça dela, para a próxima vez, e não os repita. Caras ‘legais’ não vencem.

Taylor é um funcionário excepcional escolhido a dedo entre centenas, se não milhares de possíveis candidatos. Ele tem quase 2 metros de altura, com cabelo estilo militar cortado curto, mandíbula bem marcada, 97 quilos de músculo, com olhos verdes e um temperamento calmo. Se ele se movimenta, ele pode dirigir, voar ou navegar sobre qualquer coisa de M-4 Sherman, Merkava, T-54, Challenger, a F-22, F / A 18 Hornet, F-16 para barcos anfíbios. Ele era um membro da Delta Force. Delta Force é tão secreta, que mesmo o Exército nem sequer reconhece a sua existência como não reconhece as armas de última geração ou aeronaves. Eles são super-soldados! Ele esteve em uma das SMUs (Special Mission Units) e tinha participado  de  algumas  missões bem conhecidas, e ‘de algumas que nunca ouviram falar, mas por causa dele e suas missões,  você dorme bem à noite ". Ele é um guarda-costas incrível e chefe  da minha segurança imediata, aos 35 anos de idade. Tendo estado em  missões de assalto, bem como em missões de resgate impossíveis, e as tendo concluído com sucesso, sob ataque pesado, que pareciam mais fogos de artifício  do 04 de julho, ele é bem tranquilo, e ele quase nunca fica nervoso em qualquer situação difícil.

Eu vi Taylor em ação, ele é rápido como uma víbora, furtivo como uma sombra silenciosa, e extremamente eficiente. Eu não sou facilmente impressionável e ele impressionou-me logo que eu coloquei os olhos sobre ele. Pode um homem fazer todas essas coisas? Taylor pode, eu só contrato os excepcionais. Ele é um dos melhores dos melhores, um diamante raro entre todas as jóias. Eu nunca o teria encontrado se um colega de faculdade  e sócio nos negócios, Alex Pella,  que me vendeu meu jato e me ajudou comprar Charlie Tango, não o tivesse me recomendado. Alex é outro homem que é parecido em sua compreensão dos negócios e eu suspeito de suas outras predileções. Você acaba  reconhecendo os outros "maníacos por controle" como a Srta Anastasia Steele teria dito.

Alex Pella tem a maior empresa particular  de venda de aeronaves, locação e  corretagem de Los Angeles, mas ele tem seus dedos em todos os tipos de ‘tortas’ quando se trata de aeronaves de  luxo e comerciais de clientes ricos como eu, até corporações e companhias aéreas com clientes em todo o mundo, desde os EUA continental até a América do Sul,  Ásia,  Europa e  África. Ele sempre está no seu elemento por onde passa, e alguns dos lugares onde  vai exigem um exército privado dele mesmo. Ele contratou alguns dos ex-membros da equipe de Taylor, e ele teria contratado ele também, mas isto iria  exigir freqüentes viagens fora do país,  com ausências por tempo extenso. Alex, sendo um megalomaníaco maior que eu, não quer qualquer tipo de anexos de família em sua equipe de segurança. Apesar do currículo impecável de Taylor e suas habilidades, ele teria sido cortado por Alex em circunstâncias normais, apenas por ter um filho, embora eu suspeite que ele teria feito uma exceção para ele por causa de suas habilidades excepcionais, se ele aceitasse a posição.

Quando eu estava pesquisando uma pessoa como Taylor, ele simplesmente caiu no meu colo cerca de quatro anos atrás. Funcionou bem para nós dois. Taylor é calmo, pesando os riscos bem, embora às vezes ele possa ser super protetor. Ele também tinha sido de uma empresa privada militar, mas ele queria estar perto de sua família,   já que seu casamento não deu certo. Raramente, um soldado que esteja em sua posição, pode colocar em primeiro lugar sua namorada, sua esposa, sua família, ou seu filho, mas trabalhar para mim permite a ele cuidar de sua ex e de sua filha também, e ele começou a ver sua filha com mais freqüência.

Taylor ama suas armas, e ele entende delas muito bem. Mas isso é um ponto que discordamos. Crescendo em uma casa onde as armas eram abominadas desde que minha mãe como médica teve que atender um monte de vítimas de tiros, eu também sou pelo controle de armas, na verdade eu apoio duas iniciativas de controle de armas no estado de Washington. Controle de armas é um ponto em que Taylor e eu profusamente discordamos. Normalmente, eu gostaria que ele não carregasse uma arma, mas ele negociou comigo quando eu o contratei. Foi seu limite rígido, e os limites rígidos são algo que eu entendo bem. Ele tinha que ter armas, e eu sabia  que ele iria se tornar um empregado valioso, por isso concordei.

Dizem que as pessoas encontram o amor em todos os tipos de lugares estranhos,  o que é certamente verdade para Taylor. Depois que ele começou a trabalhar para mim, ele encontrou o amor certo na minha cozinha, na Sra. Jones, a minha empregada, que é viúva. Ela é uma outra funcionária excepcional, alguns anos mais velha do que Taylor, mas novamente, alguns homens gostam de mulheres mais velhas. O pensamento de encontrar o amor em lugares estranhos traz meus pensamentos de volta a Srta Steele. O que é que eu sinto por ela? Eu tenho medo de nomeá-lo. Eu, Christian Grey que dificilmente  tenho medo de alguma coisa, estou com medo dos sentimentos por uma jovem inocente. O que eu sinto por ela realmente me assusta! Ícaro para o sol. Ela vai queimar-me, mas eu não posso escapar de sua sedução. 

Break Your Heart - Taio Cruz

"Se isso é tudo que você necessita, senhor", disse Taylor puxando-me dos meus devaneios, "Eu vou fazer os arranjos para o computador da Srta Steele," Eu concordo. Ele sai.

Eu tenho um monte de negócios para completar hoje, então eu salto para o trabalho no meu laptop. Antes que eu perceba, já são seis horas, eu vou trabalhar por uma hora, em seguida, volto para a minha suíte, para  tomar um banho rápido, e peço o jantar no fim, com meus pensamentos na Srta Steele. Será que ela já leu o contrato? Será que ela vai correr para as montanhas? O que eu farei se ela fizer isso? Posso lidar com isso? Eu preciso de um plano de backup para convencê-la. E se ela não quiser nosso acordo?

Eu a quero muito. Eu nunca quis nada tanto! Depois de todas essas mulheres, todos esses anos, nada realmente funcionou para a minha satisfação, e aqui está ela, um diamante em bruto, mas apesar de tudo um diamante, que algumas pessoas passam a vida inteira para encontrar, está aqui ao meu alcance! Eu não posso me contentar com algo inferior depois que eu a segurei, saboreei, amei, fodi, e reivindiquei. "Ela é minha!" Geme meu subconsciente. Eu morreria se eu a visse nos braços de outra pessoa, aos cuidados de outra pessoa, que não a valoriza como eu. Eu tenho que tê-la cem por cento, e não posso fazê-lo sem a sua concordância com os meus termos. Essa é a única maneira que eu sei como. Mas eu não posso tê-la me desafiando. Ela não tem nenhum senso de auto-preservação! Eu pude ver isto quando ela ficou bêbada, quando ela aceitou chamadas do quase estuprador, sabendo como ele se sente sobre ela, ela ainda está em contato com ele, sob o pretexto de alguma equivocada amizade, e ela não come! Como é possível isso? Não, uma vez que eu tenha sua concordância com o contrato e sua assinatura, eu posso cuidar dela. Se ela sair da linha, vou ter o prazer de colocá-la de volta. O pensamento me faz sorrir. Minhas mãos já estão se contraindo com o pensamento e isto faz algo para o meu interior, torcendo e puxando.

Eu como o meu jantar em minha suíte. Taylor aparece, limpa a garganta.

"Sr. Grey? "

"Sim, Taylor," eu digo.

"O laptop da Srta Steele está sendo encaminhado de Cupertino, Califórnia. Ele deve ser entregue no início da manhã, em seu apartamento, por um técnico que vai configurá-lo para ela. " Eu concordo.

"E a sua conta de e-mail?"

"Ele já foi criada. Detalhes das informações do login de sua conta foram enviados por e-mail  para o senhor. "

"E sobre o Blackberry?" Eu pergunto.

"A versão que você solicitou vai ser entregue esta semana porque ele ainda não está disponível."

"Informe-me quando. Isso é tudo, Taylor. Você pode se recolher, se quiser.”

"Boa noite, senhor", diz ele. Concordo com a cabeça.

Eu ligo meu laptop e entro em minha conta de e-mail, animado como um menino de escola enviando a uma menina seu primeiro e-mail. Eu não sei o que há de errado comigo. Eu não posso me impedir, mas sorrio de orelha a orelha! Eu tenho essa sensação de paz quando eu penso nela como se ela fosse tudo que eu quero, tudo que eu preciso, e tudo que eu desejo! Isto nunca vai terminar


Nocturne from The Secret Garden

Eu pego a informação da conta de e-mail e digito um e-mail para ela: 
______________________________________________
De: Christian Grey
Assunto: o seu novo computador
Data: 22 de maio de 2011 23:36
Para: Anastasia Steele
Querida Srta Steele
Espero que tenha dormido bem. Eu gostaria que você desse uma boa utilização para este laptop como já discutimos.
Estou ansioso para o nosso jantar na quarta-feira.
Se você tiver perguntas antes disto via e-mail, eu ficarei feliz em respondê-las.
Christian Grey
CEO, Grey Enterprises Holdings Inc.
_______________________________________________

Vou para a cama deitando lá acordado . Minha mente está vagando, pensando em Anastasia. Eu não consigo dormir. Eu me mexo  e me viro. O que diabos está errado comigo? Este deve ser um acaso. Eu pego o meu iPad, e percorro os meus livros digitais. Distraidamente, eu acho a Tess de D'Urbervilles. Eu percorro os capítulos. Ela optou pela humilhação. Menina corajosa ...

"A influência que tinha passado por Clara como uma excitação do céu não terminou. Resoluções, reticências, prudência, medo, caíram como um batalhão derrotado. Ele pulou de seu assento, e, deixando seu balde para ser chutado caso o mamífero tivesse uma mente, passou rapidamente para o desejo de seus olhos, e, ajoelhando-se ao lado dela, apertou-a em seus braços ... " Droga ! Isso é o que eu gostaria de fazer agora.

Eu fecho meus olhos e, aleatoriamente, percorro as páginas, abrindo os olhos de novo e eu paro quando vejo a citação que diz: "Assim, a coisa começou. Se ela tivesse percebido a importância deste encontro, ela poderia ter perguntado por que ela estava condenada a ser vista e cobiçada neste dia pelo homem errado, e não por algum outro homem, o certo e desejado em todos os aspectos ... "

Eu sou o homem errado para ela? Eu gostaria de ser o certo. Eu a quero demais. E se eu machucá-la? Não fisicamente, mas emocionalmente. Ela não está acostumada com meus caminhos escuros, nem minha alma escura, mas quando eu a vejo, eu vejo o sol. Eu sinto minha juventude. Sinto sua presença corpo e alma! E de alguma forma eu esqueço o mundo, de modo que meus cinquenta tons de  fodido ficam bem escondidos sob a superfície. Eu sigo um pouco mais e vejo a frase que me arrepia até os ossos:

"Saindo da frigideira para o fogo!" Porra! Isso não é o que eu quero fazer com ela. Mas, se ela ler seu contrato, e compreendê-lo bem, isso não vai  acontecer com ela! Ela é uma mulher adulta, pelo amor de Deus! Ela pode tomar suas próprias decisões. Por que não consigo dormir logo! Eu preferiria ter os pesadelos carregados com a prostituta de crack que era minha mãe e seu cafetão horrendo? Que lugar difícil eu estou!

"Minha vida parece ter sido desperdiçada por falta de chances! Quando vejo o que você sabe, o que você leu, e viu, eu penso, eu sinto que eu sou  um nada! "Oh foda! Duplamente foda! O que ela vai pensar de mim quando ela ler o contrato em sua totalidade? Vou dar nojo a ela? Será que ela vai me odiar por isso? Será que ela vai entender? Será que ela vai querer me dar uma chance de tentar com ela?

Enquanto eu percorro os capítulos, eu leio "Eu concordo com as condições, Angel, porque você sabe melhor qual será meu castigo! Apenas - apenas - não o torne maior do que eu posso suportar". Minha  respiração suspende e eu estou estranhamente cheio de esperança. Ela escolheu a humilhação, e ela deve apenas, deve apenas concordar com meus termos. Apenas o pensamento dela está rasgando minha vida em pedaços e não há nada que eu possa fazer sobre isso.

Eu fecho meus olhos e abraço o meu iPad como se fosse Anastasia, e derivo lentamente para o sono.

*****

"Eu quero você!" Sussurra Anastasia com fervor, seus olhos azuis em fogo. Minha respiração suspende. Ela me quer? Meu subconsciente pergunta. A mim? Mesmo embora eu seja completamente fodido! Ela me quer! Minhas mãos alcançam seu rosto, meu olhar fixo sobre ela, olhando, procurando, sondando, e tentando decifrar esta bela jovem. Ela me quer! A mim! A casca de um homem que não a merece!

"Por que Anastasia?" Pergunto-lhe atentamente. "Por que você me quer?"

"Eu te amo, Christian!" Ela sussurra, baixando seu olhar, olhando para as mãos pequenas. Minha respiração para, e eu sou incapaz de respirar por um minuto, como se alguém tivesse sugado todo o ar da sala. Eu fecho meus olhos saboreando este momento, saboreando-a.

"Por que você me ama? Você não sabe como eu sou fodido. Tanto que me enoja! Todos os 50 tons disto! Eu não sou nada ... " Eu divago.

"Você NÃO é nada!" Ela fala com fervor. "Você é o ar, e o sol para mim. E de alguma forma eu estava dormindo até que você apareceu na minha vida varrendo tudo com sua presença. Você é um homem BOM, Christian, " diz ela com um gesto de sua mão, " e agora que você está aqui, na minha vida, pela primeira vez  eu sinto que eu estou acordada. Por favor,  não me envie de volta ao nada, Christian ", ela pede.

Como eu poderia resistir a ela quando ela me pede assim?

"Anastasia", eu a inalo. "Eu sou apenas a casca de um homem," com tristeza nos meus olhos. "Eu não posso dar o que você quer. Eu não sei como... Eu não sei se ainda sou capaz disto. Eu estou muito quebrado por dentro. Tão fodidamente quebrado, que pode ser impossível consertar!"

"Eu não me importo! Vou pegar você de qualquer maneira que eu possa! ", Diz ela, e suas palavras são a minha ruína. Eu cruzo o último centímetro até seu rosto, tão rápido, que eu já estou invadindo sua boca com meu beijo exigente. Eu estou devorando-a, reivindicando-a, saboreando-a, e não era suficiente! Minhas mãos estavam em todo o lugar. Minha mão direita perdida em seu cabelo, os dedos entrelaçados nos fios puxando-os para baixo, forçando a cabeça dela a inclinar-se, para se render a mim, à minha vontade, à minha exploração e à minha masculinidade.

Agh! Eu gemo. Arranquei-a do chão, sem interromper o beijo, suas pernas instantaneamente enroladas no meu tronco. Eu gosto disso. Eu empurro nela durante  a caminhada enquanto eu a beijo e acaricio.

Ela captura o meu lábio inferior no cativeiro de seus dentes. Ela o belisca e o suga, duro! Estou prestes a convulsionar com isso.

"Anastasia, se você continuar fazendo isso", eu rosno roucamente, "Eu vou te foder quer você queira ser fodida ou não! Você entendeu? "Ela me suga ainda mais forte, ignorando completamente o meu aviso! Que mulher ela é, que garota exigente!

Eu movo as minhas mãos, para baixo e minhas mãos arrancam sua camiseta, desabotoando seu sutiã, trazendo seus seios para a vida. Meus olhos em chamas com o desejo, eu agarro seus seios em minhas mãos, abaixando minha cabeça e capturando um dos mamilos com os dentes, enquanto ela engasga com prazer. Minha língua roça neles, meus lábios soprando levemente. Sua cabeça tomba para trás, seus olhos rolando em suas órbitas. Meu polegar e indicador escovam o outro mamilo, enquanto eu torturo prazeirosamente este com os ataques implacáveis ​​da minha boca.

"Christian", ela grita com prazer, embora o meu nome seja uma palavra de difícil compreensão,  atada com seus gemidos. "Tome-me agora! Por favor! " Ela implora.

"Tudo a seu tempo, baby..." eu sussurro.

Ela esfrega os quadris nos meus. Ela tenta me tocar no peito com as mãos se movendo distraidamente. Eu as capturo num movimento rápido com uma das minhas mãos.

"Hmm ..." Eu sorrio. Nós vamos ter que fazer algo sobre isso.

Eu a levanto do  chão colocando seu tronco em topless sobre meu ombro e levo-a para a minha cama. Eu a coloco na cama,  me ajoelho e desato seus sapatos, e tiro suas meias. Então eu quase rasgo sua calça jeans e calcinha.

"Arqueie as costas para mim!" Eu ordeno. Ela olha confusa.

"Anastasia, arqueie as costas para mim!" Ordeno novamente.

"Certo", ela sussurra com expectativa. Ela se move para trás, e ergue o corpo do colchão. A idéia de que eu vou estar dentro dela faz minha ereção crescer. Eu estendo a mão e esfrego os mamilos apenas com as pontas das minhas unhas,  enquanto ela geme de prazer. Minhas unhas viajam habilmente para baixo em seu tronco e paro quando eu chego a seu umbigo. Meus dedos circulam o umbigo, com pressão suficiente para que ela saiba o que está por vir, fazendo-a me desejar mais, me querer, me esperar, e exigir-me com uma paixão que tudo consome. Meus dedos percorrem seu osso púbico e param.

"Oh, por favor! Não pare Christian! Eu imploro! " Ela geme. Dou-lhe um sorriso lascivo.

"Oh baby, o tempo de parar,  passou. Eu não vou parar, mesmo que você me suplique..." eu sussurro. E minha palma da mão cobre seu sexo e ela arqueia ainda mais. Eu me inclino para baixo,  energicamente colocando suas pernas afastadas, forçando a minha entrada. Meus jeans e cuecas já estão fora, e minha ereção tem vontade própria , tentando capturar e reivindicar a Srta Steele novamente. Eu me inclino para baixo e inalo seu sexo como um buquê de flores raras. Seu perfume especial que passou a ser a minha marca favorita... Minha língua dardeja para fora para prová-la, e ela é deliciosa. Ela suspira, arqueando os quadris na direção de minha boca e da minha língua expectante. Minhas mãos descem e apoiam o traseiro incrivelmente arredondado dela. Eu dou nele um aperto. E minha língua invade seu interior enquanto o prazer corre através dela. Eu giro dentro dela,   habilidosamente. Então eu insiro rapidamente meu indicador e dedo médio dentro dela,  encontrando-a molhada no interior, e pronta.

"Christian! Eu estou implorando! Por favor! Estou em combustão,  " ela grita.

"Baby, eu estou indo afundar em você, e eu não vou parar! Está preparada para isso? "

"Sim! Apenas cale a boca e me foda! "

Eu rio o mais amplo possível, "Sim, senhora!" 

Sex on Fire by Kings of Leon

"Abra suas pernas para mim, baby!" Ela o faz, e eu as empurro e abro ainda mais. Eu rasgo o preservativo, cobrindo meu comprimento e empurro nela. Tomando-a, empurrando-a, arqueando-a, minha ‘espessura’ necessitando de seu sexo.

"Eu vou fazer você ficar dolorida e totalmente feliz, baby!" Eu digo enquanto eu bato, bato, e bato nela, reivindicando-a de novo e de novo. De repente, eu puxo para fora dela, e a viro pelas pernas e levanto o seu traseiro no ar, pronta para me receber de novo. Eu não me canso dessa mulher! Eu insiro o meu comprimento nela de novo, e a reivindico.

"Oh baby! Isto é tão profundo! Tão próximo! Oh porra! " Reivindicando-a, fundindo-me com ela como se nada fosse o suficiente, eu estoco contra ela de novo e de novo, outra vez.

Seus gemidos e grunhidos ficam mais altos. "Goze para mim, baby!" Eu grito e é a sua ruína e nós dois gozamos juntos, em voz alta, acabados. Eu a rolo para o lado, sem puxar para fora dela, em conchinha, segurando-a firme,  minhas mãos distraidamente viajando sobre os seus lados e seus seios. Há brilho de suor entre nós dois. Sua mão avança para trás enquanto estamos deitados, e roça o meu rosto. Eu fecho meus olhos para seu toque, inclinando-me para ele. Eu viro sua mão, e beijo sua palma. Sinto o seu sorriso cansado.

"Durma, doce Anastasia ..." Eu digo, abraçando-a.

Eu puxo para fora dela, tiro o preservativo amarrando-o e jogando-o ao chão, em seguida, volto-me para puxar mais os lençóis, ainda tocando-a,  em conchinha, enquanto um choque constante de eletricidade passa através de nossos corpos. Eu aliso seu cabelo e inalo o cheiro dela profundamente.

Todo mulher, sabonete, baunilha, e minha Anastasia! Minha mão rola para o lado, enquanto eu me  viro.
Um ruído alto ... Clunk!

O ruído me trás de volta ao meu corpo. Meus olhos se arregalam abertos.

Droga! Deixei cair o iPad no chão. Minha mão distraidamente verifica o meu lado para descobrir que Anastasia não está aqui na cama. Eu olho em volta. Ela estava aqui na noite passada?

Eu gemo quando a compreensão surge em mim. Ela invade mesmo meus sonhos, me confundindo! Ela me enfeitiçou de corpo e alma! E eu tive a porra do mais quente ‘sonho molhado’ da minha vida! 

Meus olhos desviam para o despertador ao lado da cama. Ele marca 06h12. Ela provavelmente ainda está dormindo. Eu chuto as cobertas de cima de mim. Normalmente, não é meu hábito tomar um banho antes de treinar, mas tendo em vista a noite quente que eu tive com a Srta. Steele, em meu sonho, um chuveiro é obrigatório e necessário. "Junto com lençóis limpos!" Meu subconsciente diz.

Depois do meu chuveiro, eu vou para a academia e corro 12 quilômetros, e levanto peso e malho tão duro quanto eu posso, para me livrar dessa energia reprimida. Para todo lugar que eu me viro, eu a imagino, e isso só amplifica o que eu estou sentindo por ela, e o desejo maldito só aumenta como um rio sem fim!

Depois de meu treinamento duro, eu me encaminho de volta para a minha suíte, e tomo outro banho. Eu coloquei as minhas calças de flanela cinza com minha camisa branca de marca. Eu coloco minhas meias e o Converse. Meu café da manhã chega. Eu leio o Seattle Times e o Wall Street Journal, enquanto tomo o café-da-manhã.

Taylor vem para ser informado sobre os planos do dia. Quando eu estou a ponto de lhe responder, meu Blackberry vibra com o recebimento de um e-mail. Eu aponto  meu dedo para Taylor para esperar um minuto, um pouco irritado pela interrupção. Mas meu rosto muda assim que eu vejo quem é o remetente.

"Taylor, você pode ir. Eu vou falar com você quando eu terminar com isso", eu digo passivamente.

Ele balança a cabeça, "sim, senhor".

Anastasia enviou um e-mail de seu laptop novo para mim! Eu nervosamente abro a mensagem. Eu franzo a testa. Ela é incorrigível. Por que ela não pode aceitar um presente? Por que ela não pensa “cavalo dado não se olha os dentes?”

____________________________________________
De: Anastasia Steele
Assunto: ‘Seu’ novo computador (por empréstimo)
Data: 23 de maio de 2011 08: 18
Para: Christian Grey
Caro senhor
Por alguma estranha razão eu dormi muito bem. Eu estava com a suposição de que este laptop era por empréstimo, não meu.
Ana
_______________________________________________

Bem, seu tom de voz me diz que ela leu o contrato, ou deu uma olhada nele. Isso me agrada. Eu me vejo quase tropeçando no carrinho de comida, enquanto corro para o meu laptop para digitar uma resposta. Eu não quero perder meu tempo com as teclas pequenas do Blackberry.
_______________________________________________
De: Christian Grey
Assunto: ‘Seu’ novo computador (por empréstimo)
Data: 23 de maio de 2011 08:21
Para: Anastasia Steele
O laptop está emprestado indefinidamente, Anastasia.
Percebi pelo seu tom que leu o contrato que lhe dei.
Você tem alguma pergunta até agora?

Christian Grey
CEO, Grey Enterprises Holdings Inc.
_______________________________________________

Estou esperando ansiosamente por ela para me enviar uma resposta. Ela está me contatando. Isso é bom. Ela não está correndo para as colinas. Dá-me a esperança de que ela está pensando. Eu estou ficando fora de mim com essa porra de espera. Poucos minutos depois, o meu e-mail ding novamente, e ela me escreveu uma resposta. "Controle-se e pare de agir como o porra de um adolescente!" Meu subconsciente me repreende.
_______________________________________________
De: Anastasia Steele
Assunto: Mentes Inquiridoras
Data: 23 de maio de 2011 08:24
Para: Christian Grey
Eu tenho algumas perguntas, senhor, mas elas não deveriam estar em um e-mail, e como você sabe alguns de nós temos de trabalhar para viver.
Eu não quero nem preciso de um laptop por tempo indeterminado, bondoso Senhor.
Até mais tarde, bom dia para você, Sr. Grey.
Ana
_______________________________________________

Oh, você, garota provocadora, provocadora! O que eu gostaria de fazer com você para domar essa sua boca inteligente! Eu digito uma resposta imediatamente.
_______________________________________________
De: Christian Grey
Assunto: ‘Seu’ novo computador (por empréstimo)
Data: 23 de maio de 2011 08:27
Para: Anastasia Steele
Laters, baby.
PS: Eu trabalho para viver também.
Christian Grey
CEO, Grey Enterprises Holdings Inc.
_______________________________________________

Ela está indo trabalhar logo.

Eu terminei meu café da manhã, e estou sentado à grande mesa.

"Taylor!" Eu chamo.

Ele aparece imediatamente: "Sim, senhor."

"Como anda o  Blackberry para Miss Steele?"

"Não ETA (N.T. Estimated Time of Arrival – Tempo Previsto de Chegada) ainda, senhor." Deus, ele faz parecer uma missão de resgate!

"O que é que há  que eles não podem produzir um único telefone?"

"Ele ainda não saiu no mercado senhor, e este tem de ser enviado a partir da produção."

"Tudo bem", eu digo categoricamente, sentindo-me petulante.

"Deixe-me saber quando você tiver o ETA, e tenha tudo configurado com o e-mail, e as minhas informações de contato."

"Como desejar, senhor", diz ele, educadamente. Concordo com a cabeça brevemente.

"Eu pretendo ir para o projeto agrícola de cultivo da WSU hoje. Pegue-me em meia hora no saguão," eu digo, e isso é a deixa para ser dispensado. O resto do dia é chato, cuidando de negócios, mantendo as pessoas em ordem onde eu fiz doações de grandes somas. Minha mente está sempre divagando sobre a Srta Steele. Embora eu saiba que ela está no trabalho, não sei com quem ela está falando, nem se o irmão do proprietário ainda está pendurado nela possessivamente, ou se o  porra do fotógrafo finalmente conseguiu falar com ela para encontrá-la. Estou ficando fora de mim. Eu tenho que ter contato com ela em todos os momentos. Finalmente, quando o meu dia de trabalho acaba, eu envio-lhe um e-mail. Ela também deve estar em casa cedo, se ela não passou por algum outro lugar. Ela tem uma montanha de documentos para ler. Era melhor ela voltar para casa e começar a estudá-los já.

Eu apressadamente escrevo-lhe um e-mail. O que eu digo? Eu reflito sobre isso na minha mente.

"Querida Anastasia,

Eu perdi o dia todo. Eu não podia esperar para você chegar em casa. "

Não! Risca isto! Soa como um adolescente!

"Olá Ana

Como foi o seu dia de trabalho? Fiquei pensando em você todo dia. Eu não conseguia me concentrar. "

Porra! O que há de errado comigo? Regra # 1. Essas são coisas que você não diz a uma garota imediatamente, mesmo se é isso que você está sentindo. Tente de novo:

_______________________________________________
De: Christian Grey
Assunto: Trabalhando para viver
Data: 23 de maio de 2011 17:20
Para: Anastasia Steele
Querida Srta. Steele
Espero que o seu dia de trabalho tenha sido ótimo.
Christian Grey
CEO, Grey Enterprises Holdings Inc.
_______________________________________________

Assim é melhor. Simples, interessado, mas não no topo. Eu clico em enviar.

10 minutos ... Sem resposta ainda. Ela não chegou em casa ainda? Onde diabos este Blackberry está? Eles estão redesenhando-o a partir do zero?

20 minutos ... Eu me encontro andando na suíte, e fazendo Taylor ficar desconfortável. Ele sabe que eu estou nervoso.

25 minutos ... Abro o frigobar. Encontro o vinho branco, e sirvo-me de uma taça, ainda andando.

27 minutos ... Meu Blackberry vibra com uma mensagem de e-mail na caixa de entrada. Pelo canto do meu olho eu vejo Taylor exalar um suspiro de alívio. Deus! Esta mulher pode tornar todos os homens nervosos! Incluindo a minha equipe de segurança que esteve numa guerra de verdade!

Taylor calmamente sai da sala, quando ele vê o alívio na minha cara, depois que eu confirmo o remetente da mensagem. Lê-se:

_______________________________________________
De: Anastasia Steele
Assunto: Trabalhando para viver
Data: 23 de maio de 2011 17:47
Para: Christian Grey
Caro Senhor... Eu tive um dia muito bom no trabalho.
Obrigado por perguntar.
Ana
_______________________________________________


Eu rio de orelha a orelha! Então eu gemo bem alto! O que ela está fazendo comigo? Como podem duas frases simples excitar-me e dar-me tesão? Argh! Ana, leia o documento, assine-o, e me coloque fora da minha miséria já!

_______________________________________________
De: Christian Grey
Assunto: Faça o trabalho!
Data: 23 de maio de 2011 17:49
Para: Anastasia Steele
Querida Srta Steele
Estou muito feliz que você tenha tido um bom dia. Mas será que você poderia fazer a sua investigação? Você não pode fazer isso enquanto você me envia mensagens.
Christian Grey
CEO, Grey Enterprises Holdings Inc.
_______________________________________________

Eu clico em enviar. Menos de cinco minutos depois, meu blackberry vibra de novo!
_______________________________________________
De: Anastasia Steele
Assunto: Peste (N.T. Pessoa irritante)  local
Data: 23 de maio de 2011 17:52
Para: Christian Grey
Sr. Grey, há uma peste local que me manda e-mails me mantendo com a tarefa sem acabar. Ele realmente deve ser parado. Estou tentando trabalhar para um outro ‘A’ aqui.
Ana
_______________________________________________

Que merda! Ela vai me fazer arder aqui! Eu sorrio tão grande que o meu rosto dói, e se ela estivesse aqui, eu arrancava suas roupas, a amarrava e dava um jeito nela já. Assim como está, ela está determinada a me torturar. Oh, as possibilidades do retorno... Anastasia, baby, você não sabe o que eu posso fazer com você... Como eu posso ter você implorando por mim, e provocar e torturar você para uma conclusão,  como você está fazendo comigo agora! Ela é uma provocadora ...
_______________________________________________
De: Christian Grey
Assunto: Impaciente
Data: 23 de maio de 2011 17:54
Para: Anastasia Steele

Querida Srta Steele

Você poderia,  por favor,  parar de me mandar e-mails  e fazer o seu trabalho? Quanto mais cedo você terminar de estudar, quanto mais cedo eu posso ter a chance de conceder-lhe um outro A.                                                               
Eu ainda estou cambaleando pelo primeiro que foi tão bem merecido. ;)

Christian Grey                                                                                                                                                                               
CEO, Grey Enterprises Holdings Inc.                                                       _______________________________________________

Coloque isso no seu cachimbo e fume, Srta Steele. Dois podem jogar esse jogo ... Outro buzzz ... Vamos lá! Você está me matando aqui!                                                   
______________________________________________
De: Anastasia Steele
Assunto: Tópico de pesquisa
Data: 23 de maio de 2011 17:58
Para: Christian Grey
Sr. Grey,
Eu estou perdida aqui sobre que tipo de linha de pesquisa que eu deverei colocar no buscador.
Ana
_____________________________________________

Oh! Ela precisa de ajuda com a lição de casa. Isso é ótimo. Eu posso ajudar.
______________________________________________
De: Christian Grey
Assunto: Impaciente
Data: 23 de maio de 2011 18:00
Para: Anastasia Steele

Querida Srta Steele

Comece com a Wikipedia. Há um monte de informações lá.
E não me mande mais nenhum e-mail a menos que você tenha dúvidas. Entendido ?

CEO, Grey Enterprises Holdings Inc.
_______________________________________________

Outro buzz! Deus! Será que alguma vez ouve? Ela é afinal uma submissa? Mesmo em um pequeno minúsculo pedaço?
______________________________________________
De: Anastasia Steele
Assunto: Mandão!
Data: 23 de maio de 2011 18:02
Para: Christian Grey
Tudo bem! Você é muito mandão ... oh, sim, Senhor!
Ana
_______________________________________________

Ela está segundo o meu próprio coração. O que eu faço com suas formas brincalhonas, provocadoras? Eu estou sendo torturado aqui por uma garota inocente de 21 anos de idade! Eu gostaria de dar a recíproca, se ela finalmente terminar seu trabalho. Eu clico responder.
_______________________________________________
De: Christian Grey
Assunto: No controle
Data: 23 de maio de 2011 18:04
Para: Anastasia Steele
Baby, você não tem nem idéia.
Talvez você pode apenas ter alguma pista. Faça o trabalho.
Christian Grey
CEO, Grey Enterprises Holdings Inc.
_______________________________________________

Agora eu espero novamente. Eu odeio esperar. Eu tento me ocupar com o meu trabalho acumulado, passando através de aquisições de negócios e novos empreendimentos. Isto deve ocupar metade do meu cérebro por enquanto. Eu passo as próximas duas horas e meia trabalhando. Então eu salto com o zumbido do meu Blackberry.

Ela tem uma pergunta. Ela provavelmente tem neste monte de documentos. Eu ansiosamente abro a mensagem, e ela consegue me deixar de queixo caído!
_______________________________________________
De: Anastasia Steele
Assunto: Chocada da WSUV    (N.T. Universidade de Washington)
Data: 23 de maio de 2011 20:33
Para: Christian Grey
Tudo bem, eu acho que já vi o suficiente.
Foi legal te conhecer.
Ana
_______________________________________________

O quê?? Não, Não, Não! Estou duplamente exasperado, ambas as mãos correndo pelo meu cabelo. Ela não pode simplesmente largar-me sem me dar uma razão! Bem, ok, há uma razão. Ela pode não estar pronta para o que eu estou pedindo a ela, mas eu não quero que ela faça isso por e mail. Ela está fugindo! Eu não aguento isto! Eu tive um difícil dia de merda sem vê-la. Minha mente foi enlouquecendo e eu aqui fui enlouquecendo Taylor com meu nervosismo. Deus, não! Eu sinto meu coração apertando, e eu não consigo respirar! Eu quero que ela me diga que ela não me quer na minha cara. É melhor que eu fodidamente a lembre como foi legal me conhecer. Se ela não me quiser depois,    eu termino com ela ... Não, eu não posso pensar nisso. Ela tem que saber que estamos bem juntos. Bem um com o outro!

Eu marco a discagem rápida, "Taylor!"

"Sim, senhor", ele responde após o primeiro toque.

"Eu estou indo para o apartamento da Srta. Steele", eu digo um pouco nervoso.

Ele fica preocupado com o tom da minha voz, "Está tudo bem, senhor? Ela está bem?" Por que ele está todo preocupado e piegas sobre ela?

Eu falo através dos meus dentes cerrados. "Sim." Eu desligo.

Chego em sua porta em quinze minutos. Eu toco a campainha, e sua companheira de quarto atende. Ela estreita os olhos.

"Grey", diz ela, como forma de cumprimento.

"Srta. Kavanagh," eu digo brevemente.

"Estou aqui para ver Anastasia", eu digo explicando a minha presença.

"Ela está em seu quarto", diz ela, e abre mais a porta para me deixar entrar. Eu tenho as chaves do carro na mão, torcendo-as em um gesto nervoso. Eu ando lentamente para a porta de Anastasia. Eu silenciosamente abro para não perturbá-la. Ela está sentada em sua mesa, seu cabelo está em ‘maria chiquinha’ tirando o meu fôlego, com fones de ouvido, ouvindo seu iPod e estudando o contrato que eu lhe dei! Meu coração salta com um suspiro de alívio. Ela ainda pode estar considerando. Mas ainda tenho de convencê-la.

Ela sente a minha presença na porta, e levanta os olhos de sua tarefa. Lentamente tirando seus fones do ouvido, completamente chocada ao me ver ali.

"Anastasia,  boa noite", eu digo friamente, cumprimentando-a. Minha expressão cautelosa e  ilegível. Há um vulcão crepitando em baixo, mas é uma expressão que eu domino. Minha respiração suaviza. Ela parece quente, suada de um treino, corrida? Estou satisfeito. Confuso, mas satisfeito. Ela treinou. Tem possibilidades. Ela também está sem fala. Eu ando alguns passos em seu quarto.

"Eu senti que a sua mensagem de e-mail necessitava uma resposta em pessoa," eu digo secamente.

"Ah", um gemido quase inaudível escapou de sua boca. Ela ainda está muda, sem palavras, e completamente perdida.

"Posso me sentar?" Eu digo apontando a cama. Sua expressão do rosto "por uma vez eu perdi minha boca inteligente"  faz  coisas dentro de mim. Tenho um brilho malicioso nos olhos. Oh, baby, eu tenho idéias do que eu quero fazer com você!

Eu friamente olho ao redor. "Eu sempre quis saber como seria o seu quarto, Anastasia", eu digo. É um quarto simples, funcional e acolhedor. Ela tem móveis de vime simples, uma cama de solteiro, e uma colcha de cama acolchoada. Limpo, simples e pacífico.

"É muito sereno e tranquilo aqui", eu digo distraidamente. Ela está olhando para uma rota de fuga. Baby, você não é rápida o suficiente para mim! Eu poderia pegar você até dormindo! Você não vai escapar de mim! Não até eu lhe dar tudo o que tenho, e então vamos ver se você ainda quer me deixar!

"Como?" Ela respira sem ser capaz de terminar a frase.

Eu sorrio para ela. "Eu ainda estou na cidade, no Heathman." Ela acabou de rolar os olhos para mim? Ela balança a cabeça, e pergunta: "Você gostaria de algo para beber?"

"Não, obrigado, Anastasia", eu digo educadamente, sorrindo. Ela perde o fôlego. Eu inclino  minha cabeça para o lado. Vamos começar a trabalhar, Srta Steele.

"Então, foi legal conhecer-me?" Eu digo olhando para ela. Eu não sei o que ela lê em minha expressão. Estou demonstrando mágoa? Espero que não. Eu aprendi a encobrir as minhas emoções há muito tempo. Ela baixa os olhos, e olha para as mãos pequenas.

"Eu pensei que você ia me enviar um e-mail como resposta", diz ela, distraída, e começa a mastigar o lábio inferior.

Droga! Ela está tentando me torturar aqui? Se ela está, está fazendo um grande trabalho!  Primeiro ela manda e-mail me dizendo que foi legal conhecer-me, como se ela não quisesse mais me ver, e quando eu apareço aqui, ela usa todos os seus inocentes truques femininos completamente sem esforço e intenção de me torturar, e agora ela mastiga o lábio inferior me chamando para fodê-la! Ela sabe o que me faz! Por que ela é como uma provocação?

"Você está mordendo o lábio inferior de propósito?" Eu pergunto, minha paixão escurecendo minha voz. Ela ofega e libera o lábio.

"Oh, eu sinto muito. Eu não estava consciente de que eu estava fazendo, " ela respira suavemente.

Neste pequeno cômodo,  com ela tão próxima, o ar está pesado com estática e paixão. É pior do que o elevador do Heathman! Eu mal posso me conter. Ela está perto o suficiente para tocar. Eu sento de frente colocando os cotovelos sobre os joelhos, separando minhas pernas para que ela veja efeito que ela está tendo em mim. Ela suspende a respiração. Inferno! Eu não agüento mais isso! Eu me inclino para  frente e alcanço os seus cabelos. Ela está de ‘maria chiquinha’, e eu lentamente os retiro do cativeiro do prendedor de cabelo. Eles caem livres sobre os ombros. Ambos estamos respirando superficialmente. Ela parece hipnotizada enquanto ela me enfeitiça. Corro os dedos pelos seus cabelos.

Mais uma vez, percebendo sua roupa, eu suspiro, "Então você decidiu fazer algum exercício," Eu digo com aprovação e prazer na minha voz. Ponho o cabelo dela atrás das orelhas. Eu quero saber por que ela quer me deixar. Por que ela está decidindo contra nós. Eu sou tão ruim para ela?

"Por que, Anastasia?" Eu respiro com um grande esforço para esconder minha preocupação. Meus dedos trabalham seus lóbulos das orelhas suavemente, circulando-os e esfregando-os ritmicamente. Eu sei que ela vai sentir isso em sua virilha, e seu sexo. Ela inclina a cabeça em meus dedos, distraidamente.

"Eu só preciso de tempo para pensar", ela sussurra , seus olhos desejosos. Estou como Ícaro de boa vontade correndo para o sol? Ela não sabe disso? Porque isso é exatamente o que eu sinto... Que eu não posso escapar de sua sedução. Como uma mariposa para a chama. Eu estou disposto a queimar por ela! Ela não sabe disso?

"Sobre o que você deseja pensar,  Anastasia?" Eu pergunto, suavemente.

"Você", ela sussurra suavemente.

Dou-lhe um sorriso amargo, dizendo: "e você decidiu que foi legal conhecer-me? Conhecer-me no sentido bíblico? " ela cora lembrando o que fizemos juntos. Como nos encaixamos perfeitamente, e o tango, e chegamos a lugares que nenhum de nós pode ir sozinho ou com outra pessoa. Ela se lembra. E eu? Eu não consegui tirá-la da minha cabeça, nem mesmo em meus sonhos.

Ela se mexe, e sussurra: "Eu não sabia que você estava familiarizado com a Bíblia, Christian."

"Ah, eu ia à escola dominical, Anastasia. As coisas que você pode aprender lá..." Eu silencio.

"Sério?", Diz ela secamente. "Em qual versão da Bíblia você leu sobre os grampos de mamilo e plugues de bunda? Eu acho que você já teve a versão reformada. O meu era um tipo desatualizado em relação ao seu. "
Essa boca esperta dessa mulher é muito fodidamente refrescante, não consigo obter o suficiente dela. Eu amo isso! Ela se levanta para mim embora ela core todo o tempo. Eu não posso, eu não quero, eu não posso deixá-la. Ela apenas não pode me deixar! Nós somos ótimos juntos! Meu sorriso é lascivo e largo.

Eu me inclino em seu ouvido e sussurro: "Bem, Srta. Steele. Eu pensei que eu deveria vir pessoalmente, e lembrar a sua deliciosa pessoa como foi legal me conhecer... "e passo o meu nariz por seu cabelo e seu rosto e, finalmente, sobre seu nariz.

"O que você diria para isto, Anastasia?"

Meus olhos queimando  nos dela, o meu desafio está de pé. Meus lábios estão se separando com o desejo. Estou tão cheio de desejo por ela, que um toque seu será minha ruína. Eu sou como uma cobra enrolada pronta para atacar. Ela olha para mim com o desejo se construindo em seus olhos. Ela também não pode escapar. Nós fomos feitos um para o outro. Ela quer a mim também. Oh, baby, o que eu vou fazer com você hoje à noite!

Eu posso ver em seus olhos que ela não pode segurar o desejo reprimido e ela está pronta para pular em mim, e isso agrada-me imenso. Então, você quer  atacar. Quando ela pula em meus braços, eu me movo rapidamente e ela está na cama, e eu estou em cima dela, prendendo-a debaixo de mim. Seguro suas mãos acima da cabeça com uma mão, e fixo o rosto com a outra, enquanto minha boca cheia de desejo encontra e invade a dela.

Minha língua é implacável, encontrando o seu caminho em sua boca, mantendo sua vantagem e possuindo-a, e declarando-a minha novamente. Eu aplico toda a minha vontade, todo o meu desejo, toda a minha força nela. Meu comprimento é uma prensa dura nela fazendo a sua vontade conhecida. Eu a quero tão intensamente, que eu vou queimar se eu não a tiver. Eu preciso dela. Esta é a única maneira que eu sei como mostrar-lhe minha luxúria e desejo por ela.

Meu desejo por ela é tão palpável que você pode tocá-lo. Meus olhos estão ardendo, eu vou queimar se eu não a tiver hoje à noite. Eu olho para ela. Eu quero que ela confie em mim. Eu quero mostrar a ela como será bom podermos estar juntos. O que não poderemos fazer sozinhos ou com qualquer outra pessoa, eu quero que ela veja as alturas às quais eu posso levá-la. Eu olho para ela intensamente.

"Você confia em mim , Ana?" Eu respiro fervorosamente.

Ela acena com a cabeça, seus belos olhos se alargando. Ambos os nossos corações estão prontos para saltar para fora de gaiolas de nossas costelas para se fundirem e  fazer um tango próprio

Passion del Tango

Eu tiro minha gravata de seda prateada do bolso da minha calça, aquela com a qual eu a amarrei da primeira vez. Eu sou completamente apaixonado por esta gravata agora. Está impregnada  com o cheiro dela. Eu me sento montado sobre ela, e amarro seus pulsos, de forma rápida, na cabeceira de metal da cama, de modo que ela não pode movê-los. A ligação é segura. Eu olho para ela. Esta visão me excita. Ela está inacreditavelmente excitada, e eu estou pronto para reivindicá-la como minha novamente.

Mas, primeiro, olho por olho. Ela me fez sofrer durante todo o dia, e agora é a vez dela por um tempinho. Eu escorrego de cima dela, e fico em pé  ao lado da cama, mas eu ainda tenho um imenso desejo de transar com ela aqui e agora. Mas eu tenho que exercer controle. Eu me sinto vitorioso, e aliviado que ela ainda me quer. Eu posso não ser uma causa perdida depois de tudo.

"Isso é ótimo", murmuro, e sorrio maliciosamente. Eu lentamente me curvo, e sensualmente desfaço  os laços de seu sapato, e lentamente os retiro. Ela sabe o que eu vou fazer. Oh! O que eu posso fazer para você, Srta Steele. Ela começa a golpear, sabendo. Eu paro, e sorrio.

"Oh baby, vá em frente e lute, porque se você fizer isso, eu vou amarrar seus pés também. E baby, se você fizer um único barulho, então eu vou amordaçá-la. Mantenha a calma. Sua companheira de quarto está, provavelmente, nos ouvindo agora. "

Ela está confusa e se acalma. Uma vez que eu tiro seus sapatos e suas meias, eu lenta e eficientemente retiro sua calça de moleton. Eu a suspendo docemente e puxo o edredom e lençol e a coloco de volta na cama de novo.

Oh, que visão! "Agora, então," eu digo lambendo meus lábios lentamente, e ela começa a morder o lábio inferior novamente distraída com o desejo. "Oh baby! Você está mordendo este lábio de novo! Você sabe o que isso faz para mim... "  Eu digo, ela suspira, e faz um som de desejo. Eu coloco meu dedo sobre seus lábios para ela permanecer calada.

Eu, então, tiro os sapatos e as meias,  fazendo um grande show para ela enquanto ela está deitada na cama indefesa, querendo-me, desejando-me, e pronta para saltar sobre meus ossos, mas incapaz. Eu lentamente desabotoo minhas calças, mas deixo-as. Eu tiro minha camisa e coloco-a de lado.

"Eu acho que você já viu o suficiente do show, baby", eu digo, e rio, porque ela está esperando, e querendo e cheia de luxúria. Eu puxo sua camiseta para cima e por sobre a cabeça, mantendo a sua boca e nariz descobertos, mas cobrindo completamente os olhos. Isto está além de excitante! Eu amo o jeito que ela está agora... 

I Got a Feeling by Black Eyed Peas

"Isso só fica melhor e melhor. Mmm. Você está simplesmente deliciosa ... Eu vou pegar uma bebida." Sorrio provocante, sabendo que ela está surpresa. Eu faço um show barulhento de caminhar pelo quarto, abrir a porta, e ir para a sala de estar. A colega de quarto me vê seminu e se surpreende. O olhar de Kate se estreita mas é aprovador. Ela sabe que sua amiga está se divertindo. Eu não deixo transparecer nada.

"Oi, Kate," eu digo, "Você tem algum  vinho na casa?"

Ela olha surpresa, mas acena com a cabeça, "Sim, nós devemos ter um pouco de vinho branco na geladeira."

"Gelo?"

"O congelador tem uma máquina de gelo automática", ela sorri, mas volta-se para a sua tarefa. Eu pego a garrafa de vinho da geladeira, e coloco um pouco de gelo em um copo e pego um copo de água adicional, e diligentemente caminho de volta ao quarto de Anastasia. Ela sabe que eu estou de volta porque eu faço um show,   rangendo as tábuas do assoalho, e meus pés pisando forte no chão do quarto.

Uma vez que eu volto para o quarto, eu coloco meus achados sobre a mesa de cabeceira. Eu fecho a porta e tiro minhas calças, fazendo barulho suficiente para que ela saiba o que eu estou fazendo. Em seguida, solto as calças para baixo no chão. Eu estou completamente nu. Eu deixo cair alguns pedaços de gelo no copo de água alto o suficiente para fazê-la ouvir, em seguida, despejo lentamente um pouco de vinho gelado sobre ele. Eu tomo o copo na mão, e subo sobre a cama, sentando montado sobre Anastasia, fazendo-a sentir-me.

Seu desejo está nas alturas, e não vendo o que eu estou fazendo apenas é ampliado seu querer e sua luxúria. 

Fireworks by Kathy Perry

"Você está com sede, Anastasia?" Eu pergunto em voz provocante. Olho por olho, baby! Você vai me implorar para tomá-la.

"Sim", ela respira. Eu redemoinho o copo com o vinho  para que esfrie mais. Ela ouve o gelo tilintando nos lados do copo de vidro. Então eu tomo um gole em minha boca,  e inclinando-me, eu a beijo, e despejo o vinho gelado na sua boca à espera.

"Mais?" Eu sussurro em sua boca. Ela acena com a cabeça. Eu dou-lhe mais um gole de boca a boca. Ela está se contorcendo de prazer.

"Eu sei que você não pode tomar muita bebida", eu digo, "Eu não quero exagerar, baby." E os seus lábios bonitos sorriem. Eu viro e deito de lado, e agora minha ereção está pressionando o lado dela, e ela sabe minhas intenções carnais.

"Isso é legal?" Eu respiro em seu ouvido.

Ela tensiona de desejo. Então eu tomo outro gole de vinho com pedaços pequenos de gelo, e beijando-a deposito o conteúdo em sua boca. Eu, então, lentamente deixo uma trilha de beijos frios no centro de seu corpo, lentamente, dolorosamente, para meu próprio prazer, a partir de sua garganta. Então eu movo meus beijos refrigerados para baixo entre seus seios, seu tronco e para sua barriga. Eu coloco um pedaço de gelo em seu umbigo e um pouco de vinho.

"Agora você deve ficar imóvel, baby," Eu sussurro para ela. "Porque se você não fizer isso, você vai ter vinho por toda esta bela cama", eu digo lentamente. Seus quadris flexionam automaticamente.

"Oh, não baby! Se você derramar o vinho, eu vou puni-la. "

Ela geme e puxa as restrições. Ela está pronta para implorar. Eu sorrio interiormente.

Meu dedo indicador corre até a copa  do sutiã, e o puxa descuidadamente, libertando-o e empurrando seu peito para cima a partir dos limites do sutiã. Eu faço o mesmo com a outra mama. Agora ambos estão expostos e acenando para mim. Puxo e beijo cada um de seus mamilos com os lábios frios. Ela tenta se arquear em resposta, mas ela não está autorizada a derramar o vinho.

"Quanto legal é isso, baby?" Eu respiro, enquanto eu sopro ar frio para um de seus mamilos.

Pego outro pedaço de gelo, e giro em volta e em volta de um dos seus mamilos, enquanto eu puxo e sugo o outro. Ela geme e luta contra as amarras, cheia de paixão e doce tortura.

"Se você derramar o vinho, eu não vou deixar você gozar, Anastasia", eu digo ameaçando.

Em seguida, vem a mendicância, "Oh... por favor Christian... Por favor, Senhor... Eu preciso de você... Por favor, "ela implora ficando louca. Eu sorrio. Sim, baby. Assim é como você faz eu me sentir. Desamparado, queimando, desejoso, e incapaz de ficar saciado. Toda essa espera, todo este querer, e não ter você! Isto é o que você faz para mim! Você me tortura desde que eu te conheci, e você nem mesmo sabe!

O gelo no seu umbigo começa a fundir com o aumento do calor do seu corpo. Ela está quente, ela está fria, ela está luxuriosa, ela está desejosa. Ela quer o meu sexo!

Meus dedos arrastam-se sobre seu ventre preguiçosamente. Sua pele mais que sensível responde e flexiona automaticamente, e o vinho escorre  mais de sua barriga. Eu me movo rapidamente, lambendo-o com a minha língua, seguido de beijos, e chupando e mordendo e chupando novamente.

"Oh baby, você se moveu. O que eu vou fazer com você? " Ela começa a ofegar, e seu corpo está com sobrecarga sensorial. Ela está se contorcendo debaixo de mim, e eu deslizo meus dedos em sua calcinha, e empurro dois dedos dentro dela.

Sentindo-a molhada até o âmago para mim, me excita além do possível, "Oh baby, você está tão pronta", murmuro.

Ela inclina seus quadris para cima para encontrar meus dedos. Seu desejo por mim põe fogo dentro de mim; eu quero balançar seu mundo

You Rock My World by Michael Jackson

"Você é uma garota muito gananciosa," Eu zombo repreendendo-a, e os meus dedos trabalham sua mágica circulando seu clitóris. Ela geme e levanta os quadris, e seu corpo sacode debaixo de mim.

"Por favor, Christian! Eu quero tocar em você, " ela respira.

"Eu sei, baby", eu digo, sabendo o que ela quer, desejando seu toque, mas incapaz de recebê-lo, porque eu sou muito fodido! Mas eu não posso me debruçar sobre essa merda agora. De repente, eu tenho um imenso desejo de tê-la, fodê-la, reclamá-la, fazê-la minha, e enfiar minha bandeira nela, marcando-a! Isso é o quanto eu malditamente a desejo! Eu só agarro seu cabelo; levanto sua cabeça para cima na cama, fechando o espaço entre nós com a minha boca, reivindicando-a  dentro de sua boca. Enquanto meus dedos se movem habilmente sobre seu clitóris, minha boca espelha as ações, girando, dançando, reivindicando-a, inalando-a. Estou impregnado desta mulher, e eu não me canso dela!

Eu assalto implacavelmente sua boca e seu sexo com meus dedos e minha língua.

"Este é o seu castigo, tão perto e tão longe. Isto é legal? " Eu respiro em seu ouvido. Ela me atormentou, e eu estou dando a ela uma prova de seu próprio remédio.

"Por favor, Christian!" Ela implora, e isso é minha perdição.

"Como eu vou te foder, Anastasia?" Eu rosno.

Tudo que ela pode dizer é: "Por favor!" suplicando.

"O que você quer, Ana?"

"Eu quero você! ... E eu quero agora! ", Ela grita.

Eu continuo a provocar. "Há tantas formas para fazer isso. Devo fodê-la desta forma, ou daquela forma, ou daquela outra forma... As opções são infinitas. "

Eu pego um pacote de preservativo, e rasgo o papel alumínio. Eu me ajoelho entre suas pernas, e dolorosamente lento, retiro sua calcinha. A visão diante de mim é muito doce, eu não posso conter-me mais, e rolo o preservativo em mim. Eu puxo a camisa de sua cabeça, para que ela possa ver o que ela não podia. Então, eu faço um show do que ela poderia ter, mas ainda está muito longe de ter.

"Quanto isto é legal?" Eu digo, acariciando-me.

"Por favor, Christian! Eu quis dizer como uma brincadeira. " Ela implora, seus olhos, dizendo:" Só me foda já! "

Ela foi torturada por uma piada? Eu estava enlouquecendo, e era apenas uma piada?

"Uma piada?" Eu digo baixinho, ameaçadoramente.

"Sim, apenas uma piada. Por favor, Christian! " Ela implora.

"Você está rindo agora?" Eu pergunto.

"Não", ela choraminga.

Dezenas de emoções estão passando pela minha cabeça, e eu estou tão reprimido com esse desejo sexual, e eu era um brinquedo em suas mãos. Bem, você vai ter o seu primeiro gosto de punição, Srta Steele!

De repente, empurro seus joelhos  para cima para fora da cama e dou um tapa em sua bunda tão duro quanto eu posso. E antes que ela possa fazer um som único, eu mergulho dentro dela. Ela grita com a ferocidade do meu assalto. Eu fodo, e fodo e fodo repetidamente fazendo-a gozar muitas vezes! De novo e de novo e de novo! Eu não paro. Este é a porra de seu castigo! Ela está acabada, e ela vai de encontro a mim, absorvendo tudo o que tenho para lhe dar ... Ela está construindo e gozando de novo .. Mais uma vez ..

"Vamos, Anastasia! Mais uma vez! " Eu rosno para ela com os dentes cerrados, e ela convulsiona de novo, com o clímax de outro orgasmo devastador, e finalmente eu encontro minha libertação caindo em cima dela, minha respiração irregular.

"Quanto legal foi isso?" Pergunto com os dentes cerrados.

Nós dois jazemos na cama ofegantes e acabados. Eu estou no topo da montanha do prazer, e apesar de que eu lhe dei uma mínima punição, não posso ter o suficiente dela. Eu não tive minha cota dela. Eu fecho meus olhos, e lentamente puxo para fora dela. Eu levanto da cama imediatamente, e me visto. Eu subo de volta na cama, e desato suas mãos e tiro sua camiseta. Ela reajusta o sutiã, e eu a cubro com o edredom. Ela olha para mim completamente confusa e atordoada. Eu não posso evitar sorrir de sua expressão.


"Isso foi muito legal", sussurra.

Maldita mulher! Eu te dei todo o meu pior, e eu só cheguei ao "legal"!

"Aí está esta palavra de novo", eu digo.

"Que palavra?"

"Legal", eu digo.

"Você não gosta dela?"

"Não, ela não me agrada nada." Eu digo secamente.

"Ah, eu não sei, parece ter um efeito muito benéfico sobre você."

Você pode insultar-me mais do que isso?

"Eu agora sou um efeito benéfico, Srta Steele? Você está ferindo o meu ego." digo.

"Sr. Grey, não há nada de errado com o seu ego."

"É isso que você acha, Srta Steele?" Eu digo, e, lentamente, deito ao seu lado completamente vestido.

"Por que você não gosta de ser tocado, Christian?", Ela pergunta.

"Eu apenas não gosto", eu digo bruscamente, mas suavizo o golpe, dando um beijo em sua testa. "Assim, o e-mail era sua idéia de uma piada?"

Ela sorri e encolhe os ombros se desculpando.

"Isso significa que você ainda está considerando a minha proposta?" Eu pergunto.

"Você quer dizer, sua proposta indecente, Sr. Grey?" Ela pergunta sorrindo, e muda seu tom para sério: "Sim, eu estou, mas eu tenho problemas." Eu posso lidar com isso.

Um contrato pode ser negociado. Eu só não quero que ela me deixe completamente.

"Anastasia, eu espero que você tenha problemas. Eu ficaria desapontado se você não tivesse. "

"Eu ia enviar-lhe por e-mail, mas você meio que me interrompeu", diz ela sorrindo timidamente.

"Coitus Interruptus." Eu digo, então ela me dá um sorriso genuíno.

"Eu sabia que você tinha um senso de humor em algum lugar aí", diz ela.

Mas meus olhos ficam sérios. Algumas coisas são engraçadas. Mas não ela me deixar! Eu não posso lidar com isso! É como arrancar meu coração e rir com o resultado.

"Algumas coisas são engraçadas. Mas, eu pensei que você estava dizendo 'Não' para mim, sem qualquer consideração, sem discussão. Não de todo, dito para mim. "Minha voz some refletindo o meu humor desesperado de repente. 

Sensual Mix by Enigma

"Eu ainda não tomei a minha decisão,  Christian. Eu não sei ainda. Você vai me colocar coleira? "

Eu levanto as sobrancelhas, ela esteve estudando, "Você esteve estudando. Uhm. Eu não sei. Eu nunca coloquei coleira em ninguém. "

"Você usou coleira?" Ela me pergunta me surpreendendo.

"Sim", eu respondo com sinceridade. Estou todo a descoberto para ela.

"Da Sra. Robinson?"

"Sra. Robinson? " Eu rio alto.  Ela às vezes apenas me tira o fôlego com suas observações inocentes. Ela sorri para mim.

"Eu vou dizer a ela que você disse isso," eu digo.

Sua resposta é surpreendente e desapontada, "Você ainda fala com ela?"

"Sim", onde é que ela vai com isso?

Ela olha com ciúmes, e perturbada. "Entendo", ela diz com uma voz firme. "É engraçado que o Sr. Grey possa falar sobre seu estilo de vida alternativo com alguém, e eu não estou autorizada a fazer isso."
Como ela faz isso? Ela pode simplesmente pular para o âmago de um problema expondo toda a merda

Rolling in the Deep by Adele

"Eu não acho que eu já tinha pensado nisso dessa forma, nunca. Mas, novamente, a Sra. Robinson faz parte desse estilo de vida. Ela é apenas uma boa amiga agora. Eu posso te apresentar a ela, se você assim desejar. Ou se você quiser, você pode encontrar uma das minhas ex-subs. Você pode falar com ela. ", eu digo. Eu quero fazer tudo que puder para ajudá-la a fazer sua introdução fácil.

Ela me dá um olhar de "você acaba de perder ‘todas as suas bolinhas de gude’, e que tipo de porcaria você está me dando?" Cara, ela não tem que dizer uma palavra. Ela dominou a arte da fala através de suas expressões.

"É esta a sua idéia de uma piada?", ela pergunta.

"Não, Ana. Estou tentando ser útil. "

"Cale a boca!", Diz ela quase em lágrimas, e chateada. "Eu vou fazer minha própria pesquisa, obrigada pela oferta de ajuda", ela joga em mim, puxando o edredom e se cobrindo até o queixo, protetoramente.

Eu olho para os meus malditos sapatos. Como posso enfiar esse pé enorme e lavá-lo na minha boca? Estou pela primeira vez sem palavras. Eu não sei como pedir desculpas.

"Anastasia, eu. .." Eu estou perdido. Fodidamente perdido! E me chutando. Que idiota eu sou!

"Não foi minha intenção ofendê-la."

"Me ofender? Eu não estou ofendida! Eu estou chocada." O quê? Por quê?

"Chocada?"

"Deixe-me fazer isto simples e claro para você,  Sr. Grey! Eu não tenho vontade de falar com uma de suas ex-namoradas, escravas, subs ... Você escolhe o pronome apropriado para elas se você quiser. Menos ainda com sua pedófila! Eu não dou a mínima para elas. Então, cale a boca! "

Estou surpreso com a força de suas emoções. Ela tem sentimentos por mim. Ela está com ciúmes. E isto é tão malditamente hot!

"Anastasia Steele - você está com ciúmes?" Pergunto sem ser capaz de tirar o sorriso da minha voz.

Ela fica vermelho beterraba.

"Você vai ficar?", Ela pergunta de retorno.

"Eu não posso, eu tenho amanhã uma reunião-café da manhã no Heathman. Além disso, eu te disse, eu não durmo com namoradas, escravas, subs, ou qualquer uma. As noites de sexta e sábado foram exceções. Isso não vai acontecer de novo. " Eu digo resolutamente.

Ela franze os lábios.

"Tudo bem. Estou cansada agora. Você pode apenas ir embora. Lá está a porta, apenas no caso de você não saber como encontrá-la, " e vira-se na cama para o seu lado, longe de mim.

"Você está me expulsando?" Eu digo divertido.

"Uau! Você entendeu, Sherlock? ", Diz ela zombeteira. Então suavemente acrescenta: "Sim, é isso que eu estou fazendo."

"Este é um outro primeiro para mim Ana. Eu nunca fui expulso antes. "Eu digo, e acrescento: " Você tem alguma coisa para discutir ou falar sobre o contrato? "

"Cara, você sabe como mostrar um bom momento para uma garota, trazendo isso à tona. Não! " diz ela.
"Deus! Eu gostaria de lhe dar uma boa surra! Você se sentiria muito melhor assim como eu! Você está me deixando louco! " Eu digo exasperado.

"Você não pode dizer coisas assim ... Eu não assinei nada ainda. "

"Um homem pode sonhar, Anastasia", eu digo inclinando-me e segurando o seu queixo petulante. "Quarta-feira?" Eu murmuro.

"Quarta-feira", ela concorda.

"Por favor, me passe minha calça de moleton", ela pede. Eu pego do chão, e digo "sim, senhora" entregando-a a ela.

Ela estreita os olhos para mim, apertados o suficiente para serem vendados com um fio dental, ao colocar sua calça.

Ela sai do quarto antes de mim, andando pela sala de estar, e abre a porta da frente para mim. Eu tenho uma sensação desconfortável de que algo está errado.

"Você está bem?" Eu me inclino para baixo acariciando seu lábio inferior.

"Sim", responde ela baixinho, tristemente.

"Quarta-feira", eu confirmo  beijando-a suavemente. Mas, eu sinto que algo está errado. Eu quero que ela saiba que eu a quero, eu a desejo, eu preciso dela. Meu beijo cresce mais urgente, mais profundo e mais exigente. Minha respiração acelera, a dela correspondendo a minha. Uma vez que eu estou sem fôlego, eu desacelero, e coloco minha testa contra a dela. Estou completamente enfeitiçado, e confundido com ela, e eu não sei o que toma conta de mim quando estou perto dela.

"O que você está fazendo comigo, Anastasia?" Pergunto desnorteado.

"Eu poderia dizer o mesmo de você", ela sussurra de volta. Eu beijo sua testa mais uma vez, e saio para o meu carro, olhando para trás de novo. Seu sorriso não atinge os olhos, manchado pela tristeza. Estou inquieto. Mas, deslizo no meu carro, e vou embora.


11 comments:

Anonymous said...

Por acaso vai postar a história de Elena e o Christian?

anne caroline godoi said...

Nossa!esse homem é uma confusão só. Adorei o desenho no inicio do capitulo,bem a cara da Ana... A vadia velha bem que merece esse dedo um só não, vários,kkk ansiosa pelos próximos capítulos.

Anonymous said...

Por acaso o Christian antes nao teve um sonho com o Jose e a Anastasia?

Neusa Reis said...

Vou colocar o cap. Redenção de Christian para ser postado aqui sim. E já lhe digo que está maravilhoso. Aí sim a Elena se mostra como ela é.
Quanto ao sonho do Christian com a Ana e o Jose ainda não vi para traduzir não. Estou tentando acelerar a tradução dos caps porque sei que é horrível esperar...

Neusa Reis said...

O sonho com a Ana e o Jose está no cap. 12 que eu estou traduzindo. Então, esses dias ele estará aí para você ler, Anônimo.
Um abraço
Neusa

Catharina Oliveira Bastos said...

Coitado do Christian, o pobre é uma besta cega em se tratando de amor. Quis ser útil misturando alhos e bugalhos! Ainda foi embora achando que talvez quem sabe, alguma coisa estava errada. Um asno!! Mais uma vez ponto para Eminé! Mostrando o Christian aprendendo a amar, errando em questões básicas. Que música maravilhosa aquela Nocturne!!!

Kaila Alekena said...

Aiai... Cristian Grey uma mente em conflito... Amei esse capítulo, Eminé você pelo fato creio eu de boa parte ter liberdade para criar seu próprio contexto Cristian Grey, algo que ainda não havia sido retratado, você liberou sua imaginação e encontrou um dos tons, Cristian tem sua possessividade já aflorada, ele não adquiriu isso quando conheceu Ana, ele já é possessivo e controlador, e quando a encontra ver seus sentimentos chegar ao descontrole, "minha e de mais ninguém" e claro Ana mesmo tempo que sofre e delira de prazer com seus arrebatos... Ponto bem feito Eminé, parabéns! Neusa recebeu meu email???

Daniela Martins said...

Hi, dear Emine!
Como eu adoro quando Ana mostra que tem uma boca inteligente!
E adoro mais ainda ver Christian se sentindo renovado com isso!
Amo, amo, amo por demais esse POV!
Emine e Neusinha, grande abraço!
Bjkas
Dani
;-)

Katinha Rodrigues said...

Ahhh Deus....eu amo essa história!! Nunca canso de ler...reler e reler! Amo ver a ansiedade de Christian pelos e-mails de Ana.... Amo ver a angustia dele com medo de Ana dizer não ao contrato....Amo a maneira que ele á seduz sem saber que na verdade ele mesmo esta mais que seduzido!!! Amooo tudooo...heheh Neusa...Emine á vcs só tenho á agradecer =) Um grande Beijo♥♥♥

Priscila Pessotto said...

Olá girls!
Você que está começando a ler o blog agora ou que já é leitora, agora a Série Pella disponível aqui no blog foi publicada em livro – ECOS NA ETERNIDADE- e em português.
A Emine Fougner colocou a versão em português do Ecos na Eternidade na Amazon, apenas esta semana, por apenas R$ 3,94. Corram para aproveitar o preço porque na próxima semana voltará ao preço normal.
É só acessar a pagina da amazon: www.amazon.com.br.
Vamos aproveitar!
Beijos,
Pry

Aldalúcia Pompeu said...

Meu Deus!minha respiração ficou suspensa do início ao fim sem eu perceber. Maravilhoso!